Pesquisas Locais - Offerte
Endereços - Horários - Comentários
Informações Sobre o Tempo
Produtos Quentes

Noticias Fotos Slideshows
Celebridades, People, Sports, High Tech, vlrPhone
   

HOWTO - Respostas Ilustrado
 
Libertar a Animação VR / AR
Jogar para revelar imagens 3D e modelos 3D!
Demonstração A-Frame / Multiplayer
Android app on Google Play
 
vlrPhone / vlrFilter
Softphones projeto com baixo consumo de energia, velocidade e radiação / Filtro Multifuncional de Audio com Controle Remoto!



 

Noticias Slideshows (11/10/2019 07 horas)


  • 1/56   Noticias Fotos Slideshows
    PEOPLE TOPIC NEWS

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.


    Revista de Imprensa


    Harry Styles   Vitinho   Rebecca   Stefani   naka   Giants   MIBR   Masterchef   Patric   Cinthia   Brady   Charlie's Angels   SEGUE O LÍDER   lucas silva   Daniel Jones   As Panteras   Claude   VAPO VAPO   Bad To You   OYE TINI Y YATRA   Normani e Nicki Minaj   Amalero   Maidana   QUE CLIPE   Tiago Reis   No Maracanã   van noy   Clayton   Gilmore   Lolla   
  • 2/56   Amazon Music chega ao Apple TV

    O aplicativo Amazon Music está disponível no Apple TV nos EUA, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Brasil, Canadá, França, Itália, Espanha, Alemanha, México, Japão e Índia, tanto no Apple TV 4K quanto na versão HD

    O aplicativo Amazon Music está disponível no Apple TV nos EUA, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Brasil, Canadá, França, Itália, Espanha, Alemanha, México, Japão e Índia, tanto no Apple TV 4K quanto na versão HD


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 3/56   Google menciona Android 11 oficialmente pela primeira vez

    Companhia já vem trabalhando na próxima versão do sistema operacional móvel há mais de um ano, e ainda não havia mencionado oficialmente seu nome. Referência foi encontrada na programação da conferência técnica Android Dev Summit 2019

    Companhia já vem trabalhando na próxima versão do sistema operacional móvel há mais de um ano, e ainda não havia mencionado oficialmente seu nome. Referência foi encontrada na programação da conferência técnica Android Dev Summit 2019


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 4/56   OnePlus 7T Pro é lançado oficialmente na Europa — e tem edição da McLaren

    A OnePlus acaba de anunciar o lançamento do smartphone OnePlus 7T Pro, somente na Europa. O aparelho conta com processador Snapdragon 855+, Android 10, bateria de 4.085 mAh, e será lançado também em uma edição limitada da McLaren

    A OnePlus acaba de anunciar o lançamento do smartphone OnePlus 7T Pro, somente na Europa. O aparelho conta com processador Snapdragon 855+, Android 10, bateria de 4.085 mAh, e será lançado também em uma edição limitada da McLaren


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 5/56   Os melhores apps Android da semana (09/10/2019)

    Os aplicativos que se mostraram mais populares na Play Store para esta semana incluem uma novidade de mensagens instantâneas do Instagram, um avaliador de tatuagens que usa realidade aumentada, dois jogos de franquias bem famosas e até um de auxílio para cegos

    Os aplicativos que se mostraram mais populares na Play Store para esta semana incluem uma novidade de mensagens instantâneas do Instagram, um avaliador de tatuagens que usa realidade aumentada, dois jogos de franquias bem famosas e até um de auxílio para cegos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 6/56   Apple libera segundo beta para desenvolvedores do iOS 13.2 e iPadOS 13.2

    Segunda versão do beta traz diversas novidades que não estavam presentes na lançada semana passada, como vários novos emojis e mais opções de privacidade para as interações que ocorrem entre o usuário e a Siri

    Segunda versão do beta traz diversas novidades que não estavam presentes na lançada semana passada, como vários novos emojis e mais opções de privacidade para as interações que ocorrem entre o usuário e a Siri


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 7/56   Google suspende venda de game sobre manifestações em Hong Kong

    A gigante da Internet Google retirou de sua loja de aplicativos um videogame que permitia ao jogador interpretar um manifestante em Hong Kong, no momento em que a China aumenta a pressão sobre empresas estrangeiras que suspeita que apoiam os manifestantes pró-democracia.

    A gigante da Internet Google retirou de sua loja de aplicativos um videogame que permitia ao jogador interpretar um manifestante em Hong Kong, no momento em que a China aumenta a pressão sobre empresas estrangeiras que suspeita que apoiam os manifestantes pró-democracia.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 8/56   Ferramenta do Google que calcula níveis de emissão de carbono chega ao Brasil

    O Environmental Insights Explorer (EIE), ferramenta desenvolvida pelo Google para fazer o cálculo dos níves de emissão de carbono no ambiente, finalmente chegou para algumas cidades brasileiras: Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo e Porto Alegre

    O Environmental Insights Explorer (EIE), ferramenta desenvolvida pelo Google para fazer o cálculo dos níves de emissão de carbono no ambiente, finalmente chegou para algumas cidades brasileiras: Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo e Porto Alegre


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 9/56   Travis Scott, Lana Del Rey e Ludmilla são atrações mais buscadas do Lollapalooza 2020

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As atrações do Lollapalooza 2020 foram divulgadas na tarde desta quinta-feira (10) e já estão fazendo sucesso nas buscas. Segundo o Google, Travis Scott, Lana Del Rey e Ludmilla foram os artistas mais procurados.  Após a primeira hora da divulgação, o interesse de busca pelo festival cresceu quase oito vezes -um salto de 690%. Entre os três campeões nas buscas, Ludmilla representa o Brasil, ficando atrás somente de duas atrações norte-americanas. Scott, que terminou recentemente com Kylie Jenner, lidera a lista.  Confira a lista completa dos participantes mais procurados no site de busca desde a primeira hora de divulgação do Line-up do festival: Travis Scott Lana Del Rey Ludmilla Guns N' Roses Gwen Stefani The Strokes Jaden Smith Mika Martin Garrix Pabllo Vittar

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As atrações do Lollapalooza 2020 foram divulgadas na tarde desta quinta-feira (10) e já estão fazendo sucesso nas buscas. Segundo o Google, Travis Scott, Lana Del Rey e Ludmilla foram os artistas mais procurados.  Após a primeira hora da divulgação, o interesse de busca pelo festival cresceu quase oito vezes -um salto de 690%. Entre os três campeões nas buscas, Ludmilla representa o Brasil, ficando atrás somente de duas atrações norte-americanas. Scott, que terminou recentemente com Kylie Jenner, lidera a lista.  Confira a lista completa dos participantes mais procurados no site de busca desde a primeira hora de divulgação do Line-up do festival: Travis Scott Lana Del Rey Ludmilla Guns N' Roses Gwen Stefani The Strokes Jaden Smith Mika Martin Garrix Pabllo Vittar


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 10/56   Vice-presidente da divisão Xbox, Mike Ybarra, deixa cargo na Microsoft

    Executivo estava há 20 anos na empresa e se tornou vice em 2017. Ele anunciou a saída em post no Twitter, em que também informou que já tem novos planos. Até o momento, a Microsoft ainda não anunciou um substituto para o cargo

    Executivo estava há 20 anos na empresa e se tornou vice em 2017. Ele anunciou a saída em post no Twitter, em que também informou que já tem novos planos. Até o momento, a Microsoft ainda não anunciou um substituto para o cargo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 11/56   Google testa novo desenho de sua página de buscas

    Novo formato já é aplicado em todas as páginas de resultados de buscas da Google feitas em plataformas móveis, com a versão para desktops ainda em fase de testes; empresa diz que mudanças favorecem o reconhecimento de marcas das páginas pesquisadas

