Pesquisas Locais - Offerte
Endereços - Horários - Comentários
Informações Sobre o Tempo
Produtos Quentes

Noticias Fotos Slideshows
Celebridades, People, Sports, High Tech, vlrPhone
   

HOWTO - Respostas Ilustrado
 
Libertar a Animação VR / AR
Jogar para revelar imagens 3D e modelos 3D!
Demonstração A-Frame / Multiplayer
Android app on Google Play
 
vlrPhone / vlrFilter
Softphones projeto com baixo consumo de energia, velocidade e radiação / Filtro Multifuncional de Audio com Controle Remoto!



 

Noticias Slideshows (12/07/2019 07 horas)


  • 1/56   Noticias Fotos Slideshows
    PEOPLE TOPIC NEWS

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.


    Revista de Imprensa


    Pedro Rocha   Titanic   Sidoka   Nepotismo   Paul Walker   Monstros SA   Banks   Houston   Tatá Werneck   Marjorie Estiano   MARIEL E COELHANNA NA FINAL   Irmão Urso   Chris Paul   Lilo e Stitch   Camila Cabello & Cardi B   Fábio Santos   Velozes e Furiosos 7   Westbrook e Harden   Meu Malvado Favorito   Lucas Lucco   Boris Fausto   Vida de Inseto   Ser Cruzeiro   El Dorado   Instituto Rio Branco   Carlinhos Maia   Tirei Steve Harrington   Ursinho Pooh   Área 51   Bernardo e Bianca   Carros   Arnaldo Jabor   Divertidamente   
  • 2/56   Apple desativa Walkie Talkie para o Watch por falha de segurança

    Aplicativo que simula a comunicação de rádio famosa nos anos 90 possuía falha que poderia proporcionar a invasão de privacidade dos usuários. A Apple desabilitou o app até que uma atualização seja feita para corrigir o problema

    Aplicativo que simula a comunicação de rádio famosa nos anos 90 possuía falha que poderia proporcionar a invasão de privacidade dos usuários. A Apple desabilitou o app até que uma atualização seja feita para corrigir o problema


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 3/56   Google rebate acusação de que dispositivo Home envia áudios a outras pessoas

    Depois de ser acusada de enviar áudios coletados pelo Google Home para pessoas reais, a empresa se defendeu dizendo que especialistas usam os trechos para uma melhor compreensão de sotaques de idiomas específicos

    Depois de ser acusada de enviar áudios coletados pelo Google Home para pessoas reais, a empresa se defendeu dizendo que especialistas usam os trechos para uma melhor compreensão de sotaques de idiomas específicos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 4/56   DE GRAÇA (ou quase): games, apps, descontos e cupons da semana

    Toda semana, o Canaltech seleciona as melhores oportunidades do momento para você economizar bastante sem abrir mão de curtir novos apps e jogos para iOS, Android e consoles, além de cursos para dar um up em sua carreira e cupons de desconto para os apps que você ama

    Toda semana, o Canaltech seleciona as melhores oportunidades do momento para você economizar bastante sem abrir mão de curtir novos apps e jogos para iOS, Android e consoles, além de cursos para dar um up em sua carreira e cupons de desconto para os apps que você ama


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 5/56   Interesse de busca por Pablo Marí, reforço do Flamengo, salta 2350%

    Nova contratação do Rubro-Negro, anunciada nesta quinta-feira, fez despertar o interesse dos torcedores ao redor do Brasil, que fizeram muitas pesquisas no buscador do Google

    Nova contratação do Rubro-Negro, anunciada nesta quinta-feira, fez despertar o interesse dos torcedores ao redor do Brasil, que fizeram muitas pesquisas no buscador do Google


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 6/56   Os melhores apps Android da semana (11/07/2019)

    A lista dessa semana chega com opções para edição de vídeos no mobile, jogos de simuladores e com narrativas profundas, além dicas para curtir seu gênero preferido de música ou tirar uma foto com o smartphone de forma mais profissional

    A lista dessa semana chega com opções para edição de vídeos no mobile, jogos de simuladores e com narrativas profundas, além dicas para curtir seu gênero preferido de música ou tirar uma foto com o smartphone de forma mais profissional


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 7/56   Agent Smith | Novo malware substitui apps do Android por uma versão infectada

    Criado por uma empresa chinesa, o vírus Agent Smith utiliza uma falha do Android para sobrescrever os registros de diversos aplicativos e trocá-los por uma versão infectada, que continua funcionando mas passa a mostrar anúncios maliciosos

    Criado por uma empresa chinesa, o vírus Agent Smith utiliza uma falha do Android para sobrescrever os registros de diversos aplicativos e trocá-los por uma versão infectada, que continua funcionando mas passa a mostrar anúncios maliciosos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 8/56   Shoelace | Google começa a testar nova rede social hiperlocal

    A Google está testando uma nova rede social, inicialmente nos Estados Unidos, para unir pessoas que possuam os mesmos gostos, criando uma comunidade. Batizada de Shoelace, a novidade pode ser acessada no Android e OS apenas por quem mora em Nova York e tenha um convite

    A Google está testando uma nova rede social, inicialmente nos Estados Unidos, para unir pessoas que possuam os mesmos gostos, criando uma comunidade. Batizada de Shoelace, a novidade pode ser acessada no Android e OS apenas por quem mora em Nova York e tenha um convite


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 9/56   Edge ganha sistema que bloqueia reprodução automática de vídeos

    Recurso ainda está em fase de testes no navegador da Microsoft e usa algoritmo para detectar automaticamente as mídias, impedindo a execução como uma forma de economizar banda ou evitar inconvenientes

    Recurso ainda está em fase de testes no navegador da Microsoft e usa algoritmo para detectar automaticamente as mídias, impedindo a execução como uma forma de economizar banda ou evitar inconvenientes


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 10/56   Tudo o que você precisa saber sobre o Android Q, o novo SO da Google

    Cada vez mais próximo de seu lançamento, ainda que o nome oficial do Android Q continue sendo um mistério, já sabemos quais serão as principais novidades que o novo sistema operacional da Google irá oferecer aos usuários

    Cada vez mais próximo de seu lançamento, ainda que o nome oficial do Android Q continue sendo um mistério, já sabemos quais serão as principais novidades que o novo sistema operacional da Google irá oferecer aos usuários


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 11/56   Google pode permitir rede entre iPhones e Chrome OS via USB

    Sistema operacional atualmente só permite que smartphones Android possam se conectar via USB para oferecer rede a dispositivos. Linhas de código do Chromium revelam que isso pode também estar a caminho para iPhones

    Sistema operacional atualmente só permite que smartphones Android possam se conectar via USB para oferecer rede a dispositivos. Linhas de código do Chromium revelam que isso pode também estar a caminho para iPhones


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 12/56   Rumor | Pelo menos um iPhone de 2020 virá sem notch

    Analistas revelaram que, em 2020, pelo menos um dos modelos do iPhone virá com tela completamente cheia, sem notch, o que acarretaria em uma transição completa para todos as versões de 2021. As tecnologias adotadas, inclusive, poderiam baratear os dispositivos

    Analistas revelaram que, em 2020, pelo menos um dos modelos do iPhone virá com tela completamente cheia, sem notch, o que acarretaria em uma transição completa para todos as versões de 2021. As tecnologias adotadas, inclusive, poderiam baratear os dispositivos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 13/56   Rumor | Xiaomi Mi A3 e Mi A3 Lite tem processadores revelados

    Futuros smartphones da Xiaomi que também terão o Android One instalados, os Mi A3 e Mi A3 Lite terão em seu chassi os processadores Snapdragon 730 e 675 respectivamente. Isso os colocariam em uma posição superior aos recém-anunciados Mi CC

    Futuros smartphones da Xiaomi que também terão o Android One instalados, os Mi A3 e Mi A3 Lite terão em seu chassi os processadores Snapdragon 730 e 675 respectivamente. Isso os colocariam em uma posição superior aos recém-anunciados Mi CC


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 14/56   Sim, o Google grava, ouve e transcreve suas conversas

    Documentos vazados por funcionário mostra que Google transcreve áudios gravados pelo assistente pessoal Assistant

    Documentos vazados por funcionário mostra que Google transcreve áudios gravados pelo assistente pessoal Assistant


