Pesquisas Locais - Offerte
Endereços - Horários - Comentários
Informações Sobre o Tempo
Produtos Quentes

Noticias Fotos Slideshows
Celebridades, People, Sports, High Tech, vlrPhone
   

HOWTO - Respostas Ilustrado
 
Libertar a Animação VR / AR
Jogar para revelar imagens 3D e modelos 3D!
Demonstração A-Frame / Multiplayer
Android app on Google Play
 
vlrPhone / vlrFilter
Softphones projeto com baixo consumo de energia, velocidade e radiação / Filtro Multifuncional de Audio com Controle Remoto!



 

Noticias Slideshows (11/10/2019 19 horas)


  • 1/56   Noticias Fotos Slideshows
    PEOPLE TOPIC NEWS

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.


    Revista de Imprensa


    El Camino   PAULINHA NA SAVI STORE   Paul McCartney   Fernanda Montenegro   Crusoé   Nobel da Paz   Jesse   Ser Otaku   Rica Perrone   Maria Firmina   fernando collor   tulio gostamos de voce   S E X T O U   As Panteras   Jungle Cruise   ítalo ferreira   Insatiable   emily blunt   Vince Gilligan   Robert Plant   Distribuição   Bráulio Bessa   Arab-armys   João Frango   
  • 2/56   Venda de apps cresce 23% no terceiro trimestre — e Apple segue faturando mais

    Levantamento da firma de consultoria Sensor Tower mostra que a receita total com a venda de apps na App Store e na Google Play Store subiu de US$ 17,9 bilhões para US$ 21,9 bilhões na comparação entre o terceiro trimestre deste ano e o de 2018

    Levantamento da firma de consultoria Sensor Tower mostra que a receita total com a venda de apps na App Store e na Google Play Store subiu de US$ 17,9 bilhões para US$ 21,9 bilhões na comparação entre o terceiro trimestre deste ano e o de 2018


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 3/56   Pixel 4 | Novas imagens promocionais revelam detalhes do smartphone do Google

    O leaker Evan Blass ataca de novo e revela algumas das imagens oficiais do lançamento do novo smartphone do Google. É possível ver com detalhes como serão os sensores frontais e as configurações de cores disponíveis, bem como a disposição das câmeras

    O leaker Evan Blass ataca de novo e revela algumas das imagens oficiais do lançamento do novo smartphone do Google. É possível ver com detalhes como serão os sensores frontais e as configurações de cores disponíveis, bem como a disposição das câmeras


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 4/56   Falha Zero Day no iTunes é usada para ataques de ransomware

    Vulnerabilidade também afetava o iCloud e foi descoberta por empresa de segurança digital, que notificou a Apple para que a fabricante americana prontamente corrigisse o problema; softwares de antivírus não detectavam a brecha

    Vulnerabilidade também afetava o iCloud e foi descoberta por empresa de segurança digital, que notificou a Apple para que a fabricante americana prontamente corrigisse o problema; softwares de antivírus não detectavam a brecha


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 5/56   Google Maps otimiza navegação para pessoas com deficiência visual

    A orientação por voz detalhada para navegação a pé começou a ser liberada nesta quinta para Android e iOS. No momento, está disponível em inglês nos Estados Unidos e japonês no Japão, com suporte para idiomas e países adicionais a caminho

    A orientação por voz detalhada para navegação a pé começou a ser liberada nesta quinta para Android e iOS. No momento, está disponível em inglês nos Estados Unidos e japonês no Japão, com suporte para idiomas e países adicionais a caminho


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 6/56   Dyson desiste de fabricar carros elétricos e soa alarme no setor

    (Bloomberg) -- A repentina decisão da Dyson de abandonar suas ambições no mercado de veículos elétricos é o mais recente teste de realidade no até então promissor setor.A fabricante de aspiradores de pó e secadores de cabelo não conseguiu encontrar uma maneira de viabilizar comercialmente o projeto, disse o bilionário James Dyson em carta aos funcionários na quinta-feira. O anúncio ocorre cerca de dois anos após a empresa ter divulgado pela primeira vez planos de iniciar a fabricação de automóveis.A Dyson é uma das empresas mais renomadas a sair de um setor que atraiu centenas de startups nos últimos anos, com o objetivo de se tornar a próxima Tesla. Mas há sinais crescentes de que a bolha está estourando: a China diminui os incentivos ao setor e a concorrência aumentou. O Sanford C. Bernstein estima que as vendas globais de veículos elétricos caíram pela primeira vez em julho e teriam encolhido 23% em agosto.“O futuro da Tesla permanece incerto. Quase todas as startups de veículos elétricos que tentam segui-la parecem desafiadas”, disseram analistas do Bernstein, como Max Warburton e Robin Zhu, em relatório que citou a decisão da Dyson como um acontecimento preocupante no setor. “A maioria dessas startups provavelmente vai desistir. A verdade é que as barreiras de entrada no mercado automotivo continuam altas. Fabricar carros é difícil. A mudança para os veículos elétricos será cara.”Um exemplo é a NIO, uma das fabricantes de carros elétricos mais importantes da China, que produz cerca da metade dos veículos elétricos do mundo. No mês passado, a empresa divulgou prejuízo trimestral maior que o esperado, levando as ações a uma baixa recorde. Analistas agora questionam abertamente a viabilidade da empresa.A competição também está mais acirrada. Além da Tesla, montadoras tradicionais como General Motors e Volkswagen estão investindo pesado em eletrificação. A Volks prometeu um investimento de US$ 33 bilhões para levar automóveis movidos a bateria para as massas. E a Apple possui um projeto automotivo desde cerca de 2016, embora digam que a empresa agora tem planos menos ambiciosos.Quanto à Dyson, a empresa disse que planeja continuar seu programa de investimentos de 2,5 bilhões de libras (US$ 3,1 bilhões) em novas tecnologias e se concentrará na fabricação de baterias de estado sólido e outras tecnologias, incluindo aprendizado de máquina e robótica.“Cingapura desempenhará um papel importante nos planos de crescimento da Dyson“, disse Tan Kong Hwee, diretor-gerente adjunto do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Cingapura, em comunicado enviado por e-mail na sexta-feira. Apesar da decisão da Dyson, Cingapura “continua interessada em atividades avançadas de fabricação, inclusive para veículos elétricos“, disse.Especialistas haviam questionado o custoso investimento da empresa para construir uma fábrica de carros elétricos em Cingapura, onde os salários médios estão entre os mais altos do mundo. A Ford Motor fechou sua fábrica na cidade-estado há cerca de 40 anos, encerrando efetivamente a produção de carros na ilha.\--Com a colaboração de Craig Trudell.Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.netRepórteres da matéria original: Kyunghee Park Singapore, kpark3@bloomberg.net;Molly Schuetz New York, mschuetz9@bloomberg.net;Yoolim Lee em Singapore, yoolim@bloomberg.netPara entrar em contato com os editores responsáveis: Young-Sam Cho, ycho2@bloomberg.net, ;Jillian Ward, jward56@bloomberg.net, Will Davies (News)For more articles like this, please visit us at bloomberg.com©2019 Bloomberg L.P.