    Novo formato já é aplicado em todas as páginas de resultados de buscas da Google feitas em plataformas móveis, com a versão para desktops ainda em fase de testes; empresa diz que mudanças favorecem o reconhecimento de marcas das páginas pesquisadas


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 12/56   Volvo | SUV elétrico XC40 terá novo sistema multimídia Android Automotive

    Versão eletrificada do utilitário esportivo sueco terá o novo sistema de informação e entretenimento baseado no sistema operacional do Google. Ao invés do espelhamento, será possível ter todos os serviços da empresa diretamente na tela e com conexão nativa

    Versão eletrificada do utilitário esportivo sueco terá o novo sistema de informação e entretenimento baseado no sistema operacional do Google. Ao invés do espelhamento, será possível ter todos os serviços da empresa diretamente na tela e com conexão nativa


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 13/56   Jovens preocupam-se com o que seus pais postam em redes sociais, diz pesquisa

    Levantamento da Microsoft mostra que adolescentes se sentem em risco por conta de alto compartilhamento de informações de seus pais. Do total, 66% disseram que já foram expostos a algum tipo de risco como consequência de posts

    Levantamento da Microsoft mostra que adolescentes se sentem em risco por conta de alto compartilhamento de informações de seus pais. Do total, 66% disseram que já foram expostos a algum tipo de risco como consequência de posts


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 14/56   Nintendo vai a evento de games e acende bafafá sobre possível retorno ao Brasil

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Entre os apreciadores de videogames, há quem prefira Mario, Link, Pikachu e adjacências a todo o resto. Os que professam tal fetiche costumam ganhar a alcunha de "nintendista". O problema é que, desde  2015, a fabricante japonesa deixou de ter distribuição oficial no Brasil. Na época, a Nintendo afirmou que "desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição no país insustentável". Não ter distribuição oficial no país significa que os produtos por aqui tendem a ficar mais caros. Promoções e ações específicas para o consumidor brasileiro ficam escassas, senão inexistentes. Caso os miúdos lusófonos queiram configurar o ecrã da consola, deverão estar familiarizados com o português europeu, já que a interface do usuário não tem entre as opções de idioma a língua de Camões de cá deste lado da linha do Equador. Além disso, a fabricante não tem títulos do Nintendo Switch em português brasileiro. Até jogos anteriores ao console, como Mario Kart 8, só existem em versões em português lusitano.  Já games não exclusivos, como "Fifa" e "Mortal Kombat", podem ser jogados em português brasileiro no Switch. "Não há um preocupação da Nintendo em localizar esses jogos aqui para o Brasil. Se você pega um jogo recém-lançado pela Sony ou Microsoft, ele já vem em português brasileiro", diz Wagner Wakka, jornalista especializado em games.  Aos poucos, porém, a empresa vem dando sinais de reaproximação. Em junho do ano passado, sem fazer alarde, lançou uma loja online direcionada ao público brasileiro. Em outubro, lançou cartões pré-pagos para jogos de Switch. E agora, depois de sete anos sem dar as caras como exibidora, a fabricante está com um estande de mil metros quadrado na BGS (Brasil Game Show), feira de jogos eletrônicos que se autoriza como a maior da América Latina. No ano passado, chegou a ter uma participação tímida, sem estande -somente patrocinou um concurso de cosplay-, o que já foi suficiente para esquentar rumores de uma possível volta ao país. Seus concorrentes Xbox e PlayStation também estão na BGS, que reúne num mesmo local as três grandes fabricantes de console. "Conseguimos o que a E3 não teve", orgulha-se Marcelo Tavares, fundador da BGS. A E3 (Electronic Entertainment Expo) é a uma das maiores feiras de games do mundo, que acontece nos Estados Unidos. Só que no caso americano, foi a Sony que não apareceu em 2019. Já a Nintendo esteve em todas as edições desde 1995. Quando questionada pela reportagem sobre planos para um volta oficial ao Brasil, a empresa diz: "Os fãs brasileiros são muito importantes para nós e continuaremos a ver o país como uma oportunidade de surpreender, deleitar e colocar um sorriso no rosto das pessoas". Uma introdução açucarada para em seguida afirmar que não tem "nada de novo para anunciar no momento sobre este tópico". Os nintendistas brasileiros não se dão por vencidos. Foi criada uma petição que conta com pelo menos 62 mil assinaturas clamando pela volta da distribuição oficial. Acompanha a petição um lyric video que provoca emojis de coração nos comentários no YouTube, com uma versão da canção pop "Happier", do DJ Marshmello,com os versos: "Não dá pra esquecer, quando era mais fácil/ jogar pra valer/ e agora os custos impedem/ que o nosso país seja feliz".

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Entre os apreciadores de videogames, há quem prefira Mario, Link, Pikachu e adjacências a todo o resto. Os que professam tal fetiche costumam ganhar a alcunha de "nintendista". O problema é que, desde  2015, a fabricante japonesa deixou de ter distribuição oficial no Brasil. Na época, a Nintendo afirmou que "desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição no país insustentável". Não ter distribuição oficial no país significa que os produtos por aqui tendem a ficar mais caros. Promoções e ações específicas para o consumidor brasileiro ficam escassas, senão inexistentes. Caso os miúdos lusófonos queiram configurar o ecrã da consola, deverão estar familiarizados com o português europeu, já que a interface do usuário não tem entre as opções de idioma a língua de Camões de cá deste lado da linha do Equador. Além disso, a fabricante não tem títulos do Nintendo Switch em português brasileiro. Até jogos anteriores ao console, como Mario Kart 8, só existem em versões em português lusitano.  Já games não exclusivos, como "Fifa" e "Mortal Kombat", podem ser jogados em português brasileiro no Switch. "Não há um preocupação da Nintendo em localizar esses jogos aqui para o Brasil. Se você pega um jogo recém-lançado pela Sony ou Microsoft, ele já vem em português brasileiro", diz Wagner Wakka, jornalista especializado em games.  Aos poucos, porém, a empresa vem dando sinais de reaproximação. Em junho do ano passado, sem fazer alarde, lançou uma loja online direcionada ao público brasileiro. Em outubro, lançou cartões pré-pagos para jogos de Switch. E agora, depois de sete anos sem dar as caras como exibidora, a fabricante está com um estande de mil metros quadrado na BGS (Brasil Game Show), feira de jogos eletrônicos que se autoriza como a maior da América Latina. No ano passado, chegou a ter uma participação tímida, sem estande -somente patrocinou um concurso de cosplay-, o que já foi suficiente para esquentar rumores de uma possível volta ao país. Seus concorrentes Xbox e PlayStation também estão na BGS, que reúne num mesmo local as três grandes fabricantes de console. "Conseguimos o que a E3 não teve", orgulha-se Marcelo Tavares, fundador da BGS. A E3 (Electronic Entertainment Expo) é a uma das maiores feiras de games do mundo, que acontece nos Estados Unidos. Só que no caso americano, foi a Sony que não apareceu em 2019. Já a Nintendo esteve em todas as edições desde 1995. Quando questionada pela reportagem sobre planos para um volta oficial ao Brasil, a empresa diz: "Os fãs brasileiros são muito importantes para nós e continuaremos a ver o país como uma oportunidade de surpreender, deleitar e colocar um sorriso no rosto das pessoas". Uma introdução açucarada para em seguida afirmar que não tem "nada de novo para anunciar no momento sobre este tópico". Os nintendistas brasileiros não se dão por vencidos. Foi criada uma petição que conta com pelo menos 62 mil assinaturas clamando pela volta da distribuição oficial. Acompanha a petição um lyric video que provoca emojis de coração nos comentários no YouTube, com uma versão da canção pop "Happier", do DJ Marshmello,com os versos: "Não dá pra esquecer, quando era mais fácil/ jogar pra valer/ e agora os custos impedem/ que o nosso país seja feliz".