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 15/56   Atualização do Windows 10 deve modificar calendário e facilitar login

    Nova versão de testes de um pacote de atualização que deve chegar no começo do ano que vem adiciona entrada sem senha para contas da Microsoft, facilita a inclusão de compromissos e aumenta a lista de dispositivos para o app Seu Telefone

    Nova versão de testes de um pacote de atualização que deve chegar no começo do ano que vem adiciona entrada sem senha para contas da Microsoft, facilita a inclusão de compromissos e aumenta a lista de dispositivos para o app Seu Telefone


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 16/56   Rumor | Galaxy Tab 6 terá câmera de lente dupla e leitor de digitais sob a tela

    Samsung deve revelar nova entrada no setor de tablets em agosto de 2019, a fim de rivalizar com os modelos mais recentes do iPad, da Apple; outras informações mencionam display OLED e 6 GB a 8 GB de memória RAM

    Samsung deve revelar nova entrada no setor de tablets em agosto de 2019, a fim de rivalizar com os modelos mais recentes do iPad, da Apple; outras informações mencionam display OLED e 6 GB a 8 GB de memória RAM


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 17/56   Apple | Na surdina, empresa corrige falha perigosa no Zoom para Mac

    A Apple, de maneira discreta (mas que acabou se tornando pública), atualizou o aplicativo de videoconferência Zoom para usuários Mac. A empresa, em parceria com a própria Zoom, removeu uma ameaça do app que permitia que pessoas se conectassem aos chats sem avisar

    A Apple, de maneira discreta (mas que acabou se tornando pública), atualizou o aplicativo de videoconferência Zoom para usuários Mac. A empresa, em parceria com a própria Zoom, removeu uma ameaça do app que permitia que pessoas se conectassem aos chats sem avisar


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 18/56   Intel pode vender patentes wireless para a Apple

    Leilão de tecnologias registradas, iniciado no final de junho, foi interrompido abruptamente quando “interessado” demonstrou iniciativa de adquirir uma bela parcela do portfólio. Nomes não são citados, mas o mercado já tomou suas conclusões

    Leilão de tecnologias registradas, iniciado no final de junho, foi interrompido abruptamente quando “interessado” demonstrou iniciativa de adquirir uma bela parcela do portfólio. Nomes não são citados, mas o mercado já tomou suas conclusões


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 19/56   Rumor | Final Fantasy VII Remake pode chegar ao Xbox One; Square Enix nega

    Sempre divulgado como uma exclusividade do PlayStation 4, produção da Square Enix foi exibida em imagens especiais com logomarca do Xbox One pela conta alemã do console no Twitter; Microsoft apagou o post e desmentiu o boato

    Sempre divulgado como uma exclusividade do PlayStation 4, produção da Square Enix foi exibida em imagens especiais com logomarca do Xbox One pela conta alemã do console no Twitter; Microsoft apagou o post e desmentiu o boato


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 20/56   Google pausa a distribuição da nova versão beta do Android Q

    Horas depois de liberar a atualização do novo beta do Android Q, a Google finalizou a distribuição por tempo indeterminado, alegando que alguns usuários tiveram problemas com a instalação e que a empresa tentará corrigi-los antes de liberar novamente

    Horas depois de liberar a atualização do novo beta do Android Q, a Google finalizou a distribuição por tempo indeterminado, alegando que alguns usuários tiveram problemas com a instalação e que a empresa tentará corrigi-los antes de liberar novamente


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 21/56   Google | Imagem mostra suposto novo Chromebook de codinome 'Atlas'

    Vazamento mostra suposto Chromebook de codinome 'Atlas', que será o sucessor do Pixelbook. Segundo especulações, esse aparelho deve ser lançado ainda este ano e apresentará melhorias significativas com relação ao seu antecessor

    Vazamento mostra suposto Chromebook de codinome 'Atlas', que será o sucessor do Pixelbook. Segundo especulações, esse aparelho deve ser lançado ainda este ano e apresentará melhorias significativas com relação ao seu antecessor


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 22/56   Aprenda como criar um site gratuitamente com o Google Sites

    A Google permite criar sites através de sua ferramenta gratuita, o que facilita (e muito) a vida de empreendedores que estão começando seu negócio agora e não querem pagar caro por um domínio. Em poucos minutos, é possível criar um site com seu estilo e preferências

    A Google permite criar sites através de sua ferramenta gratuita, o que facilita (e muito) a vida de empreendedores que estão começando seu negócio agora e não querem pagar caro por um domínio. Em poucos minutos, é possível criar um site com seu estilo e preferências


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 23/56   Novos MacBook Air e Pro da Apple ainda mantêm teclado butterfly

    Empresa apresentou seus novos modelos do MacBook para 2019. A expectativa era de que a Apple já abandonasse modelo butterfly de seus teclados, o que gera grande parte de problemas do aparelho. Contudo, esta peça está nestas versões

    Empresa apresentou seus novos modelos do MacBook para 2019. A expectativa era de que a Apple já abandonasse modelo butterfly de seus teclados, o que gera grande parte de problemas do aparelho. Contudo, esta peça está nestas versões


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 24/56   Google celebra cinquentenário da Apollo 11 com realidade aumentada na busca

    Comemorando os 50 anos da Apollo 11, a missão da NASA que levou os primeiros humanos à superfície da Lua, a Google está lançando em seu app de buscas uma novidade: o uso da realidade aumentada para descobrir mais sobre este evento histórico

    Comemorando os 50 anos da Apollo 11, a missão da NASA que levou os primeiros humanos à superfície da Lua, a Google está lançando em seu app de buscas uma novidade: o uso da realidade aumentada para descobrir mais sobre este evento histórico


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 25/56   Dispositivos Google Home enviam áudios de usuários a contratantes

    Com ajuda de uma denúncia, a emissora belga VTR descobriu que contratantes conseguem ouvir informações sensíveis de usuários do Google Home, como endereços, nome, idade e, até mesmo, movimentos no quarto e violência doméstica

    Com ajuda de uma denúncia, a emissora belga VTR descobriu que contratantes conseguem ouvir informações sensíveis de usuários do Google Home, como endereços, nome, idade e, até mesmo, movimentos no quarto e violência doméstica


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 26/56   Google tem easter egg nos resultados de busca pelo torneio de tênis Wimbledon

    Para promover o campeonato de tênis de Wimbledon, o Google inseriu um easter egg na sua página de buscas pelo termo. Ao digitar "Wimbledon", uma bola de tênis aparece em um local escondido para abrir um jogo do esporte

    Para promover o campeonato de tênis de Wimbledon, o Google inseriu um easter egg na sua página de buscas pelo termo. Ao digitar "Wimbledon", uma bola de tênis aparece em um local escondido para abrir um jogo do esporte


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 27/56   Atacando Trump, Biden promete reunião mundial sobre democracia
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Ao denunciar que o presidente Donald Trump é uma afronta aos valores americanos, o pré-candidato democrata Joe Biden disse nesta quinta-feira (11) que, caso seja eleito para a Presidência dos Estados Unidos, irá organizar um encontro para defender a democracia no mundo.

    Ao denunciar que o presidente Donald Trump é uma afronta aos valores americanos, o pré-candidato democrata Joe Biden disse nesta quinta-feira (11) que, caso seja eleito para a Presidência dos Estados Unidos, irá organizar um encontro para defender a democracia no mundo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 28/56   Outros casos controversos sobre a morte digna
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Como o caso do francês Vincent Lambert, que morreu nesta quinta-feira (11) e se tornou um símbolo do debate sobre a morte digna em seu país, os pacientes em estado vegetativo foram nos últimos 20 anos alvo de controvérsias e batalhas legais na Europa e nos Estados Unidos.

    Como o caso do francês Vincent Lambert, que morreu nesta quinta-feira (11) e se tornou um símbolo do debate sobre a morte digna em seu país, os pacientes em estado vegetativo foram nos últimos 20 anos alvo de controvérsias e batalhas legais na Europa e nos Estados Unidos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 29/56   Francês que se tornou símbolo do debate sobre eutanásia morre após suspensão do tratamento
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O francês Vincent Lambert, tetraplégico, que estava em estado vegetativo há quase 11 anos, morreu nesta quinta-feira, dias após a suspensão do tratamento que o mantinha vivo, ao final de uma longa batalha judicial.

