Pesquisas Locais - Offerte
Endereços - Horários - Comentários
Informações Sobre o Tempo
Produtos Quentes

Noticias Fotos Slideshows
Celebridades, People, Sports, High Tech, vlrPhone
   

HOWTO - Respostas Ilustrado
 
Libertar a Animação VR / AR
Jogar para revelar imagens 3D e modelos 3D!
Demonstração A-Frame / Multiplayer
Android app on Google Play
 
vlrPhone / vlrFilter
Softphones projeto com baixo consumo de energia, velocidade e radiação / Filtro Multifuncional de Audio com Controle Remoto!



 

Noticias Slideshows (14/06/2019 19 horas)


  • 1/56   Noticias Fotos Slideshows
    PEOPLE TOPIC NEWS

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.


    Revista de Imprensa


    General Heleno   Carlinhos Neves   Descuido   Isis Valverde   BANDO DE VAGABUNDOS   Clóvis Rossi   Luísa Sonza   Tirei Madonna   Jessica Jones   Suzane   General Augusto Heleno   Pabllo Vittar - Garupa   Terrorismo   Trabalhadores   Lagum   André Midani   BORA JAMAICA   Briggs   Gal Heleno   EU VOU NA GARUPA PA PA   Jamaica x Itália   
  • 2/56   Intel contrata John Sell, chefe de arquitetura de chips do Xbox

    Agora ex-chefe de arquitetura de chips do console de próxima geração da Microsoft, John Sell, faz parte do time da Intel. Sell dedicou 14 anos da sua vida para a empresa de Bill Gates, mas também já passou pela Apple e 3DO

    Agora ex-chefe de arquitetura de chips do console de próxima geração da Microsoft, John Sell, faz parte do time da Intel. Sell dedicou 14 anos da sua vida para a empresa de Bill Gates, mas também já passou pela Apple e 3DO


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 3/56   Google cria seu próprio adblocker para testar novas restrições do Chrome

    Empresa anunciou o Manifest V3, um documento em que muda a forma como programas de bloqueio de publicidade podem funcionar no navegador. Por conta de reclamações, Google explicou motivo da mudança e está testando sua própria extensão

    Empresa anunciou o Manifest V3, um documento em que muda a forma como programas de bloqueio de publicidade podem funcionar no navegador. Por conta de reclamações, Google explicou motivo da mudança e está testando sua própria extensão


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 4/56   iOS 13 | Conheça os recursos que chegam com a nova atualização

    Faltando poucos meses para o lançamento do iOS 13, usuários da versão beta já estão identificando diversas novidades e aprimoramentos além do Modo Noturno, nova interface do app Fotos e da chegada do recurso Sign in With Apple

    Faltando poucos meses para o lançamento do iOS 13, usuários da versão beta já estão identificando diversas novidades e aprimoramentos além do Modo Noturno, nova interface do app Fotos e da chegada do recurso Sign in With Apple


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 5/56   Diretor da Google elogia sistema de login da Apple: "o melhor para a internet"

    Diretor de gerenciamento de produtos da Google, Mark Risher, que supervisiona a ferramenta de login seguro da empresa, disse que, apesar de mais invasivo, sistema de login da Apple é seguro e vai melhorar a segurança dos usuários

    Diretor de gerenciamento de produtos da Google, Mark Risher, que supervisiona a ferramenta de login seguro da empresa, disse que, apesar de mais invasivo, sistema de login da Apple é seguro e vai melhorar a segurança dos usuários


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 6/56   DE GRAÇA (ou quase): games, apps, descontos e cupons da semana

    Toda semana, o Canaltech seleciona as melhores oportunidades do momento para você economizar bastante sem abrir mão de curtir novos apps e jogos para iOS, Android e consoles, além de cursos para dar um up em sua carreira e cupons de desconto para os apps que você ama

    Toda semana, o Canaltech seleciona as melhores oportunidades do momento para você economizar bastante sem abrir mão de curtir novos apps e jogos para iOS, Android e consoles, além de cursos para dar um up em sua carreira e cupons de desconto para os apps que você ama


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 7/56   Vazamento revela datas de lançamento dos Pixel 4, iPhone 11 e Galaxy Note 10

    Evan Bass, do site Venture Beat, vazou em seu Twitter pessoal o que pode ser o calendário de lançamentos de smartphones da Verizon, operadora de telefonia norte-americana. A imagem mostra os possíveis meses em que o iPhone 11, Pixel 4 e Galaxy Note 10 chegarão às lojas

    Evan Bass, do site Venture Beat, vazou em seu Twitter pessoal o que pode ser o calendário de lançamentos de smartphones da Verizon, operadora de telefonia norte-americana. A imagem mostra os possíveis meses em que o iPhone 11, Pixel 4 e Galaxy Note 10 chegarão às lojas


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 8/56   Google Lens ganha integração com museu de São Francisco

    Pela primeira vez, o recurso Google Lens fechou uma parceria de integração com o museu Young, da cidade californiana de São Francisco. Com a novidade, o usuário precisa apenas apontar a câmera do celular em uma obra para ver informações sobre ela e o autor

    Pela primeira vez, o recurso Google Lens fechou uma parceria de integração com o museu Young, da cidade californiana de São Francisco. Com a novidade, o usuário precisa apenas apontar a câmera do celular em uma obra para ver informações sobre ela e o autor


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 9/56   Os melhores apps Android da semana (13/05/2019)

    Nesta semana, a nossa lista chega com apps para cuidar dos menores, cortar a sua foto para redes sociais e também assistir ao filme de terror preferido. Na lista de games, algumas boas opções pagas e gratuitas para diversão do final de semana

    Nesta semana, a nossa lista chega com apps para cuidar dos menores, cortar a sua foto para redes sociais e também assistir ao filme de terror preferido. Na lista de games, algumas boas opções pagas e gratuitas para diversão do final de semana


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 10/56   Má notícia: Reembolsos da Play Store agora podem levar até 4 dias para completar

    Compras erradas na Play Store traziam a vantagem de serem reembolsadas em uma questão de minutos, mas Google atualizou a prática, aumentando o prazo e alegando que isso vai ajudar a empresa a analisar pedidos com mais cuidado, ajudando o usuário

    Compras erradas na Play Store traziam a vantagem de serem reembolsadas em uma questão de minutos, mas Google atualizou a prática, aumentando o prazo e alegando que isso vai ajudar a empresa a analisar pedidos com mais cuidado, ajudando o usuário


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 11/56   Celulares da Huawei com novo sistema operacional devem chegar em outubro

    Empresa teria desenvolvido versão alternativa do Android em parceria com outras fabricantes, como Oppo e Vivo, além da Tencent. Modelos com a plataforma, que pode se chamar Ark OS, serão de entrada e médio porte

    Empresa teria desenvolvido versão alternativa do Android em parceria com outras fabricantes, como Oppo e Vivo, além da Tencent. Modelos com a plataforma, que pode se chamar Ark OS, serão de entrada e médio porte


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 12/56   Apple compartilha vídeo de ensaio fotográfico capturado por lentes do iPhone XS

    Nesta semana, a Apple compartilhou um vídeo que mostra um ensaio fotográfico capturado pelas lentes de um iPhone XS. As imagens são do fotojornalista Christopher Anderson, que ainda ofereceu dicas para que usuários capturem fotos melhores

    Nesta semana, a Apple compartilhou um vídeo que mostra um ensaio fotográfico capturado pelas lentes de um iPhone XS. As imagens são do fotojornalista Christopher Anderson, que ainda ofereceu dicas para que usuários capturem fotos melhores


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 13/56   Microsoft Excel, em parceria com a Nasdaq, exibe dados de ações em tempo real