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 15/56   App do Amazon Music para iOS e Android agora a traz Alexa integrada

    Com os novos comandos da Alexa no Amazon Music, os usuários podem pedir para tocar uma música ou artista específicos, a playlist favorita, canções de um determinado estado de espírito (como "relaxantes" ou "agitadas") e até por atividade

    Com os novos comandos da Alexa no Amazon Music, os usuários podem pedir para tocar uma música ou artista específicos, a playlist favorita, canções de um determinado estado de espírito (como "relaxantes" ou "agitadas") e até por atividade


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 16/56   Google tentará prever comandos do jogador para zerar lag no Stadia

    Empresa diz que, com a ideia, a plataforma rodará jogos com "latência negativa", equiparando-se a qualquer console de mesa que execute os títulos localmente. Promessa é que isso aconteça até dois anos após o lançamento do Stadia

    Empresa diz que, com a ideia, a plataforma rodará jogos com "latência negativa", equiparando-se a qualquer console de mesa que execute os títulos localmente. Promessa é que isso aconteça até dois anos após o lançamento do Stadia


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 17/56   Volvo XC40 elétrico terá nova central multimídia do Google

    Dispositivo rodará sistema operacional Android desenvolvido especificamente para carros

    Dispositivo rodará sistema operacional Android desenvolvido especificamente para carros


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 18/56   Apple retira aplicativo polêmico de Hong Kong após advertência da China

    A empresa americana Apple retirou nesta quinta-feira um aplicativo de transporte urbano que permitia à população de Hong Kong localizar os policiais em um mapa, após a imprensa chinesa acusar o grupo de apoiar o movimento pró-democracia na cidade, anunciou o desenvolvedor da ferramenta.

    A empresa americana Apple retirou nesta quinta-feira um aplicativo de transporte urbano que permitia à população de Hong Kong localizar os policiais em um mapa, após a imprensa chinesa acusar o grupo de apoiar o movimento pró-democracia na cidade, anunciou o desenvolvedor da ferramenta.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 19/56   Apple retira aplicativo de HK

    A Apple retirou nesta quinta-feira um aplicativo de transporte urbano que permitia à população de Hong Kong localizar a polícia em um mapa, após a imprensa chinesa acusar o grupo de apoiar o movimento pró-democracia na cidade.

    A Apple retirou nesta quinta-feira um aplicativo de transporte urbano que permitia à população de Hong Kong localizar a polícia em um mapa, após a imprensa chinesa acusar o grupo de apoiar o movimento pró-democracia na cidade.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 20/56   Apple Watch pode ganhar app de rastreamento do sono

    Dispositivos de rastreamento de sono e aplicativos funcionam acompanhando o movimento do corpo enquanto você dorme. Uma captura de tela do Apple Watch diz “Defina sua hora de dormir e acorde com o aplicativo Sleep”, levando a entender que haverá esse novo recurso

    Dispositivos de rastreamento de sono e aplicativos funcionam acompanhando o movimento do corpo enquanto você dorme. Uma captura de tela do Apple Watch diz “Defina sua hora de dormir e acorde com o aplicativo Sleep”, levando a entender que haverá esse novo recurso


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 21/56   Apple Card já foi clonado, mesmo com toda sua proteção

    Quando foi anunciado, o cartão da Maçã prometia um nível de segurança e privacidade sem comparação com os atuais modelos do mercado. Mas, como dá para notar, nenhum sistema é infalível e a novidade já teve dados copiados

    Quando foi anunciado, o cartão da Maçã prometia um nível de segurança e privacidade sem comparação com os atuais modelos do mercado. Mas, como dá para notar, nenhum sistema é infalível e a novidade já teve dados copiados


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 22/56   Versão Beta do Chrome para desktop faz chamadas telefônicas diretas

    Novo recurso do navegador Chrome permite usuário realizar chamada do próprio smartphone a partir de uma página da internet do seu desktop, a nova função aumenta a interação entre os aplicativos da Google

    Novo recurso do navegador Chrome permite usuário realizar chamada do próprio smartphone a partir de uma página da internet do seu desktop, a nova função aumenta a interação entre os aplicativos da Google


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 23/56   Play Store do Android 9 também ganha modo escuro em aparelhos compatíveis

    Pouco mais de uma semana depois de liberar a função para o Android 10, os donos de smartphones com Android 9 também conseguem acessar a Play Store no modo escuro, mas a função só funciona nos modelos que possuem um botão para acionar este modo

    Pouco mais de uma semana depois de liberar a função para o Android 10, os donos de smartphones com Android 9 também conseguem acessar a Play Store no modo escuro, mas a função só funciona nos modelos que possuem um botão para acionar este modo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 24/56   Apple libera update do watchOS para quem não pode usar iOS 13 em seu iPhone

    Usuários de iPhones antigos, como o iPhone 5 ou 5C, não podem atualizar seus aparelhos para o iOS 13. Por isso, o Apple Watch Series 4 não conseguia ser sincronizado com o sistema operacional do iPhone. Agora, a companhia liberou uma atualização corrigindo o problema

    Usuários de iPhones antigos, como o iPhone 5 ou 5C, não podem atualizar seus aparelhos para o iOS 13. Por isso, o Apple Watch Series 4 não conseguia ser sincronizado com o sistema operacional do iPhone. Agora, a companhia liberou uma atualização corrigindo o problema


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 25/56   Apple começa a vender controles para Xbox One em sua loja oficial nos EUA

    Na WWDC deste ano, evento da Apple para desenvolvedores, a empresa anunciou que os novos iOS, macOS, iPadOS e tvOS contariam com suporte a controles do Xbox One e PlayStation 4 para jogos. Agora, a companhia incluiu em sua loja oficial controles do Xbox para venda

    Na WWDC deste ano, evento da Apple para desenvolvedores, a empresa anunciou que os novos iOS, macOS, iPadOS e tvOS contariam com suporte a controles do Xbox One e PlayStation 4 para jogos. Agora, a companhia incluiu em sua loja oficial controles do Xbox para venda


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 26/56   Versão beta do Android 10 com One UI 2.0 deve chegar em breve para Galaxy S10

    A Samsung confirmou os rumores e anunciou que a próxima versão do sistema operacional da Google deve chegar aos seus principais aparelhos logo. A previsão é que o mesmo ocorra com os Galaxy Note 10 ainda em 2019

    A Samsung confirmou os rumores e anunciou que a próxima versão do sistema operacional da Google deve chegar aos seus principais aparelhos logo. A previsão é que o mesmo ocorra com os Galaxy Note 10 ainda em 2019


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 27/56   Mediterrâneo é uma das regiões mais afetadas pela crise climática
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Nas margens dos três continentes, o Mar Mediterrâneo é uma das regiões mais afetadas pela crise climática global, com um aumento nas temperaturas acima da média que ameaça os recursos hídricos e alimentares - alertaram cientistas desta região.

    Nas margens dos três continentes, o Mar Mediterrâneo é uma das regiões mais afetadas pela crise climática global, com um aumento nas temperaturas acima da média que ameaça os recursos hídricos e alimentares - alertaram cientistas desta região.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 28/56   Nobel de Química vai para trio por baterias de lítio
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O Prêmio Nobel de Química foi concedido nesta quarta-feira ao americano John Goodenough, ao britânico Stanley Whittingham e ao japonês Akira Yoshino pela invenção das baterias de íon-lítio, presentes atualmente em muitas tecnologias cotidianas.