    O francês Vincent Lambert, tetraplégico, que estava em estado vegetativo há quase 11 anos, morreu nesta quinta-feira, dias após a suspensão do tratamento que o mantinha vivo, ao final de uma longa batalha judicial.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 30/56   Cientista americana é assassinada em Creta
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Uma cientista americana que viajou à ilha grega de Creta para uma conferência foi encontrada morta em um bunker abandonado da Segunda Guerra Mundial.

    Uma cientista americana que viajou à ilha grega de Creta para uma conferência foi encontrada morta em um bunker abandonado da Segunda Guerra Mundial.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 31/56   Ator Cameron Boyce, morto após convulsão, sofria de epilepsia
    SCIENCE TOPIC NEWS

    A estrela da Disney Cameron Boyce, morto na semana passada enquanto dormia, sofria de epilepsia, informaram seus pais nesta quarta-feira (10).

    A estrela da Disney Cameron Boyce, morto na semana passada enquanto dormia, sofria de epilepsia, informaram seus pais nesta quarta-feira (10).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 32/56   Identificado na Grécia o Homo sapiens não africano mais antigo
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Apidima 1, como foi batizado pelos cientistas, é "mais velho que todos os outros espécimes de Homo sapiens encontrados fora da África

    Apidima 1, como foi batizado pelos cientistas, é "mais velho que todos os outros espécimes de Homo sapiens encontrados fora da África


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 33/56   O efeito devastador de um presidente “Bolsonaro” nas Filipinas
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Semelhante as frases de Jair Bolsonaro, o presidente Filipino afirmou “Minha ordem é atirar para matar”, “não me importo com direitos humanos, podem confiar em mim”.

    Semelhante as frases de Jair Bolsonaro, o presidente Filipino afirmou “Minha ordem é atirar para matar”, “não me importo com direitos humanos, podem confiar em mim”.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 34/56   Mais um médico morre infectado por arenavírus na Bolívia
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O chamado “paciente zero”, que contagiou a médica Cuéllar, é um agricultor de 61 anos que morreu no fim de maio em Caranavi

    O chamado “paciente zero”, que contagiou a médica Cuéllar, é um agricultor de 61 anos que morreu no fim de maio em Caranavi


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 35/56   Chanceler alemã diz passar bem após novos tremores
    SCIENCE TOPIC NEWS

    A chanceler alemã, Angela Merkel, assegurou nesta quarta-feira que passa muito bem, pouco depois de sofrer novos tremores durante um ato oficial, a terceira ocorrência deste tipo em menos de um mês.

    A chanceler alemã, Angela Merkel, assegurou nesta quarta-feira que passa muito bem, pouco depois de sofrer novos tremores durante um ato oficial, a terceira ocorrência deste tipo em menos de um mês.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 36/56   A 'fantasia' de uma nova jihad fulani atravessa a Nigéria
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Sentado, com os olhos fechados e as palmas das mãos voltadas para cima, Saido Bello medita aos pés de uma imponente tumba de mármore, coberta de veludo azul, em Sokoto, cidade antiga do norte da Nigéria, onde repousam os restos de Usman Dan Fodio, um dos grandes nomes do Islã africano.

    Sentado, com os olhos fechados e as palmas das mãos voltadas para cima, Saido Bello medita aos pés de uma imponente tumba de mármore, coberta de veludo azul, em Sokoto, cidade antiga do norte da Nigéria, onde repousam os restos de Usman Dan Fodio, um dos grandes nomes do Islã africano.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 37/56   Confrontos na Síria deixam mais de 100 combatentes mortos
    WORLD TOPIC NEWS

    Mais de cem combatentes morreram desde a quarta-feira à noite em violentos combates entre jihadistas e tropas do regime sírio no noroeste do país, informou nesta quinta (11) a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

    Mais de cem combatentes morreram desde a quarta-feira à noite em violentos combates entre jihadistas e tropas do regime sírio no noroeste do país, informou nesta quinta (11) a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 38/56   Bolsonaro diz que pretende indicar o filho a embaixador nos EUA
    WORLD TOPIC NEWS

    O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta quinta-feira (11) que poderia nomear o filho e deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como embaixador nos Estados Unidos.

    O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta quinta-feira (11) que poderia nomear o filho e deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como embaixador nos Estados Unidos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 39/56   5 - Indicação de Eduardo para embaixada não seria nepotismo, afirmam advogados
    WORLD TOPIC NEWS

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ao cargo de embaixador do Brasil nos EUA por seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, não viola a proibição de nepotismo, afirmam advogados ouvidos pela Folha de S.Paulo.  O fato de o cargo de embaixador ser de natureza política foi citado por especialistas como base para uma exceção às regras que proíbem a nomeação de parentes.  Na legislação vigente, o presidente da República é livre para escolher seus embaixadores, que não precisam ser diplomatas de carreira e devem ser aprovados pelo Senado antes de assumir o cargo. Não há, no Brasil, uma lei que trate especificamente sobre o nepotismo. A matéria é regulada pela súmula vinculante número 13, adotada pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em 2008. De forma simplificada, o dispositivo afirma que o nepotismo ocorre quando uma pessoa nomeia parentes de até terceiro grau para cargos de comissão, de confiança ou para o exercício de função gratificada -também deve haver relação de subordinação entre o nomeado e o nomeante.  No caso de Eduardo e Jair, que são parentes de primeiro grau, a subordinação é clara: os embaixadores se reportam ao ministro de Estado das Relações Exteriores, que por sua vez responde ao presidente.  No entanto, a súmula não diferencia cargos de nomeação política dos demais, como a posição de assessor, por exemplo, o que abre espaço para interpretações --o STF nunca julgou um processo que discutisse a validade de uma indicação dessa espécie.  "A súmula do Supremo é muito precisa ao vedar a nomeação para cargos de assessoramento. Não é possível nomear o filho do presidente a um cargo de assessor de um ministro, por exemplo. Já o cargo de embaixador é de provimento político", diz Floriano de Azevedo Marques Neto, professor de direito público na USP. Para ele, o fato de o nomeado ser parlamentar contribui para a tese de que a indicação está dentro de uma escolha política do presidente. Carlos Ari Sundfeld, advogado especialista em direito público e professor da FGV, afirma que a redação da súmula é muito ampla, e por isso há questões que ainda não têm respostas claras, como o caso de Eduardo, que envolve a discussão sobre a natureza do cargo de embaixador.  "O próprio STF, assim como outros tribunais, tem atenuado a aplicação do texto no decorrer dos anos", diz ele. Ele cita como exemplo a nomeação de parentes para cargos de ministros de Estado, secretários estaduais ou municipais, que também são posições que pressupõem confiança e liberdade de escolha para a seleção de seus ocupantes. Para Sundfeld, não haveria obstáculo legal nessas hipóteses. Em 2018, a segunda turma do STF decidiu que uma prefeita não cometeu ilegalidade ao nomear seu marido para uma secretaria municipal, citando justamente a natureza política do cargo.  Em entrevista nesta quinta (11), Eduardo afirmou que sua assessoria técnica fez um estudo e concluiu que sua indicação para embaixador não se enquadraria em normas que vedam casos de nepotismo.  "Cabe aos advogados estudarem a súmula vinculante do STF (Supremo Tribunal Federal). A primeira análise que fizemos aqui seria que não se enquadraria nisso. Seria uma indicação igual à indicação de um ministro, estaria fora da questão do nepotismo", argumentou. Embora entendam não haver obstáculo à nomeação de Eduardo Bolsonaro, ambos os especialistas afirmam que ele deverá renunciar ao seu mandato de deputado para assumir a embaixada de Washington. A Constituição permite a manutenção do mandato apenas nos casos em que a missão diplomática é temporária, o que não se aplica à representação brasileira nos Estados Unidos. "Não é possível conciliar a condição de parlamentar com a subordinação a um ministro de Estado, que integra o poder Executivo", afirma Marques Neto.  Senadores que integram a Comissão de Relações Exteriores, órgão responsável por aprovar nomes de embaixadores indicados pelo Palácio do Planalto, criticaram a indicação de Eduardo. Além de afirmarem se tratar de nepotismo, eles consideram que a decisão desrespeita a carreira diplomática. Desde o governo Sarney (1985-1990), todos os embaixadores à frente da embaixada em Washington integravam os quadros do Itamaraty.   Não há registros de indicações de parentes por presidentes para cargos de embaixador na história recente do Brasil.  Ernâni do Amaral Peixoto, cunhado de Getúlio Vargas, foi embaixador em Washington entre 1956 e 1959, mas foi indicado pelo então presidente Juscelino Kubitschek.

