Pesquisas Locais - Offerte
Endereços - Horários - Comentários
Informações Sobre o Tempo
Produtos Quentes

Noticias Fotos Slideshows
Celebridades, People, Sports, High Tech, vlrPhone
   

HOWTO - Respostas Ilustrado
 
Libertar a Animação VR / AR
Jogar para revelar imagens 3D e modelos 3D!
Demonstração A-Frame / Multiplayer
Android app on Google Play
 
vlrPhone / vlrFilter
Softphones projeto com baixo consumo de energia, velocidade e radiação / Filtro Multifuncional de Audio com Controle Remoto!



 

Noticias Slideshows (23/06/2019 07 horas)


  • 1/56   Noticias Fotos Slideshows
    PEOPLE TOPIC NEWS

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.


    Revista de Imprensa


    Cachorro Grande   Foi Golpe   BTS GAME   Igor Julião   ROD SIMAS NO ALTAS HORAS   Moicano   Deltan e Lava Jato   Razer   Vivi e Chiclete   Winning Eleven   De León   ESSE É BABADO   Walter Corbo   zumbi coreano   Conexão Política   CUzido   Keirrison   CRUA   Sherazade   truck   Etika   paulo pagni   
  • 2/56   Bug da câmera Google Nest permite que ex-donos observem a casa de outras pessoas

    A Google anunciou na quinta-feira (20) que resolveu um bug de segurança que permitia que ex-donos da câmera Nest visualizassem imagens gravadas atualmente por outros usuários. Um detalhe: a câmera deve ser instalada dentro da casa das pessoas

    A Google anunciou na quinta-feira (20) que resolveu um bug de segurança que permitia que ex-donos da câmera Nest visualizassem imagens gravadas atualmente por outros usuários. Um detalhe: a câmera deve ser instalada dentro da casa das pessoas


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 3/56   Nicki Minaj diz que vai se casar e chama Miley Cyrus de 'cara de pau' em programa de rádio

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Nicki Minaj, 36,  retomou o seu programa semanal "Queen Radio", na Beats 1 da Apple Music, após três meses longe dos microfones. Ela aproveitou para fazer revelações sobre casamento e soltar o verbo contra outras cantoras.  Minaj lançou o single "Megatron" e aproveitou para contar que vai se casar com o namorado Kenneth Petty.  "Acho que já tenho o que eu estava buscando, apenas felicidade. Foi difícil alcançar um lugar feliz. Agora que estou aqui, não quero arriscar isso por nada ou ninguém", disse a rapper. Como sempre o relacionamento de Minaj é feito de polêmicas. Se o ex-namorado dela Safaree Samuels já disse ter sido esfaqueado pela cantora, Petty, seu atual relacionamento já foi acusado de estupro e preso em 1994, após violentar uma ex-namorada menor com uma faca. Em 2006, Kenneth voltou para a prisão após matar um homem durante uma briga. Ele só foi solto em 2013. Durante o programa, Minaj disse: "Essas galinhas nunca podem falar m... sobre rainhas. Ela me desrespeitou em um artigo de uma revista sem nenhuma razão. Agora você sai com perucas cor de rosa e todas as vadias querem ser Nicki ", disse a cantora sem citar o nome de Miley Cyrus, mas fazendo referência ao episódio de "Black Mirror" estrelado pela cantora em que a sua personagem usa uma peruca rosa. No mês passado, Miley falou sobre o trecho da canção "Cattitude" de seu novo álbum que tem um trecho dizendo: "Nick, eu te amo, mas eu ouço Cardi". Ao ser questionada Cyrus respondeu. "Eu acho que o que elas fazem é tão diferente uma da outra. Por isso as duas têm suas coroas. Elas não precisam compartilhar. Não há razão para brigas. As duas são rainhas". A briga entre as duas vem desde 2015, quando Cyrus criticou Minaj em uma entrevista à revista do New York Times, às vésperas do VMA. A ex-Disney, que também foi apresentadora dos prêmios neste ano, comentou as desavenças entre Nicki e Taylor Swift no Twitter. Nicki havia acusado o VMA de racismo por esnobar o clipe de "Anaconda" e recebeu alfinetadas de Miley na época, após discutir com Taylor Swift na rede social. "Você fez tudo girar em torno de você", criticou Miley. "Não quero soar como uma vadia, mas pareceu 'Ah, eu não ganhei meu VMA'. Se você quer falar de racismo, há outro jeito." Passados dois meses, Nicki deixou um recado para Miley Cyrus nesta edição da revista do "NYT", da qual é capa. "O fato de você se sentir chateada comigo falando sobre algo que afeta as mulheres negras me faz sentir que você é bem cara de pau", declarou a rapper. "Você está em clipes com caras negros e coloca mulheres negras em seu palco, mas você não quer saber como mulheres negras se sentem sobre algo que é tão importante? Qual é, você não pode querer a parte boa sem ter a má. Se você quer apreciar a nossa cultura e nosso estilo de vida, una-se a nós, dance conosco, divirta-se conosco".

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Nicki Minaj, 36,  retomou o seu programa semanal "Queen Radio", na Beats 1 da Apple Music, após três meses longe dos microfones. Ela aproveitou para fazer revelações sobre casamento e soltar o verbo contra outras cantoras.  Minaj lançou o single "Megatron" e aproveitou para contar que vai se casar com o namorado Kenneth Petty.  "Acho que já tenho o que eu estava buscando, apenas felicidade. Foi difícil alcançar um lugar feliz. Agora que estou aqui, não quero arriscar isso por nada ou ninguém", disse a rapper. Como sempre o relacionamento de Minaj é feito de polêmicas. Se o ex-namorado dela Safaree Samuels já disse ter sido esfaqueado pela cantora, Petty, seu atual relacionamento já foi acusado de estupro e preso em 1994, após violentar uma ex-namorada menor com uma faca. Em 2006, Kenneth voltou para a prisão após matar um homem durante uma briga. Ele só foi solto em 2013. Durante o programa, Minaj disse: "Essas galinhas nunca podem falar m... sobre rainhas. Ela me desrespeitou em um artigo de uma revista sem nenhuma razão. Agora você sai com perucas cor de rosa e todas as vadias querem ser Nicki ", disse a cantora sem citar o nome de Miley Cyrus, mas fazendo referência ao episódio de "Black Mirror" estrelado pela cantora em que a sua personagem usa uma peruca rosa. No mês passado, Miley falou sobre o trecho da canção "Cattitude" de seu novo álbum que tem um trecho dizendo: "Nick, eu te amo, mas eu ouço Cardi". Ao ser questionada Cyrus respondeu. "Eu acho que o que elas fazem é tão diferente uma da outra. Por isso as duas têm suas coroas. Elas não precisam compartilhar. Não há razão para brigas. As duas são rainhas". A briga entre as duas vem desde 2015, quando Cyrus criticou Minaj em uma entrevista à revista do New York Times, às vésperas do VMA. A ex-Disney, que também foi apresentadora dos prêmios neste ano, comentou as desavenças entre Nicki e Taylor Swift no Twitter. Nicki havia acusado o VMA de racismo por esnobar o clipe de "Anaconda" e recebeu alfinetadas de Miley na época, após discutir com Taylor Swift na rede social. "Você fez tudo girar em torno de você", criticou Miley. "Não quero soar como uma vadia, mas pareceu 'Ah, eu não ganhei meu VMA'. Se você quer falar de racismo, há outro jeito." Passados dois meses, Nicki deixou um recado para Miley Cyrus nesta edição da revista do "NYT", da qual é capa. "O fato de você se sentir chateada comigo falando sobre algo que afeta as mulheres negras me faz sentir que você é bem cara de pau", declarou a rapper. "Você está em clipes com caras negros e coloca mulheres negras em seu palco, mas você não quer saber como mulheres negras se sentem sobre algo que é tão importante? Qual é, você não pode querer a parte boa sem ter a má. Se você quer apreciar a nossa cultura e nosso estilo de vida, una-se a nós, dance conosco, divirta-se conosco".