    (Bloomberg) -- A repentina decisão da Dyson de abandonar suas ambições no mercado de veículos elétricos é o mais recente teste de realidade no até então promissor setor.A fabricante de aspiradores de pó e secadores de cabelo não conseguiu encontrar uma maneira de viabilizar comercialmente o projeto, disse o bilionário James Dyson em carta aos funcionários na quinta-feira. O anúncio ocorre cerca de dois anos após a empresa ter divulgado pela primeira vez planos de iniciar a fabricação de automóveis.A Dyson é uma das empresas mais renomadas a sair de um setor que atraiu centenas de startups nos últimos anos, com o objetivo de se tornar a próxima Tesla. Mas há sinais crescentes de que a bolha está estourando: a China diminui os incentivos ao setor e a concorrência aumentou. O Sanford C. Bernstein estima que as vendas globais de veículos elétricos caíram pela primeira vez em julho e teriam encolhido 23% em agosto.“O futuro da Tesla permanece incerto. Quase todas as startups de veículos elétricos que tentam segui-la parecem desafiadas”, disseram analistas do Bernstein, como Max Warburton e Robin Zhu, em relatório que citou a decisão da Dyson como um acontecimento preocupante no setor. “A maioria dessas startups provavelmente vai desistir. A verdade é que as barreiras de entrada no mercado automotivo continuam altas. Fabricar carros é difícil. A mudança para os veículos elétricos será cara.”Um exemplo é a NIO, uma das fabricantes de carros elétricos mais importantes da China, que produz cerca da metade dos veículos elétricos do mundo. No mês passado, a empresa divulgou prejuízo trimestral maior que o esperado, levando as ações a uma baixa recorde. Analistas agora questionam abertamente a viabilidade da empresa.A competição também está mais acirrada. Além da Tesla, montadoras tradicionais como General Motors e Volkswagen estão investindo pesado em eletrificação. A Volks prometeu um investimento de US$ 33 bilhões para levar automóveis movidos a bateria para as massas. E a Apple possui um projeto automotivo desde cerca de 2016, embora digam que a empresa agora tem planos menos ambiciosos.Quanto à Dyson, a empresa disse que planeja continuar seu programa de investimentos de 2,5 bilhões de libras (US$ 3,1 bilhões) em novas tecnologias e se concentrará na fabricação de baterias de estado sólido e outras tecnologias, incluindo aprendizado de máquina e robótica.“Cingapura desempenhará um papel importante nos planos de crescimento da Dyson“, disse Tan Kong Hwee, diretor-gerente adjunto do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Cingapura, em comunicado enviado por e-mail na sexta-feira. Apesar da decisão da Dyson, Cingapura “continua interessada em atividades avançadas de fabricação, inclusive para veículos elétricos“, disse.Especialistas haviam questionado o custoso investimento da empresa para construir uma fábrica de carros elétricos em Cingapura, onde os salários médios estão entre os mais altos do mundo. A Ford Motor fechou sua fábrica na cidade-estado há cerca de 40 anos, encerrando efetivamente a produção de carros na ilha.\--Com a colaboração de Craig Trudell.Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.netRepórteres da matéria original: Kyunghee Park Singapore, kpark3@bloomberg.net;Molly Schuetz New York, mschuetz9@bloomberg.net;Yoolim Lee em Singapore, yoolim@bloomberg.netPara entrar em contato com os editores responsáveis: Young-Sam Cho, ycho2@bloomberg.net, ;Jillian Ward, jward56@bloomberg.net, Will Davies (News)For more articles like this, please visit us at bloomberg.com©2019 Bloomberg L.P.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 7/56   Cadê? WhatsApp desaparece da Google Play Store

    Repentinamente, o aplicativo de mensagens mais popular do mundo desapareceu das pesquisas na loja oficial de apps da Google. Sua página oficial e seu funcionamento, no entanto, seguem normais, mas as causas desse efeito ainda são desconhecidas

    Repentinamente, o aplicativo de mensagens mais popular do mundo desapareceu das pesquisas na loja oficial de apps da Google. Sua página oficial e seu funcionamento, no entanto, seguem normais, mas as causas desse efeito ainda são desconhecidas


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 8/56   Irmão de Pablo Escobar promete "atacar" Elon Musk e Apple

    Depois de ganhar na justiça o direito ao domínio PabloEscobar.com, a Escobar Inc. irá processar Elon Musk pelo uso indevido de um projeto traficante na produção do lança-chamas da Boring Company, e também afirmar ter tecnologia de ponta para tirar a Apple do mercado

    Depois de ganhar na justiça o direito ao domínio PabloEscobar.com, a Escobar Inc. irá processar Elon Musk pelo uso indevido de um projeto traficante na produção do lança-chamas da Boring Company, e também afirmar ter tecnologia de ponta para tirar a Apple do mercado


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 9/56   Amazon Music chega ao Apple TV

    O aplicativo Amazon Music está disponível no Apple TV nos EUA, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Brasil, Canadá, França, Itália, Espanha, Alemanha, México, Japão e Índia, tanto no Apple TV 4K quanto na versão HD

    O aplicativo Amazon Music está disponível no Apple TV nos EUA, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Brasil, Canadá, França, Itália, Espanha, Alemanha, México, Japão e Índia, tanto no Apple TV 4K quanto na versão HD


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 10/56   Google menciona Android 11 oficialmente pela primeira vez

    Companhia já vem trabalhando na próxima versão do sistema operacional móvel há mais de um ano, e ainda não havia mencionado oficialmente seu nome. Referência foi encontrada na programação da conferência técnica Android Dev Summit 2019

    Companhia já vem trabalhando na próxima versão do sistema operacional móvel há mais de um ano, e ainda não havia mencionado oficialmente seu nome. Referência foi encontrada na programação da conferência técnica Android Dev Summit 2019


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 11/56   OnePlus 7T Pro é lançado oficialmente na Europa — e tem edição da McLaren

    A OnePlus acaba de anunciar o lançamento do smartphone OnePlus 7T Pro, somente na Europa. O aparelho conta com processador Snapdragon 855+, Android 10, bateria de 4.085 mAh, e será lançado também em uma edição limitada da McLaren

    A OnePlus acaba de anunciar o lançamento do smartphone OnePlus 7T Pro, somente na Europa. O aparelho conta com processador Snapdragon 855+, Android 10, bateria de 4.085 mAh, e será lançado também em uma edição limitada da McLaren


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 12/56   Os melhores apps Android da semana (09/10/2019)

    Os aplicativos que se mostraram mais populares na Play Store para esta semana incluem uma novidade de mensagens instantâneas do Instagram, um avaliador de tatuagens que usa realidade aumentada, dois jogos de franquias bem famosas e até um de auxílio para cegos

    Os aplicativos que se mostraram mais populares na Play Store para esta semana incluem uma novidade de mensagens instantâneas do Instagram, um avaliador de tatuagens que usa realidade aumentada, dois jogos de franquias bem famosas e até um de auxílio para cegos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 13/56   Apple libera segundo beta para desenvolvedores do iOS 13.2 e iPadOS 13.2

    Segunda versão do beta traz diversas novidades que não estavam presentes na lançada semana passada, como vários novos emojis e mais opções de privacidade para as interações que ocorrem entre o usuário e a Siri

    Segunda versão do beta traz diversas novidades que não estavam presentes na lançada semana passada, como vários novos emojis e mais opções de privacidade para as interações que ocorrem entre o usuário e a Siri


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 14/56   Google suspende venda de game sobre manifestações em Hong Kong

    A gigante da Internet Google retirou de sua loja de aplicativos um videogame que permitia ao jogador interpretar um manifestante em Hong Kong, no momento em que a China aumenta a pressão sobre empresas estrangeiras que suspeita que apoiam os manifestantes pró-democracia.

    A gigante da Internet Google retirou de sua loja de aplicativos um videogame que permitia ao jogador interpretar um manifestante em Hong Kong, no momento em que a China aumenta a pressão sobre empresas estrangeiras que suspeita que apoiam os manifestantes pró-democracia.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 15/56   Ferramenta do Google que calcula níveis de emissão de carbono chega ao Brasil

    O Environmental Insights Explorer (EIE), ferramenta desenvolvida pelo Google para fazer o cálculo dos níves de emissão de carbono no ambiente, finalmente chegou para algumas cidades brasileiras: Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo e Porto Alegre

    O Environmental Insights Explorer (EIE), ferramenta desenvolvida pelo Google para fazer o cálculo dos níves de emissão de carbono no ambiente, finalmente chegou para algumas cidades brasileiras: Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo e Porto Alegre


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 16/56   Travis Scott, Lana Del Rey e Ludmilla são atrações mais buscadas do Lollapalooza 2020

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As atrações do Lollapalooza 2020 foram divulgadas na tarde desta quinta-feira (10) e já estão fazendo sucesso nas buscas. Segundo o Google, Travis Scott, Lana Del Rey e Ludmilla foram os artistas mais procurados.  Após a primeira hora da divulgação, o interesse de busca pelo festival cresceu quase oito vezes -um salto de 690%. Entre os três campeões nas buscas, Ludmilla representa o Brasil, ficando atrás somente de duas atrações norte-americanas. Scott, que terminou recentemente com Kylie Jenner, lidera a lista.  Confira a lista completa dos participantes mais procurados no site de busca desde a primeira hora de divulgação do Line-up do festival: Travis Scott Lana Del Rey Ludmilla Guns N' Roses Gwen Stefani The Strokes Jaden Smith Mika Martin Garrix Pabllo Vittar

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As atrações do Lollapalooza 2020 foram divulgadas na tarde desta quinta-feira (10) e já estão fazendo sucesso nas buscas. Segundo o Google, Travis Scott, Lana Del Rey e Ludmilla foram os artistas mais procurados.  Após a primeira hora da divulgação, o interesse de busca pelo festival cresceu quase oito vezes -um salto de 690%. Entre os três campeões nas buscas, Ludmilla representa o Brasil, ficando atrás somente de duas atrações norte-americanas. Scott, que terminou recentemente com Kylie Jenner, lidera a lista.  Confira a lista completa dos participantes mais procurados no site de busca desde a primeira hora de divulgação do Line-up do festival: Travis Scott Lana Del Rey Ludmilla Guns N' Roses Gwen Stefani The Strokes Jaden Smith Mika Martin Garrix Pabllo Vittar