    Em parceria com o mercado de ações e informações da Refinitiv, usuários do Microsoft Excel agora podem conferir dados sobre os papéis diretamente de suas planilhas. Segundo a Microsoft, as informações são exibidas em tempo real

    Em parceria com o mercado de ações e informações da Refinitiv, usuários do Microsoft Excel agora podem conferir dados sobre os papéis diretamente de suas planilhas. Segundo a Microsoft, as informações são exibidas em tempo real


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 14/56   Google enfrenta processo após polêmica com James Damore e seu memorando sexista

    De acordo com o The Verge, a Google está enfrentando um processo na Califórnia, sendo acusada de ser parcial contra candidatos brancos, asiáticos, conservadores e homens por causa da polêmica que foi gerada por um memorando sexista de James Damore em 2017

    De acordo com o The Verge, a Google está enfrentando um processo na Califórnia, sendo acusada de ser parcial contra candidatos brancos, asiáticos, conservadores e homens por causa da polêmica que foi gerada por um memorando sexista de James Damore em 2017


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 15/56   Google traz modo escuro para Discover e Pesquisa no Android

    Empresa segue implementando o modo escuro em suas ferramentas; desta vez, segundo apurou o 9to5Google, foi a vez do Discover e Pesquisas serem atualizados para darem a opção de o usuário escolher entre o tradicional branco e o econômico e mais confortável escuro

    Empresa segue implementando o modo escuro em suas ferramentas; desta vez, segundo apurou o 9to5Google, foi a vez do Discover e Pesquisas serem atualizados para darem a opção de o usuário escolher entre o tradicional branco e o econômico e mais confortável escuro


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 16/56   Amazon e Twitter tentam ganhar espaço de duopólio em anúncio digital

    ***ARQUIVO*** SÃO PAULO ,SP, 16.05.2019: Amazon inicia obras em aeroporto com investimento de US$ 1,5 bilhão. (Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Folhapress)SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Empresas como Amazon e Twitter têm mostrado força e conseguido uma fatia maior do mercado de anúncios digitais nos Estados Unidos, dominado por Google e Facebook. Essa é uma das informações disponíveis em um dos mais importantes relatórios sobre tendências na internet, mídia e publicidade, divulgado nesta terça (11), durante a Code Conference 2019, realizada em Scottsdale, no estado do Arizona (EUA). Elaborado por Mary Meeker, sócia da empresa de capital de risco Bond Capital, o estudo tem 333 páginas que trazem um panorama do que aconteceu de mais importante no último ano e observam o horizonte web para 2019. Enquanto o Google cresceu 40% e o Facebook teve acréscimo de 80%, aproximadamente, outros players como Amazon, Twitter, Snapchat e Pinterest tiveram juntos um aumento de receita de cerca de 130% como plataforma de anúncios online, do primeiro trimestre de 2017 até o mesmo período de 2019. Porém o duopólio do gigante de buscas e da rede social de Mark Zuckerberg ainda é expressivo. Segundo o relatório, os dois maiores acumularam no primeiro trimestre de 2019, cerca de US$ 45 bilhões (R$ 175 milhões) em receita, enquanto as outras quatro companhias juntas somaram pouco menos US$ 4 bilhões (R$ 15,5 bilhões). Os índices acompanham a curva positiva de gastos em publicidade na internet nos EUA, que acelerou 22% em 2018. Outro ponto de destaque no relatório é o indicativo de que os americanos estão gastando mais tempo com a mídia digital. Já são 6,3 horas por dia em 2018, 7% a mais que no ano anterior. O fator é impulsionado por smartphones e outros dispositivos conectados (3,6 horas), enquanto o tempo gasto no desktop teve uma pequena redução — de 2,1 para 2. O impacto de imagens na navegação também é ressaltado no estudo. As pessoas têm se comunicado cada vez mais por meio delas, aproveitando mais conexões wifi e melhores câmeras de celulares. Com isso, redes sociais como o Twitter, que costumava usar apenas texto, já conta com mais de 50% de suas impressões com postagens que envolvem fotos, vídeos e outras mídias.

    ***ARQUIVO*** SÃO PAULO ,SP, 16.05.2019: Amazon inicia obras em aeroporto com investimento de US$ 1,5 bilhão. (Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Folhapress)SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Empresas como Amazon e Twitter têm mostrado força e conseguido uma fatia maior do mercado de anúncios digitais nos Estados Unidos, dominado por Google e Facebook. Essa é uma das informações disponíveis em um dos mais importantes relatórios sobre tendências na internet, mídia e publicidade, divulgado nesta terça (11), durante a Code Conference 2019, realizada em Scottsdale, no estado do Arizona (EUA). Elaborado por Mary Meeker, sócia da empresa de capital de risco Bond Capital, o estudo tem 333 páginas que trazem um panorama do que aconteceu de mais importante no último ano e observam o horizonte web para 2019. Enquanto o Google cresceu 40% e o Facebook teve acréscimo de 80%, aproximadamente, outros players como Amazon, Twitter, Snapchat e Pinterest tiveram juntos um aumento de receita de cerca de 130% como plataforma de anúncios online, do primeiro trimestre de 2017 até o mesmo período de 2019. Porém o duopólio do gigante de buscas e da rede social de Mark Zuckerberg ainda é expressivo. Segundo o relatório, os dois maiores acumularam no primeiro trimestre de 2019, cerca de US$ 45 bilhões (R$ 175 milhões) em receita, enquanto as outras quatro companhias juntas somaram pouco menos US$ 4 bilhões (R$ 15,5 bilhões). Os índices acompanham a curva positiva de gastos em publicidade na internet nos EUA, que acelerou 22% em 2018. Outro ponto de destaque no relatório é o indicativo de que os americanos estão gastando mais tempo com a mídia digital. Já são 6,3 horas por dia em 2018, 7% a mais que no ano anterior. O fator é impulsionado por smartphones e outros dispositivos conectados (3,6 horas), enquanto o tempo gasto no desktop teve uma pequena redução — de 2,1 para 2. O impacto de imagens na navegação também é ressaltado no estudo. As pessoas têm se comunicado cada vez mais por meio delas, aproveitando mais conexões wifi e melhores câmeras de celulares. Com isso, redes sociais como o Twitter, que costumava usar apenas texto, já conta com mais de 50% de suas impressões com postagens que envolvem fotos, vídeos e outras mídias.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 17/56   Exposição online da Google permite que usuários visitem casa de Anne Frank

    Em homenagem ao aniversário de Anne Frank, a Google lançou nesta quarta-feira (12) uma exposição online que permite ao visitante conhecer cômodos da casa de Anne, incluindo o quarto que ela dividia com a irmã Margot. Se estivesse viva, Anne estaria completando 90 anos

    Em homenagem ao aniversário de Anne Frank, a Google lançou nesta quarta-feira (12) uma exposição online que permite ao visitante conhecer cômodos da casa de Anne, incluindo o quarto que ela dividia com a irmã Margot. Se estivesse viva, Anne estaria completando 90 anos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 18/56   Como baixar o calendário da Copa América 2019: Google Calendar e PDF

    Quer a lista completinha, física ou virtual, do torneio que vai rolar no Brasil? Veja a seguir como tê-la em mãos!

    Quer a lista completinha, física ou virtual, do torneio que vai rolar no Brasil? Veja a seguir como tê-la em mãos!