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 4/56   Evento de programação Insider Dev desembarca em Campinas no dia 26 de junho

    Ocasião é tida como a maior do mundo no setor de desenvolvimento e programação com tecnologia da Microsoft e chega ao Brasil graças a parceria firmada entre a multinacional americana e a escola de cursos técnicos em informática Microcamp

    Ocasião é tida como a maior do mundo no setor de desenvolvimento e programação com tecnologia da Microsoft e chega ao Brasil graças a parceria firmada entre a multinacional americana e a escola de cursos técnicos em informática Microcamp


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 5/56   Os melhores apps Android da semana (21/06/2019)

    Nesta semana, a nossa lista chega com boas opções para quem está procurando plantar em casa, procurar um bom restaurante para comer ou mesmo se preocupar com a saúde. Ainda, há jogos para se divertir no feriado todos grátis na loja da Google

    Nesta semana, a nossa lista chega com boas opções para quem está procurando plantar em casa, procurar um bom restaurante para comer ou mesmo se preocupar com a saúde. Ainda, há jogos para se divertir no feriado todos grátis na loja da Google


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 6/56   Códigos do Windows 10 revelam produto semelhante a uma estação para canetas

    Sistema chega com novas funcionalidades para usuários de sistema de desenho da Microsoft. A novidade combina com uma patente da Microsoft do ano passado voltada para uma estação com canetas que interage com telas touch

    Sistema chega com novas funcionalidades para usuários de sistema de desenho da Microsoft. A novidade combina com uma patente da Microsoft do ano passado voltada para uma estação com canetas que interage com telas touch


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 7/56   Com guerra comercial, Apple quer transferir da China até 30% de sua produção

    A Apple quer reduzir sua dependência da manufatura chinesa e considera transferir de 15% a 30% de sua produção da China para outros países, como México, Vietnã e Índia. A notícia foi publicada pelo jornal Nikkei Asian nesta sexta-feira (21)

    A Apple quer reduzir sua dependência da manufatura chinesa e considera transferir de 15% a 30% de sua produção da China para outros países, como México, Vietnã e Índia. A notícia foi publicada pelo jornal Nikkei Asian nesta sexta-feira (21)


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 8/56   Navegador Chromium Edge, da Microsoft, chega ao Windows 7 e 8

    Browser possui a mesma base de desenvolvimento do Chrome, da rival Google, e já estava disponível para Windows 10 e MacOS; o navegador receberá atualizações diárias por estar em fase de testes e já pode ser baixado pelo site oficial

    Browser possui a mesma base de desenvolvimento do Chrome, da rival Google, e já estava disponível para Windows 10 e MacOS; o navegador receberá atualizações diárias por estar em fase de testes e já pode ser baixado pelo site oficial


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 9/56   Apple deve acelerar produção de dispositivos com OLED para não sair no prejuízo

    Segundo fontes relacionadas à Apple e Samsung, os próximos dispositivos da Maçã devem contar com tela OLED para não ficar devendo para a empresa sul-coreana. A Apple havia feito um acordo com a Samsung na compra de telas, mas com a fraca venda de iPhones acabou devedora

    Segundo fontes relacionadas à Apple e Samsung, os próximos dispositivos da Maçã devem contar com tela OLED para não ficar devendo para a empresa sul-coreana. A Apple havia feito um acordo com a Samsung na compra de telas, mas com a fraca venda de iPhones acabou devedora


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 10/56   Fundador da Foxconn aconselha Apple a sair da China

    Terry Gou, fundador e ex-presidente da Foxconn, revelou em reunião com acionistas que aconselhou os executivos da Apple a mudarem toda a operação de produção da empresa da China para Taiwan, onde Gou está disputando a eleição para presidente

    Terry Gou, fundador e ex-presidente da Foxconn, revelou em reunião com acionistas que aconselhou os executivos da Apple a mudarem toda a operação de produção da empresa da China para Taiwan, onde Gou está disputando a eleição para presidente


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 11/56   Harry Potter: Wizards Unite chega em junho para EUA e Reino Unido

    Jogo será lançado em formato gratuito para Android e iOS nos dois países. Ainda não há informações sobre data de lançamento no Brasil. Game usa de ferramentas de Pokémon Go e Ingress voltado a universo de Harry Potter

    Jogo será lançado em formato gratuito para Android e iOS nos dois países. Ainda não há informações sobre data de lançamento no Brasil. Game usa de ferramentas de Pokémon Go e Ingress voltado a universo de Harry Potter


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 12/56   Google abandona negócio de tablets e cancela dois modelos

    A proposta da Google era efetivamente entrar no mercado de tablets, mas parece não ter alcançado o resultado esperado

    A proposta da Google era efetivamente entrar no mercado de tablets, mas parece não ter alcançado o resultado esperado


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 13/56   Pesquisadores criam algoritmo que ajusta distorções em fotos com grande-angular

    Pesquisa publicada no MIT em parceria com Google cria novo algoritmo capaz de ajustar imagem tanto para primeiro plano quanto para segundo, mesmo em fotos de grande-angular. Sistema é um misto de dois métodos atuais de fotografia

    Pesquisa publicada no MIT em parceria com Google cria novo algoritmo capaz de ajustar imagem tanto para primeiro plano quanto para segundo, mesmo em fotos de grande-angular. Sistema é um misto de dois métodos atuais de fotografia


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 14/56   Febre do k-pop, BTS lança música para jogo de celular que simula carreira do grupo

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O grupo sul-coreano BTS lançou, nesta sexta-feira (21), a música "All Night", uma parceria com o rapper americano Juice Wrld. A faixa faz parte da trilha original "BTS World", o primeiro jogo de celular sobre o grupo que é o maior representante do k-pop hoje. Os fãs poderão se tornar empresários da banda, decidir sobre a agenda de shows e singles e fazer chamadas de vídeos com os sete integrantes. O game também traz mais de 10 mil fotos e 100 vídeos inéditos. A faixa "All Night" é o terceiro lançamento da trilha sonora e se junta à "Dream Glow" e à "A Brand New Day". Com tradução em português, o jogo será lançado no dia 25 de junho no Brasil, mas já é possível fazer uma pré-inscrição no site. Disponível para Android e iOS,  "BTS World" foi criado pela Netmarble, desenvolvedora sul-coreana de games para celulares como "Lineage" e "Marvel Future Fight".