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 17/56   Vice-presidente da divisão Xbox, Mike Ybarra, deixa cargo na Microsoft

    Executivo estava há 20 anos na empresa e se tornou vice em 2017. Ele anunciou a saída em post no Twitter, em que também informou que já tem novos planos. Até o momento, a Microsoft ainda não anunciou um substituto para o cargo

    Executivo estava há 20 anos na empresa e se tornou vice em 2017. Ele anunciou a saída em post no Twitter, em que também informou que já tem novos planos. Até o momento, a Microsoft ainda não anunciou um substituto para o cargo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 18/56   Google testa novo desenho de sua página de buscas

    Novo formato já é aplicado em todas as páginas de resultados de buscas da Google feitas em plataformas móveis, com a versão para desktops ainda em fase de testes; empresa diz que mudanças favorecem o reconhecimento de marcas das páginas pesquisadas

    Novo formato já é aplicado em todas as páginas de resultados de buscas da Google feitas em plataformas móveis, com a versão para desktops ainda em fase de testes; empresa diz que mudanças favorecem o reconhecimento de marcas das páginas pesquisadas


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 19/56   Volvo | SUV elétrico XC40 terá novo sistema multimídia Android Automotive

    Versão eletrificada do utilitário esportivo sueco terá o novo sistema de informação e entretenimento baseado no sistema operacional do Google. Ao invés do espelhamento, será possível ter todos os serviços da empresa diretamente na tela e com conexão nativa

    Versão eletrificada do utilitário esportivo sueco terá o novo sistema de informação e entretenimento baseado no sistema operacional do Google. Ao invés do espelhamento, será possível ter todos os serviços da empresa diretamente na tela e com conexão nativa


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 20/56   Jovens preocupam-se com o que seus pais postam em redes sociais, diz pesquisa

    Levantamento da Microsoft mostra que adolescentes se sentem em risco por conta de alto compartilhamento de informações de seus pais. Do total, 66% disseram que já foram expostos a algum tipo de risco como consequência de posts

    Levantamento da Microsoft mostra que adolescentes se sentem em risco por conta de alto compartilhamento de informações de seus pais. Do total, 66% disseram que já foram expostos a algum tipo de risco como consequência de posts


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 21/56   Nintendo vai a evento de games e acende bafafá sobre possível retorno ao Brasil

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Entre os apreciadores de videogames, há quem prefira Mario, Link, Pikachu e adjacências a todo o resto. Os que professam tal fetiche costumam ganhar a alcunha de "nintendista". O problema é que, desde  2015, a fabricante japonesa deixou de ter distribuição oficial no Brasil. Na época, a Nintendo afirmou que "desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição no país insustentável". Não ter distribuição oficial no país significa que os produtos por aqui tendem a ficar mais caros. Promoções e ações específicas para o consumidor brasileiro ficam escassas, senão inexistentes. Caso os miúdos lusófonos queiram configurar o ecrã da consola, deverão estar familiarizados com o português europeu, já que a interface do usuário não tem entre as opções de idioma a língua de Camões de cá deste lado da linha do Equador. Além disso, a fabricante não tem títulos do Nintendo Switch em português brasileiro. Até jogos anteriores ao console, como Mario Kart 8, só existem em versões em português lusitano.  Já games não exclusivos, como "Fifa" e "Mortal Kombat", podem ser jogados em português brasileiro no Switch. "Não há um preocupação da Nintendo em localizar esses jogos aqui para o Brasil. Se você pega um jogo recém-lançado pela Sony ou Microsoft, ele já vem em português brasileiro", diz Wagner Wakka, jornalista especializado em games.  Aos poucos, porém, a empresa vem dando sinais de reaproximação. Em junho do ano passado, sem fazer alarde, lançou uma loja online direcionada ao público brasileiro. Em outubro, lançou cartões pré-pagos para jogos de Switch. E agora, depois de sete anos sem dar as caras como exibidora, a fabricante está com um estande de mil metros quadrado na BGS (Brasil Game Show), feira de jogos eletrônicos que se autoriza como a maior da América Latina. No ano passado, chegou a ter uma participação tímida, sem estande -somente patrocinou um concurso de cosplay-, o que já foi suficiente para esquentar rumores de uma possível volta ao país. Seus concorrentes Xbox e PlayStation também estão na BGS, que reúne num mesmo local as três grandes fabricantes de console. "Conseguimos o que a E3 não teve", orgulha-se Marcelo Tavares, fundador da BGS. A E3 (Electronic Entertainment Expo) é a uma das maiores feiras de games do mundo, que acontece nos Estados Unidos. Só que no caso americano, foi a Sony que não apareceu em 2019. Já a Nintendo esteve em todas as edições desde 1995. Quando questionada pela reportagem sobre planos para um volta oficial ao Brasil, a empresa diz: "Os fãs brasileiros são muito importantes para nós e continuaremos a ver o país como uma oportunidade de surpreender, deleitar e colocar um sorriso no rosto das pessoas". Uma introdução açucarada para em seguida afirmar que não tem "nada de novo para anunciar no momento sobre este tópico". Os nintendistas brasileiros não se dão por vencidos. Foi criada uma petição que conta com pelo menos 62 mil assinaturas clamando pela volta da distribuição oficial. Acompanha a petição um lyric video que provoca emojis de coração nos comentários no YouTube, com uma versão da canção pop "Happier", do DJ Marshmello,com os versos: "Não dá pra esquecer, quando era mais fácil/ jogar pra valer/ e agora os custos impedem/ que o nosso país seja feliz".

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Entre os apreciadores de videogames, há quem prefira Mario, Link, Pikachu e adjacências a todo o resto. Os que professam tal fetiche costumam ganhar a alcunha de "nintendista". O problema é que, desde  2015, a fabricante japonesa deixou de ter distribuição oficial no Brasil. Na época, a Nintendo afirmou que "desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição no país insustentável". Não ter distribuição oficial no país significa que os produtos por aqui tendem a ficar mais caros. Promoções e ações específicas para o consumidor brasileiro ficam escassas, senão inexistentes. Caso os miúdos lusófonos queiram configurar o ecrã da consola, deverão estar familiarizados com o português europeu, já que a interface do usuário não tem entre as opções de idioma a língua de Camões de cá deste lado da linha do Equador. Além disso, a fabricante não tem títulos do Nintendo Switch em português brasileiro. Até jogos anteriores ao console, como Mario Kart 8, só existem em versões em português lusitano.  Já games não exclusivos, como "Fifa" e "Mortal Kombat", podem ser jogados em português brasileiro no Switch. "Não há um preocupação da Nintendo em localizar esses jogos aqui para o Brasil. Se você pega um jogo recém-lançado pela Sony ou Microsoft, ele já vem em português brasileiro", diz Wagner Wakka, jornalista especializado em games.  Aos poucos, porém, a empresa vem dando sinais de reaproximação. Em junho do ano passado, sem fazer alarde, lançou uma loja online direcionada ao público brasileiro. Em outubro, lançou cartões pré-pagos para jogos de Switch. E agora, depois de sete anos sem dar as caras como exibidora, a fabricante está com um estande de mil metros quadrado na BGS (Brasil Game Show), feira de jogos eletrônicos que se autoriza como a maior da América Latina. No ano passado, chegou a ter uma participação tímida, sem estande -somente patrocinou um concurso de cosplay-, o que já foi suficiente para esquentar rumores de uma possível volta ao país. Seus concorrentes Xbox e PlayStation também estão na BGS, que reúne num mesmo local as três grandes fabricantes de console. "Conseguimos o que a E3 não teve", orgulha-se Marcelo Tavares, fundador da BGS. A E3 (Electronic Entertainment Expo) é a uma das maiores feiras de games do mundo, que acontece nos Estados Unidos. Só que no caso americano, foi a Sony que não apareceu em 2019. Já a Nintendo esteve em todas as edições desde 1995. Quando questionada pela reportagem sobre planos para um volta oficial ao Brasil, a empresa diz: "Os fãs brasileiros são muito importantes para nós e continuaremos a ver o país como uma oportunidade de surpreender, deleitar e colocar um sorriso no rosto das pessoas". Uma introdução açucarada para em seguida afirmar que não tem "nada de novo para anunciar no momento sobre este tópico". Os nintendistas brasileiros não se dão por vencidos. Foi criada uma petição que conta com pelo menos 62 mil assinaturas clamando pela volta da distribuição oficial. Acompanha a petição um lyric video que provoca emojis de coração nos comentários no YouTube, com uma versão da canção pop "Happier", do DJ Marshmello,com os versos: "Não dá pra esquecer, quando era mais fácil/ jogar pra valer/ e agora os custos impedem/ que o nosso país seja feliz".