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 19/56   Google tem reunião para decidir mudanças na diretrizes LGBTQ+ da empresa

    Depois do mais recente escândalo envolvendo o youtuber Steven Crowder, a Google assumiu que não entende exatamente quais são as necessidades da comunidade LGBTQ+, e se reuniu com representantes para organizar mudanças nas políticas da empresa

    Depois do mais recente escândalo envolvendo o youtuber Steven Crowder, a Google assumiu que não entende exatamente quais são as necessidades da comunidade LGBTQ+, e se reuniu com representantes para organizar mudanças nas políticas da empresa


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 20/56   Depois de reclamações, Google vai encerrar sincronização entre Drive e Fotos

    A Google anunciou nesta quarta-feira (12) que vai desativar a sincronização entre Drive e Fotos a partir de 10 de julho. De acordo com a empresa, usuários das plataformas estavam reclamando da confusão que era causada pela conexão entre os dois serviços

    A Google anunciou nesta quarta-feira (12) que vai desativar a sincronização entre Drive e Fotos a partir de 10 de julho. De acordo com a empresa, usuários das plataformas estavam reclamando da confusão que era causada pela conexão entre os dois serviços


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 21/56   Google confirma visual do Pixel 4 com esquema de três câmeras traseiras

    A Google divulgou nesta quarta-feira (12) o visual do Pixel 4. O novo smartphone da marca contará com um esquema de três câmeras traseiras e flash. As lentes serão montadas sob um formato quadrado, e o aparelho também deve ser lançado sem um leitor de digitais físico

    A Google divulgou nesta quarta-feira (12) o visual do Pixel 4. O novo smartphone da marca contará com um esquema de três câmeras traseiras e flash. As lentes serão montadas sob um formato quadrado, e o aparelho também deve ser lançado sem um leitor de digitais físico


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 22/56   Rumor | Xiaomi e Oppo estariam testando sistema operacional da Huawei

    Huawei negou os rumores, porém relato de site internacional indica que sistema operacional de alternativa ao Android já estaria em fase de testes por empresas chinesas; Huawei vem sofrendo impedimentos de comércio com empresas americanas e pode ficar sem o Android

    Huawei negou os rumores, porém relato de site internacional indica que sistema operacional de alternativa ao Android já estaria em fase de testes por empresas chinesas; Huawei vem sofrendo impedimentos de comércio com empresas americanas e pode ficar sem o Android


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 23/56   Google Docs vai permitir comparação entre arquivos para identificar alterações

    A Google anunciou nesta terça-feira (11) que usuários do Google Docs poderão comparar dois arquivos para visualizar alterações e inconsistências. Isso facilita a colaboração entre usuários e torna mais simples o processo de encontrar erros

    A Google anunciou nesta terça-feira (11) que usuários do Google Docs poderão comparar dois arquivos para visualizar alterações e inconsistências. Isso facilita a colaboração entre usuários e torna mais simples o processo de encontrar erros


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 24/56   Apple pode comprar divisão de modem da Intel para 5G

    Apple pode estar em negociação para comprar o braço de tecnologia wireless da Intel. Fabricante de chips comprou em 2011 a Infineon, empresa de modems e afins, motivo pelo qual a Apple está interessada neste setor

    Apple pode estar em negociação para comprar o braço de tecnologia wireless da Intel. Fabricante de chips comprou em 2011 a Infineon, empresa de modems e afins, motivo pelo qual a Apple está interessada neste setor


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 25/56   Promoção da iPlace troca seu Android usado por iPhone novo

    Em promoção válida até o dia 30 de junho, usuários que levarem seus aparelhos Android usados terão o dispositivo avaliado na hora, e o valor estipulado pode servir de entrada para a aquisição de um smartphone iOS, dos modelos iPhone 6S até o iPhone XS Max

    Em promoção válida até o dia 30 de junho, usuários que levarem seus aparelhos Android usados terão o dispositivo avaliado na hora, e o valor estipulado pode servir de entrada para a aquisição de um smartphone iOS, dos modelos iPhone 6S até o iPhone XS Max


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 26/56   Reportagem revela que Google lucrou mais com notícias do que toda a imprensa

    De acordo com uma pesquisa publicada pelo jornal The New York Times, a receita arrecadada com anúncios do Google em sites de notícias pode ser maior do que a soma dos lucros de todos os órgãos de imprensa

    De acordo com uma pesquisa publicada pelo jornal The New York Times, a receita arrecadada com anúncios do Google em sites de notícias pode ser maior do que a soma dos lucros de todos os órgãos de imprensa


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 27/56   Apenas 9% das doações prometidas para Notre-Dame se materializaram
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Dois meses após o incêndio que devastou parcialmente a Catedral de Notre-Dame de Paris, apenas 9% dos 850 milhões de euros prometidos para a sua restauração foram repassados, embora as autoridades esperem que o montante seja alcançado.

    Dois meses após o incêndio que devastou parcialmente a Catedral de Notre-Dame de Paris, apenas 9% dos 850 milhões de euros prometidos para a sua restauração foram repassados, embora as autoridades esperem que o montante seja alcançado.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 28/56   Enorme cabeça de lobo de 32.000 anos é encontrada na Sibéria
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Uma gigantesca cabeça de lobo de 32 mil anos de idade foi descoberta na região russa da Sibéria. O cérebro e os dentes do animal estão intactos.

    Uma gigantesca cabeça de lobo de 32 mil anos de idade foi descoberta na região russa da Sibéria. O cérebro e os dentes do animal estão intactos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 29/56   Enorme cabeça de lobo de 32.000 anos é encontrada na Sibéria
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Uma gigantesca cabeça de lobo de 32 mil anos de antiguidade, com o cérebro e os dentes intactos, foi descoberta na região russa da Sibéria

    Uma gigantesca cabeça de lobo de 32 mil anos de antiguidade, com o cérebro e os dentes intactos, foi descoberta na região russa da Sibéria


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 30/56   Guerras, depressão, suicídio: os veteranos dos EUA encontram conforto
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Roger King tinha 19 anos quando se alistou nos fuzileiros navais, em 2005. Saiu em 2009, após duas temporadas no Iraque e quando a bala de um francoatirador quase lhe tirou a vida.

    Roger King tinha 19 anos quando se alistou nos fuzileiros navais, em 2005. Saiu em 2009, após duas temporadas no Iraque e quando a bala de um francoatirador quase lhe tirou a vida.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 31/56   Ebola provoca segunda morte em Uganda
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O vírus ebola provocou a morte de uma segunda pessoa na região oeste de Uganda, onde as autoridades se esforçam para conter a epidemia detectada em agosto de 2018 na vizinha República Democrática do Congo (RDC), onde deixou mais de 1.400 mortos.

    O vírus ebola provocou a morte de uma segunda pessoa na região oeste de Uganda, onde as autoridades se esforçam para conter a epidemia detectada em agosto de 2018 na vizinha República Democrática do Congo (RDC), onde deixou mais de 1.400 mortos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 32/56   Primeiro voo transatlântico completa 100 anos
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Há um século, dois britânicos realizaram o primeiro voo transatlântico sem escalas, o que os tornou heróis, antes de caírem no esquecimento, ofuscados pela façanha solitária de Lindbergh oito anos depois.

    Há um século, dois britânicos realizaram o primeiro voo transatlântico sem escalas, o que os tornou heróis, antes de caírem no esquecimento, ofuscados pela façanha solitária de Lindbergh oito anos depois.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 33/56   Lei de Illinois consagra aborto como 'direito fundamental'
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O governador do estado de Illinois, nos Estados Unidos, promulgou nesta quarta-feira uma lei que consagra o aborto como um "direito fundamental" e revoga leis anteriores que o penalizavam.

    O governador do estado de Illinois, nos Estados Unidos, promulgou nesta quarta-feira uma lei que consagra o aborto como um "direito fundamental" e revoga leis anteriores que o penalizavam.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 34/56   Encefalite supostamente provocada por lichia mata 31 crianças na Índia
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Ao menos 31 crianças morreram no norte da Índia nos últimos 10 dias vítimas de uma doença cerebral que muitos acreditam estar vinculada a uma substância tóxica das lichias, anunciaram as autoridades.