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O grupo sul-coreano BTS lançou, nesta sexta-feira (21), a música "All Night", uma parceria com o rapper americano Juice Wrld. A faixa faz parte da trilha original "BTS World", o primeiro jogo de celular sobre o grupo que é o maior representante do k-pop hoje. Os fãs poderão se tornar empresários da banda, decidir sobre a agenda de shows e singles e fazer chamadas de vídeos com os sete integrantes. O game também traz mais de 10 mil fotos e 100 vídeos inéditos. A faixa "All Night" é o terceiro lançamento da trilha sonora e se junta à "Dream Glow" e à "A Brand New Day". Com tradução em português, o jogo será lançado no dia 25 de junho no Brasil, mas já é possível fazer uma pré-inscrição no site. Disponível para Android e iOS,  "BTS World" foi criado pela Netmarble, desenvolvedora sul-coreana de games para celulares como "Lineage" e "Marvel Future Fight".


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 15/56   App do Gmail para Android deve receber modo escuro em breve; veja imagens

    Muito pedido pelos usuários, o recurso de modo escuro para o Gmail deve chegar em breve para o aplicativo. Um APK extraoficial está disponível para quem quiser testá-lo brevemente, mas apenas para Android. A Google não anunciou quando lançará a novidade

    Muito pedido pelos usuários, o recurso de modo escuro para o Gmail deve chegar em breve para o aplicativo. Um APK extraoficial está disponível para quem quiser testá-lo brevemente, mas apenas para Android. A Google não anunciou quando lançará a novidade


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 16/56   Microsoft começa a forçar atualizações no Windows 10

    Empresa mudou políticas de update em maio, instalando automaticamente versões mais recentes sempre que uma mais antiga, que ainda esteja sendo utilizada pelo usuário, estiver se aproximando do fim do período de suporte

    Empresa mudou políticas de update em maio, instalando automaticamente versões mais recentes sempre que uma mais antiga, que ainda esteja sendo utilizada pelo usuário, estiver se aproximando do fim do período de suporte


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 17/56   Apple diz que guerra comercial dos EUA com a China pode ser desastrosa

    Pela primeira vez, empresa se posicionou em caráter oficial sobre as sanções que o governo de Donald Trump tem exercido sobre a China na área comercial. Em carta, ela reforçou que, se mantidas as tarifas, os negócios seriam drasticamente prejudicados

    Pela primeira vez, empresa se posicionou em caráter oficial sobre as sanções que o governo de Donald Trump tem exercido sobre a China na área comercial. Em carta, ela reforçou que, se mantidas as tarifas, os negócios seriam drasticamente prejudicados


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 18/56   Apple inicia recall de baterias do MacBook Pro por risco de incêndio

    Apple anunciou que modelo com tela de 15 polegadas tem risco de incêndio devido ao superaquecimento

    Apple anunciou que modelo com tela de 15 polegadas tem risco de incêndio devido ao superaquecimento


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 19/56   Google abandona negócio de tablets e cancela dois modelos que sairiam em 2019

    Empresa confirmou que não vai mais produzir tablets próprios, apenas negociando o Chrome OS com parceiros. Em contrapartida, vai direcionar os recursos para o desenvolvimento de laptops feitos internamente

    Empresa confirmou que não vai mais produzir tablets próprios, apenas negociando o Chrome OS com parceiros. Em contrapartida, vai direcionar os recursos para o desenvolvimento de laptops feitos internamente


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 20/56   Apple anuncia recall do Macbook Pro por risco de incêndio em baterias

    A Apple anunciou um recall de várias unidades do MacBook Pro, pelo risco de superaquecimento das baterias, o que pode provocar um incêndio.

    A Apple anunciou um recall de várias unidades do MacBook Pro, pelo risco de superaquecimento das baterias, o que pode provocar um incêndio.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 21/56   Airbus usa HoloLens 2 para aperfeiçoar fabricação de aeronaves

    Uma das maiores empresas do setor aeroespacial, a franco-alemã Airbus anunciou parceria com a Microsoft para aliar as tecnologias do Azure e do HoloLens 2 para aperfeiçoar a fabricação de suas aeronaves

    Uma das maiores empresas do setor aeroespacial, a franco-alemã Airbus anunciou parceria com a Microsoft para aliar as tecnologias do Azure e do HoloLens 2 para aperfeiçoar a fabricação de suas aeronaves


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 22/56   Fundador da Hon Hai quer que Apple transfira produção para China

    (Bloomberg) -- O fundador da Hon Hai Precision, maior fornecedora da Apple, pediu que a empresa americana transfira parte de sua extensa cadeia de produção da China para Taiwan."Estou insistindo para que a Apple se mude para Taiwan", disse o bilionário Terry Gou, maior acionista da Hon Hai, ao responder a uma pergunta sobre se a Apple iria transferir sua produção da China para outro país. "Acho que é muito possível", disse sem dar detalhes.A ameaça da administração Trump de impor tarifas sobre cerca de US$ 300 bilhões em produtos fabricados na China - como telefones e laptops - alimenta rumores de que a Apple vai desviar parte de sua capacidade instalada da segunda maior economia do mundo. E a Hon Hai é a maior entre centenas de fornecedores da Apple com fábricas na China continental, onde fabrica a maioria dos iPhones vendidos mundialmente, na cidade chinesa de Zhengzhou.Caso a Apple transfira uma parte significativa de sua produção da China para Taiwan - que Pequim vê como parte de seu território -, a decisão pode aumentar as tensões entre os dois governos. A Hon Hai, principal divisão da Foxconn Technology com ações em bolsa, é hoje a empresa privada com o maior número de funcionários na China, com cerca de um milhão de trabalhadores migrantes nas linhas de produção da Apple. Gou renunciou ao cargo de presidente do conselho da Hon Hai na sexta-feira para tentar conseguir a nomeação de seu partido e concorrer às eleições presidenciais de Taiwan em 2020. A Apple responde por metade da receita da Hon Hai. Não se sabe o volume de capacidade que Gou pode estar se referindo, nem quão viável seria uma mudança em grande escala para a Hon Hai ou qualquer outro fornecedor da Apple.Empresas de Taiwan que montam a maioria dos eletrônicos do mundo agora expandem ou abrem unidades no sudeste da Ásia e em outros países para escapar de tarifas sobre mercadorias com destino aos EUA. Mas grande parte da capacidade continua enraizada na China. O jornal Nikkei relatou esta semana que a Apple pediu que seus maiores fornecedores avaliassem os custos de transferir de 15% a 30% de sua produção da China para o Sudeste Asiático, mas três grandes parceiros da empresa americana não teriam concordado com a ideia. A própria Hon Hai disse que a Apple não solicitou tal medida.Repórter da matéria original: Debby Wu em Taipé, dwu278@bloomberg.netPara entrar em contato com os editores responsáveis: Peter Elstrom, pelstrom@bloomberg.net, ;Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net, Edwin ChanFor more articles like this, please visit us at bloomberg.com©2019 Bloomberg L.P.