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 22/56   App do Amazon Music para iOS e Android agora a traz Alexa integrada

    Com os novos comandos da Alexa no Amazon Music, os usuários podem pedir para tocar uma música ou artista específicos, a playlist favorita, canções de um determinado estado de espírito (como "relaxantes" ou "agitadas") e até por atividade

    Com os novos comandos da Alexa no Amazon Music, os usuários podem pedir para tocar uma música ou artista específicos, a playlist favorita, canções de um determinado estado de espírito (como "relaxantes" ou "agitadas") e até por atividade


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 23/56   Google tentará prever comandos do jogador para zerar lag no Stadia

    Empresa diz que, com a ideia, a plataforma rodará jogos com "latência negativa", equiparando-se a qualquer console de mesa que execute os títulos localmente. Promessa é que isso aconteça até dois anos após o lançamento do Stadia

    Empresa diz que, com a ideia, a plataforma rodará jogos com "latência negativa", equiparando-se a qualquer console de mesa que execute os títulos localmente. Promessa é que isso aconteça até dois anos após o lançamento do Stadia


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 24/56   Volvo XC40 elétrico terá nova central multimídia do Google

    Dispositivo rodará sistema operacional Android desenvolvido especificamente para carros

    Dispositivo rodará sistema operacional Android desenvolvido especificamente para carros


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 25/56   Apple retira aplicativo polêmico de Hong Kong após advertência da China

    A empresa americana Apple retirou nesta quinta-feira um aplicativo de transporte urbano que permitia à população de Hong Kong localizar os policiais em um mapa, após a imprensa chinesa acusar o grupo de apoiar o movimento pró-democracia na cidade, anunciou o desenvolvedor da ferramenta.

    A empresa americana Apple retirou nesta quinta-feira um aplicativo de transporte urbano que permitia à população de Hong Kong localizar os policiais em um mapa, após a imprensa chinesa acusar o grupo de apoiar o movimento pró-democracia na cidade, anunciou o desenvolvedor da ferramenta.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 26/56   Apple retira aplicativo de HK

    A Apple retirou nesta quinta-feira um aplicativo de transporte urbano que permitia à população de Hong Kong localizar a polícia em um mapa, após a imprensa chinesa acusar o grupo de apoiar o movimento pró-democracia na cidade.

    A Apple retirou nesta quinta-feira um aplicativo de transporte urbano que permitia à população de Hong Kong localizar a polícia em um mapa, após a imprensa chinesa acusar o grupo de apoiar o movimento pró-democracia na cidade.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 27/56   Ambientalistas bloqueiam entrada da sede da BBC em Londres
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Os ativistas do Extinction Rebellion (XR) bloquearam nesta sexta-feira a entrada principal da sede da emissora pública inglesa BBC, em Londres.

    Os ativistas do Extinction Rebellion (XR) bloquearam nesta sexta-feira a entrada principal da sede da emissora pública inglesa BBC, em Londres.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 28/56   Generalíssimo Franco será exumado até 25 de outubro
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O governo espanhol anunciou, nesta sexta-feira, que até 25 de outubro exumará os restos mortais do ditador Francisco Franco do mausoléu, localizado a cerca de 50 km ao norte de Madri, para realocá-los em uma cripta privada discreta.

    O governo espanhol anunciou, nesta sexta-feira, que até 25 de outubro exumará os restos mortais do ditador Francisco Franco do mausoléu, localizado a cerca de 50 km ao norte de Madri, para realocá-los em uma cripta privada discreta.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 29/56   Paz histórica entre Etiópia e Eritreia após décadas de hostilidade
    SCIENCE TOPIC NEWS

    A reconciliação entre Etiópia e Eritreia, pela qual o primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, recebeu o Prêmio Nobel da Paz nesta sexta-feira (11), ocorreu em 2018, após 30 anos de guerra da independência e de hostilidades.

    A reconciliação entre Etiópia e Eritreia, pela qual o primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, recebeu o Prêmio Nobel da Paz nesta sexta-feira (11), ocorreu em 2018, após 30 anos de guerra da independência e de hostilidades.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 30/56   Morre Alexei Leonov, primeiro homem a fazer uma caminhada no espaço
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O cosmonauta soviético Alexei Leonov, primeiro homem a realizar uma caminhada no espaço em 1965 e comandante da primeira missão espacial conjunta da URSS e dos Estados Unidos, faleceu nesta sexta-feira (11), aos 85 anos.

    O cosmonauta soviético Alexei Leonov, primeiro homem a realizar uma caminhada no espaço em 1965 e comandante da primeira missão espacial conjunta da URSS e dos Estados Unidos, faleceu nesta sexta-feira (11), aos 85 anos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 31/56   Mediterrâneo é uma das regiões mais afetadas pela crise climática
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Nas margens dos três continentes, o Mar Mediterrâneo é uma das regiões mais afetadas pela crise climática global, com um aumento nas temperaturas acima da média que ameaça os recursos hídricos e alimentares - alertaram cientistas desta região.

    Nas margens dos três continentes, o Mar Mediterrâneo é uma das regiões mais afetadas pela crise climática global, com um aumento nas temperaturas acima da média que ameaça os recursos hídricos e alimentares - alertaram cientistas desta região.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 32/56   Nobel de Química vai para trio por baterias de lítio
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O Prêmio Nobel de Química foi concedido nesta quarta-feira ao americano John Goodenough, ao britânico Stanley Whittingham e ao japonês Akira Yoshino pela invenção das baterias de íon-lítio, presentes atualmente em muitas tecnologias cotidianas.

    O Prêmio Nobel de Química foi concedido nesta quarta-feira ao americano John Goodenough, ao britânico Stanley Whittingham e ao japonês Akira Yoshino pela invenção das baterias de íon-lítio, presentes atualmente em muitas tecnologias cotidianas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 33/56   DJ Fatboy Slim presta homenagem a Greta Thunberg
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O britânico Fatboy Slim prestou uma homenagem a Greta Thunberg com uma versão de "Right Here, Right Now" que mistura sua música com o discurso a respeito d a falta de ação contra a crise climática que a adolescente sueca fez na ONU.

    O britânico Fatboy Slim prestou uma homenagem a Greta Thunberg com uma versão de "Right Here, Right Now" que mistura sua música com o discurso a respeito d a falta de ação contra a crise climática que a adolescente sueca fez na ONU.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 34/56   Os vencedores do Prêmio Nobel de Química da última década
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Lista dos premiados nos últimos 10 anos com o Prêmio Nobel de Química, atribuído nesta quarta-feira pelo Comitê Nobel da Academia Real de Ciências de Suécia ao americano John Goodenough, ao britânico Stanley Whittingham e ao japonês Akira Yoshino.

    Lista dos premiados nos últimos 10 anos com o Prêmio Nobel de Química, atribuído nesta quarta-feira pelo Comitê Nobel da Academia Real de Ciências de Suécia ao americano John Goodenough, ao britânico Stanley Whittingham e ao japonês Akira Yoshino.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 35/56   Trio de cosmólogos vence o Nobel de Física
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O canadense-americano James Peebles e os suíços Michel Mayor e Didier Queloz foram anunciados nesta terça-feira como os vencedores do prêmio Nobel de Física por seus trabalhos em cosmologia.

    O canadense-americano James Peebles e os suíços Michel Mayor e Didier Queloz foram anunciados nesta terça-feira como os vencedores do prêmio Nobel de Física por seus trabalhos em cosmologia.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 36/56   Fundo Global espera arrecadar US$ 14 bi para eliminar aids, tuberculose e malária
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O Fundo Global de combate à aids, tuberculose e malária tentará, na quinta-feira (10), arrecadar US$ 14 bilhões em Lyon para financiar suas ações, um "desafio" necessário para superar essas epidemias até 2030.

    O Fundo Global de combate à aids, tuberculose e malária tentará, na quinta-feira (10), arrecadar US$ 14 bilhões em Lyon para financiar suas ações, um "desafio" necessário para superar essas epidemias até 2030.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 37/56   Armas de dois policiais franceses são confiscadas por temor de radicalização
    WORLD TOPIC NEWS

    As autoridades francesas confiscaram as armas de serviço de dois policiais por temer sua radicalização, informaram nesta sexta-feira fontes da sede da polícia de Paris, que foi palco há oito dias de um ataque mortal cometido por um funcionário.

    As autoridades francesas confiscaram as armas de serviço de dois policiais por temer sua radicalização, informaram nesta sexta-feira fontes da sede da polícia de Paris, que foi palco há oito dias de um ataque mortal cometido por um funcionário.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 38/56   Trump destaca clima 'caloroso' em negociação comercial com a China
    WORLD TOPIC NEWS

    Funcionários americanos e chineses fizeram progressos significativos nas discussões comerciais de alto escalão, disse nesta sexta-feira o presidente Donald Trump, alimentando o otimismo em torno da possibilidade de que as partes alcancem um acordo para acabar com as hostilidades.