    Ao menos 31 crianças morreram no norte da Índia nos últimos 10 dias vítimas de uma doença cerebral que muitos acreditam estar vinculada a uma substância tóxica das lichias, anunciaram as autoridades.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 35/56   Golpear a cabeça de Trump com um martelo, um remédio contra o estresse
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Uma empresa japonesa está fazendo sucesso em um salão de tecnologia na China com um manequim de Donald Trump que os visitantes podem bater na cabeça com um martelo para combater o estresse.

    Uma empresa japonesa está fazendo sucesso em um salão de tecnologia na China com um manequim de Donald Trump que os visitantes podem bater na cabeça com um martelo para combater o estresse.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 36/56   Quase 90% de consultados em pesquisa global acreditaram em 'fake news'
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Oitenta e seis por centro das pessoas consultadas em uma pesquisa internacional publicada nesta terça-feira (11) no Canadá admitiram ter acreditado em pelo menos uma notícia falsa com a qual se depararam na maioria das vezes em redes sociais.

    Oitenta e seis por centro das pessoas consultadas em uma pesquisa internacional publicada nesta terça-feira (11) no Canadá admitiram ter acreditado em pelo menos uma notícia falsa com a qual se depararam na maioria das vezes em redes sociais.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 37/56   Despedidas de solteiro de Sophie Turner e Joe Jonas
    WORLD TOPIC NEWS

    De jatinhos à polícia, veja o que rolou nas despedidas deles!

    De jatinhos à polícia, veja o que rolou nas despedidas deles!


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 38/56   EUA responsabilizam Irã por ataques a cargueiros no Golfo de Omã
    WORLD TOPIC NEWS

    O presidente americano, Donald Trump, reiterou suas acusações ao Irã nesta sexta-feira (14), voltando a responsabilizar aquele país pelos ataques a dois petroleiros no Golfo de Omã.

    O presidente americano, Donald Trump, reiterou suas acusações ao Irã nesta sexta-feira (14), voltando a responsabilizar aquele país pelos ataques a dois petroleiros no Golfo de Omã.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 39/56   Comissária da ONU para os Direitos Humanos visitará a Venezuela
    WORLD TOPIC NEWS

    A alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, visitará a Venezuela de 19 a 21 de junho, onde se reunirá com Nicolás Maduro e com o opositor Juan Guaidó, anunciou seu gabinete nesta sexta-feira.

    A alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, visitará a Venezuela de 19 a 21 de junho, onde se reunirá com Nicolás Maduro e com o opositor Juan Guaidó, anunciou seu gabinete nesta sexta-feira.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 40/56   Você provavelmente esqueceu esses papéis de Lucy Hale
    WORLD TOPIC NEWS

    Lucy Hale pode ser mais conhecida por Pretty Little Liars, mas você sabia que ela já participou de The O.C?

    Lucy Hale pode ser mais conhecida por Pretty Little Liars, mas você sabia que ela já participou de The O.C?


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 41/56   Interpol anuncia prisão de um dos principais suspeitos de atentados no Sri Lanka
    WORLD TOPIC NEWS

    A Interpol anunciou, nesta sexta-feira (14), a prisão e extradição de um dos responsáveis pelos sangrentos atentados de 21 de abril no Sri Lanka.

    A Interpol anunciou, nesta sexta-feira (14), a prisão e extradição de um dos responsáveis pelos sangrentos atentados de 21 de abril no Sri Lanka.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 42/56   Após disputa com Centauro, Magazine Luiza compra Netshoes por R$ 445 milhões
    WORLD TOPIC NEWS

    Assembleia de acionistas da varejista virtual Netshoes decidiu nesta sexta-feira (14) pela proposta de aquisição feita pela Magazine Luiza

    Assembleia de acionistas da varejista virtual Netshoes decidiu nesta sexta-feira (14) pela proposta de aquisição feita pela Magazine Luiza


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 43/56   Foi descuido meu, diz Moro sobre mensagem à Lava Jato com pistas contra Lula
    WORLD TOPIC NEWS

    BRASÍLIA, DF, 14.06.2019: COPA-TRANSPORTE - O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, no lançamento da Operação Copa América 2019, no Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, em Brasília (DF), nesta sexta. (Foto: Andre Coelho/Folhapress)BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Sergio Moro (Justiça) afirmou nesta sexta-feira (14) que foi um "descuido" repassar pistas de apuração contra o ex-presidente Lula por um aplicativo de mensagens ao procurador Deltan Dallagnol. As informações enviadas não foram formalizadas nos autos do inquérito, como prevê a lei. Mensagens atribuídas ao ex-juiz e ao procurador, divulgadas no domingo (9) pelo site The Intercept Brasil, mostram que os dois trocavam colaborações quando integravam a força-tarefa da Operação Lava Jato. "Nós lá na 13ª Vara Federal, pela notoriedade das investigações, nós recebíamos várias dessas por dia. Eu recebi aquela informação e, aí assim, vamos dizer, foi até um descuido meu, apenas passei pelo aplicativo. Mas não tem nenhuma anormalidade nisso. Não havia nem ação penal em curso", disse, na sede da PRF (Polícia Rodoviária Federal), em Brasília, para anunciar o início da operação de segurança da Copa América, que começa nesta sexta.  Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Moro defendeu a legalidade do repasse de informações que aparece na troca de mensagens. "Isso está previsto expressamente no Código de Processo Penal, artigo 40, e também no artigo 7 da Lei de Ação Civil Pública diz que 'quando o juiz tiver conhecimento de fatos que podem constituir crime ou improbidade administrativa ele comunica o Ministério Público'. Basicamente é isso, eu recebi e repassei. Porque eu não posso fazer essa investigação", disse o ministro. Os dos artigos citados pelo ministro, no entanto, colocam a necessidade de que a notícia-crime seja formalizada nos autos, o que não ocorreu.  "Eu acho que simplesmente receber uma notícia-crime e repassar a informação não pode ser qualificado como uma conduta imprópria", disse o ex-juiz.

    BRASÍLIA, DF, 14.06.2019: COPA-TRANSPORTE - O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, no lançamento da Operação Copa América 2019, no Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, em Brasília (DF), nesta sexta. (Foto: Andre Coelho/Folhapress)BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Sergio Moro (Justiça) afirmou nesta sexta-feira (14) que foi um "descuido" repassar pistas de apuração contra o ex-presidente Lula por um aplicativo de mensagens ao procurador Deltan Dallagnol. As informações enviadas não foram formalizadas nos autos do inquérito, como prevê a lei. Mensagens atribuídas ao ex-juiz e ao procurador, divulgadas no domingo (9) pelo site The Intercept Brasil, mostram que os dois trocavam colaborações quando integravam a força-tarefa da Operação Lava Jato. "Nós lá na 13ª Vara Federal, pela notoriedade das investigações, nós recebíamos várias dessas por dia. Eu recebi aquela informação e, aí assim, vamos dizer, foi até um descuido meu, apenas passei pelo aplicativo. Mas não tem nenhuma anormalidade nisso. Não havia nem ação penal em curso", disse, na sede da PRF (Polícia Rodoviária Federal), em Brasília, para anunciar o início da operação de segurança da Copa América, que começa nesta sexta.  Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Moro defendeu a legalidade do repasse de informações que aparece na troca de mensagens. "Isso está previsto expressamente no Código de Processo Penal, artigo 40, e também no artigo 7 da Lei de Ação Civil Pública diz que 'quando o juiz tiver conhecimento de fatos que podem constituir crime ou improbidade administrativa ele comunica o Ministério Público'. Basicamente é isso, eu recebi e repassei. Porque eu não posso fazer essa investigação", disse o ministro. Os dos artigos citados pelo ministro, no entanto, colocam a necessidade de que a notícia-crime seja formalizada nos autos, o que não ocorreu.  "Eu acho que simplesmente receber uma notícia-crime e repassar a informação não pode ser qualificado como uma conduta imprópria", disse o ex-juiz.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 44/56   Mais um candidato joga a toalha em briga por sucessão de Theresa May
    WORLD TOPIC NEWS

    Com a desistência do secretário britânico da Saúde, Matt Hancock, caiu para seis o número de candidatos na disputa para substituir Theresa May, lugar vago desde que a primeira-ministra deixou a liderança do Partido Conservador.