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ao cargo de embaixador do Brasil nos EUA por seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, não viola a proibição de nepotismo, afirmam advogados ouvidos pela Folha de S.Paulo.  O fato de o cargo de embaixador ser de natureza política foi citado por especialistas como base para uma exceção às regras que proíbem a nomeação de parentes.  Na legislação vigente, o presidente da República é livre para escolher seus embaixadores, que não precisam ser diplomatas de carreira e devem ser aprovados pelo Senado antes de assumir o cargo. Não há, no Brasil, uma lei que trate especificamente sobre o nepotismo. A matéria é regulada pela súmula vinculante número 13, adotada pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em 2008. De forma simplificada, o dispositivo afirma que o nepotismo ocorre quando uma pessoa nomeia parentes de até terceiro grau para cargos de comissão, de confiança ou para o exercício de função gratificada -também deve haver relação de subordinação entre o nomeado e o nomeante.  No caso de Eduardo e Jair, que são parentes de primeiro grau, a subordinação é clara: os embaixadores se reportam ao ministro de Estado das Relações Exteriores, que por sua vez responde ao presidente.  No entanto, a súmula não diferencia cargos de nomeação política dos demais, como a posição de assessor, por exemplo, o que abre espaço para interpretações --o STF nunca julgou um processo que discutisse a validade de uma indicação dessa espécie.  "A súmula do Supremo é muito precisa ao vedar a nomeação para cargos de assessoramento. Não é possível nomear o filho do presidente a um cargo de assessor de um ministro, por exemplo. Já o cargo de embaixador é de provimento político", diz Floriano de Azevedo Marques Neto, professor de direito público na USP. Para ele, o fato de o nomeado ser parlamentar contribui para a tese de que a indicação está dentro de uma escolha política do presidente. Carlos Ari Sundfeld, advogado especialista em direito público e professor da FGV, afirma que a redação da súmula é muito ampla, e por isso há questões que ainda não têm respostas claras, como o caso de Eduardo, que envolve a discussão sobre a natureza do cargo de embaixador.  "O próprio STF, assim como outros tribunais, tem atenuado a aplicação do texto no decorrer dos anos", diz ele. Ele cita como exemplo a nomeação de parentes para cargos de ministros de Estado, secretários estaduais ou municipais, que também são posições que pressupõem confiança e liberdade de escolha para a seleção de seus ocupantes. Para Sundfeld, não haveria obstáculo legal nessas hipóteses. Em 2018, a segunda turma do STF decidiu que uma prefeita não cometeu ilegalidade ao nomear seu marido para uma secretaria municipal, citando justamente a natureza política do cargo.  Em entrevista nesta quinta (11), Eduardo afirmou que sua assessoria técnica fez um estudo e concluiu que sua indicação para embaixador não se enquadraria em normas que vedam casos de nepotismo.  "Cabe aos advogados estudarem a súmula vinculante do STF (Supremo Tribunal Federal). A primeira análise que fizemos aqui seria que não se enquadraria nisso. Seria uma indicação igual à indicação de um ministro, estaria fora da questão do nepotismo", argumentou. Embora entendam não haver obstáculo à nomeação de Eduardo Bolsonaro, ambos os especialistas afirmam que ele deverá renunciar ao seu mandato de deputado para assumir a embaixada de Washington. A Constituição permite a manutenção do mandato apenas nos casos em que a missão diplomática é temporária, o que não se aplica à representação brasileira nos Estados Unidos. "Não é possível conciliar a condição de parlamentar com a subordinação a um ministro de Estado, que integra o poder Executivo", afirma Marques Neto.  Senadores que integram a Comissão de Relações Exteriores, órgão responsável por aprovar nomes de embaixadores indicados pelo Palácio do Planalto, criticaram a indicação de Eduardo. Além de afirmarem se tratar de nepotismo, eles consideram que a decisão desrespeita a carreira diplomática. Desde o governo Sarney (1985-1990), todos os embaixadores à frente da embaixada em Washington integravam os quadros do Itamaraty.   Não há registros de indicações de parentes por presidentes para cargos de embaixador na história recente do Brasil.  Ernâni do Amaral Peixoto, cunhado de Getúlio Vargas, foi embaixador em Washington entre 1956 e 1959, mas foi indicado pelo então presidente Juscelino Kubitschek.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 40/56   Washington planeja operação internacional para escoltar navios no Golfo
    WORLD TOPIC NEWS

    O Pentágono anunciou nesta quinta-feira (11) que está planejando uma coalizão internacional para escoltar navios comerciais no Golfo, depois que o Reino Unido denunciou que o Irã tentou "impedir a passagem" de um navio britânico no estreito de Ormuz.

    O Pentágono anunciou nesta quinta-feira (11) que está planejando uma coalizão internacional para escoltar navios comerciais no Golfo, depois que o Reino Unido denunciou que o Irã tentou "impedir a passagem" de um navio britânico no estreito de Ormuz.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 41/56   Jogar filiados às feras é oportunismo, diz FHC
    WORLD TOPIC NEWS

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um dia depois de o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, condicionar sua permanência no PSDB à expulsão do deputado federal Aécio Neves (MG), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou nesta quinta (11) que "jogar filiados às feras" é oportunismo. Em mensagem nas redes sociais, sem citar Aécio nominalmente, FHC afirmou que "o PSDB tem um estatuto e uma comissão de ética" e "há que respeitá-los". "Jogar filiados às feras, principalmente quem dele foi presidente, sem esperar decisão da Justiça, é oportunismo sem grandeza. Não redime erros cometidos nem devolve confiança", afirmou. Na quarta (10), Covas ameaçou deixar a legenda caso o mineiro não seja expulso. "Ou eu ou ele", afirmou. Em maio, em sua convenção nacional, o PSDB aprovou um novo código de ética e disciplina para os filiados. De acordo com o texto, um integrante só pode ser expulso depois de encerrado todo o rito no conselho de ética. No último dia 4, o diretório municipal do PSDB de São Paulo elaborou uma moção pedindo a expulsão do deputado do partido. A fala de Covas criou incômodo entre tucanos mais próximos a Aécio, que afirmam que a ala paulista da legenda quer instalar o que chamam de "tribunal de exceção". O mineiro já foi presidente do PSDB. "Espero que o bom senso prevaleça e que todo e qualquer membro do partido que porventura venha a ser objeto de questionamento ético tenha respeitado seu direito de defesa no conselho de ética do partido", disse o deputado Paulo Abi-Ackel, que preside o diretório estadual do PSDB em Minas Gerais. Aécio é réu sob acusação de corrupção passiva e obstrução à Justiça, em processo que tramita na Justiça Federal de São Paulo que o acusa de suposto recebimento de R$ 2 milhões da JBS. O caso estava no Supremo Tribunal Federal, que havia aceitado denúncia elaborada pela Procuradoria-Geral da República, e foi enviado a São Paulo após o fim do mandato de Aécio como senador. No último dia 5, o juiz João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Criminal de São Paulo, reiterou o recebimento da denúncia. O deputado também é investigado em casos relativos às delações da Odebrecht, do ex-senador Delcidio do Amaral e da própria JBS. Ele nega ter cometido crimes. Após a publicação de FHC, o diretório municipal do PSDB de São Paulo divulgou nota para rebater o ex-presidente. "Respeitamos sua trajetória e legado que são de suma importância para o país. Mas o pedido de expulsão de Aécio Neves se deu pelo fato de não concordarmos com a postura e histórico dele, que conspurcam a imagem do PSDB. Esse é o novo PSDB que queremos: ética, respeito e compromisso com o país", diz o texto. Nos últimos dias, outros tucanos paulistas formalizaram pedidos de expulsão de Aécio da legenda. Na quarta, um requerimento foi assinado pela líder do PSDB na Assembleia Legislativa, Carla Morando, e seu marido, o prefeito de São Bernardo do Campo (região do ABC), Orlando Morando. "A meu ver, mais forte que a denúncia recebida pelo excelso Supremo Tribunal Federal, são suas falas gravadas na qual debocha da Operação Lava Jato, pedindo ao empresário Joesley Batista relevante valor financeiro, mesmo após tudo o que ocorreu na história recente de nosso país", disse Carla, em nota, acrescentando que a postura de Aécio é "imperdoável".