    Funcionários americanos e chineses fizeram progressos significativos nas discussões comerciais de alto escalão, disse nesta sexta-feira o presidente Donald Trump, alimentando o otimismo em torno da possibilidade de que as partes alcancem um acordo para acabar com as hostilidades.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 39/56   Dá para ver 3 Bolsonaros, e com um deles é possível dialogar, diz Renan
    WORLD TOPIC NEWS

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Ex-presidente do Senado, Renan Calheiros (MDB-AL) afirma que nos cerca de dez meses do governo Jair Bolsonaro (PSL) é possível identificar diferentes presidentes. O das propostas econômicas que "não têm resultado", o das falas "chocantes e preconceituosas" e um terceiro: o que indicou Augusto Aras para a Procuradoria-Geral da República contra o "corporativismo do Ministério Público" e que respeitou a decisão do Congresso de derrubar vetos à lei de abuso de autoridade. "Se há um Bolsonaro com o qual você pode dialogar, é com esse", afirma Renan. Ao programa de entrevistas da Folha de S.Paulo e do UOL, em estúdio compartilhado em Brasília, Renan criticou o ministro Sergio Moro (Justiça) e disse que a ida do ex-juiz da Lava Jato para a Esplanada representou "retrocesso institucional". * Mensagens da Lava Jato "Os diálogos da Vaza Jato falam por si só. Eles precisam ser investigados porque, se não houver uma responsabilização para os que cometeram crimes ou extrapolaram os seus limites, vai acabar estimulando novas práticas em favor da impunidade", diz em relação às mensagens obtidas pelo site The Intercept Brasil. O ex-presidente do Senado defendeu que a Casa abra uma CPI para investigar o conteúdo das mensagens divulgadas caso os órgãos competentes não apurem os indícios de irregularidades na força-tarefa da Lava Jato. Atuação de Sergio Moro "O Moro tem uma formação intelectual fascista. Só isso justifica o que ele fez na eleição, na prisão do Lula, na condenação sem provas e na interferência no processo político", afirma Renan Calheiros. "Acho que ele tem errado bastante. Sua vinda para a Esplanada acabou definindo um retrocesso institucional. Ele começou o governo querendo legislar por decreto e nunca teve uma concepção clara da separação dos Poderes. Mandou para o Congresso um pacote anticrime que, ao invés de coibir, dá direito para matar. Traz salvaguardas que em nada vão ajudar na redução da criminalidade", diz. Moro é técnico ou político? "Moro está despojado hoje de qualquer condição técnica. Hoje ele é mais do que nunca um político. Quando juiz, ele era um político enrustido, porque liderou um projeto de poder", afirma Renan. Ao criticar o ex-juiz, o senador defende projeto de lei que estabeleça quarentena para membros do Judiciário, das polícias e do Ministério Público disputarem cargos eletivos. Investigações a que responde Renan nega que seja um crítico da Lava Jato apenas para se defender de investigações e de delatores que o citaram. "Fizeram isso quando eu apresentei o projeto do abuso de autoridade. Havia um projeto para destruir a política como um todo. Não havia na prática como destruir a política sem destruir quem estava sentado na cadeira de presidente do Congresso." Deltan Dallagnol "É um caso típico de como a vaidade pode prejudicar alguém. Ele fez sempre um jogo político, defendeu a necessidade de um procurador ser candidato ao Senado em cada estado. Nós tiramos o Ministério Público do papel e garantimos, na prática, a sua autonomia financeira. Mas ele não pode jamais funcionar para destruir a política e eleger algumas pessoas para serem multi-investigadas", diz o ex-presidente do Senado. Rodrigo Janot "O [Rodrigo] Janot me causa asco. O caráter homicida que ele desvenda no seu livro ['Nada Menos que Tudo'] é uma coisa indicativa do que representou termos um psicopata à frente da PGR. Pela autodelação e autoflagelação que possibilitou naquele livro, ele é uma espécie de cadáver insepulto", afirma Renan. Janot disse que, em 2017, entrou armado no STF para matar o ministro Gilmar Mendes. 10 meses de Bolsonaro "Nesse curto espaço de tempo já dá para enxergar três Bolsonaros", afirma Renan. "Um Bolsonaro das propostas econômicas, que não saem do lugar e não têm resultado. As pessoas entendem que ele é um soldado raso e não batem continência", cita. "Tem o Bolsonaro das declarações chocantes, preconceituosas e da radicalização ideológica. Esse aí teria sido reformado [das Forças Armadas] por inaptidão profissional", afirma o senador. "E você tem um Bolsonaro novo, que é o que teve coragem de acabar com o corporativismo do Ministério Público, escolhendo um procurador-geral da República [Augusto Aras] contra o próprio modelo e contra os excessos cometidos por alguns procuradores", diz Renan, dando mais características do que seria este último Bolsonaro com o qual diz poder conversar. "Você tem um Bolsonaro que colocou o Coaf no seu devido lugar. Que, mesmo não concordando com a lei de abuso de autoridade, fez lá os seus vetos, mas não reagiu à deliberação do Congresso Nacional no sentido de rejeitá-los. Estou no campo da oposição, mas, se há um Bolsonaro com o qual você pode dialogar, é com esse." Base no Congresso "O Bolsonaro não construiu uma base e da, forma que as coisas estão, não vai construir. Porque se configura uma base e se dimensiona o seu tamanho a partir de compromissos programáticos, não de eventuais interesses políticos e pessoais", diz Renan. Alcolumbre no Senado "No Senado o poder mudou, mas está em boas mãos. O Davi [Alcolumbre] tem surpreendido inclusive a mim. E eu tenho procurado colaborar, claro que com a cabeça de alguém que já foi quatro vezes presidente do Senado e passou por momentos tumultuados da vida nacional. Mas eu acho que o Davi está muito bem, o Senado mantém a sua rotina legislativa", diz Renan, que, no começo do ano, travou embate com Alcolumbre na disputa pelo comando da Casa. Indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada "Essa indicação não pode ser ser apreciada sob o olhar do parentesco. Muita gente já disse no passado que parente em governo é uma coisa ruim para o governo e para o parente. Nós temos de fazer uma sabatina criteriosa, mas não dá também para antecipadamente fazer um veto", diz Renan. "Teoricamente eu voto contra [a nomeação]. Em razão do que tenho lido em relação à subordinação dos interesses da embaixada aos Estados Unidos, que eu entendo conflitar. Mas não posso definir posição antes de sabatiná-lo", afirma. Briga entre Bolsonaro e PSL "Se há uma característica que não podemos cobrar do Bolsonaro é fidelidade partidária. Ele já militou em muitas siglas, e acho que isso não vai acabar agora", diz Renan. Voltar a presidir o Senado "Não quero, não vou ser candidato jamais", afirma.