    Com a desistência do secretário britânico da Saúde, Matt Hancock, caiu para seis o número de candidatos na disputa para substituir Theresa May, lugar vago desde que a primeira-ministra deixou a liderança do Partido Conservador.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 45/56   Bolsonaro diz 'não ver maldade' nos diálogos de Moro com Deltan Dallagnol
    WORLD TOPIC NEWS

    *ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 13.06.2019: O presidente Jair Bolsonaro lança linha de crédito do BNDES para organizações filantrópicas, em Brasília. (Foto: Andre Coelho/Folhapress)BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Ao comentar o vazamento de mensagens do ministro Sergio Moro (Justiça), o presidente Jair Bolsonaro disse "não ver maldade" nos diálogos envolvendo o titular da pasta e a Lava Jato.  "Não vejo nenhuma maldade em advogado conversar com promotor, Polícia Federal falar com promotor. Tem que se falar para achar denúncia robusta", afirmou, referindo-se a Moro, mas sem citar o cargo de juiz, ocupado por ele até aceitar o convite para integrar o governo. Em café da manhã com jornalistas que cobrem o Planalto, incluindo a reportagem da Folha de S.Paulo, na manhã desta sexta-feira (14), o presidente começou a falar espontaneamente sobre Moro ao dizer que sabia que os repórteres entrariam no assunto.  Diálogos exibidos pelo site The Intercept mostram que, enquanto era juiz da Lava Jato, Moro discutia com o procurador Deltan Dallagnol processos em andamento e comentava pedidos feitos à Justiça pelo Ministério Público Federal. Bolsonaro justificou o silêncio que manteve por quatro dias sobre o caso dizendo que "uma imagem vale mais que mil palavras".  Como exemplo, citou o fato de ter junto com Moro a uma evento da Marinha, na terça (11), de quem permaneceu ao lado durante a cerimônia. Questionado sobre os desdobramentos que as mensagens podem trazer para a Lava Jato, Bolsonaro minimizou e disse que o Brasil tem muito a agradecer ao ex-juiz.  Ele mencionou o fato de ter sido apresentado "há algumas semanas" a um aplicativo que pode simular troca de mensagens no celular, mas evitou afirmar que desconfia de que as conversas entre Moro e o procurador Deltan Dallagnol tenham sido forjadas. Bolsonaro disse apenas que o "primeiro crime é a invasão". Sobre Moro, disse que o ministro se manteve isento nas eleições e que ele "não fez campanha" e "nem entrou em campo".  O presidente disse não se preocupar com eventuais vazamentos de suas mensagens por meio de aplicativos de celular, mas afirmou que não usa o telefone criptografado fornecido a ele pelo GSI (Gabinete de Segurança Institucional).  Durante o café da manhã, o ministro-chefe do GSI, general Augusto Heleno, disse que o órgão forneceu um aparelho a todos os ministros, além do presidente e do vice.  O próprio Heleno afirmou não usar o aparelho por ele ter limitações como não permitir o uso de ferramentas como WhatsApp.  Bolsonaro disse seguir usando o WhatsApp para se comunicar e que usou o aplicativo na manhã desta sexta. "Apesar de quem está do meu lado pedir mais cuidado, eu não tenho nada a esconder", disse. Segundo ele, "a única forma de se comunicar de forma segura é pessoalmente". O presidente disse ainda que "se existe um telefone grampeado no Brasil, é o meu" Lula Durante o café da manhã, Bolsonaro mostrou-se incomodado quando um repórter perguntou sobre o fato de o ex-presidente Lula ter questionado a veracidade da facada da qual foi vítima em setembro de 2008, durante a campanha. "Presidiário presta depoimento, não dá entrevista", disse.  Ele afirmou ainda que poderia mostrar a cicatriz para provar que era verdade. Segundo o presidente, ele não teria "nem grana e nem contatos" para forjar um ataque. Bolsonaro ironizou o fato de Lula ter dito que a facada era mentira por não ter saído sangue de sua barriga. "Se fosse na barriga do Lula ia sair muita cachaça", disse.

    *ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 13.06.2019: O presidente Jair Bolsonaro lança linha de crédito do BNDES para organizações filantrópicas, em Brasília. (Foto: Andre Coelho/Folhapress)BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Ao comentar o vazamento de mensagens do ministro Sergio Moro (Justiça), o presidente Jair Bolsonaro disse "não ver maldade" nos diálogos envolvendo o titular da pasta e a Lava Jato.  "Não vejo nenhuma maldade em advogado conversar com promotor, Polícia Federal falar com promotor. Tem que se falar para achar denúncia robusta", afirmou, referindo-se a Moro, mas sem citar o cargo de juiz, ocupado por ele até aceitar o convite para integrar o governo. Em café da manhã com jornalistas que cobrem o Planalto, incluindo a reportagem da Folha de S.Paulo, na manhã desta sexta-feira (14), o presidente começou a falar espontaneamente sobre Moro ao dizer que sabia que os repórteres entrariam no assunto.  Diálogos exibidos pelo site The Intercept mostram que, enquanto era juiz da Lava Jato, Moro discutia com o procurador Deltan Dallagnol processos em andamento e comentava pedidos feitos à Justiça pelo Ministério Público Federal. Bolsonaro justificou o silêncio que manteve por quatro dias sobre o caso dizendo que "uma imagem vale mais que mil palavras".  Como exemplo, citou o fato de ter junto com Moro a uma evento da Marinha, na terça (11), de quem permaneceu ao lado durante a cerimônia. Questionado sobre os desdobramentos que as mensagens podem trazer para a Lava Jato, Bolsonaro minimizou e disse que o Brasil tem muito a agradecer ao ex-juiz.  Ele mencionou o fato de ter sido apresentado "há algumas semanas" a um aplicativo que pode simular troca de mensagens no celular, mas evitou afirmar que desconfia de que as conversas entre Moro e o procurador Deltan Dallagnol tenham sido forjadas. Bolsonaro disse apenas que o "primeiro crime é a invasão". Sobre Moro, disse que o ministro se manteve isento nas eleições e que ele "não fez campanha" e "nem entrou em campo".  O presidente disse não se preocupar com eventuais vazamentos de suas mensagens por meio de aplicativos de celular, mas afirmou que não usa o telefone criptografado fornecido a ele pelo GSI (Gabinete de Segurança Institucional).  Durante o café da manhã, o ministro-chefe do GSI, general Augusto Heleno, disse que o órgão forneceu um aparelho a todos os ministros, além do presidente e do vice.  O próprio Heleno afirmou não usar o aparelho por ele ter limitações como não permitir o uso de ferramentas como WhatsApp.  Bolsonaro disse seguir usando o WhatsApp para se comunicar e que usou o aplicativo na manhã desta sexta. "Apesar de quem está do meu lado pedir mais cuidado, eu não tenho nada a esconder", disse. Segundo ele, "a única forma de se comunicar de forma segura é pessoalmente". O presidente disse ainda que "se existe um telefone grampeado no Brasil, é o meu" Lula Durante o café da manhã, Bolsonaro mostrou-se incomodado quando um repórter perguntou sobre o fato de o ex-presidente Lula ter questionado a veracidade da facada da qual foi vítima em setembro de 2008, durante a campanha. "Presidiário presta depoimento, não dá entrevista", disse.  Ele afirmou ainda que poderia mostrar a cicatriz para provar que era verdade. Segundo o presidente, ele não teria "nem grana e nem contatos" para forjar um ataque. Bolsonaro ironizou o fato de Lula ter dito que a facada era mentira por não ter saído sangue de sua barriga. "Se fosse na barriga do Lula ia sair muita cachaça", disse.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 46/56   Barroso aplica indulto de Temer e extingue penas de ex-dirigentes do Banco Rural
    WORLD TOPIC NEWS