    O Prêmio Nobel de Química foi concedido nesta quarta-feira ao americano John Goodenough, ao britânico Stanley Whittingham e ao japonês Akira Yoshino pela invenção das baterias de íon-lítio, presentes atualmente em muitas tecnologias cotidianas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 29/56   DJ Fatboy Slim presta homenagem a Greta Thunberg
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O britânico Fatboy Slim prestou uma homenagem a Greta Thunberg com uma versão de "Right Here, Right Now" que mistura sua música com o discurso a respeito d a falta de ação contra a crise climática que a adolescente sueca fez na ONU.

    O britânico Fatboy Slim prestou uma homenagem a Greta Thunberg com uma versão de "Right Here, Right Now" que mistura sua música com o discurso a respeito d a falta de ação contra a crise climática que a adolescente sueca fez na ONU.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 30/56   Os vencedores do Prêmio Nobel de Química da última década
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Lista dos premiados nos últimos 10 anos com o Prêmio Nobel de Química, atribuído nesta quarta-feira pelo Comitê Nobel da Academia Real de Ciências de Suécia ao americano John Goodenough, ao britânico Stanley Whittingham e ao japonês Akira Yoshino.

    Lista dos premiados nos últimos 10 anos com o Prêmio Nobel de Química, atribuído nesta quarta-feira pelo Comitê Nobel da Academia Real de Ciências de Suécia ao americano John Goodenough, ao britânico Stanley Whittingham e ao japonês Akira Yoshino.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 31/56   Trio de cosmólogos vence o Nobel de Física
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O canadense-americano James Peebles e os suíços Michel Mayor e Didier Queloz foram anunciados nesta terça-feira como os vencedores do prêmio Nobel de Física por seus trabalhos em cosmologia.

    O canadense-americano James Peebles e os suíços Michel Mayor e Didier Queloz foram anunciados nesta terça-feira como os vencedores do prêmio Nobel de Física por seus trabalhos em cosmologia.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 32/56   Fundo Global espera arrecadar US$ 14 bi para eliminar aids, tuberculose e malária
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O Fundo Global de combate à aids, tuberculose e malária tentará, na quinta-feira (10), arrecadar US$ 14 bilhões em Lyon para financiar suas ações, um "desafio" necessário para superar essas epidemias até 2030.

    O Fundo Global de combate à aids, tuberculose e malária tentará, na quinta-feira (10), arrecadar US$ 14 bilhões em Lyon para financiar suas ações, um "desafio" necessário para superar essas epidemias até 2030.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 33/56   'Rebelião Internacional' contra mudanças climáticas toma cidades do mundo
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Militantes do movimento ecologista de desobediência civil Extinction Rebellion (XR) iniciaram nesta segunda-feira (7) uma mobilização de duas semanas com atos no mundo todo, de Sydney e Nova York a Londres e Paris, passando por Buenos Aires e Rio de Janeiro, em protesto contra a falta de ação ante as mudanças climáticas.

    Militantes do movimento ecologista de desobediência civil Extinction Rebellion (XR) iniciaram nesta segunda-feira (7) uma mobilização de duas semanas com atos no mundo todo, de Sydney e Nova York a Londres e Paris, passando por Buenos Aires e Rio de Janeiro, em protesto contra a falta de ação ante as mudanças climáticas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 34/56   Bernie Sanders tem alta e médicos confirmam que sofreu infarto
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Bernie Sanders, pré-candidato democrata às presidenciais de 2020 nos Estados Unidos, teve alta nesta sexta-feira do hospital onde foi internado, em Las Vegas, após sofrer um ataque cardíaco, segundo o diagnóstico de seus médicos.

    Bernie Sanders, pré-candidato democrata às presidenciais de 2020 nos Estados Unidos, teve alta nesta sexta-feira do hospital onde foi internado, em Las Vegas, após sofrer um ataque cardíaco, segundo o diagnóstico de seus médicos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 35/56   Suprema Corte dos EUA analisará polêmica lei de aborto
    SCIENCE TOPIC NEWS

    A Suprema Corte dos Estados Unidos acordou nesta sexta-feira (4) examinar uma lei da Luisiana, acusada de restringir o acesso ao aborto, em um caso altamente sensível que colocará à prova os nove juízes nomeados pelo presidente Donald Trump.

    A Suprema Corte dos Estados Unidos acordou nesta sexta-feira (4) examinar uma lei da Luisiana, acusada de restringir o acesso ao aborto, em um caso altamente sensível que colocará à prova os nove juízes nomeados pelo presidente Donald Trump.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 36/56   De Hitler a Michael Jackson, veja alguns candidatos curiosos ao Nobel da Paz
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Apresentado como "o príncipe de Paz na Terra", Adolf Hitler foi proposto para o Nobel da Paz há 80 anos, pouco antes do início da Segunda Guerra Mundial, uma amostra de como é fácil fazer uma indicação ao prêmio mais prestigioso do mundo.

    Apresentado como "o príncipe de Paz na Terra", Adolf Hitler foi proposto para o Nobel da Paz há 80 anos, pouco antes do início da Segunda Guerra Mundial, uma amostra de como é fácil fazer uma indicação ao prêmio mais prestigioso do mundo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 37/56   Enfraquecido e atingido por crises, Trump volta à campanha
    WORLD TOPIC NEWS

    Donald Trump multiplicou nesta quinta-feira seus ataques aos adversários democratas, durante um comício em Minnesota no qual mostrou uma extraordinária agressividade.

    Donald Trump multiplicou nesta quinta-feira seus ataques aos adversários democratas, durante um comício em Minnesota no qual mostrou uma extraordinária agressividade.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 38/56   Democratas exigem documentos do secretário de Energia de Trump
    WORLD TOPIC NEWS

    Os legisladores democratas encarregados do processo de impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, exigiram nesta quinta-feira que o secretário de Energia, Rick Perry, apresente documentos ligados ao caso ucraniano.

    Os legisladores democratas encarregados do processo de impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, exigiram nesta quinta-feira que o secretário de Energia, Rick Perry, apresente documentos ligados ao caso ucraniano.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 39/56   Principal organização indígena rejeita diálogo em violenta crise no Equador
    WORLD TOPIC NEWS

    A principal organização indígena do Equador afastou a possibilidade de diálogo com o governo para resolver a violenta crise desatada pelos ajustes econômicos pactuados com o FMI, que em uma semana deixou cinco mortos e centenas de feridos em manifestações.

    A principal organização indígena do Equador afastou a possibilidade de diálogo com o governo para resolver a violenta crise desatada pelos ajustes econômicos pactuados com o FMI, que em uma semana deixou cinco mortos e centenas de feridos em manifestações.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 40/56   Trump reafirma apoio à entrada do Brasil na OCDE após polêmica
    WORLD TOPIC NEWS

    O presidente americano, Donald Trump, declarou nesta quinta-feira (10) no Twitter que segue apoiando a entrada do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), após a divulgação de uma reportagem revelando que os Estados Unidos enviaram uma carta à organização em agosto endossando apenas as candidaturas de Argentina e Romênia.