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um dia depois de o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, condicionar sua permanência no PSDB à expulsão do deputado federal Aécio Neves (MG), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou nesta quinta (11) que "jogar filiados às feras" é oportunismo. Em mensagem nas redes sociais, sem citar Aécio nominalmente, FHC afirmou que "o PSDB tem um estatuto e uma comissão de ética" e "há que respeitá-los". "Jogar filiados às feras, principalmente quem dele foi presidente, sem esperar decisão da Justiça, é oportunismo sem grandeza. Não redime erros cometidos nem devolve confiança", afirmou. Na quarta (10), Covas ameaçou deixar a legenda caso o mineiro não seja expulso. "Ou eu ou ele", afirmou. Em maio, em sua convenção nacional, o PSDB aprovou um novo código de ética e disciplina para os filiados. De acordo com o texto, um integrante só pode ser expulso depois de encerrado todo o rito no conselho de ética. No último dia 4, o diretório municipal do PSDB de São Paulo elaborou uma moção pedindo a expulsão do deputado do partido. A fala de Covas criou incômodo entre tucanos mais próximos a Aécio, que afirmam que a ala paulista da legenda quer instalar o que chamam de "tribunal de exceção". O mineiro já foi presidente do PSDB. "Espero que o bom senso prevaleça e que todo e qualquer membro do partido que porventura venha a ser objeto de questionamento ético tenha respeitado seu direito de defesa no conselho de ética do partido", disse o deputado Paulo Abi-Ackel, que preside o diretório estadual do PSDB em Minas Gerais. Aécio é réu sob acusação de corrupção passiva e obstrução à Justiça, em processo que tramita na Justiça Federal de São Paulo que o acusa de suposto recebimento de R$ 2 milhões da JBS. O caso estava no Supremo Tribunal Federal, que havia aceitado denúncia elaborada pela Procuradoria-Geral da República, e foi enviado a São Paulo após o fim do mandato de Aécio como senador. No último dia 5, o juiz João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Criminal de São Paulo, reiterou o recebimento da denúncia. O deputado também é investigado em casos relativos às delações da Odebrecht, do ex-senador Delcidio do Amaral e da própria JBS. Ele nega ter cometido crimes. Após a publicação de FHC, o diretório municipal do PSDB de São Paulo divulgou nota para rebater o ex-presidente. "Respeitamos sua trajetória e legado que são de suma importância para o país. Mas o pedido de expulsão de Aécio Neves se deu pelo fato de não concordarmos com a postura e histórico dele, que conspurcam a imagem do PSDB. Esse é o novo PSDB que queremos: ética, respeito e compromisso com o país", diz o texto. Nos últimos dias, outros tucanos paulistas formalizaram pedidos de expulsão de Aécio da legenda. Na quarta, um requerimento foi assinado pela líder do PSDB na Assembleia Legislativa, Carla Morando, e seu marido, o prefeito de São Bernardo do Campo (região do ABC), Orlando Morando. "A meu ver, mais forte que a denúncia recebida pelo excelso Supremo Tribunal Federal, são suas falas gravadas na qual debocha da Operação Lava Jato, pedindo ao empresário Joesley Batista relevante valor financeiro, mesmo após tudo o que ocorreu na história recente de nosso país", disse Carla, em nota, acrescentando que a postura de Aécio é "imperdoável".


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 42/56   Conversa permanente
    WORLD TOPIC NEWS

    Governo e oposição venezuelanos concordaram em manter um grupo de trabalho para tentar resolver a crise política. As conversas aconteceram em Barbados e tiveram a mediação da Noruega.

    Governo e oposição venezuelanos concordaram em manter um grupo de trabalho para tentar resolver a crise política. As conversas aconteceram em Barbados e tiveram a mediação da Noruega.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 43/56   Suspensão de cruzeiros dos EUA a Cuba provoca contração do turismo
    WORLD TOPIC NEWS

    A decisão dos Estados Unidos de suspender as viagens de navios de cruzeiro a Cuba provocará uma contração de 15% na chegada de visitantes previstos para este ano e uma redução da receita com o turismo, admitiu nesta quinta-feira (11) o governo de Havana.

    A decisão dos Estados Unidos de suspender as viagens de navios de cruzeiro a Cuba provocará uma contração de 15% na chegada de visitantes previstos para este ano e uma redução da receita com o turismo, admitiu nesta quinta-feira (11) o governo de Havana.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 44/56   4 - 'Minha impressão é péssima', diz ministro do STF sobre indicação para embaixada nos EUA
    WORLD TOPIC NEWS

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello, que tem sido contrário à indicação de parentes de políticos para cargos de natureza política, disse ter a impressão de que é "péssima" a possível indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), para ser embaixador nos Estados Unidos. Para o ministro, o caso configuraria nepotismo. "Essa é a minha leitura da Constituição Federal. Minha impressão [sobre a possível indicação] é péssima, só pode ser péssima, porque contrária a indicação, se houver, sob a minha ótica, à Constituição Federal. Então é péssima", disse à reportagem na noite desta quinta-feira (11). O ministro destacou, contudo, que a maioria dos integrantes do Supremo tem entendido que a indicação de parentes para cargos políticos não se enquadra nas hipóteses de nepotismo previstas na súmula vinculante número 13, editada pela corte em 2008. "O Supremo, contra o meu voto, tem entendido que o nepotismo não se aplica a agentes políticos, e tem excluído no tocante a secretários de municípios, secretários de estado. Eu concluo de forma diversa, tanto que eu afastei o filho do [prefeito do Rio, Marcelo] Crivella, que era chefe do gabinete da Casa Civil do prefeito", disse. Em fevereiro de 2017, o ministro Marco Aurélio suspendeu a eficácia de um decreto assinado por Crivella que nomeava seu filho Marcelo Hodge Crivella para o cargo de secretário-chefe da Casa Civil da prefeitura. Na direção oposta, a Segunda Turma do STF, em setembro do ano passado, cassou decisão das instâncias inferiores da Justiça que havia condenado a prefeita de Pilar do Sul (SP) por improbidade administrativa, por ter nomeado seu marido secretário municipal. O placar na Segunda Turma foi de 4 votos a 1 --somente o ministro Edson Fachin votou por manter a condenação da prefeita paulista.  "A jurisprudência do STF tem afastado a incidência da súmula vinculante 13 nos casos que envolvem a investidura de cônjuges ou a nomeação de parentes em cargos públicos de natureza política, como ministro de Estado ou de secretário estadual ou municipal, desde que não se configurem hipóteses de fraude à lei ou no caso de ausência evidente de qualificação técnica ou de idoneidade moral para o desempenho da função pública", disse no julgamento o decano Celso de Mello. É possível que o caso de Eduardo Bolsonaro gere debate na corte, caso haja questionamento no Supremo.