    ***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 01.04.2019: O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso. (Foto: Marcelo Chello/CJPress/Folhapress)SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso concedeu indulto e declarou extintas as penas de Kátia Rabello e José Roberto Salgado, ex-diretores do Banco Rural condenados no processo do mensalão.  A decisão, tomada na terça-feira (11), tem como base o indulto natalino concedido pelo ex-presidente Michel Temer (MDB) em 2017. O decreto presidencial determina o benefício a quem tenha cumprido um quinto da pena, se não reincidentes, em crimes sem grave ameaça ou violência à pessoa -o que se encaixa na situação dos ex-diretores do Banco Rural. A Procuradoria-Geral da República também se manifestou a favor da concessão do indulto a Kátia Rabello e José Roberto Salgado. Kátia Rabello foi condenada a 14 anos e 5 meses de prisão por lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira e evasão de divisas. Ela foi presa em novembro de 2013, progrediu ao regime semiaberto (quando é possível sair durante o dia) em dezembro de 2015 e ao aberto (em casa, mas sem sair à noite e aos fins de semana) em novembro de 2016.  Desde junho de 2017, estava em liberdade condicional, quando o condenado cumpre pena em casa, mas não pode viajar e tem que se apresentar periodicamente à Justiça.  Kátia Rabello, que foi bailarina na juventude, chegou a trabalhar num estúdio de dança em Belo Horizonte enquanto ainda cumpria pena. José Roberto Salgado também foi condenado à mesma pena pelos mesmos crimes. Passou ao regime semiaberto em julho de 2015 e ao aberto em setembro de 2016. No mesmo ano, em dezembro, recebeu a liberdade condicional. Ele se dedica à criação de touros da raça guzerá em Curvelo (MG). O indulto natalino concedido por Temer chegou a ser suspenso por decisão provisória da ministra do STF Cármen Lúcia, mantida pelo próprio Barroso. Isso porque a Procuradoria-Geral da República apontou inconstitucionalidade em pontos do decreto, que facilitou o perdão da pena para crimes de colarinho branco. Em maio deste ano, o assunto foi levado ao plenário do STF, quando a maioria dos ministros decidiu que o indulto de Temer era válido -Barroso foi voto vencido, como destaca na decisão que extinguiu a pena dos ex-diretores do Banco Rural. Segundo Barroso, o indulto de Temer não segue o padrão usual. "Ao contrário de decretos anteriores, o benefício previsto alcançou também crimes contra a administração pública, inclusive os de corrupção ativa e passiva, os praticados contra o sistema financeiro nacional e os de lavagem de dinheiro e ocultação de bens. Ao assim proceder, entendo que o presidente da República exorbitou de sua competência constitucional, incidindo o decreto em inconstitucionalidade por violação ao princípio da moralidade, ao princípio da separação dos Poderes e ao desviar-se das finalidades do instituto do indulto, bem como em razão do descumprimento de deveres de proteção do Estado a valores e bens jurídicos constitucionais que dependem da efetividade mínima do sistema penal", escreveu o ministro na decisão.

    ***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 01.04.2019: O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso. (Foto: Marcelo Chello/CJPress/Folhapress)SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso concedeu indulto e declarou extintas as penas de Kátia Rabello e José Roberto Salgado, ex-diretores do Banco Rural condenados no processo do mensalão.  A decisão, tomada na terça-feira (11), tem como base o indulto natalino concedido pelo ex-presidente Michel Temer (MDB) em 2017. O decreto presidencial determina o benefício a quem tenha cumprido um quinto da pena, se não reincidentes, em crimes sem grave ameaça ou violência à pessoa -o que se encaixa na situação dos ex-diretores do Banco Rural. A Procuradoria-Geral da República também se manifestou a favor da concessão do indulto a Kátia Rabello e José Roberto Salgado. Kátia Rabello foi condenada a 14 anos e 5 meses de prisão por lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira e evasão de divisas. Ela foi presa em novembro de 2013, progrediu ao regime semiaberto (quando é possível sair durante o dia) em dezembro de 2015 e ao aberto (em casa, mas sem sair à noite e aos fins de semana) em novembro de 2016.  Desde junho de 2017, estava em liberdade condicional, quando o condenado cumpre pena em casa, mas não pode viajar e tem que se apresentar periodicamente à Justiça.  Kátia Rabello, que foi bailarina na juventude, chegou a trabalhar num estúdio de dança em Belo Horizonte enquanto ainda cumpria pena. José Roberto Salgado também foi condenado à mesma pena pelos mesmos crimes. Passou ao regime semiaberto em julho de 2015 e ao aberto em setembro de 2016. No mesmo ano, em dezembro, recebeu a liberdade condicional. Ele se dedica à criação de touros da raça guzerá em Curvelo (MG). O indulto natalino concedido por Temer chegou a ser suspenso por decisão provisória da ministra do STF Cármen Lúcia, mantida pelo próprio Barroso. Isso porque a Procuradoria-Geral da República apontou inconstitucionalidade em pontos do decreto, que facilitou o perdão da pena para crimes de colarinho branco. Em maio deste ano, o assunto foi levado ao plenário do STF, quando a maioria dos ministros decidiu que o indulto de Temer era válido -Barroso foi voto vencido, como destaca na decisão que extinguiu a pena dos ex-diretores do Banco Rural. Segundo Barroso, o indulto de Temer não segue o padrão usual. "Ao contrário de decretos anteriores, o benefício previsto alcançou também crimes contra a administração pública, inclusive os de corrupção ativa e passiva, os praticados contra o sistema financeiro nacional e os de lavagem de dinheiro e ocultação de bens. Ao assim proceder, entendo que o presidente da República exorbitou de sua competência constitucional, incidindo o decreto em inconstitucionalidade por violação ao princípio da moralidade, ao princípio da separação dos Poderes e ao desviar-se das finalidades do instituto do indulto, bem como em razão do descumprimento de deveres de proteção do Estado a valores e bens jurídicos constitucionais que dependem da efetividade mínima do sistema penal", escreveu o ministro na decisão.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 47/56   Entre piratas, acidentes e bombas: petroleiros navegam por água turbulentas
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Petroleiros como os que foram atacados nesta quinta-feira (13) no Golfo de Omã operam em águas turbulentas, enfrentando perigos como pirataria, choques e incidentes geopolíticos.

    Petroleiros como os que foram atacados nesta quinta-feira (13) no Golfo de Omã operam em águas turbulentas, enfrentando perigos como pirataria, choques e incidentes geopolíticos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 48/56   Marca japonesa suspende publicidade para detergentes com slogan #fiqueBRANCO
    BUSINESS TOPIC NEWS

    A empresa de cosméticos e produtos de limpeza japonesa Kao suspendeu uma campanha promocional para divulgar um detergente cujo slogan era #beWHITE (#fiqueBRANCO).