    O presidente americano, Donald Trump, declarou nesta quinta-feira (10) no Twitter que segue apoiando a entrada do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), após a divulgação de uma reportagem revelando que os Estados Unidos enviaram uma carta à organização em agosto endossando apenas as candidaturas de Argentina e Romênia.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 41/56   Bolsonaro diz que inquérito da PF sobre laranjas do PSL foi feito de 'má-fé'
    WORLD TOPIC NEWS

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quinta-feira (10) inquérito da Polícia Federal que resultou no indiciamento do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, por esquema de candidaturas laranja do PSL em Minas Gerais. Em live semanal, transmitida nas redes sociais, ele afirmou que o responsável pela investigação policial "agiu de má-fé", que houve "exagero" no inquérito e que a intenção não foi atingir o ministro, mas sim o presidente. No último domingo (6), o jornal Folha de S.Paulo mostrou que um depoimento e uma planilha obtidos pela PF sugerem que recursos do esquema foram desviados para abastecer, por meio de caixa dois, a campanha presidencial de Bolsonaro. No depoimento, Haissander Souza de Paula, assessor parlamentar à época do hoje ministro, disse que "acha que parte dos valores depositados" foi usado para pagar material de campanha de Álvaro Antônio e de Bolsonaro. "O delegado da Polícia Federal fez uma pergunta para o cara lá. 'Esse recurso, que seria o caixa dois, foi usado na campanha do presidente Jair Bolsonaro?' Ele disse: 'Acho que sim'. Pronto, me carimbaram no processo. Isso aí é uma covardia. Quem fez esse inquérito aí agiu de má-fé. Ou devia se aprofundar. 'Acho?' Essa é a pergunta que se faz? O cara fala 'acho' e bota lá?", disse o presidente. Bolsonaro lembrou que passou parte da campanha eleitoral internado, após sofrer uma facada, e disse que não usou "um centavo do fundo partidário". Na avaliação dele, a intenção é rotulá-lo de "corrupto" ou "dono de laranjal". "A intenção não é atingir o ministro Marcelo Álvaro Antônio. Não sei se é culpado ou inocente. Pelo que eu sei, até o momento, há um exagero no inquérito, pelo eu sei até o momento. Vamos aguardar o desenrolar do processo. É um exagero, mas a intenção não é o Marcelo, em primeiro lugar sou eu, Jair Bolsonaro. Querer me rotular de corrupto ou dono de laranjal", afirmou. Na planilha, obtida pela Polícia Federal e nomeada como "MarceloAlvaro.xlsx", há referência ao fornecimento de material eleitoral para a campanha de Bolsonaro com a expressão "out", o que significa, na compreensão de investigadores, pagamento "por fora". A Folha de S.Paulo revelou, em fevereiro, a existência de um esquema de desvio de verbas públicas de campanha do PSL em 2018, que destinou para fins diversos recursos que, por lei, deveriam ser aplicados em candidaturas femininas do partido. Álvaro Antônio, deputado federal mais votado em Minas Gerais, foi coordenador no estado da campanha presidencial de Bolsonaro. O ministro foi indiciado pela Polícia Federal e denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais. Até o momento, o presidente tem afirmado que irá manter, pelo menos temporariamente, o ministro no cargo, mas aumentou sobre ele a pressão do núcleo moderado do Palácio do Planalto por uma demissão. A avaliação é de que a permanência dele tem causado um "desgaste desnecessário" na imagem do governo. Caso Bolsonaro decida exonerá-lo, o nome mais cotado para o posto é o do presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Gilson Machado Neto, considerado um dos auxiliares favoritos do presidente e presença recorrente em suas lives semanais, transmitidas pelas redes sociais.

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quinta-feira (10) inquérito da Polícia Federal que resultou no indiciamento do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, por esquema de candidaturas laranja do PSL em Minas Gerais. Em live semanal, transmitida nas redes sociais, ele afirmou que o responsável pela investigação policial "agiu de má-fé", que houve "exagero" no inquérito e que a intenção não foi atingir o ministro, mas sim o presidente. No último domingo (6), o jornal Folha de S.Paulo mostrou que um depoimento e uma planilha obtidos pela PF sugerem que recursos do esquema foram desviados para abastecer, por meio de caixa dois, a campanha presidencial de Bolsonaro. No depoimento, Haissander Souza de Paula, assessor parlamentar à época do hoje ministro, disse que "acha que parte dos valores depositados" foi usado para pagar material de campanha de Álvaro Antônio e de Bolsonaro. "O delegado da Polícia Federal fez uma pergunta para o cara lá. 'Esse recurso, que seria o caixa dois, foi usado na campanha do presidente Jair Bolsonaro?' Ele disse: 'Acho que sim'. Pronto, me carimbaram no processo. Isso aí é uma covardia. Quem fez esse inquérito aí agiu de má-fé. Ou devia se aprofundar. 'Acho?' Essa é a pergunta que se faz? O cara fala 'acho' e bota lá?", disse o presidente. Bolsonaro lembrou que passou parte da campanha eleitoral internado, após sofrer uma facada, e disse que não usou "um centavo do fundo partidário". Na avaliação dele, a intenção é rotulá-lo de "corrupto" ou "dono de laranjal". "A intenção não é atingir o ministro Marcelo Álvaro Antônio. Não sei se é culpado ou inocente. Pelo que eu sei, até o momento, há um exagero no inquérito, pelo eu sei até o momento. Vamos aguardar o desenrolar do processo. É um exagero, mas a intenção não é o Marcelo, em primeiro lugar sou eu, Jair Bolsonaro. Querer me rotular de corrupto ou dono de laranjal", afirmou. Na planilha, obtida pela Polícia Federal e nomeada como "MarceloAlvaro.xlsx", há referência ao fornecimento de material eleitoral para a campanha de Bolsonaro com a expressão "out", o que significa, na compreensão de investigadores, pagamento "por fora". A Folha de S.Paulo revelou, em fevereiro, a existência de um esquema de desvio de verbas públicas de campanha do PSL em 2018, que destinou para fins diversos recursos que, por lei, deveriam ser aplicados em candidaturas femininas do partido. Álvaro Antônio, deputado federal mais votado em Minas Gerais, foi coordenador no estado da campanha presidencial de Bolsonaro. O ministro foi indiciado pela Polícia Federal e denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais. Até o momento, o presidente tem afirmado que irá manter, pelo menos temporariamente, o ministro no cargo, mas aumentou sobre ele a pressão do núcleo moderado do Palácio do Planalto por uma demissão. A avaliação é de que a permanência dele tem causado um "desgaste desnecessário" na imagem do governo. Caso Bolsonaro decida exonerá-lo, o nome mais cotado para o posto é o do presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Gilson Machado Neto, considerado um dos auxiliares favoritos do presidente e presença recorrente em suas lives semanais, transmitidas pelas redes sociais.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 42/56   EUA: envolvidos em caso ucraniano presos por financiamento ilegal de campanha
    WORLD TOPIC NEWS

    Dois cidadãos americanos nascidos no exterior, vinculados aos esforços do advogado do presidente de Estados Unidos para convencer Kiev a investigar o pré-candidato democrata à Presidência Joe Biden foram detidos sob a acusação de violação de leis de financiamento de campanha, noticiou nesta quinta-feira (10) o The Wall Street Journal.