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Ex-presidente do Senado, Renan Calheiros (MDB-AL) afirma que nos cerca de dez meses do governo Jair Bolsonaro (PSL) é possível identificar diferentes presidentes. O das propostas econômicas que "não têm resultado", o das falas "chocantes e preconceituosas" e um terceiro: o que indicou Augusto Aras para a Procuradoria-Geral da República contra o "corporativismo do Ministério Público" e que respeitou a decisão do Congresso de derrubar vetos à lei de abuso de autoridade. "Se há um Bolsonaro com o qual você pode dialogar, é com esse", afirma Renan. Ao programa de entrevistas da Folha de S.Paulo e do UOL, em estúdio compartilhado em Brasília, Renan criticou o ministro Sergio Moro (Justiça) e disse que a ida do ex-juiz da Lava Jato para a Esplanada representou "retrocesso institucional". * Mensagens da Lava Jato "Os diálogos da Vaza Jato falam por si só. Eles precisam ser investigados porque, se não houver uma responsabilização para os que cometeram crimes ou extrapolaram os seus limites, vai acabar estimulando novas práticas em favor da impunidade", diz em relação às mensagens obtidas pelo site The Intercept Brasil. O ex-presidente do Senado defendeu que a Casa abra uma CPI para investigar o conteúdo das mensagens divulgadas caso os órgãos competentes não apurem os indícios de irregularidades na força-tarefa da Lava Jato. Atuação de Sergio Moro "O Moro tem uma formação intelectual fascista. Só isso justifica o que ele fez na eleição, na prisão do Lula, na condenação sem provas e na interferência no processo político", afirma Renan Calheiros. "Acho que ele tem errado bastante. Sua vinda para a Esplanada acabou definindo um retrocesso institucional. Ele começou o governo querendo legislar por decreto e nunca teve uma concepção clara da separação dos Poderes. Mandou para o Congresso um pacote anticrime que, ao invés de coibir, dá direito para matar. Traz salvaguardas que em nada vão ajudar na redução da criminalidade", diz. Moro é técnico ou político? "Moro está despojado hoje de qualquer condição técnica. Hoje ele é mais do que nunca um político. Quando juiz, ele era um político enrustido, porque liderou um projeto de poder", afirma Renan. Ao criticar o ex-juiz, o senador defende projeto de lei que estabeleça quarentena para membros do Judiciário, das polícias e do Ministério Público disputarem cargos eletivos. Investigações a que responde Renan nega que seja um crítico da Lava Jato apenas para se defender de investigações e de delatores que o citaram. "Fizeram isso quando eu apresentei o projeto do abuso de autoridade. Havia um projeto para destruir a política como um todo. Não havia na prática como destruir a política sem destruir quem estava sentado na cadeira de presidente do Congresso." Deltan Dallagnol "É um caso típico de como a vaidade pode prejudicar alguém. Ele fez sempre um jogo político, defendeu a necessidade de um procurador ser candidato ao Senado em cada estado. Nós tiramos o Ministério Público do papel e garantimos, na prática, a sua autonomia financeira. Mas ele não pode jamais funcionar para destruir a política e eleger algumas pessoas para serem multi-investigadas", diz o ex-presidente do Senado. Rodrigo Janot "O [Rodrigo] Janot me causa asco. O caráter homicida que ele desvenda no seu livro ['Nada Menos que Tudo'] é uma coisa indicativa do que representou termos um psicopata à frente da PGR. Pela autodelação e autoflagelação que possibilitou naquele livro, ele é uma espécie de cadáver insepulto", afirma Renan. Janot disse que, em 2017, entrou armado no STF para matar o ministro Gilmar Mendes. 10 meses de Bolsonaro "Nesse curto espaço de tempo já dá para enxergar três Bolsonaros", afirma Renan. "Um Bolsonaro das propostas econômicas, que não saem do lugar e não têm resultado. As pessoas entendem que ele é um soldado raso e não batem continência", cita. "Tem o Bolsonaro das declarações chocantes, preconceituosas e da radicalização ideológica. Esse aí teria sido reformado [das Forças Armadas] por inaptidão profissional", afirma o senador. "E você tem um Bolsonaro novo, que é o que teve coragem de acabar com o corporativismo do Ministério Público, escolhendo um procurador-geral da República [Augusto Aras] contra o próprio modelo e contra os excessos cometidos por alguns procuradores", diz Renan, dando mais características do que seria este último Bolsonaro com o qual diz poder conversar. "Você tem um Bolsonaro que colocou o Coaf no seu devido lugar. Que, mesmo não concordando com a lei de abuso de autoridade, fez lá os seus vetos, mas não reagiu à deliberação do Congresso Nacional no sentido de rejeitá-los. Estou no campo da oposição, mas, se há um Bolsonaro com o qual você pode dialogar, é com esse." Base no Congresso "O Bolsonaro não construiu uma base e da, forma que as coisas estão, não vai construir. Porque se configura uma base e se dimensiona o seu tamanho a partir de compromissos programáticos, não de eventuais interesses políticos e pessoais", diz Renan. Alcolumbre no Senado "No Senado o poder mudou, mas está em boas mãos. O Davi [Alcolumbre] tem surpreendido inclusive a mim. E eu tenho procurado colaborar, claro que com a cabeça de alguém que já foi quatro vezes presidente do Senado e passou por momentos tumultuados da vida nacional. Mas eu acho que o Davi está muito bem, o Senado mantém a sua rotina legislativa", diz Renan, que, no começo do ano, travou embate com Alcolumbre na disputa pelo comando da Casa. Indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada "Essa indicação não pode ser ser apreciada sob o olhar do parentesco. Muita gente já disse no passado que parente em governo é uma coisa ruim para o governo e para o parente. Nós temos de fazer uma sabatina criteriosa, mas não dá também para antecipadamente fazer um veto", diz Renan. "Teoricamente eu voto contra [a nomeação]. Em razão do que tenho lido em relação à subordinação dos interesses da embaixada aos Estados Unidos, que eu entendo conflitar. Mas não posso definir posição antes de sabatiná-lo", afirma. Briga entre Bolsonaro e PSL "Se há uma característica que não podemos cobrar do Bolsonaro é fidelidade partidária. Ele já militou em muitas siglas, e acho que isso não vai acabar agora", diz Renan. Voltar a presidir o Senado "Não quero, não vou ser candidato jamais", afirma.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 40/56   “Não dá para discutir reforma tributária sem colocar o tema da desigualdade no centro”
    WORLD TOPIC NEWS

    Economista é aplaudido em congresso de auditores fiscais em Pernambuco. Reforma Tributária Solidária é discussão central no debate.

    Economista é aplaudido em congresso de auditores fiscais em Pernambuco. Reforma Tributária Solidária é discussão central no debate.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 41/56   Ex-presidente sul-africano Zuma será julgado por corrupção
    WORLD TOPIC NEWS

    Forçado a renunciar em 2018, o ex-presidente sul-africano Jacob Zuma será julgado por corrupção pela primeira vez, depois que a Justiça sul-africana se recusou nesta sexta-feira (11) a arquivar as acusações contra ele, em um caso de venda de armas.

    Forçado a renunciar em 2018, o ex-presidente sul-africano Jacob Zuma será julgado por corrupção pela primeira vez, depois que a Justiça sul-africana se recusou nesta sexta-feira (11) a arquivar as acusações contra ele, em um caso de venda de armas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 42/56   Homem é preso por terrorismo após ataque com faca em Manchester
    WORLD TOPIC NEWS

    Um homem na casa dos quarenta anos foi preso por terrorismo após um ataque com faca que deixou vários feridos nesta sexta-feira (11) em um shopping de Manchester, no norte da Inglaterra.

    Um homem na casa dos quarenta anos foi preso por terrorismo após um ataque com faca que deixou vários feridos nesta sexta-feira (11) em um shopping de Manchester, no norte da Inglaterra.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 43/56   Igreja na Amazônia defende funções oficiais para as mulheres
    WORLD TOPIC NEWS

    A irmã Alba já batizou uma série de crianças e celebrou vários casamentos na floresta amazônica, por falta de padres. Reunidos no Vaticano desde domingo, os bispos da Amazônia querem estender essas funções às mulheres leigas que desempenham um papel fundamental na evangelização dos povos indígenas.

    A irmã Alba já batizou uma série de crianças e celebrou vários casamentos na floresta amazônica, por falta de padres. Reunidos no Vaticano desde domingo, os bispos da Amazônia querem estender essas funções às mulheres leigas que desempenham um papel fundamental na evangelização dos povos indígenas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 44/56   Evento da PM em SP tem vaias a Doria e gritos de 'mito' a Bolsonaro
    WORLD TOPIC NEWS