    A empresa de cosméticos e produtos de limpeza japonesa Kao suspendeu uma campanha promocional para divulgar um detergente cujo slogan era #beWHITE (#fiqueBRANCO).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 49/56   Bolsonaro diz que vai demitir presidente dos Correios: 'sindicalista'
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Para Jair Bolsonaro, presidente dos governos teve "atitudes de esquerda" em audiência pública na Câmara

    Para Jair Bolsonaro, presidente dos governos teve "atitudes de esquerda" em audiência pública na Câmara


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 50/56   UE detecta atividade de desinformação por 'fontes russas' nas eleições europeias
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Autoridades europeias detectaram uma "contínua e sustentada atividade de desinformação da parte de fontes russas" durante as eleições europeias, com o objetivo de influenciar os eleitores e desestimular a sua participação - revela um relatório divulgado pela Comissão Europeia nesta sexta-feira (14).

    Autoridades europeias detectaram uma "contínua e sustentada atividade de desinformação da parte de fontes russas" durante as eleições europeias, com o objetivo de influenciar os eleitores e desestimular a sua participação - revela um relatório divulgado pela Comissão Europeia nesta sexta-feira (14).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 51/56   Legislativo mexicano convoca chanceler para explicações sobre negociações com EUA
    BUSINESS TOPIC NEWS

    A possibilidade de o México se tornar um "país terceiro seguro" para migrantes em busca de refúgio nos Estados Unidos, como exige o presidente americano, Donald Trump, assusta os legisladores mexicanos.

    A possibilidade de o México se tornar um "país terceiro seguro" para migrantes em busca de refúgio nos Estados Unidos, como exige o presidente americano, Donald Trump, assusta os legisladores mexicanos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 52/56   China abre investigação contra FedEx por desvio de pacotes da Huawei
    BUSINESS TOPIC NEWS

    A China abriu nesta sexta-feira (14) uma investigação contra a companhia americana de transporte FedEx por enviar produtos da gigante das telecomunicações Huawei para endereços errados - informou a agência de notícias Xinhua.

    A China abriu nesta sexta-feira (14) uma investigação contra a companhia americana de transporte FedEx por enviar produtos da gigante das telecomunicações Huawei para endereços errados - informou a agência de notícias Xinhua.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 53/56   Irã nega envolvimento em ataques a petroleiros e acusa EUA de 'desestabilização'
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O Irã rejeitou, nesta sexta-feira (14), como "sem fundamentos" as acusações americanas de que seria responsável pelos ataques contra dois petroleiros na região do Golfo e acusou os Estados Unidos de serem "uma grave ameaça à estabilidade" regional e mundial.

    O Irã rejeitou, nesta sexta-feira (14), como "sem fundamentos" as acusações americanas de que seria responsável pelos ataques contra dois petroleiros na região do Golfo e acusou os Estados Unidos de serem "uma grave ameaça à estabilidade" regional e mundial.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 54/56   Queda do Instagram e PlayStation afeta usuários em vários países
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O Instagram sofreu uma queda nesta quinta-feira que afetou seus usuários em vários países, que recorreram ao Twitter para manifestar sua frustração.

    O Instagram sofreu uma queda nesta quinta-feira que afetou seus usuários em vários países, que recorreram ao Twitter para manifestar sua frustração.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 55/56   MEC propõe aumentar para 15% contribuição da União ao Fundeb
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O Ministério da Educação (MEC) propõe aumentar a contribuição da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para 15%. Atualmente, a União contribui com 10%. O MEC defende que esse aumento seja feito progressivamente, até o sexto ano de vigência da nova regra, segundo nota da pasta.O ministro da Educação, Abraham Weintraub, já havia antecipado que a pasta estudava o aumento da contribuição, mas esta é a primeira vez que uma porcentagem específica é apresentada.O Fundeb é atualmente uma das principais fontes de financiamento para as escolas de todo o país. Corresponde a aproximadamente 63% dos recursos para financiamento da educação básica pública no Brasil, de acordo com o MEC. Ministro da Educação, Abraham Weintraub, apresentou a proposta de aumento da contribuição a parlamentares - Arquivo/Agência BrasilA proposta foi apresentada por Weintraub e pelo secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, nessa quarta-feira (10), em reunião com parlamentares. Eles informaram que o aumento da contribuição da União está sendo discutida com o Ministério da Economia e com o Congresso Nacional.“Não estamos trabalhando de maneira isolada nessas propostas. O MEC entende perfeitamente a qual contexto faz parte e a necessidade de ajuste nas contas públicas para que o país volte a crescer”, disse Vogel na nota. Detalhes da propostaO governo propõe que a contribuição da União aumente em uma escala progressiva de 1 ponto percentual por ano até o percentual de 15%, partindo do percentual mínimo de 10% no primeiro ano de vigência do novo fundo.Se aprovada a proposta, o novo Fundeb passa a vigorar em 2021, e em 2022 a União complementará o montante com o equivalente a 11% do fundo. O valor máximo de 15% será atingido em 2026.O MEC defende ainda que o valor a ser repassado por aluno matriculado na rede pública deve ser calculado a partir de uma base de dados disponível à União e operacionalizável anualmente. A sugestão é a troca do termo “valor aluno/ano total” por “valor aluno/ano calculado a partir dos recursos próprios”. Segundo a nota do MEC, isso faria com que houvesse uma "melhor delimitação metodológica da forma de distribuição da Complementação da União".Outro ponto defendido é a indução, pela União, da adoção de modelos de repartição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) voltados à qualidade da educação. Os modelos, segundo a pasta, levariam à busca por melhores resultados na gestão dos sistemas de ensino por parte dos estados e à melhoria da gestão, pelos municípios, desses sistemas.Esse ponto vai ao encontro do que Weintraub já havia defendido anteriormente, de premiar as redes de ensino que tiverem melhores resultados educacionais. Complementação da UniãoPela legislação vigente, o Fundeb tem validade até o final de 2020. Para tornar o fundo permanente, propostas com conteúdos relativamente semelhantes tramitam tanto no Senado (PEC 33/2019 e PEC 65/2019), quanto na Câmara dos Deputados (PEC 15/2015).O Fundeb é formado por dinheiro proveniente dos impostos e das transferências obrigatórias aos estados, Distrito Federal e municípios, os fundos de participação constitucionais. Além desses recursos, a União faz aporte complementar em alguns estados o que, no ano passado, representou R$ 13 bilhões. O recurso da União é repassado quando o valor por aluno no estado não alcança o mínimo definido nacionalmente, atualmente de R$ 3.016,17 ao ano.A diferença entre as propostas que estão em tramitação no Congresso é o aumento da complementação da União que, em todas elas, passaria a colocar mais recursos no fundo. Pela proposta da Câmara, esse percentual passaria para 30% em dez anos. No Senado, a complementação chegaria a 30% em três anos ou a 40% em 11 anos, dependendo da proposta. Proposta da CâmaraNa nota divulgada pelo MEC, Vogel disse que o ministério enxerga o texto que está sendo relatado pela deputada professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO) como "bastante avançado tecnicamente e em convergência com o MEC". A deputada foi uma das participantes da reunião desta quarta-feira (12).Dorinha Seabra avalia como positiva a sinalização do governo de que quer ampliar os repasses. Ela disse, no entanto, que defenderá um percentual maior. A proposta da Câmara prevê o repasse do equivalente a 15% do fundo pela União já no primeiro ano de vigência da lei. A partir de então, o aumento seria de 1,5 ponto percentual, até chegar, em dez anos, a 30%."Hoje quem banca o Fundeb são estados e municípios. A União, que tem um papel constitucional supletivo e concentra a maior parte dos recursos, redistribui R$ 14,4 bilhões. Os estados redistribuem R$ 22 bilhões. A distância entre o investimento de estados e União é gigante", disse.Segundo a deputada, a intenção, ao aumentar os recursos repassados pela União, é que haja uma maior equidade entre todas as redes de ensino do país. "Hoje, tem município que conta com R$ 1,4 mil por aluno. O maior valor chega a quase R$ 20 mil por aluno, por ano. É um nível de distorção muito alto".Além de propor o aumento dos repasses, segundo Dorinha Seabra, os parlamentares irão apontar também de onde deverão vir esses recursos.A proposta da Câmara é a que está mais avançada em termos de tramitação e discussão. A deputada disse que os parlamentares estão em contato com o governo para construir a melhor proposta. A intenção, segundo os parlamentares, é alinhar as propostas que tramitam em ambas as Casas.