    Dois cidadãos americanos nascidos no exterior, vinculados aos esforços do advogado do presidente de Estados Unidos para convencer Kiev a investigar o pré-candidato democrata à Presidência Joe Biden foram detidos sob a acusação de violação de leis de financiamento de campanha, noticiou nesta quinta-feira (10) o The Wall Street Journal.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 43/56   Operadoras devem informar ao TSE linhas de agências suspeitas de disparos pelo WhatsApp
    WORLD TOPIC NEWS

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Jorge Mussi, corregedor da Justiça Eleitoral no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), determinou nesta quinta-feira (10) que todas as operadoras de telefonia celular informem os números das linhas usadas por quatro agências de comunicação suspeitas de terem feito disparos em massa pelo WhatsApp durante a eleição de 2018. As operadoras terão três dias, a partir da data da notificação, para responder ao tribunal. A determinação se estende a sócios de 3 das 4 agências de comunicação suspeitas. A decisão foi no âmbito de uma Aije (ação de investigação judicial eleitoral) ajuizada pelo PDT após a publicação de reportagem do jornal Folha de S.Paulo intitulada "Empresários bancam campanha contra o PT pelo WhatsApp", em 18 de outubro de 2018. A ação investiga se a campanha do então candidato e hoje presidente da República, Jair Bolsonaro, se beneficiou de algum modo dessa prática, que é considerada ilegal. Além dessa Aije, existe uma outra, ajuizada pela chapa do candidato derrotado Fernando Haddad (PT), que trata do mesmo tema e pede a cassação do diploma de Bolsonaro caso seja confirmado o abuso de poder econômico em seu benefício. As agências alvo da medida são Quickmobile, Yacows, Croc Services e SMS Market, citadas na reportagem de outubro de 2018. Dessas, somente o sócio da Quickmobile Peterson Querino não foi alvo da determinação de Mussi. Querino foi excluído das ações que tratam do assunto no TSE porque, segundo o ministro, a Justiça não conseguiu localizá-lo para intimá-lo para apresentar defesa. A partir dos números registrados em nomes das agências de comunicação, o ministro deverá buscar saber se o WhatsApp bloqueou essas linhas ou adotou outras medidas relacionadas a elas. No entanto, reportagem da Folha de S.Paulo, de dezembro de 2018, mostrou que agências compravam centenas de chips de celular e os registravam em nome de terceiros, de forma fraudulenta, e não em nome próprio ou de seus sócios, como mostrou documento de um ex-funcionário da Yacows apresentado por ele à Justiça do Trabalho e obtido pelo jornal. Portanto, a medida de obter os números registrados em nome das agências tende a ser pouco eficaz para a investigação sobre disparos em massa na campanha. Conforme noticiou a Folha de S.Paulo na terça-feira (8), o WhatsApp admitiu nesta semana, pela primeira vez, que a eleição brasileira de 2018 teve uso de envios maciços de mensagens, com sistemas automatizados contratados de empresas. "Na eleição brasileira do ano passado houve a atuação de empresas fornecedoras de envios maciços de mensagens, que violaram nossos termos de uso para atingir um grande número de pessoas", afirmou Ben Supple, gerente de políticas públicas e eleições globais do WhatsApp, em palestra no Festival Gabo, na Colômbia.  Em 19 de outubro de 2018, um dia após a publicação da primeira reportagem sobre o tema, o aplicativo enviou notificação extrajudicial para as agências Quickmobile, Yacows, Croc Services e SMS Market determinando que parassem de fazer envio de mensagens em massa, como também informou o jornal à época. Nas ações no TSE, a campanha de Bolsonaro negou ter contratado ou solicitado que empresários contratassem agências para efetuar disparos maciços pelo WhatsApp.  A decisão de Mussi foi tomada de ofício, sem que as partes pedissem esse tipo de produção de provas, como a jurisprudência da corte autoriza, segundo o ministro.  Outras medidas solicitadas pelo PDT, autor da ação, como quebras de sigilo, não foram autorizadas porque, segundo Mussi, não se pode tomar decisões nesse sentido com base em notícias de jornal.

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Jorge Mussi, corregedor da Justiça Eleitoral no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), determinou nesta quinta-feira (10) que todas as operadoras de telefonia celular informem os números das linhas usadas por quatro agências de comunicação suspeitas de terem feito disparos em massa pelo WhatsApp durante a eleição de 2018. As operadoras terão três dias, a partir da data da notificação, para responder ao tribunal. A determinação se estende a sócios de 3 das 4 agências de comunicação suspeitas. A decisão foi no âmbito de uma Aije (ação de investigação judicial eleitoral) ajuizada pelo PDT após a publicação de reportagem do jornal Folha de S.Paulo intitulada "Empresários bancam campanha contra o PT pelo WhatsApp", em 18 de outubro de 2018. A ação investiga se a campanha do então candidato e hoje presidente da República, Jair Bolsonaro, se beneficiou de algum modo dessa prática, que é considerada ilegal. Além dessa Aije, existe uma outra, ajuizada pela chapa do candidato derrotado Fernando Haddad (PT), que trata do mesmo tema e pede a cassação do diploma de Bolsonaro caso seja confirmado o abuso de poder econômico em seu benefício. As agências alvo da medida são Quickmobile, Yacows, Croc Services e SMS Market, citadas na reportagem de outubro de 2018. Dessas, somente o sócio da Quickmobile Peterson Querino não foi alvo da determinação de Mussi. Querino foi excluído das ações que tratam do assunto no TSE porque, segundo o ministro, a Justiça não conseguiu localizá-lo para intimá-lo para apresentar defesa. A partir dos números registrados em nomes das agências de comunicação, o ministro deverá buscar saber se o WhatsApp bloqueou essas linhas ou adotou outras medidas relacionadas a elas. No entanto, reportagem da Folha de S.Paulo, de dezembro de 2018, mostrou que agências compravam centenas de chips de celular e os registravam em nome de terceiros, de forma fraudulenta, e não em nome próprio ou de seus sócios, como mostrou documento de um ex-funcionário da Yacows apresentado por ele à Justiça do Trabalho e obtido pelo jornal. Portanto, a medida de obter os números registrados em nome das agências tende a ser pouco eficaz para a investigação sobre disparos em massa na campanha. Conforme noticiou a Folha de S.Paulo na terça-feira (8), o WhatsApp admitiu nesta semana, pela primeira vez, que a eleição brasileira de 2018 teve uso de envios maciços de mensagens, com sistemas automatizados contratados de empresas. "Na eleição brasileira do ano passado houve a atuação de empresas fornecedoras de envios maciços de mensagens, que violaram nossos termos de uso para atingir um grande número de pessoas", afirmou Ben Supple, gerente de políticas públicas e eleições globais do WhatsApp, em palestra no Festival Gabo, na Colômbia.  Em 19 de outubro de 2018, um dia após a publicação da primeira reportagem sobre o tema, o aplicativo enviou notificação extrajudicial para as agências Quickmobile, Yacows, Croc Services e SMS Market determinando que parassem de fazer envio de mensagens em massa, como também informou o jornal à época. Nas ações no TSE, a campanha de Bolsonaro negou ter contratado ou solicitado que empresários contratassem agências para efetuar disparos maciços pelo WhatsApp.  A decisão de Mussi foi tomada de ofício, sem que as partes pedissem esse tipo de produção de provas, como a jurisprudência da corte autoriza, segundo o ministro.  Outras medidas solicitadas pelo PDT, autor da ação, como quebras de sigilo, não foram autorizadas porque, segundo Mussi, não se pode tomar decisões nesse sentido com base em notícias de jornal.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 44/56   Civis fogem do avanço turco contra curdos na Síria
    WORLD TOPIC NEWS

    A ofensiva da Turquia contra uma milícia curda no nordeste da Síria nesta quinta-feira (10), uma operação que despertou críticas internacionais, causou a fuga de milhares de habitantes da região.

    A ofensiva da Turquia contra uma milícia curda no nordeste da Síria nesta quinta-feira (10), uma operação que despertou críticas internacionais, causou a fuga de milhares de habitantes da região.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 45/56   Trump determina a diplomatas que obtenham trégua entre Turquia e curdos
    WORLD TOPIC NEWS

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, determinou nesta quinta-feira que diplomatas do Departamento de Estado atuem para obter um cessar-fogo entre Turquia e os curdos, após Washington retirar suas tropas da região, abrindo caminho para uma ofensiva turca.

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, determinou nesta quinta-feira que diplomatas do Departamento de Estado atuem para obter um cessar-fogo entre Turquia e os curdos, após Washington retirar suas tropas da região, abrindo caminho para uma ofensiva turca.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 46/56   Venezuela nega responsabilidade por petróleo derramado no Brasil
    WORLD TOPIC NEWS

    A estatal petroleira venezuelana PDVSA negou nesta quinta-feira (10) responsabilidade nos derramamentos de petróleo registrados na costa do Brasil, após o Ministério do Meio Ambiente brasileiro indicar que o líquido viscoso preto que chegou às praias "muito provavelmente" veio da Venezuela.