    (Bloomberg) -- O fundador da Hon Hai Precision, maior fornecedora da Apple, pediu que a empresa americana transfira parte de sua extensa cadeia de produção da China para Taiwan."Estou insistindo para que a Apple se mude para Taiwan", disse o bilionário Terry Gou, maior acionista da Hon Hai, ao responder a uma pergunta sobre se a Apple iria transferir sua produção da China para outro país. "Acho que é muito possível", disse sem dar detalhes.A ameaça da administração Trump de impor tarifas sobre cerca de US$ 300 bilhões em produtos fabricados na China - como telefones e laptops - alimenta rumores de que a Apple vai desviar parte de sua capacidade instalada da segunda maior economia do mundo. E a Hon Hai é a maior entre centenas de fornecedores da Apple com fábricas na China continental, onde fabrica a maioria dos iPhones vendidos mundialmente, na cidade chinesa de Zhengzhou.Caso a Apple transfira uma parte significativa de sua produção da China para Taiwan - que Pequim vê como parte de seu território -, a decisão pode aumentar as tensões entre os dois governos. A Hon Hai, principal divisão da Foxconn Technology com ações em bolsa, é hoje a empresa privada com o maior número de funcionários na China, com cerca de um milhão de trabalhadores migrantes nas linhas de produção da Apple. Gou renunciou ao cargo de presidente do conselho da Hon Hai na sexta-feira para tentar conseguir a nomeação de seu partido e concorrer às eleições presidenciais de Taiwan em 2020. A Apple responde por metade da receita da Hon Hai. Não se sabe o volume de capacidade que Gou pode estar se referindo, nem quão viável seria uma mudança em grande escala para a Hon Hai ou qualquer outro fornecedor da Apple.Empresas de Taiwan que montam a maioria dos eletrônicos do mundo agora expandem ou abrem unidades no sudeste da Ásia e em outros países para escapar de tarifas sobre mercadorias com destino aos EUA. Mas grande parte da capacidade continua enraizada na China. O jornal Nikkei relatou esta semana que a Apple pediu que seus maiores fornecedores avaliassem os custos de transferir de 15% a 30% de sua produção da China para o Sudeste Asiático, mas três grandes parceiros da empresa americana não teriam concordado com a ideia. A própria Hon Hai disse que a Apple não solicitou tal medida.Repórter da matéria original: Debby Wu em Taipé, dwu278@bloomberg.netPara entrar em contato com os editores responsáveis: Peter Elstrom, pelstrom@bloomberg.net, ;Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net, Edwin ChanFor more articles like this, please visit us at bloomberg.com©2019 Bloomberg L.P.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 23/56   Parada do Orgulho LGBT de São Paulo recebe, de novo, representantes da Microsoft

    A Parada do Orgulho LGBT de São Paulo acontecerá no próximo domingo (23) e contará, pelo terceiro ano consecutivo, com a presença da Microsoft no evento. A presidente e a vice-presidente jurídica da empresa estarão desfilando no carro principal

    A Parada do Orgulho LGBT de São Paulo acontecerá no próximo domingo (23) e contará, pelo terceiro ano consecutivo, com a presença da Microsoft no evento. A presidente e a vice-presidente jurídica da empresa estarão desfilando no carro principal


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 24/56   Perfis de empresas na Pesquisa Google poderão exibir fotos que somem após 24h

    O Google Meu Negócio anunciou novidades para pequenas e médias empresas na quarta-feira (19). Nas próximas semanas, por exemplo, será liberado um recurso que permite aos empreendedores publicar uma foto em seu perfil por apenas 24 horas, como um Stories

    O Google Meu Negócio anunciou novidades para pequenas e médias empresas na quarta-feira (19). Nas próximas semanas, por exemplo, será liberado um recurso que permite aos empreendedores publicar uma foto em seu perfil por apenas 24 horas, como um Stories


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 25/56   Apple inicia recall de baterias do MacBook Pro por questão de segurança

    De acordo com a empresa, notebooks com telas de 15 polegadas comprados entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017 podem ter problemas com aquecimento e representarem risco à proteção dos usuários. Troca do componente é gratuita

    De acordo com a empresa, notebooks com telas de 15 polegadas comprados entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017 podem ter problemas com aquecimento e representarem risco à proteção dos usuários. Troca do componente é gratuita


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 26/56   Celebrando cinquentenário da Apollo 11, aplicativo revive pouso lunar em RA

    O app 321 Launch, disponível para Android e iOS, exibirá em julho o lançamento da Apollo 11, bem como seu pouso na Lua, em realidade aumentada — como se tudo estivesse acontecendo agora, ao vivo e em cores

    O app 321 Launch, disponível para Android e iOS, exibirá em julho o lançamento da Apollo 11, bem como seu pouso na Lua, em realidade aumentada — como se tudo estivesse acontecendo agora, ao vivo e em cores


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 27/56   Mina de carvão alemã é ocupada por ativistas ambientalistas
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Centenas de ativistas contra o carvão entraram neste sábado em uma mina a céu aberto no oeste da Alemanha, que reduziu sua atividade desde sexta, no âmbito de um protesto de vários dias.

    Centenas de ativistas contra o carvão entraram neste sábado em uma mina a céu aberto no oeste da Alemanha, que reduziu sua atividade desde sexta, no âmbito de um protesto de vários dias.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 28/56   Elton John e Macron se mobilizam contra Aids em Paris
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O presidente francês, Emmanuel Macron, defendeu nesta sexta-feira uma mobilização internacional na luta contra a Aids com o objetivo de "salvar 16 milhões de vidas", durante uma aparição do cantor Elton John na Festa da Música, no Palácio do Eliseu, em Paris.

    O presidente francês, Emmanuel Macron, defendeu nesta sexta-feira uma mobilização internacional na luta contra a Aids com o objetivo de "salvar 16 milhões de vidas", durante uma aparição do cantor Elton John na Festa da Música, no Palácio do Eliseu, em Paris.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 29/56   Missouri nega licença a última clínica de abortos do estado
    SCIENCE TOPIC NEWS

    As autoridades do Missouri rejeitaram nesta sexta-feira a solicitação da última clínica do estado que pratica abortos para renovar sua licença de funcionamento, apesar de que o centro continuará funcionando enquanto espera uma decisão da justiça.

    As autoridades do Missouri rejeitaram nesta sexta-feira a solicitação da última clínica do estado que pratica abortos para renovar sua licença de funcionamento, apesar de que o centro continuará funcionando enquanto espera uma decisão da justiça.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 30/56   Pesquisa usa carteiras perdidas para testar a honestidade no mundo
    SCIENCE TOPIC NEWS

    A honestidade tem sido muito pouco estudada por psicólogos e economistas na vida real, mas uma nova pesquisa utilizou carteiras perdidas em 40 países para testar o civismo de milhares de pessoas.