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello, que tem sido contrário à indicação de parentes de políticos para cargos de natureza política, disse ter a impressão de que é "péssima" a possível indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), para ser embaixador nos Estados Unidos. Para o ministro, o caso configuraria nepotismo. "Essa é a minha leitura da Constituição Federal. Minha impressão [sobre a possível indicação] é péssima, só pode ser péssima, porque contrária a indicação, se houver, sob a minha ótica, à Constituição Federal. Então é péssima", disse à reportagem na noite desta quinta-feira (11). O ministro destacou, contudo, que a maioria dos integrantes do Supremo tem entendido que a indicação de parentes para cargos políticos não se enquadra nas hipóteses de nepotismo previstas na súmula vinculante número 13, editada pela corte em 2008. "O Supremo, contra o meu voto, tem entendido que o nepotismo não se aplica a agentes políticos, e tem excluído no tocante a secretários de municípios, secretários de estado. Eu concluo de forma diversa, tanto que eu afastei o filho do [prefeito do Rio, Marcelo] Crivella, que era chefe do gabinete da Casa Civil do prefeito", disse. Em fevereiro de 2017, o ministro Marco Aurélio suspendeu a eficácia de um decreto assinado por Crivella que nomeava seu filho Marcelo Hodge Crivella para o cargo de secretário-chefe da Casa Civil da prefeitura. Na direção oposta, a Segunda Turma do STF, em setembro do ano passado, cassou decisão das instâncias inferiores da Justiça que havia condenado a prefeita de Pilar do Sul (SP) por improbidade administrativa, por ter nomeado seu marido secretário municipal. O placar na Segunda Turma foi de 4 votos a 1 --somente o ministro Edson Fachin votou por manter a condenação da prefeita paulista.  "A jurisprudência do STF tem afastado a incidência da súmula vinculante 13 nos casos que envolvem a investidura de cônjuges ou a nomeação de parentes em cargos públicos de natureza política, como ministro de Estado ou de secretário estadual ou municipal, desde que não se configurem hipóteses de fraude à lei ou no caso de ausência evidente de qualificação técnica ou de idoneidade moral para o desempenho da função pública", disse no julgamento o decano Celso de Mello. É possível que o caso de Eduardo Bolsonaro gere debate na corte, caso haja questionamento no Supremo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 45/56   Governo e oposição da Venezuela terão mesa de trabalho permanente sobre crise
    WORLD TOPIC NEWS

    O governo e a oposição da Venezuela concordaram em estabelecer uma mesa de trabalho permanente para tentar resolver a crise política no país, sem perspectivas de uma nova eleição presidencial, que é o objetivo dos adversários do presidente Nicolás Maduro.

    O governo e a oposição da Venezuela concordaram em estabelecer uma mesa de trabalho permanente para tentar resolver a crise política no país, sem perspectivas de uma nova eleição presidencial, que é o objetivo dos adversários do presidente Nicolás Maduro.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 46/56   Decadência democrática no Brasil e no mundo chama a atenção de pesquisadores
    WORLD TOPIC NEWS

    O fenômeno de um decréscimo na qualidade da democracia ao redor do mundo tem chamado a atenção de entidades da sociedade civil e, sobretudo, da academia.

    O fenômeno de um decréscimo na qualidade da democracia ao redor do mundo tem chamado a atenção de entidades da sociedade civil e, sobretudo, da academia.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 47/56   Mattel apresenta boneca Barbie de David Bowie
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Uma edição limitada da Barbie de David Bowie foi revelada nesta quinta-feira pela fabricante de brinquedos Mattel para homenagear o 50º aniversário do lançamento do single "Space Oddity" do cantor.

    Uma edição limitada da Barbie de David Bowie foi revelada nesta quinta-feira pela fabricante de brinquedos Mattel para homenagear o 50º aniversário do lançamento do single "Space Oddity" do cantor.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 48/56   Reforma da Previdência, vitória de Rodrigo Maia e derrota da esquerda
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O presidente Jair Bolsonaro comemorou a aprovação, ainda parcial, da reforma da Previdência, depois de um processo que concedeu status de liderança nacional ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e evidenciou as divisões da esquerda brasileira.

    O presidente Jair Bolsonaro comemorou a aprovação, ainda parcial, da reforma da Previdência, depois de um processo que concedeu status de liderança nacional ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e evidenciou as divisões da esquerda brasileira.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 49/56   Maia diz que conclui votação da Previdência em segundo turno na sexta
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Para Rodrigo Maia (DEM-RJ), aprovação total da reforma da Previdência deve acontecer até sexta-feira (12)

    Para Rodrigo Maia (DEM-RJ), aprovação total da reforma da Previdência deve acontecer até sexta-feira (12)


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 50/56   França adota imposto sobre gigantes digitais, apesar de tensão com EUA
    BUSINESS TOPIC NEWS

    A França se tornou, nesta quinta-feira, a primeira grande economia mundial a adotar um imposto sobre os gigantes digitais, depois que o Parlamento aprovou uma lei que desafia a investigação aberta pelos Estados Unidos, que ameaçam com represálias.

    A França se tornou, nesta quinta-feira, a primeira grande economia mundial a adotar um imposto sobre os gigantes digitais, depois que o Parlamento aprovou uma lei que desafia a investigação aberta pelos Estados Unidos, que ameaçam com represálias.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 51/56   EUA querem coalizão internacional para proteger petroleiros no Golfo
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Os Estados Unidos e seus aliados planejam uma operação para escoltar os navios comerciais no Golfo, em meio a um clima de extrema tensão com o Irã - declarou um general americano, nesta quinta-feira (11).

    Os Estados Unidos e seus aliados planejam uma operação para escoltar os navios comerciais no Golfo, em meio a um clima de extrema tensão com o Irã - declarou um general americano, nesta quinta-feira (11).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 52/56   MEC quer alterar meta de investimento de 10% do PIB
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou hoje (11) que irá buscar o cumprimento do Plano Nacional de Educação (PNE). Sobre a meta de investimento até 2024, o ministro afirmou que não é a favor de aumentar impostos e, para isso, pretende rever o índice definido. De acordo com o PNE, até 2024, o país teria que investir o equivalente a 10% do PIB (Produto Interno Bruto), por ano, em educação pública. "Subir o que é gasto significa que a gente vai aumentar os impostos do Brasil em 10%. Isso a gente muda no PNE, já falou, já fez a solicitação, ou vai caminhar para isso que eu sou contra, aumentar imposto”, defendeu. “[O PNE] tem que ser respeitado. Mas o dinheiro pagador também tem que ser respeitado”, acrescentou.O PNE, sancionado por lei em 2014, estabelece metas e estratégias para melhorar a educação desde o ensino infantil até a pós-graduação e deve ser integralmente cumprido até 2024. “A gente vai tentar atender as metas, respeitando o plano”, disse Weintraub. Ele destacou a meta de universalizar a pré-escola e de garantir que 50% das crianças de até 3 anos estejam matriculadas em creches.  O ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante apresentação do Compromisso Nacional pela Educação Básica. - Marcelo Camargo/Agência BrasilDe acordo com o relatório do 2º Ciclo de Monitoramento das Metas do Plano Nacional de Educação (PNE), divulgado no ano passado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o  investimento público em educação caiu do equivalente a 6% do Produto Interno Bruto (PIB), soma das riquezas produzidas pelo país, em 2014 para 5,5% do PIB em 2015 - últimos dados disponíveis. Considerando apenas os gastos com educação pública, esse investimento foi equivalente a 5% do PIB. A meta estipulada pelo PNE é o investimento anual equivalente a pelo menos 10% do PIB em educação pública a partir de 2024. O plano estabelece ainda a meta intermediária de investimento de 7% do PIB em 2019. De acordo com o relatório, para a meta de 2019 ser atingida, será necessário o incremento de aproximadamente R$ 120 bilhões nos recursos para educação pública.“Com maior eficiência do gasto, não há a necessidade de ampliar para 10% do PIB”, defendeu também o secretário de Educação Básica do MEC, Jânio Carlos Endo Macedo. Para alterar a porcentagem de investimento prevista na lei é necessário um novo projeto de lei, que deve ser aprovado pelo Congresso Nacional. A pasta não detalhou como fará essa mudança.  Fundeb O MEC apresentou o Compromisso Nacional pela Educação Básica, documento apresentado hoje (11), que reúne ações que estão sendo planejadas pela pasta para serem implementadas até o final deste mandato, desde a creche até o ensino médio. Weintraub ressaltou que os recursos disponíveis são finitos e que é necessário fazer escolhas. Ele defendeu a ampliação de recursos para a educação básica por meio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). “Vamos aumentar recurso e vamos mandar para quem está necessitando. Os municípios mais pobres. Então, é reformular o Fundeb, colocar mais recurso para educação básica e fundamental e redirecionar para quem mais precisa”, disse, mas ressaltou que é necessário cobrar desempenho. “Acabar com isso de mandar dinheiro a fundo perdido, o dinheiro é do pagador de imposto, tem que ter respeito." O Fundeb é atualmente uma das principais fontes de financiamento para as escolas de todo o país. Corresponde a aproximadamente 63% dos recursos para financiamento da educação básica pública no Brasil, de acordo com o MEC. O fundo, no entanto, ficará vigente apenas até 2020. O Congresso Nacional discute propostas para tornar o Fundeb permanente. No mês passado, o MEC apresentou a proposta do governo para o Fundeb. A pasta propõe aumentar a contribuição da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para 15% em seis anos. Atualmente, a União contribui com 10%.  Matéria alterada às 17h10