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi recebido aos gritos de "mito" na formatura de sargentos da Polícia Militar em São Paulo, na manhã desta sexta-feira (11), o governador paulista João Doria (PSDB) foi alvo de vaias da plateia formada por familiares dos formandos. É a primeira vez que os dois dividem o palco após intensa troca de farpas, numa antecipação da eleição de 2022, quando ambos pretendem concorrer à Presidência. No mês passado, Bolsonaro afirmou à Folha de S.Paulo que Doria é uma "ejaculação precoce". Já o governador passou a dizer que não é bolsonarista, embora tenha adotado o mote "Bolsodoria" para se eleger no segundo turno da eleição no ano passado. Dias antes, Bolsonaro havia acusado o tucano de ter "mamado nas tetas do BNDES" no governo do PT, em referência à compra de jatinho a juros subsidiados do banco. Doria rebateu afirmando que nunca precisou mamar em "teta nenhuma". Nesta sexta-feira, em discurso, Doria saudou Bolsonaro e buscou uma posição de alinhamento ao governo federal. "Fiz questão de estar aqui presente para mostrar ao presidente que o estado de São Paulo é parceiro das boas ações do Brasil. [...] Nós estamos alinhados com todas as boas iniciativas do governo federal", disse. Doria foi vaiado em diversas ocasiões, incluindo o início do discurso, mas terminou aplaudido -ainda que em intensidade menor do que Bolsonaro. "Quero voltar a repetir: em São Paulo não fazemos oposição ao Brasil", disse o tucano. O governador chegou a ser interrompido por aplausos quando citou Bolsonaro e também houve entusiasmo da plateia quando ele elogiou a PM de São Paulo. O presidente em seu discurso, por sua vez, exaltou sua fala na ONU e atacou a esquerda. Foi aclamado aos gritos de "mito". Apesar da recente troca de farpas, o clima no palco entre Bolsonaro e Doria foi ameno. Os dois ficaram lado a lado e trocaram cochichos. Doria é alvo dos policias militares no estado por ter prometido aumento de salário, o que até agora não ocorreu. O governador acertou que até o final deste mês apresentará um calendário para o aumento do salário. O deputado estadual Major Mecca (PSL-SP), que representa a categoria, foi ao evento com uma camiseta que costuma usar em protesto a Doria: "policial nota 10, salário nota 0". A presença de Doria foi criticada pelo senador Major Olímpio (PSL-SP), aliado de Bolsonaro. Ele se mostrou surpreso quando a imprensa o avisou da presença do governador. "Eu espero que não, acho que Doria não vem. A ausência dele vai me alegrar", disse. "Ele é o governador, vai estar só assumindo uma condição de comandante em chefe da Polícia Militar", completou o senador do PSL. PONTOS DE DISTANCIAMENTO ENTRE DORIA E BOLSONARO Corrupção Governador não mantém na equipe membros importantes com acusações de irregularidades, mesmo sem provas. Caíram assim Gilberto Kassab (Casa Civil), antes de assumir, e Aloysio Nunes (InvestSP). Enquanto isso, o ministro do Turismo, implicado no laranjal do PSL, segue no cargo GP Brasil O presidente faz campanha aberta para tirar o GP Brasil de Fórmula-1 de São Paulo para o Rio, embora haja impedimentos técnicos. Doria rejeita a ideia e diz que vai brigar para que a prova siga em Interlagos Ditadura Bolsonaro sugeriu que o pai do presidente da OAB não desapareceu na ditadura, e sim foi morto por colegas de luta armada. Ele o fez sem provas e sofreu críticas. Já Doria reagiu e criticou o presidente, até porque teve o pai cassado pelo regime de 1964 Moro Desde que Sergio Moro entrou na linha de tiro pelo caso The Intercept, Doria vem distribuindo afagos ao ex-juiz. Já Bolsonaro tem subido a temperatura da fritura do seu ministro, a ponto de aliados do governador defenderem convidá-lo para integrar seu governo. Nepotismo O tucano disse que não nomearia parente para cargo público, ao comentar a indicação de Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, para ocupar a embaixada do Brasil em Washington Extremismo Em entrevista na China, Doria defendeu a moderação e o centrismo na política como um desejo da sociedade, e disse esperar que Bolsonaro retomasse o caminho do diálogo após uma série de declarações e acenos à fatia mais radical de sua base eleitoral

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi recebido aos gritos de "mito" na formatura de sargentos da Polícia Militar em São Paulo, na manhã desta sexta-feira (11), o governador paulista João Doria (PSDB) foi alvo de vaias da plateia formada por familiares dos formandos. É a primeira vez que os dois dividem o palco após intensa troca de farpas, numa antecipação da eleição de 2022, quando ambos pretendem concorrer à Presidência. No mês passado, Bolsonaro afirmou à Folha de S.Paulo que Doria é uma "ejaculação precoce". Já o governador passou a dizer que não é bolsonarista, embora tenha adotado o mote "Bolsodoria" para se eleger no segundo turno da eleição no ano passado. Dias antes, Bolsonaro havia acusado o tucano de ter "mamado nas tetas do BNDES" no governo do PT, em referência à compra de jatinho a juros subsidiados do banco. Doria rebateu afirmando que nunca precisou mamar em "teta nenhuma". Nesta sexta-feira, em discurso, Doria saudou Bolsonaro e buscou uma posição de alinhamento ao governo federal. "Fiz questão de estar aqui presente para mostrar ao presidente que o estado de São Paulo é parceiro das boas ações do Brasil. [...] Nós estamos alinhados com todas as boas iniciativas do governo federal", disse. Doria foi vaiado em diversas ocasiões, incluindo o início do discurso, mas terminou aplaudido -ainda que em intensidade menor do que Bolsonaro. "Quero voltar a repetir: em São Paulo não fazemos oposição ao Brasil", disse o tucano. O governador chegou a ser interrompido por aplausos quando citou Bolsonaro e também houve entusiasmo da plateia quando ele elogiou a PM de São Paulo. O presidente em seu discurso, por sua vez, exaltou sua fala na ONU e atacou a esquerda. Foi aclamado aos gritos de "mito". Apesar da recente troca de farpas, o clima no palco entre Bolsonaro e Doria foi ameno. Os dois ficaram lado a lado e trocaram cochichos. Doria é alvo dos policias militares no estado por ter prometido aumento de salário, o que até agora não ocorreu. O governador acertou que até o final deste mês apresentará um calendário para o aumento do salário. O deputado estadual Major Mecca (PSL-SP), que representa a categoria, foi ao evento com uma camiseta que costuma usar em protesto a Doria: "policial nota 10, salário nota 0". A presença de Doria foi criticada pelo senador Major Olímpio (PSL-SP), aliado de Bolsonaro. Ele se mostrou surpreso quando a imprensa o avisou da presença do governador. "Eu espero que não, acho que Doria não vem. A ausência dele vai me alegrar", disse. "Ele é o governador, vai estar só assumindo uma condição de comandante em chefe da Polícia Militar", completou o senador do PSL. PONTOS DE DISTANCIAMENTO ENTRE DORIA E BOLSONARO Corrupção Governador não mantém na equipe membros importantes com acusações de irregularidades, mesmo sem provas. Caíram assim Gilberto Kassab (Casa Civil), antes de assumir, e Aloysio Nunes (InvestSP). Enquanto isso, o ministro do Turismo, implicado no laranjal do PSL, segue no cargo GP Brasil O presidente faz campanha aberta para tirar o GP Brasil de Fórmula-1 de São Paulo para o Rio, embora haja impedimentos técnicos. Doria rejeita a ideia e diz que vai brigar para que a prova siga em Interlagos Ditadura Bolsonaro sugeriu que o pai do presidente da OAB não desapareceu na ditadura, e sim foi morto por colegas de luta armada. Ele o fez sem provas e sofreu críticas. Já Doria reagiu e criticou o presidente, até porque teve o pai cassado pelo regime de 1964 Moro Desde que Sergio Moro entrou na linha de tiro pelo caso The Intercept, Doria vem distribuindo afagos ao ex-juiz. Já Bolsonaro tem subido a temperatura da fritura do seu ministro, a ponto de aliados do governador defenderem convidá-lo para integrar seu governo. Nepotismo O tucano disse que não nomearia parente para cargo público, ao comentar a indicação de Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, para ocupar a embaixada do Brasil em Washington Extremismo Em entrevista na China, Doria defendeu a moderação e o centrismo na política como um desejo da sociedade, e disse esperar que Bolsonaro retomasse o caminho do diálogo após uma série de declarações e acenos à fatia mais radical de sua base eleitoral


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 45/56   Moro diz que Bolsonaro respeita autonomia da PF, apesar de insatisfação pontual
    WORLD TOPIC NEWS

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou nesta sexta-feira (11) que o presidente Jair Bolsonaro respeita a autonomia da Polícia Federal, "ainda que possa estar insatisfeito" com situações como o inquérito que resultou no indiciamento do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Um dia antes, em live semanal transmitida nas redes sociais, Bolsonaro afirmou que o responsável pela investigação policial "agiu de má-fé", que houve "exagero" no inquérito e que a intenção não foi atingir o ministro, mas sim o presidente da República. Álvaro Antônio foi denunciado pelo Ministério Público e indiciado pela Polícia Federal sob suspeita de envolvimento no esquema de candidaturas de laranjas do PSL em Minas Gerais, revelado pela Folha. Nesta sexta-feira, ao ser questionado pela Folha de S.Paulo sobre as críticas de Bolsonaro ao inquérito, Moro afirmou que não comentaria as declarações do presidente, mas em seguida afirmou que "a Polícia Federal vem realizando nesse caso e em todos os casos o seu trabalho com autonomia, e isso vai continuar ocorrendo".  Segundo ele, "o presidente respeita a instituição e essa autonomia, ainda que possa estar insatisfeito com uma ou outra situação." Moro também se recusou a comentar declarações feitas pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), que disse em entrevista à Folha de S.Paulo que o ministro da Justiça tem uma formação intelectual fascista.  Em seguida, porém, disse que as críticas a seu pacote anticrime fazem parte de "um jogo político de pessoas que não querem avançar contra (...) a corrupção, porque vivem nesse sistema e se dão bem nele". Ao abordar resistências ao seu pacote anticrime, o ministro voltou a dizer que "não existe nenhuma licença para matar nesse projeto". "A norma que mais questionam é uma cópia de um dispositivo do código penal alemão e português, que ninguém chama de fascistas."