    A estatal petroleira venezuelana PDVSA negou nesta quinta-feira (10) responsabilidade nos derramamentos de petróleo registrados na costa do Brasil, após o Ministério do Meio Ambiente brasileiro indicar que o líquido viscoso preto que chegou às praias "muito provavelmente" veio da Venezuela.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 47/56   Quem são e o que pedem: a radiografia do protesto indígena no Equador
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Os indígenas no Equador derrubaram presidentes e chegaram a ser parte de uma troica que governou brevemente em 2005. Eles estão agora de volta às ruas, contra os ajustes acordados pelo governo com o FMI.

    Os indígenas no Equador derrubaram presidentes e chegaram a ser parte de uma troica que governou brevemente em 2005. Eles estão agora de volta às ruas, contra os ajustes acordados pelo governo com o FMI.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 48/56   Governo Trump apoia Argentina no lugar do Brasil para OCDE
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O governo dos Estados Unidos deu respaldo às candidaturas de Argentina e Romênia para uma vaga na OCDE em uma carta enviada ao órgão

    O governo dos Estados Unidos deu respaldo às candidaturas de Argentina e Romênia para uma vaga na OCDE em uma carta enviada ao órgão


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 49/56   Primeiros-ministros britânico e irlandês mostram otimismo e cautela em relação ao Brexit
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e seu colega irlandês, Leo Varadkar, disseram nesta quinta-feira (10) que veem um "caminho para um possível acordo" sobre o Brexit, apesar de permanecerem cautelosamente otimistas.

    O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e seu colega irlandês, Leo Varadkar, disseram nesta quinta-feira (10) que veem um "caminho para um possível acordo" sobre o Brexit, apesar de permanecerem cautelosamente otimistas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 50/56   Manifestantes indígenas capturam oito policiais no Equador
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Oito policiais que foram capturados por indígenas que protestavam contra os ajustes econômicos do governo no Equador foram apresentados durante uma reunião em massa de manifestantes em Quito.

    Oito policiais que foram capturados por indígenas que protestavam contra os ajustes econômicos do governo no Equador foram apresentados durante uma reunião em massa de manifestantes em Quito.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 51/56   Inep estima que Enem custará R$ 105,52 por participante
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O Exame Nacional do Ensino Médio 2019 (Enem 2019) deverá custar aproximadamente R$ 537,7 milhões, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o que equivale a R$ 105,52 por participante. A expectativa é que os gastos fiquem ligeiramente abaixo do exame do ano passado, que, segundo o Inep, custou R$ 106,13 por estudante, totalizando R$ 589,8 milhões. O valor corresponde aos gastos desde a elaboração do exame até a impressão, distribuição e correção das provas.Dos R$ 537,7 milhões, segundo a autarquia, R$ 179,7 milhões, o equivalente a cerca de um terço, vem do pagamento das inscrições. O restante é pago pelo governo. As inscrições custaram R$ 85 a cada participante. Cerca de 2,1 milhões de estudantes pagaram a taxa. Os demais tiveram isenção por atenderem aos critérios estabelecidos pelo Inep. O presidente do Inep, Alexandre Lopes, diz que custo do Enem ainda pode mudar - Arquivo/Agência BrasilSegundo o presidente do Inep, Alexandre Ribeiro Lopes, o valor ainda pode mudar. “Em função da abstenção, pode até baixar. Mas pode acontecer [de aumentar], se tivermos que fazer um número de reaplicações maior que o normal, teremos que imprimir mais provas”, explicou. Estudantes que forem impedidos de fazer a prova por conta de problemas como falta de luz, alagamentos, entre outros, têm direito à reaplicação do exame.Ao todo, cerca de 5,1 milhões de estudantes estão inscritos no Enem deste ano, que será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. As notas do Enem podem ser usadas para participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior, para concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a financiamentos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Enem digitalO governo aposta no Enem digital, que começará a ser testado em 2020, para redução dos custos de aplicação da prova. Este ano será o último de aplicação do Enem exclusivamente impresso.De acordo com Lopes, o Enem digital poderá reduzir o número de estudantes que se inscrevem e faltam à prova. Segundo ele, muitas das abstenções são de estudantes que fazem a prova em locais distantes de onde moram.

    O Exame Nacional do Ensino Médio 2019 (Enem 2019) deverá custar aproximadamente R$ 537,7 milhões, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o que equivale a R$ 105,52 por participante. A expectativa é que os gastos fiquem ligeiramente abaixo do exame do ano passado, que, segundo o Inep, custou R$ 106,13 por estudante, totalizando R$ 589,8 milhões. O valor corresponde aos gastos desde a elaboração do exame até a impressão, distribuição e correção das provas.Dos R$ 537,7 milhões, segundo a autarquia, R$ 179,7 milhões, o equivalente a cerca de um terço, vem do pagamento das inscrições. O restante é pago pelo governo. As inscrições custaram R$ 85 a cada participante. Cerca de 2,1 milhões de estudantes pagaram a taxa. Os demais tiveram isenção por atenderem aos critérios estabelecidos pelo Inep. O presidente do Inep, Alexandre Lopes, diz que custo do Enem ainda pode mudar - Arquivo/Agência BrasilSegundo o presidente do Inep, Alexandre Ribeiro Lopes, o valor ainda pode mudar. “Em função da abstenção, pode até baixar. Mas pode acontecer [de aumentar], se tivermos que fazer um número de reaplicações maior que o normal, teremos que imprimir mais provas”, explicou. Estudantes que forem impedidos de fazer a prova por conta de problemas como falta de luz, alagamentos, entre outros, têm direito à reaplicação do exame.Ao todo, cerca de 5,1 milhões de estudantes estão inscritos no Enem deste ano, que será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. As notas do Enem podem ser usadas para participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior, para concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a financiamentos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Enem digitalO governo aposta no Enem digital, que começará a ser testado em 2020, para redução dos custos de aplicação da prova. Este ano será o último de aplicação do Enem exclusivamente impresso.De acordo com Lopes, o Enem digital poderá reduzir o número de estudantes que se inscrevem e faltam à prova. Segundo ele, muitas das abstenções são de estudantes que fazem a prova em locais distantes de onde moram.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 52/56   Provas do Enem foram todas impressas
    BUSINESS TOPIC NEWS