    A honestidade tem sido muito pouco estudada por psicólogos e economistas na vida real, mas uma nova pesquisa utilizou carteiras perdidas em 40 países para testar o civismo de milhares de pessoas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 31/56   Índia celebra o Dia Internacional da Ioga
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, participou nesta sexta-feira das comemorações do Dia Internacional da Ioga, realizando a saudação do sol e outras posições em uma sessão reunindo 30.000 pessoas.

    O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, participou nesta sexta-feira das comemorações do Dia Internacional da Ioga, realizando a saudação do sol e outras posições em uma sessão reunindo 30.000 pessoas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 32/56   Escotilhas de alimentação
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Um grupo francês que defende os direitos dos animais denunciou em um vídeo uma situação no mínimo curiosa. Vacas com aberturas laterais para poderem ser alimentadas com mais eficácia.

    Um grupo francês que defende os direitos dos animais denunciou em um vídeo uma situação no mínimo curiosa. Vacas com aberturas laterais para poderem ser alimentadas com mais eficácia.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 33/56   Cautela marca início de cúpula sobre altos cargos da UE
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Apesar dos muitos contatos prévios, os mandatários europeus retomaram nesta quinta-feira as discussões sobre quem liderará a União Europeia (UE) nos próximos cinco anos, com as diferentes famílias políticas firmes em suas posições.

    Apesar dos muitos contatos prévios, os mandatários europeus retomaram nesta quinta-feira as discussões sobre quem liderará a União Europeia (UE) nos próximos cinco anos, com as diferentes famílias políticas firmes em suas posições.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 34/56   Homem é condenado no Reino Unido por fabricar arma em 3D
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Um homem de 26 anos foi declarado culpado por um tribunal de Londres, nesta quarta-feira (19), por ter fabricado uma arma de fogo com uma impressora 3D - um fato sem precedentes, de acordo com a polícia britânica.

    Um homem de 26 anos foi declarado culpado por um tribunal de Londres, nesta quarta-feira (19), por ter fabricado uma arma de fogo com uma impressora 3D - um fato sem precedentes, de acordo com a polícia britânica.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 35/56   Xi escreve carta de amizade para Coreia do Norte antes de visita
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Xi Jinping pretende dar um novo impulso à frágil aliança entre China e Coreia do Norte, ao fazer esta semana sua primeira viagem a Pyongyang como presidente.

    Xi Jinping pretende dar um novo impulso à frágil aliança entre China e Coreia do Norte, ao fazer esta semana sua primeira viagem a Pyongyang como presidente.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 36/56   Boris Johsnon amplia vantagem para substituir Theresa May
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O deputado conservador Boris Johnson, um fervoroso defensor do Brexit, ampliou sua vantagem nesta terça-feira (18) na corrida para substituir a primeira-ministra britânica, Theresa May, ao vencer com ampla vantagem o segundo turno da votação após a qual ficaram apenas cinco candidatos na disputa.

    O deputado conservador Boris Johnson, um fervoroso defensor do Brexit, ampliou sua vantagem nesta terça-feira (18) na corrida para substituir a primeira-ministra britânica, Theresa May, ao vencer com ampla vantagem o segundo turno da votação após a qual ficaram apenas cinco candidatos na disputa.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 37/56   EUA lançaram ataques cibernéticos contra o Irã, afirma imprensa americana
    WORLD TOPIC NEWS

    Os Estados Unidos realizaram nesta semana ataques cibernéticos contra sistemas de lançamento de mísseis e uma rede de espionagem do Irã, após a destruição por Teerã de um drone americano, afirmou neste sábado a imprensa americana.

    Os Estados Unidos realizaram nesta semana ataques cibernéticos contra sistemas de lançamento de mísseis e uma rede de espionagem do Irã, após a destruição por Teerã de um drone americano, afirmou neste sábado a imprensa americana.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 38/56   Chefe policial renuncia no México por tortura no caso Ayotzinapa
    WORLD TOPIC NEWS

    O subsecretário de Segurança do estado mexicano de Michoacán (oeste) renunciou neste sábado, após a divulgação de um vídeo, não confirmado por autoridades, em que supostos policiais que estiveram sob o seu comando torturam um detido pelo desaparecimento de 43 estudantes da Escola Normal Rural de Ayotzinapa.

    O subsecretário de Segurança do estado mexicano de Michoacán (oeste) renunciou neste sábado, após a divulgação de um vídeo, não confirmado por autoridades, em que supostos policiais que estiveram sob o seu comando torturam um detido pelo desaparecimento de 43 estudantes da Escola Normal Rural de Ayotzinapa.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 39/56   Plano de paz americano quer levantar US$ 50 bilhões para palestinos
    WORLD TOPIC NEWS

    Os Estados Unidos anunciaram neste sábado (22) que o plano de paz para o Oriente Médio que apresentarão na semana que vem no Barein busca levantar mais de 50 bilhões de dólares e criar 1 milhão de postos de trabalho para os palestinos.

    Os Estados Unidos anunciaram neste sábado (22) que o plano de paz para o Oriente Médio que apresentarão na semana que vem no Barein busca levantar mais de 50 bilhões de dólares e criar 1 milhão de postos de trabalho para os palestinos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 40/56   Falha humana causou erros em apuração de eleições na Guatemala
    WORLD TOPIC NEWS

    Um funcionário do tribunal eleitoral da Guatemala atribuiu neste sábado a um programador a falha no sistema de apuração das eleições do último domingo, que levará à recontagem dos votos, após denúncias de fraude.

    Um funcionário do tribunal eleitoral da Guatemala atribuiu neste sábado a um programador a falha no sistema de apuração das eleições do último domingo, que levará à recontagem dos votos, após denúncias de fraude.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 41/56   Imigrantes festejam em Belo Horizonte avanço da Venezuela na Copa América
    WORLD TOPIC NEWS

    Edmundo, 43, asfixiado pela crise econômica e a falta de remédios, emigrou para o Brasil. Ele é um dos 20 venezuelanos que vivem em um abrigo em Belo Horizonte e que comemoraram neste sábado, no Mineirão, a classificação da Venezuela para as quartas de final da Copa América.

    Edmundo, 43, asfixiado pela crise econômica e a falta de remédios, emigrou para o Brasil. Ele é um dos 20 venezuelanos que vivem em um abrigo em Belo Horizonte e que comemoraram neste sábado, no Mineirão, a classificação da Venezuela para as quartas de final da Copa América.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 42/56   Líder norte-coreano recebe 'carta excelente' dos EUA
    WORLD TOPIC NEWS

    O líder norte-coreano, Kim Jong Un, recebeu uma carta pessoal do presidente americano, Donald Trump, com "um conteúdo excelente", indicou neste domingo a agência oficial norte-coreana KCNA.

    O líder norte-coreano, Kim Jong Un, recebeu uma carta pessoal do presidente americano, Donald Trump, com "um conteúdo excelente", indicou neste domingo a agência oficial norte-coreana KCNA.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 43/56   ONG que defende opositores presos na Venezuela critica Bachelet
    WORLD TOPIC NEWS

    A ONG Foro Penal, que defende opositores presos, criticou neste sábado a alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, por considerar que não foram alcançados os resultados desejados de sua visita à Venezuela.