    O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou hoje (11) que irá buscar o cumprimento do Plano Nacional de Educação (PNE). Sobre a meta de investimento até 2024, o ministro afirmou que não é a favor de aumentar impostos e, para isso, pretende rever o índice definido. De acordo com o PNE, até 2024, o país teria que investir o equivalente a 10% do PIB (Produto Interno Bruto), por ano, em educação pública. "Subir o que é gasto significa que a gente vai aumentar os impostos do Brasil em 10%. Isso a gente muda no PNE, já falou, já fez a solicitação, ou vai caminhar para isso que eu sou contra, aumentar imposto”, defendeu. “[O PNE] tem que ser respeitado. Mas o dinheiro pagador também tem que ser respeitado”, acrescentou.O PNE, sancionado por lei em 2014, estabelece metas e estratégias para melhorar a educação desde o ensino infantil até a pós-graduação e deve ser integralmente cumprido até 2024. “A gente vai tentar atender as metas, respeitando o plano”, disse Weintraub. Ele destacou a meta de universalizar a pré-escola e de garantir que 50% das crianças de até 3 anos estejam matriculadas em creches.  O ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante apresentação do Compromisso Nacional pela Educação Básica. - Marcelo Camargo/Agência BrasilDe acordo com o relatório do 2º Ciclo de Monitoramento das Metas do Plano Nacional de Educação (PNE), divulgado no ano passado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o  investimento público em educação caiu do equivalente a 6% do Produto Interno Bruto (PIB), soma das riquezas produzidas pelo país, em 2014 para 5,5% do PIB em 2015 - últimos dados disponíveis. Considerando apenas os gastos com educação pública, esse investimento foi equivalente a 5% do PIB. A meta estipulada pelo PNE é o investimento anual equivalente a pelo menos 10% do PIB em educação pública a partir de 2024. O plano estabelece ainda a meta intermediária de investimento de 7% do PIB em 2019. De acordo com o relatório, para a meta de 2019 ser atingida, será necessário o incremento de aproximadamente R$ 120 bilhões nos recursos para educação pública.“Com maior eficiência do gasto, não há a necessidade de ampliar para 10% do PIB”, defendeu também o secretário de Educação Básica do MEC, Jânio Carlos Endo Macedo. Para alterar a porcentagem de investimento prevista na lei é necessário um novo projeto de lei, que deve ser aprovado pelo Congresso Nacional. A pasta não detalhou como fará essa mudança.  Fundeb O MEC apresentou o Compromisso Nacional pela Educação Básica, documento apresentado hoje (11), que reúne ações que estão sendo planejadas pela pasta para serem implementadas até o final deste mandato, desde a creche até o ensino médio. Weintraub ressaltou que os recursos disponíveis são finitos e que é necessário fazer escolhas. Ele defendeu a ampliação de recursos para a educação básica por meio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). “Vamos aumentar recurso e vamos mandar para quem está necessitando. Os municípios mais pobres. Então, é reformular o Fundeb, colocar mais recurso para educação básica e fundamental e redirecionar para quem mais precisa”, disse, mas ressaltou que é necessário cobrar desempenho. “Acabar com isso de mandar dinheiro a fundo perdido, o dinheiro é do pagador de imposto, tem que ter respeito." O Fundeb é atualmente uma das principais fontes de financiamento para as escolas de todo o país. Corresponde a aproximadamente 63% dos recursos para financiamento da educação básica pública no Brasil, de acordo com o MEC. O fundo, no entanto, ficará vigente apenas até 2020. O Congresso Nacional discute propostas para tornar o Fundeb permanente. No mês passado, o MEC apresentou a proposta do governo para o Fundeb. A pasta propõe aumentar a contribuição da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para 15% em seis anos. Atualmente, a União contribui com 10%.  Matéria alterada às 17h10


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 53/56   Choque de trens deixa 11 mortos no Paquistão
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Ao menos onze pessoas morreram e mais de 60 ficaram feridas em um choque de trens nesta quinta-feira na região central do Paquistão.

    Ao menos onze pessoas morreram e mais de 60 ficaram feridas em um choque de trens nesta quinta-feira na região central do Paquistão.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 54/56   Trump organiza reunião para denunciar 'desonestidade' nas redes sociais
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, organiza nesta quinta-feira uma "reunião" na Casa Branca para denunciar a "desonestidade" nas redes sociais, que segundo ele, são culpadas de conluio com a esquerda.

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, organiza nesta quinta-feira uma "reunião" na Casa Branca para denunciar a "desonestidade" nas redes sociais, que segundo ele, são culpadas de conluio com a esquerda.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 55/56   Lago contaminado de aparência paradisíaca atrai turistas na Sibéria
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Um lago artificial contaminado com a aparência de um paraíso tropical tornou-se recentemente um ímã para os turistas, que buscam a selfie perfeita nessas "Maldivas" siberianas.

    Um lago artificial contaminado com a aparência de um paraíso tropical tornou-se recentemente um ímã para os turistas, que buscam a selfie perfeita nessas "Maldivas" siberianas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 56/56   MEC pretende implantar no país 108 escolas cívico-militares até 2023
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O Ministério da Educação (MEC) pretende implementar 108 escolas cívico-militares até 2023. Essa é uma das ações previstas no Compromisso Nacional pela Educação Básica, documento apresentado hoje (11), em Brasília. Ele reúne ações que estão sendo planejadas para serem implementadas até o fim do atual governo.Além das escolas militares, pretende-se dar celeridade à conclusão de mais de 4 mil creches até 2022; conectar 6,5 mil escolas rurais por meio de satélite em banda larga em todos os estados; e ofertar cursos de ensino a distância para melhorar a formação de professores, até 2020, entre outras ações.O ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante apresentação do Compromisso Nacional pela Educação Básica, hoje, em Brasília   (Marcelo Camargo/Agência Brasil)O documento foi elaborado pelo MEC em conjunto com estados e municípios representados pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). As ações são voltadas para a educação básica, período que compreende desde o ensino infantil até o ensino médio.O plano de ação, segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, visa dar mais protagonismo aos estados e municípios, seguindo o mote defendido pelo governo de menos Brasília e mais Brasil. “As ideias já existiam, precisava transformar a energia potencial em energia cinética”, disse. Segundo ele, o Brasil tem boas iniciativas e recursos que podem ser direcionados para melhorar a educação do país.A intenção, de acordo com o MEC, é tornar o Brasil referência em educação na América Latina até 2030. “Nós, como brasileiros, em essência, somos tão bons quanto qualquer país no mundo”, disse o ministro.   Escolas cívico-militaresUm dos destaques do Compromisso Nacional pela Educação Básica é a implementação de escolas cívico-militares, pauta defendida desde a campanha do presidente Jair Bolsonaro.Neste ano, o MEC passou a contar inclusive com uma Subsecretaria de Fomento às Escolas Cívico-Militares. A intenção é, de acordo com o plano apresentado nesta quinta-feira, implementar o modelo em 27 escolas, por ano, uma por unidade da federação. A medida, segundo o MEC, deve atender a 108 mil alunos.Além das 27 novas escolas por ano, o MEC pretende fortalecer 28 escolas cívico-militares por ano, em conjunto com os demais entes federados, totalizando 112 escolas até 2023, atendendo a aproximadamente 112 mil estudantes.As escolas cívico-militares são instituições não militarizadas, mas com uma equipe de militares da reserva no papel de tutores. A meta é aumentar a média do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Segundo o MEC, enquanto a média do Ideb em colégios militares é 6,99, nos civis é 4,94.“Os pressupostos é que [a instalação das escolas] se dê em locais carentes, como foi o ensino médio em tempo integral. Se não se coloca em locais que sejam carentes, estará aumentando ainda mais a diferença de conhecimento dessa população”, afirmou o secretário de Educação Básica do MEC, Jânio Carlos Endo Macedo.  Ao todo, o governo pretende investir R$ 40 milhões por ano. Principais metas do Compromisso Nacional pela Educação BásicaCreches - Reestruturar o Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (ProInfância) para dar celeridade à conclusão de mais de 4 mil creches até 2022.Ensino integral - Revitalizar o programa Novo Mais Educação. As escolas que aderirem terão o mínimo de 5 horas de aula por dia. No integral, a ideia é ampliar para 7 horas por dia. A meta é diminuir a evasão e melhorar indicadores educacionais.Ensino Médio - Estimular o Novo Ensino Médio, aprovado em lei em 2017. Investir R$ 230 milhões até o final de 2019 no ensino médio em tempo integral. Está previsto para 2020 um programa piloto em 3,5 mil instituições de ensino. No novo ensino médio, os estudantes poderão escolher um itinerário formativo para complementar a formação básica ofertada a todos os estudantes. Eles poderão escolher entre a formação em linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas e sociais, além da formação técnica e profissional.Internet - Conectar, por meio do programa Inovação Educação Conectada, 6,5 mil escolas rurais por meio de satélite em banda larga em todos os estados. Serão investidos R$ 120 milhões até o fim de 2019. Aproximadamente 1,7 milhão de estudantes serão beneficiados. O MEC irá repassar ainda R$ 114 milhões para fomentar a internet em 32 mil colégios urbanos. A intenção é beneficiar 17 milhões de alunos.Aulas interativas - A Universidade Federal do Ceará, a Universidade Federal de Goiás e a Universidade Federal de Santa Catarina desenvolverão games voltados para os anos iniciais do ensino fundamental, ou seja, do 1º ao 5º ano. Serão investidos R$ 3 milhões até o final de 2019;EJA - A educação de jovens e adultos será articulada à educação profissional e tecnológica, além de ser conectada à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que estabelece o mínimo que deve ser ensinado em todas as escolas do Brasil.Formação de professores - Até 2020, estabelecer trilhas de formação para professores por meio de cursos a distância, com disponibilização de materiais de apoio e de recursos. A proposta é que professores que não são formados nas áreas que atuem possam receber a formação, além de qualificar melhor todos os demais profissionais.Escolas cívico-militares - Implementar, até 2023, 108 escolas cívico-militares, 27 por ano, em cada uma das unidades da federação.