    As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foram todas impressas e metade delas já foi remetida aos locais de aplicação. “Acabou o risco de não ter Enem”, enfatizou o ministro da Educação, Abraham Weintraub. O Enem 2019 será realizado nos dias 3 e 10 de novembro, em 1.727 municípios brasileiros. Mais de 5 milhões de pessoas farão o exame em 14 mil locais de aplicação de provas.Ao todo, foram impressas 10,3 milhões de provas. A primeira remessa, de 408 mil provas, foi enviada no dia 3 de outubro, para locais de difícil acesso do Pará e Bahia. Outros malotes seguiram para Rondônia, Piauí, Pernambuco e Mato Grosso. Os materiais estavam sob a guarda do 4º Batalhão de Infantaria Leve do Exército Brasilieiro, em Osasco (SP).  O ministro da Educação, Abraham Weintraub, tomou café da manhã com jornalistas para tratar sobre as provas do Enem José Cruz/Agência BrasilEm café da manhã com jornalistas, na manhã de hoje (10), o ministro ressaltou que apesar dos problemas enfrentados com a gráfica neste ano, o cronograma está sendo seguido e a prova está garantida. “Não teve problema nenhum com a gráfica”, ressaltou Weintraub. No início deste ano, a empresa RR Donnelley, que era detentora do contrato para a impressão do Enem, decretou falência. O Tribunal de Contas da União (TCU) autorizou, em abril, a contratação de nova gráfica. Foi escolhida a Valid S.A., garantindo a impressão das provas. A Valid era a gráfica seguinte na ordem de classificação na licitação realizada em 2016.Neste ano, a contratação da segunda colocada foi autorizada pelo TCU para que a prova pudesse ser impressa a tempo, segundo o ministro. Para 2020, será feita uma nova licitação. O processo para a elaboração de novo edital está em andamento, segundo o Inep.Ouça na Rádio Nacional: Conteúdo A prova deste ano será focada em questões que avaliem objetivamente o aprendizado dos estudantes, segundo o presidente do Inep, Alexandre Ribeiro Lopes. “A prova foi produzida da mesma forma dos anos anteriores. O que houve foi uma orientação para que [as questões] focassem na aprendizagem”, diz.Após polêmica envolvendo questões do Enem no ano passado, o Inep criou, no início deste ano, um grupo responsável por "identificar abordagens controversas com teor ofensivo a segmentos e grupos sociais, símbolos, tradições e costumes nacionais" e, com base nessa análise, recomendar que tais itens não fossem usados na montagem do Enem 2019.Lopes afirmou que nem ele nem o ministro tiveram acesso às provas que serão aplicadas em novembro.  LogísticaPara colocar o Enem de pé é necessária uma megaoperação de logística e segurança. São 400 mil profissionais envolvidos em todo o processo da avaliação. Só a operação de transporte dos malotes envolve 31 mil colaboradores, a maioria, agentes de segurança pública. São 4,2 toneladas de papéis, transportados em 3.746 contêiners levados em aviões, carretas e barcos.

    As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foram todas impressas e metade delas já foi remetida aos locais de aplicação. “Acabou o risco de não ter Enem”, enfatizou o ministro da Educação, Abraham Weintraub. O Enem 2019 será realizado nos dias 3 e 10 de novembro, em 1.727 municípios brasileiros. Mais de 5 milhões de pessoas farão o exame em 14 mil locais de aplicação de provas.Ao todo, foram impressas 10,3 milhões de provas. A primeira remessa, de 408 mil provas, foi enviada no dia 3 de outubro, para locais de difícil acesso do Pará e Bahia. Outros malotes seguiram para Rondônia, Piauí, Pernambuco e Mato Grosso. Os materiais estavam sob a guarda do 4º Batalhão de Infantaria Leve do Exército Brasilieiro, em Osasco (SP).  O ministro da Educação, Abraham Weintraub, tomou café da manhã com jornalistas para tratar sobre as provas do Enem José Cruz/Agência BrasilEm café da manhã com jornalistas, na manhã de hoje (10), o ministro ressaltou que apesar dos problemas enfrentados com a gráfica neste ano, o cronograma está sendo seguido e a prova está garantida. “Não teve problema nenhum com a gráfica”, ressaltou Weintraub. No início deste ano, a empresa RR Donnelley, que era detentora do contrato para a impressão do Enem, decretou falência. O Tribunal de Contas da União (TCU) autorizou, em abril, a contratação de nova gráfica. Foi escolhida a Valid S.A., garantindo a impressão das provas. A Valid era a gráfica seguinte na ordem de classificação na licitação realizada em 2016.Neste ano, a contratação da segunda colocada foi autorizada pelo TCU para que a prova pudesse ser impressa a tempo, segundo o ministro. Para 2020, será feita uma nova licitação. O processo para a elaboração de novo edital está em andamento, segundo o Inep.Ouça na Rádio Nacional: Conteúdo A prova deste ano será focada em questões que avaliem objetivamente o aprendizado dos estudantes, segundo o presidente do Inep, Alexandre Ribeiro Lopes. “A prova foi produzida da mesma forma dos anos anteriores. O que houve foi uma orientação para que [as questões] focassem na aprendizagem”, diz.Após polêmica envolvendo questões do Enem no ano passado, o Inep criou, no início deste ano, um grupo responsável por "identificar abordagens controversas com teor ofensivo a segmentos e grupos sociais, símbolos, tradições e costumes nacionais" e, com base nessa análise, recomendar que tais itens não fossem usados na montagem do Enem 2019.Lopes afirmou que nem ele nem o ministro tiveram acesso às provas que serão aplicadas em novembro.  LogísticaPara colocar o Enem de pé é necessária uma megaoperação de logística e segurança. São 400 mil profissionais envolvidos em todo o processo da avaliação. Só a operação de transporte dos malotes envolve 31 mil colaboradores, a maioria, agentes de segurança pública. São 4,2 toneladas de papéis, transportados em 3.746 contêiners levados em aviões, carretas e barcos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 53/56   Governo arrecada R$ 8,9 bilhões em primeiro de três leilões de petróleo
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Foi o maior valor já arrecadado em leilões de petróleo sob o regime de concessão no país.

    Foi o maior valor já arrecadado em leilões de petróleo sob o regime de concessão no país.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 54/56   Trump se reunirá com enviado comercial chinês nesta sexta
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quinta-feira que se encontrará na sexta com o principal enviado chinês para a questão comercial, no momento em que as partes retomam as negociações em Washington para buscar soluções para sua guerra comercial.

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quinta-feira que se encontrará na sexta com o principal enviado chinês para a questão comercial, no momento em que as partes retomam as negociações em Washington para buscar soluções para sua guerra comercial.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 55/56   Guedes diz que Brasil sai da clínica de reabilitação enquanto mundo desacelera
    BUSINESS TOPIC NEWS

    "Estamos com o crescimento subindo, a inflação descendo e retomando provavelmente agora um longo ciclo de crescimento", disse o ministro.

    "Estamos com o crescimento subindo, a inflação descendo e retomando provavelmente agora um longo ciclo de crescimento", disse o ministro.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 56/56   PIB britânico registra contração de 0,1% em agosto com a proximidade do Brexit
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido registrou contração de 0,1% em agosto na comparação com o mês anterior, de acordo com os dados anunciados pelo Escritório Nacional de Estatísticas, sinal de uma economia em dificuldades com a proximidade do Brexit.

    O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido registrou contração de 0,1% em agosto na comparação com o mês anterior, de acordo com os dados anunciados pelo Escritório Nacional de Estatísticas, sinal de uma economia em dificuldades com a proximidade do Brexit.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.

 
 


       

A Síntese de Voz
A Microsoft SAPI 5 objeto ActiveX é necessária.
Na opção de segurança do seu navegador, você não deve desabilitar a inicialização de controles ActiveX não assinados.
Você pode instalar e utilizar qualquer Inglês voz compatível com SAPI 5.
(tais como o discurso componente da Microsoft).
Não Voz Título Título e Documento
Voz e Audio Output



Velocidade

 

 
Volume

 

 

Velocidade Slideshow (Quick para Lento)
Zero Um Dois Três Quatro Cinco
Blog e RSS Feed URLs
http://moblog.whmsoft.net/pt
http://moblog.whmsoft.net/pt/?feed=rss2

Subscribe to Notícias Fotos Slideshows by Email
Subscrite para o RSS feed com Google Subscrite para o RSS feed com Yahoo! Subscrite para o RSS feed com AOL Subscrite para o RSS feed com Bloglines
Subscrite para o RSS feed com Netvibes Subscrite para o RSS feed com Newsgator Subscrite para o RSS feed com Pageflakes Subscrite para o RSS feed com Rojo

Slideshows - Fotos Noticias - Desde Yahoo! Noticias
Esporte



Encontros

Comentar