    A ONG Foro Penal, que defende opositores presos, criticou neste sábado a alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, por considerar que não foram alcançados os resultados desejados de sua visita à Venezuela.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 44/56   Manifestantes no Sudão aceitam proposta da Etiópia para transição
    WORLD TOPIC NEWS

    Os representantes do movimento de protestos no Sudão aceitaram neste sábado uma proposta da mediadora Etiópia para formar um órgão composto majoritariamente por civis a fim de assegurar a transição política, enquanto se mantém a disputa com o Exército, no poder.

    Os representantes do movimento de protestos no Sudão aceitaram neste sábado uma proposta da mediadora Etiópia para formar um órgão composto majoritariamente por civis a fim de assegurar a transição política, enquanto se mantém a disputa com o Exército, no poder.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 45/56   2 - Trump anuncia novas sanções 'importantes' contra o Irã
    WORLD TOPIC NEWS

    WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) - O presidente Donald Trump disse neste sábado (22) que os Estados Unidos vão impor novas sanções "importantes" ao Irã na segunda (24), horas depois de declarar que seria o novo "melhor amigo" da república islâmica se ela renunciasse às armas nucleares.  "Vamos pôr sanções adicionais importantes sobre o Irã na segunda-feira (24)", escreveu Trump em uma rede social. "Espero o dia em que as sanções sobre o Irã sejam levantadas e eles se tornem uma nação próspera e produtiva outra vez - Quanto antes melhor!", acrescentou. Antes de partir para a residência de Camp David, neste sábado, o presidente afirmou ainda a jornalistas que uma ação militar contra o Irã está "sempre na mesa". Mas ele acrescentou que está aberto para chegar rapidamente a um acordo com o país, que ajudaria a impulsionar a economia da república islâmica. "Chamaremos de 'Vamos fazer o Irã grande de novo", disse. Na sexta (21), Trump disse que havia aprovado ataques contra o Irã, mas voltou atrás e cancelou a operação. A atitude foi tomada após o Irã ter derrubado um drone americano. Trump, então, diz ter considerado a ação desproporcional à derrubada do drone. Ele escreveu em uma rede social que não tem pressa para realizar os ataques e que as Forças Armadas dos EUA "estão reconstruídas, novas, prontas para a ação e são a melhor do mundo." Neste sábado (22), o Irã afirmou que qualquer ataque contra seu território teria consequências devastadoras para os interesses americanos na região. "Atirar uma bala em direção ao Irã irá provocar a destruição dos interesses da América e de seus aliados" na região, declarou o general de brigada Abolfazl Shekarchi, porta-voz do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas iranianas em uma entrevista à agência Tasnim.

    WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) - O presidente Donald Trump disse neste sábado (22) que os Estados Unidos vão impor novas sanções "importantes" ao Irã na segunda (24), horas depois de declarar que seria o novo "melhor amigo" da república islâmica se ela renunciasse às armas nucleares.  "Vamos pôr sanções adicionais importantes sobre o Irã na segunda-feira (24)", escreveu Trump em uma rede social. "Espero o dia em que as sanções sobre o Irã sejam levantadas e eles se tornem uma nação próspera e produtiva outra vez - Quanto antes melhor!", acrescentou. Antes de partir para a residência de Camp David, neste sábado, o presidente afirmou ainda a jornalistas que uma ação militar contra o Irã está "sempre na mesa". Mas ele acrescentou que está aberto para chegar rapidamente a um acordo com o país, que ajudaria a impulsionar a economia da república islâmica. "Chamaremos de 'Vamos fazer o Irã grande de novo", disse. Na sexta (21), Trump disse que havia aprovado ataques contra o Irã, mas voltou atrás e cancelou a operação. A atitude foi tomada após o Irã ter derrubado um drone americano. Trump, então, diz ter considerado a ação desproporcional à derrubada do drone. Ele escreveu em uma rede social que não tem pressa para realizar os ataques e que as Forças Armadas dos EUA "estão reconstruídas, novas, prontas para a ação e são a melhor do mundo." Neste sábado (22), o Irã afirmou que qualquer ataque contra seu território teria consequências devastadoras para os interesses americanos na região. "Atirar uma bala em direção ao Irã irá provocar a destruição dos interesses da América e de seus aliados" na região, declarou o general de brigada Abolfazl Shekarchi, porta-voz do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas iranianas em uma entrevista à agência Tasnim.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 46/56   Estado do Arizona vira aposta democrata para derrotar Trump em 2020
    WORLD TOPIC NEWS