    O Ministério da Educação (MEC) pretende implementar 108 escolas cívico-militares até 2023. Essa é uma das ações previstas no Compromisso Nacional pela Educação Básica, documento apresentado hoje (11), em Brasília. Ele reúne ações que estão sendo planejadas para serem implementadas até o fim do atual governo.Além das escolas militares, pretende-se dar celeridade à conclusão de mais de 4 mil creches até 2022; conectar 6,5 mil escolas rurais por meio de satélite em banda larga em todos os estados; e ofertar cursos de ensino a distância para melhorar a formação de professores, até 2020, entre outras ações.O ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante apresentação do Compromisso Nacional pela Educação Básica, hoje, em Brasília   (Marcelo Camargo/Agência Brasil)O documento foi elaborado pelo MEC em conjunto com estados e municípios representados pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). As ações são voltadas para a educação básica, período que compreende desde o ensino infantil até o ensino médio.O plano de ação, segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, visa dar mais protagonismo aos estados e municípios, seguindo o mote defendido pelo governo de menos Brasília e mais Brasil. “As ideias já existiam, precisava transformar a energia potencial em energia cinética”, disse. Segundo ele, o Brasil tem boas iniciativas e recursos que podem ser direcionados para melhorar a educação do país.A intenção, de acordo com o MEC, é tornar o Brasil referência em educação na América Latina até 2030. “Nós, como brasileiros, em essência, somos tão bons quanto qualquer país no mundo”, disse o ministro.   Escolas cívico-militaresUm dos destaques do Compromisso Nacional pela Educação Básica é a implementação de escolas cívico-militares, pauta defendida desde a campanha do presidente Jair Bolsonaro.Neste ano, o MEC passou a contar inclusive com uma Subsecretaria de Fomento às Escolas Cívico-Militares. A intenção é, de acordo com o plano apresentado nesta quinta-feira, implementar o modelo em 27 escolas, por ano, uma por unidade da federação. A medida, segundo o MEC, deve atender a 108 mil alunos.Além das 27 novas escolas por ano, o MEC pretende fortalecer 28 escolas cívico-militares por ano, em conjunto com os demais entes federados, totalizando 112 escolas até 2023, atendendo a aproximadamente 112 mil estudantes.As escolas cívico-militares são instituições não militarizadas, mas com uma equipe de militares da reserva no papel de tutores. A meta é aumentar a média do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Segundo o MEC, enquanto a média do Ideb em colégios militares é 6,99, nos civis é 4,94.“Os pressupostos é que [a instalação das escolas] se dê em locais carentes, como foi o ensino médio em tempo integral. Se não se coloca em locais que sejam carentes, estará aumentando ainda mais a diferença de conhecimento dessa população”, afirmou o secretário de Educação Básica do MEC, Jânio Carlos Endo Macedo.  Ao todo, o governo pretende investir R$ 40 milhões por ano. Principais metas do Compromisso Nacional pela Educação BásicaCreches - Reestruturar o Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (ProInfância) para dar celeridade à conclusão de mais de 4 mil creches até 2022.Ensino integral - Revitalizar o programa Novo Mais Educação. As escolas que aderirem terão o mínimo de 5 horas de aula por dia. No integral, a ideia é ampliar para 7 horas por dia. A meta é diminuir a evasão e melhorar indicadores educacionais.Ensino Médio - Estimular o Novo Ensino Médio, aprovado em lei em 2017. Investir R$ 230 milhões até o final de 2019 no ensino médio em tempo integral. Está previsto para 2020 um programa piloto em 3,5 mil instituições de ensino. No novo ensino médio, os estudantes poderão escolher um itinerário formativo para complementar a formação básica ofertada a todos os estudantes. Eles poderão escolher entre a formação em linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas e sociais, além da formação técnica e profissional.Internet - Conectar, por meio do programa Inovação Educação Conectada, 6,5 mil escolas rurais por meio de satélite em banda larga em todos os estados. Serão investidos R$ 120 milhões até o fim de 2019. Aproximadamente 1,7 milhão de estudantes serão beneficiados. O MEC irá repassar ainda R$ 114 milhões para fomentar a internet em 32 mil colégios urbanos. A intenção é beneficiar 17 milhões de alunos.Aulas interativas - A Universidade Federal do Ceará, a Universidade Federal de Goiás e a Universidade Federal de Santa Catarina desenvolverão games voltados para os anos iniciais do ensino fundamental, ou seja, do 1º ao 5º ano. Serão investidos R$ 3 milhões até o final de 2019;EJA - A educação de jovens e adultos será articulada à educação profissional e tecnológica, além de ser conectada à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que estabelece o mínimo que deve ser ensinado em todas as escolas do Brasil.Formação de professores - Até 2020, estabelecer trilhas de formação para professores por meio de cursos a distância, com disponibilização de materiais de apoio e de recursos. A proposta é que professores que não são formados nas áreas que atuem possam receber a formação, além de qualificar melhor todos os demais profissionais.Escolas cívico-militares - Implementar, até 2023, 108 escolas cívico-militares, 27 por ano, em cada uma das unidades da federação.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.

 
 


       

A Síntese de Voz
A Microsoft SAPI 5 objeto ActiveX é necessária.
Na opção de segurança do seu navegador, você não deve desabilitar a inicialização de controles ActiveX não assinados.
Você pode instalar e utilizar qualquer Inglês voz compatível com SAPI 5.
(tais como o discurso componente da Microsoft).
Não Voz Título Título e Documento
Voz e Audio Output



Velocidade

 

 
Volume

 

 

Velocidade Slideshow (Quick para Lento)
Zero Um Dois Três Quatro Cinco
Blog e RSS Feed URLs
http://moblog.whmsoft.net/pt
http://moblog.whmsoft.net/pt/?feed=rss2

Subscribe to Notícias Fotos Slideshows by Email
Subscrite para o RSS feed com Google Subscrite para o RSS feed com Yahoo! Subscrite para o RSS feed com AOL Subscrite para o RSS feed com Bloglines
Subscrite para o RSS feed com Netvibes Subscrite para o RSS feed com Newsgator Subscrite para o RSS feed com Pageflakes Subscrite para o RSS feed com Rojo

Slideshows - Fotos Noticias - Desde Yahoo! Noticias
Esporte



Encontros

Comentar