    O Ministério da Educação (MEC) propõe aumentar a contribuição da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para 15%. Atualmente, a União contribui com 10%. O MEC defende que esse aumento seja feito progressivamente, até o sexto ano de vigência da nova regra, segundo nota da pasta.O ministro da Educação, Abraham Weintraub, já havia antecipado que a pasta estudava o aumento da contribuição, mas esta é a primeira vez que uma porcentagem específica é apresentada.O Fundeb é atualmente uma das principais fontes de financiamento para as escolas de todo o país. Corresponde a aproximadamente 63% dos recursos para financiamento da educação básica pública no Brasil, de acordo com o MEC. Ministro da Educação, Abraham Weintraub, apresentou a proposta de aumento da contribuição a parlamentares - Arquivo/Agência BrasilA proposta foi apresentada por Weintraub e pelo secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, nessa quarta-feira (10), em reunião com parlamentares. Eles informaram que o aumento da contribuição da União está sendo discutida com o Ministério da Economia e com o Congresso Nacional.“Não estamos trabalhando de maneira isolada nessas propostas. O MEC entende perfeitamente a qual contexto faz parte e a necessidade de ajuste nas contas públicas para que o país volte a crescer”, disse Vogel na nota. Detalhes da propostaO governo propõe que a contribuição da União aumente em uma escala progressiva de 1 ponto percentual por ano até o percentual de 15%, partindo do percentual mínimo de 10% no primeiro ano de vigência do novo fundo.Se aprovada a proposta, o novo Fundeb passa a vigorar em 2021, e em 2022 a União complementará o montante com o equivalente a 11% do fundo. O valor máximo de 15% será atingido em 2026.O MEC defende ainda que o valor a ser repassado por aluno matriculado na rede pública deve ser calculado a partir de uma base de dados disponível à União e operacionalizável anualmente. A sugestão é a troca do termo “valor aluno/ano total” por “valor aluno/ano calculado a partir dos recursos próprios”. Segundo a nota do MEC, isso faria com que houvesse uma "melhor delimitação metodológica da forma de distribuição da Complementação da União".Outro ponto defendido é a indução, pela União, da adoção de modelos de repartição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) voltados à qualidade da educação. Os modelos, segundo a pasta, levariam à busca por melhores resultados na gestão dos sistemas de ensino por parte dos estados e à melhoria da gestão, pelos municípios, desses sistemas.Esse ponto vai ao encontro do que Weintraub já havia defendido anteriormente, de premiar as redes de ensino que tiverem melhores resultados educacionais. Complementação da UniãoPela legislação vigente, o Fundeb tem validade até o final de 2020. Para tornar o fundo permanente, propostas com conteúdos relativamente semelhantes tramitam tanto no Senado (PEC 33/2019 e PEC 65/2019), quanto na Câmara dos Deputados (PEC 15/2015).O Fundeb é formado por dinheiro proveniente dos impostos e das transferências obrigatórias aos estados, Distrito Federal e municípios, os fundos de participação constitucionais. Além desses recursos, a União faz aporte complementar em alguns estados o que, no ano passado, representou R$ 13 bilhões. O recurso da União é repassado quando o valor por aluno no estado não alcança o mínimo definido nacionalmente, atualmente de R$ 3.016,17 ao ano.A diferença entre as propostas que estão em tramitação no Congresso é o aumento da complementação da União que, em todas elas, passaria a colocar mais recursos no fundo. Pela proposta da Câmara, esse percentual passaria para 30% em dez anos. No Senado, a complementação chegaria a 30% em três anos ou a 40% em 11 anos, dependendo da proposta. Proposta da CâmaraNa nota divulgada pelo MEC, Vogel disse que o ministério enxerga o texto que está sendo relatado pela deputada professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO) como "bastante avançado tecnicamente e em convergência com o MEC". A deputada foi uma das participantes da reunião desta quarta-feira (12).Dorinha Seabra avalia como positiva a sinalização do governo de que quer ampliar os repasses. Ela disse, no entanto, que defenderá um percentual maior. A proposta da Câmara prevê o repasse do equivalente a 15% do fundo pela União já no primeiro ano de vigência da lei. A partir de então, o aumento seria de 1,5 ponto percentual, até chegar, em dez anos, a 30%."Hoje quem banca o Fundeb são estados e municípios. A União, que tem um papel constitucional supletivo e concentra a maior parte dos recursos, redistribui R$ 14,4 bilhões. Os estados redistribuem R$ 22 bilhões. A distância entre o investimento de estados e União é gigante", disse.Segundo a deputada, a intenção, ao aumentar os recursos repassados pela União, é que haja uma maior equidade entre todas as redes de ensino do país. "Hoje, tem município que conta com R$ 1,4 mil por aluno. O maior valor chega a quase R$ 20 mil por aluno, por ano. É um nível de distorção muito alto".Além de propor o aumento dos repasses, segundo Dorinha Seabra, os parlamentares irão apontar também de onde deverão vir esses recursos.A proposta da Câmara é a que está mais avançada em termos de tramitação e discussão. A deputada disse que os parlamentares estão em contato com o governo para construir a melhor proposta. A intenção, segundo os parlamentares, é alinhar as propostas que tramitam em ambas as Casas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 56/56   Confira os sete candidatos que seguem na disputa para substituir Theresa May
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Sete candidatos sobreviveram à primeira votação para concorrer à sucessão da primeira-ministra britânica, Theresa May, que deixou o cargo oficialmente como líder do Partido Conservador após fracassar na negociação do Brexit

    Sete candidatos sobreviveram à primeira votação para concorrer à sucessão da primeira-ministra britânica, Theresa May, que deixou o cargo oficialmente como líder do Partido Conservador após fracassar na negociação do Brexit


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.

 
 


       

A Síntese de Voz
A Microsoft SAPI 5 objeto ActiveX é necessária.
Na opção de segurança do seu navegador, você não deve desabilitar a inicialização de controles ActiveX não assinados.
Você pode instalar e utilizar qualquer Inglês voz compatível com SAPI 5.
(tais como o discurso componente da Microsoft).
Não Voz Título Título e Documento
Voz e Audio Output



Velocidade

 

 
Volume

 

 

Velocidade Slideshow (Quick para Lento)
Zero Um Dois Três Quatro Cinco
Blog e RSS Feed URLs
http://moblog.whmsoft.net/pt
http://moblog.whmsoft.net/pt/?feed=rss2

Subscribe to Notícias Fotos Slideshows by Email
Subscrite para o RSS feed com Google Subscrite para o RSS feed com Yahoo! Subscrite para o RSS feed com AOL Subscrite para o RSS feed com Bloglines
Subscrite para o RSS feed com Netvibes Subscrite para o RSS feed com Newsgator Subscrite para o RSS feed com Pageflakes Subscrite para o RSS feed com Rojo

Slideshows - Fotos Noticias - Desde Yahoo! Noticias
Esporte



Encontros

Comentar