    PHOENIX, EUA (FOLHAPRESS) - David Balsamio vai votar em Donald Trump. Aos 30 anos, o manobrista da região metropolitana de Phoenix, capital do Arizona, se diz republicano e conservador.  Cresceu em uma casa com ideias de direita, concorda com a construção de um muro na fronteira entre Estados Unidos e México, e costuma se informar por emissoras de TV que corroboram essa visão de mundo. Sua formação é corrente quando se trata de política no deserto americano, mas a eleição presidencial de 2020 pode mudar o histórico de um estado que há pelo menos duas décadas escolhe republicanos.  O último candidato democrata à Casa Branca a vencer no estado foi Bill Clinton em 1996 e a vitória anterior tinha sido em 1948.  Sob o sol de 42ºC que fazia no domingo (16), Balsamio elaborava com facilidade explicações sobre a possível mudança de humor do eleitorado na região. "As coisas se transformaram nos últimos dois anos. Os eleitores estão mais jovens e, além disso, pessoas estão vindo da Califórnia para trabalhar aqui com ideias mais progressistas." O diagnóstico é preciso: as mudanças demográficas e o discurso anti-imigração de Trump têm impacto e fazem do Arizona uma peça em movimento no tabuleiro político desde 2016. Naquele ano, Trump venceu Hillary Clinton por uma margem de 90 mil votos e, no ano passado, os eleitores escolheram pela primeira vez em 30 anos uma democrata ao Senado, Kyrsten Sinema. Desde então, os índices de desaprovação do atual presidente aumentam e hoje estão na casa dos 50% na região.  "O clima está mudando", afirma Balsamio no centro histórico de Scottsdale. A cerca de 30 km dali, a cidade de Chandler abriga empresas de tecnologia, como a Intel, e seus funcionários californianos e progressistas aos quais o manobrista se refere.  O município de 250 mil habitantes reúne ainda parte dos jovens escolarizados que têm se incomodado com a postura agressiva de Trump em relação aos imigrantes. "Fico envergonha com a maneira com que o presidente representa nosso país e sou completamente contrária à sua política externa. Acho que imigrantes são trabalhadores esforçados em busca do melhor para suas famílias", afirma a empresária Mary Sublet. Aos 32 anos, a americana diz que votará nos democratas em 2020, como já fez na disputa legislativa do ano passado.  Na ocasião, ela e outros muitos jovens e latinos foram às urnas no Arizona em um comparecimento histórico para as chamadas eleições de meio de mandato, já que o voto não é obrigatório nos EUA. Foi isso que entusiasmou Cody Thompson. A moradora de Chandler avalia que é possível pintar o Arizona de roxo no ano que vem. A referência é à mistura das cores que definem estados democratas (azul) e republicanos (vermelho) -roxos são os estados-pêndulo, que podem dar a vitória a qualquer um dos partidos. "Começamos a mudança no ano passado, elegendo uma democrata ao Senado. Agora acho que podemos ser roxo na eleição presidencial, só depende do candidato da oposição", argumenta Thompson. Há 23 candidatos disputando a vaga democrata para concorrer à sucessão de Trump e o favorito deles é o ex-vice-presidente dos EUA Joe Biden. Para Sublet, a concretização das transformações no Arizona depende de eleitores que mudaram de posição nas últimas eleições. "Tem muita gente que votou no Trump em 2016 depois de ter votado no Obama em 2012. Minha esperança é que esses eleitores percebam que a situação em que vivemos hoje é grave e votem de novo nos democratas." Assessores do presidente americano identificaram o descontentamento em relação ao governo, principalmente entre mulheres nos subúrbios do país, e traçaram uma estratégia para tentar reverter esses votos. A região metropolitana de Phoenix -que abriga dois terços do eleitorado do Arizona- é alvo de uma campanha que deve explorar os bons índices da economia nos EUA, com crescimento acima de 3% ao ano. Mas não é somente quem resolve mudar de lado que deve preocupar Trump. Republicanos do Arizona que estão descontentes com o presidente dizem que não pretendem sair de casa em novembro do ano que vem para votar nele. É o caso do motorista Steven A. Thornton, 48. "Se for Trump, não vou votar em ninguém em 2020, já fiz isso em 2016." O programador Timothy, 37, que não quis dar sobrenome -"em tempos de redes sociais somos obrigados a tomar posição e somos atacados por isso"-- disse que votou em Trump contra Hillary e que hoje não está satisfeito. "Definitivamente não votarei de novo em Trump. Se os republicanos tivessem outro nome, com certeza votaria neles, mas posso pensar em votar num democrata agora." Ainda há muitos apoiadores de Trump no Arizona -os eleitores do presidente são majoritariamente brancos, pobres e de baixa escolaridade, perfil de parte da população do estado. Além disso, o discurso da oposição move-se à esquerda, impulsionado pela ala progressista dos democratas. O fato, dizem analistas, pode afastar o eleitorado que, apesar de desgostoso com Trump, segue conservador. O presidente deu mostras de que vai centrar esforços para manter os estados em que venceu em 2016, como Pensilvânia, Michigan e Wisconsin. Se a estratégia tiver sucesso, os democratas vão precisar ampliar o apoio em outras regiões, e os jovens e latinos do Arizona já mostraram que o estado pode ser essa porta de entrada.

    PHOENIX, EUA (FOLHAPRESS) - David Balsamio vai votar em Donald Trump. Aos 30 anos, o manobrista da região metropolitana de Phoenix, capital do Arizona, se diz republicano e conservador.  Cresceu em uma casa com ideias de direita, concorda com a construção de um muro na fronteira entre Estados Unidos e México, e costuma se informar por emissoras de TV que corroboram essa visão de mundo. Sua formação é corrente quando se trata de política no deserto americano, mas a eleição presidencial de 2020 pode mudar o histórico de um estado que há pelo menos duas décadas escolhe republicanos.  O último candidato democrata à Casa Branca a vencer no estado foi Bill Clinton em 1996 e a vitória anterior tinha sido em 1948.  Sob o sol de 42ºC que fazia no domingo (16), Balsamio elaborava com facilidade explicações sobre a possível mudança de humor do eleitorado na região. "As coisas se transformaram nos últimos dois anos. Os eleitores estão mais jovens e, além disso, pessoas estão vindo da Califórnia para trabalhar aqui com ideias mais progressistas." O diagnóstico é preciso: as mudanças demográficas e o discurso anti-imigração de Trump têm impacto e fazem do Arizona uma peça em movimento no tabuleiro político desde 2016. Naquele ano, Trump venceu Hillary Clinton por uma margem de 90 mil votos e, no ano passado, os eleitores escolheram pela primeira vez em 30 anos uma democrata ao Senado, Kyrsten Sinema. Desde então, os índices de desaprovação do atual presidente aumentam e hoje estão na casa dos 50% na região.  "O clima está mudando", afirma Balsamio no centro histórico de Scottsdale. A cerca de 30 km dali, a cidade de Chandler abriga empresas de tecnologia, como a Intel, e seus funcionários californianos e progressistas aos quais o manobrista se refere.  O município de 250 mil habitantes reúne ainda parte dos jovens escolarizados que têm se incomodado com a postura agressiva de Trump em relação aos imigrantes. "Fico envergonha com a maneira com que o presidente representa nosso país e sou completamente contrária à sua política externa. Acho que imigrantes são trabalhadores esforçados em busca do melhor para suas famílias", afirma a empresária Mary Sublet. Aos 32 anos, a americana diz que votará nos democratas em 2020, como já fez na disputa legislativa do ano passado.  Na ocasião, ela e outros muitos jovens e latinos foram às urnas no Arizona em um comparecimento histórico para as chamadas eleições de meio de mandato, já que o voto não é obrigatório nos EUA. Foi isso que entusiasmou Cody Thompson. A moradora de Chandler avalia que é possível pintar o Arizona de roxo no ano que vem. A referência é à mistura das cores que definem estados democratas (azul) e republicanos (vermelho) -roxos são os estados-pêndulo, que podem dar a vitória a qualquer um dos partidos. "Começamos a mudança no ano passado, elegendo uma democrata ao Senado. Agora acho que podemos ser roxo na eleição presidencial, só depende do candidato da oposição", argumenta Thompson. Há 23 candidatos disputando a vaga democrata para concorrer à sucessão de Trump e o favorito deles é o ex-vice-presidente dos EUA Joe Biden. Para Sublet, a concretização das transformações no Arizona depende de eleitores que mudaram de posição nas últimas eleições. "Tem muita gente que votou no Trump em 2016 depois de ter votado no Obama em 2012. Minha esperança é que esses eleitores percebam que a situação em que vivemos hoje é grave e votem de novo nos democratas." Assessores do presidente americano identificaram o descontentamento em relação ao governo, principalmente entre mulheres nos subúrbios do país, e traçaram uma estratégia para tentar reverter esses votos. A região metropolitana de Phoenix -que abriga dois terços do eleitorado do Arizona- é alvo de uma campanha que deve explorar os bons índices da economia nos EUA, com crescimento acima de 3% ao ano. Mas não é somente quem resolve mudar de lado que deve preocupar Trump. Republicanos do Arizona que estão descontentes com o presidente dizem que não pretendem sair de casa em novembro do ano que vem para votar nele. É o caso do motorista Steven A. Thornton, 48. "Se for Trump, não vou votar em ninguém em 2020, já fiz isso em 2016." O programador Timothy, 37, que não quis dar sobrenome -"em tempos de redes sociais somos obrigados a tomar posição e somos atacados por isso"-- disse que votou em Trump contra Hillary e que hoje não está satisfeito. "Definitivamente não votarei de novo em Trump. Se os republicanos tivessem outro nome, com certeza votaria neles, mas posso pensar em votar num democrata agora." Ainda há muitos apoiadores de Trump no Arizona -os eleitores do presidente são majoritariamente brancos, pobres e de baixa escolaridade, perfil de parte da população do estado. Além disso, o discurso da oposição move-se à esquerda, impulsionado pela ala progressista dos democratas. O fato, dizem analistas, pode afastar o eleitorado que, apesar de desgostoso com Trump, segue conservador. O presidente deu mostras de que vai centrar esforços para manter os estados em que venceu em 2016, como Pensilvânia, Michigan e Wisconsin. Se a estratégia tiver sucesso, os democratas vão precisar ampliar o apoio em outras regiões, e os jovens e latinos do Arizona já mostraram que o estado pode ser essa porta de entrada.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 47/56   Trump diz que se iranianos desistirem de programa nuclear será 'seu melhor amigo'
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assegurou neste sábado (22) que se os iranianos desistirem de seu programa nuclear, ele se tornaria seu "melhor amigo".