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou nesta sexta-feira (11) que o presidente Jair Bolsonaro respeita a autonomia da Polícia Federal, "ainda que possa estar insatisfeito" com situações como o inquérito que resultou no indiciamento do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Um dia antes, em live semanal transmitida nas redes sociais, Bolsonaro afirmou que o responsável pela investigação policial "agiu de má-fé", que houve "exagero" no inquérito e que a intenção não foi atingir o ministro, mas sim o presidente da República. Álvaro Antônio foi denunciado pelo Ministério Público e indiciado pela Polícia Federal sob suspeita de envolvimento no esquema de candidaturas de laranjas do PSL em Minas Gerais, revelado pela Folha. Nesta sexta-feira, ao ser questionado pela Folha de S.Paulo sobre as críticas de Bolsonaro ao inquérito, Moro afirmou que não comentaria as declarações do presidente, mas em seguida afirmou que "a Polícia Federal vem realizando nesse caso e em todos os casos o seu trabalho com autonomia, e isso vai continuar ocorrendo".  Segundo ele, "o presidente respeita a instituição e essa autonomia, ainda que possa estar insatisfeito com uma ou outra situação." Moro também se recusou a comentar declarações feitas pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), que disse em entrevista à Folha de S.Paulo que o ministro da Justiça tem uma formação intelectual fascista.  Em seguida, porém, disse que as críticas a seu pacote anticrime fazem parte de "um jogo político de pessoas que não querem avançar contra (...) a corrupção, porque vivem nesse sistema e se dão bem nele". Ao abordar resistências ao seu pacote anticrime, o ministro voltou a dizer que "não existe nenhuma licença para matar nesse projeto". "A norma que mais questionam é uma cópia de um dispositivo do código penal alemão e português, que ninguém chama de fascistas."


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 46/56   Assange comparecerá a tribunal em Londres em 21 de outubro
    WORLD TOPIC NEWS

    Um juiz britânico ordenou que o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, ameaçado de extradição para os Estados Uniddos, compareça pela primeira vez pessoalmente a uma audiência em 21 de outubro para examinar se ele tem o direito à liberdade provisória.

    Um juiz britânico ordenou que o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, ameaçado de extradição para os Estados Uniddos, compareça pela primeira vez pessoalmente a uma audiência em 21 de outubro para examinar se ele tem o direito à liberdade provisória.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 47/56   No cálculo da inflação, DVD e câmeras fotográficas dão lugar a streaming e apps
    BUSINESS TOPIC NEWS

    As mudanças são baseadas na POF (Pesquisa de Orçamento Familiar), divulgada na semana passada pelo instituto.

    As mudanças são baseadas na POF (Pesquisa de Orçamento Familiar), divulgada na semana passada pelo instituto.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 48/56   Painel critica agência de aviação dos EUA por aprovação do Boeing 737 MAX
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Um painel internacional criticou em um relatório a Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos, ao afirmar que a agência americana carece de recursos e conhecimentos para certificar o Boeing 737 MAX, protagonista de duas catástrofes aéreas no último ano, informa a agência Bloomberg.

    Um painel internacional criticou em um relatório a Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos, ao afirmar que a agência americana carece de recursos e conhecimentos para certificar o Boeing 737 MAX, protagonista de duas catástrofes aéreas no último ano, informa a agência Bloomberg.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 49/56   Herdeiros de Prince criticam Trump por usar música do cantor em comício
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Os herdeiros do cantor e compositor Prince criticaram a equipe de campanha do presidente americano Donald Trump pelo uso de um dos grandes sucessos do artista falecido, "Purple Rain", em um comício político.

    Os herdeiros do cantor e compositor Prince criticaram a equipe de campanha do presidente americano Donald Trump pelo uso de um dos grandes sucessos do artista falecido, "Purple Rain", em um comício político.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 50/56   Sócios europeus do Reino Unido aceitam negociação 'intensa' sobre Brexit
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O negociador europeu para o Brexit, Michel Barnier, recebeu nesta sexta-feira (11) a aprovação dos 27 sócios do Reino Unido para iniciar negociações "intensas" com Londres, na tentativa de desbloquear o acordo de divórcio - disseram fontes diplomáticas.

    O negociador europeu para o Brexit, Michel Barnier, recebeu nesta sexta-feira (11) a aprovação dos 27 sócios do Reino Unido para iniciar negociações "intensas" com Londres, na tentativa de desbloquear o acordo de divórcio - disseram fontes diplomáticas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 51/56   Confira alguns projetos e ideias para reconstrução de Notre-Dame
    BUSINESS TOPIC NEWS

    De um jardim suspenso a uma agulha iluminada, as ideias para reconstruir a catedral de Notre Dame, em Paris, proliferam - e incluem um projeto do brasileiro Alexandre Fantozzi, do estúdio AJ6 - à espera de que se decida reconstruir o templo idêntico ao original ou modernizá-lo.

    De um jardim suspenso a uma agulha iluminada, as ideias para reconstruir a catedral de Notre Dame, em Paris, proliferam - e incluem um projeto do brasileiro Alexandre Fantozzi, do estúdio AJ6 - à espera de que se decida reconstruir o templo idêntico ao original ou modernizá-lo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 52/56   Reconstrução da Notre-Dame: um horizonte ainda distante
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Seis meses depois do incêndio da catedral de Notre-Dame de Paris, as obras de consolidação estão cada vez mais complexas, perigosas e caras do que o previsto, e ainda não se sabe como será sua nova aparência.

    Seis meses depois do incêndio da catedral de Notre-Dame de Paris, as obras de consolidação estão cada vez mais complexas, perigosas e caras do que o previsto, e ainda não se sabe como será sua nova aparência.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 53/56   Trump cria conta no Twitch, plataforma de vídeos da Amazon
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, inaugurou nesta quinta-feira à noite (11) um canal na plataforma de vídeo ao vivo Twitch, de propriedade da Amazon, para transmitir seu comício de campanha em Minneapolis (Minnesota).

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, inaugurou nesta quinta-feira à noite (11) um canal na plataforma de vídeo ao vivo Twitch, de propriedade da Amazon, para transmitir seu comício de campanha em Minneapolis (Minnesota).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 54/56   Explosão em petroleiro iraniano: empresa estatal cita ataque com mísseis
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Um petroleiro iraniano foi atingido, nesta sexta-feira, aparentemente por mísseis, a mais de 100 quilômetros do porto saudita da Jidá, o que provocou um vazamento de combustível no Mar Vermelho, informou a empresa proprietária do navio.

    Um petroleiro iraniano foi atingido, nesta sexta-feira, aparentemente por mísseis, a mais de 100 quilômetros do porto saudita da Jidá, o que provocou um vazamento de combustível no Mar Vermelho, informou a empresa proprietária do navio.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 55/56   Desabamento de ponte deixa três mortos no leste da China
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Três pessoas morreram e duas ficaram feridas no desabamento de uma ponte na região leste da China, anunciaram as autoridades locais.

    Três pessoas morreram e duas ficaram feridas no desabamento de uma ponte na região leste da China, anunciaram as autoridades locais.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 56/56   Brexit ordenado ainda é possível, declara ministra francesa
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Um acordo com o Reino Unido para um Brexit ordenado "ainda é possível", afirmou nesta sexta-feira a secretária de Estado francesa para Assuntos Europeus, Amélie de Montchalin.

    Um acordo com o Reino Unido para um Brexit ordenado "ainda é possível", afirmou nesta sexta-feira a secretária de Estado francesa para Assuntos Europeus, Amélie de Montchalin.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.

 
 


       

A Síntese de Voz
A Microsoft SAPI 5 objeto ActiveX é necessária.
Na opção de segurança do seu navegador, você não deve desabilitar a inicialização de controles ActiveX não assinados.
Você pode instalar e utilizar qualquer Inglês voz compatível com SAPI 5.
(tais como o discurso componente da Microsoft).
Não Voz Título Título e Documento
Voz e Audio Output



Velocidade

 

 
Volume

 

 

Velocidade Slideshow (Quick para Lento)
Zero Um Dois Três Quatro Cinco
Blog e RSS Feed URLs
http://moblog.whmsoft.net/pt
http://moblog.whmsoft.net/pt/?feed=rss2

Subscribe to Notícias Fotos Slideshows by Email
Subscrite para o RSS feed com Google Subscrite para o RSS feed com Yahoo! Subscrite para o RSS feed com AOL Subscrite para o RSS feed com Bloglines
Subscrite para o RSS feed com Netvibes Subscrite para o RSS feed com Newsgator Subscrite para o RSS feed com Pageflakes Subscrite para o RSS feed com Rojo

Slideshows - Fotos Noticias - Desde Yahoo! Noticias
Esporte



Encontros

Comentar