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assegurou neste sábado (22) que se os iranianos desistirem de seu programa nuclear, ele se tornaria seu "melhor amigo".


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 48/56   Sete mortos e dezenas de desaparecidos em desabamento de prédio no Camboja
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Ao menos sete pessoas morreram e várias outras estão sob os escombros de um prédio que desabou no Camboja na manhã deste sábado (22), informaram as autoridades locais.

    Ao menos sete pessoas morreram e várias outras estão sob os escombros de um prédio que desabou no Camboja na manhã deste sábado (22), informaram as autoridades locais.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 49/56   Incêndio de grandes proporções em refinaria nos EUA
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Um grande incêndio está sendo combatido nesta sexta-feira numa refinaria de petróleo na Filadélfia, nos Estados Unidos, com o saldo de cinco feridos, de acordo com informações de funcionários do local.

    Um grande incêndio está sendo combatido nesta sexta-feira numa refinaria de petróleo na Filadélfia, nos Estados Unidos, com o saldo de cinco feridos, de acordo com informações de funcionários do local.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 50/56   Trump afirma que cancelou ataque ao Irã momentos antes do início
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, garantiu nesta sexta-feira que cancelou no último momento um ataque contra o Irã, para evitar um saldo dramático de mortes, apesar de manter as ameaças contra Teerã por ter derrubado um drone americano.

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, garantiu nesta sexta-feira que cancelou no último momento um ataque contra o Irã, para evitar um saldo dramático de mortes, apesar de manter as ameaças contra Teerã por ter derrubado um drone americano.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 51/56   Sete países da UE aumentam pressão por acordo comercial com Mercosul
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Os dirigentes de sete países europeus, entre eles Espanha e Alemanha, pediram a Bruxelas que conclua um "histórico" acordo comercial com o Mercosul, negociado desde 1999 e que, em sua reta final, enfrenta reservas dentro do bloco.

    Os dirigentes de sete países europeus, entre eles Espanha e Alemanha, pediram a Bruxelas que conclua um "histórico" acordo comercial com o Mercosul, negociado desde 1999 e que, em sua reta final, enfrenta reservas dentro do bloco.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 52/56   OIT adota 1º tratado internacional sobre violência e assédio no trabalho
    BUSINESS TOPIC NEWS

    A Organização Internacional do Trabalho (OIT) adotou, nesta sexta-feira (21), o primeiro tratado internacional sobre violência e assédio no trabalho, incluindo o princípio de sanções.

    A Organização Internacional do Trabalho (OIT) adotou, nesta sexta-feira (21), o primeiro tratado internacional sobre violência e assédio no trabalho, incluindo o princípio de sanções.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 53/56   EUA pedem reunião do Conselho de Segurança sobre Irã
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Os Estados Unidos pediram uma reunião a portas fechadas do Conselho de Segurança da ONU na segunda-feira para discutir os últimos acontecimentos ligados ao Irã no Golfo, disseram fontes diplomáticas nesta sexta-feira.

    Os Estados Unidos pediram uma reunião a portas fechadas do Conselho de Segurança da ONU na segunda-feira para discutir os últimos acontecimentos ligados ao Irã no Golfo, disseram fontes diplomáticas nesta sexta-feira.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 54/56   China, França e Geórgia disputam direção da FAO
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Representantes da China, Geórgia e França disputam neste domingo (23) a sucessão do brasileiro José Graziano da Silva, diretor-geral da Agência das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), encarregada de erradicar a fome no mundo.

    Representantes da China, Geórgia e França disputam neste domingo (23) a sucessão do brasileiro José Graziano da Silva, diretor-geral da Agência das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), encarregada de erradicar a fome no mundo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 55/56   Companhias aéreas suspendem voos sobre Ormuz por tensão EUA-Irã
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Algumas das companhias aéreas mais importantes do mundo suspenderam seus voos sobre o Estreito de Ormuz, em meio à crescente tensão entre o Irã e os Estados Unidos pela derrubada de um drone americano.

    Algumas das companhias aéreas mais importantes do mundo suspenderam seus voos sobre o Estreito de Ormuz, em meio à crescente tensão entre o Irã e os Estados Unidos pela derrubada de um drone americano.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 56/56   Feto é encontrado em banheiro de avião na África do Sul
    BUSINESS TOPIC NEWS

    A equipe encarregada da limpeza encontrou nesta sexta-feira um feto em um dos banheiros de um avião da companhia sul-africana FlySafair no aeroporto internacional de Durban, segundo a polícia local, que abriu uma investigação.

    A equipe encarregada da limpeza encontrou nesta sexta-feira um feto em um dos banheiros de um avião da companhia sul-africana FlySafair no aeroporto internacional de Durban, segundo a polícia local, que abriu uma investigação.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.

 
 


       

A Síntese de Voz
A Microsoft SAPI 5 objeto ActiveX é necessária.
Na opção de segurança do seu navegador, você não deve desabilitar a inicialização de controles ActiveX não assinados.
Você pode instalar e utilizar qualquer Inglês voz compatível com SAPI 5.
(tais como o discurso componente da Microsoft).
Não Voz Título Título e Documento
Voz e Audio Output



Velocidade

 

 
Volume

 

 

Velocidade Slideshow (Quick para Lento)
Zero Um Dois Três Quatro Cinco
Blog e RSS Feed URLs
http://moblog.whmsoft.net/pt
http://moblog.whmsoft.net/pt/?feed=rss2

Subscribe to Notícias Fotos Slideshows by Email
Subscrite para o RSS feed com Google Subscrite para o RSS feed com Yahoo! Subscrite para o RSS feed com AOL Subscrite para o RSS feed com Bloglines
Subscrite para o RSS feed com Netvibes Subscrite para o RSS feed com Newsgator Subscrite para o RSS feed com Pageflakes Subscrite para o RSS feed com Rojo

Slideshows - Fotos Noticias - Desde Yahoo! Noticias
Esporte



Encontros

Comentar