Pesquisas Locais - Offerte
Endereços - Horários - Comentários
Informações Sobre o Tempo
Produtos Quentes

Noticias Fotos Slideshows
Celebridades, People, Sports, High Tech, vlrPhone
   

HOWTO - Respostas Ilustrado
 
Libertar a Animação VR / AR
Jogar para revelar imagens 3D e modelos 3D!
Demonstração A-Frame / Multiplayer
Android app on Google Play
 
vlrPhone / vlrFilter
Softphones projeto com baixo consumo de energia, velocidade e radiação / Filtro Multifuncional de Audio com Controle Remoto!



 

Noticias Slideshows (08/11/2019 19 horas)


  • 1/56   Noticias Fotos Slideshows
    PEOPLE TOPIC NEWS

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.


    Revista de Imprensa


    Sormani   Susana Vieira   Regina Duarte   Lula e Bolsonaro   Ozzy   Emiliano   Itaquerão   Estado de Direito   Arena Corinthians   Pondé   Paulo Lima   Calpurnia   CANCELEM O LAMPIÃO   Defesa de Lula   Deixe a Neve Cair   Eduardo Azeredo   lacuna coil   José Dirceu   FKA Twigs   Hirai Momo   Cláusula Pétrea   EU VOU NO SHOW DO MCFLY   Friendzone   Felipe Titto   Filipe Ret "ILUSÃO"   R$90   
  • 2/56   Xiaomi Mi CC9 Pro bate iPhone 11 Pro Max em teste de câmera da DxOMark

    Avaliação do canal foi feita com foco no smartphone da Apple, mas mostrou que, no que tange à câmera, ele empata com o Galaxy S10 da Samsung, ficando atrás do P30 Pro da Huawei: todos eles, porém, perdem para o mais recente lançamento da Xiaomi

    Avaliação do canal foi feita com foco no smartphone da Apple, mas mostrou que, no que tange à câmera, ele empata com o Galaxy S10 da Samsung, ficando atrás do P30 Pro da Huawei: todos eles, porém, perdem para o mais recente lançamento da Xiaomi


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 3/56   A Siri está bugada sem o horário de verão; saiba como corrigir

    Assistente de voz do iPhone e iPad apresenta problemas para configurar alarmes a partir de comandos de voz para usuários em regiões onde os relógios deveriam ter sido adiantados. Apple não comentou sobre uma possível correção

    Assistente de voz do iPhone e iPad apresenta problemas para configurar alarmes a partir de comandos de voz para usuários em regiões onde os relógios deveriam ter sido adiantados. Apple não comentou sobre uma possível correção


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 4/56   Apostas lotéricas ficam mais caras a partir de domingo

    A partir deste domingo (10), os preços das apostas de oito modalidades lotéricas ficarão mais caros. Segundo a Caixa Econômica Federal, o reajuste será feito, após quatro anos sem elevação dos preços.Os novos valores foram autorizados pela Portaria nº 8.061 do Ministério da Economia, publicada no Diário Oficial da União no último dia 31 de outubro. O reajuste valerá para os sorteios que serão realizados a partir de segunda-feira (11). Os novos preços serão os mesmos em todos os canais de apostas, conforme tabela:Modalidade Lotérica Preço Anterior Novo Preço Nº do Concurso Data do Sorteio  Mega-Sena R$ 3,50 R$ 4,50 2207 13/11/2019  Lotofacil R$ 2,00 R$ 2,50 1889 11/11/2019  Quina R$ 1,50 R$ 2,00  5119 11/11/2019  Lotomania R$ 1,50 R$ 2,50  2021 12/11/2019  Dupla Sena R$ 2,00 R$ 2,50  2010 12/11/2019  Timemania R$ 2,00 R$ 3,00  1.405 12/11/2019  Loteca R$ 2,00 R$ 3,00 877 18/11/2019  Lotogol R$ 1,00 R$ 1,50  -  -    Segundo a Caixa, as mudanças contribuirão para o aumento dos prêmios ofertados aos apostadores. “Também será incrementado o repasse social de recursos às áreas definidas na lei, como Educação, Esporte, Segurança, Seguridade, Cultura e Saúde, entre outras”, diz o banco.Em virtude do ajuste dos preços, a captação das apostas para os concursos posteriores ao sábado (9) será iniciada a partir da 00h01 do dia 10 de novembro.MODALIDADECONCURSODATA DO SORTEIOINÍCIO DA CAPTAÇÃO DE APOSTAS    MEGA-SENA220713/11/201910/11/2019    LOTOFÁCIL188911/11/201910/11/2019    QUINA511911/11/201910/11/2019    LOTOMANIA202112/11/201910/11/2019    DUPLA SENA201012/11/201910/11/2019    TIMEMANIA140512/11/201910/11/2019    LOTECA87718/11/201910/11/2019    MEGA DA VIRADA222031/12/201911/11/2019     Como apostarAs apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer lotérica do país e também no portal Loterias Online. Clientes com acesso ao Internet Banking Caixa podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. Para isso, é preciso ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. As apostas pelo Internet Banking podem ser feitas das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.Para jogar pela internet, no Portal Loterias Online, o apostador precisa ser maior de 18 anos e efetuar um pequeno cadastro. O cliente escolhe seus palpites, insere no carrinho e paga todas as suas apostas de uma só vez, utilizando o cartão de crédito. O valor mínimo da compra no Portal (que pode conter apostas de todas as modalidades disponíveis no site) é de R$ 30,00 e máximo de R$ 500,00 por dia. Também pelo portal, os apostadores podem optar pelos combos de apostas, que podem ser de apenas uma modalidade ou de várias modalidades. Na seleção do combo, o cliente pode escolher entre visualizar os números selecionados em cada aposta ou o formato “Surpresinha”, no qual o sistema escolhe aleatoriamente os números da aposta.Para usuários da plataforma iOS, já está disponível na Apple Store o aplicativo Loterias Caixa. As modalidades que estão disponíveis para apostas são: Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Dia de Sorte. As apostas podem ser feitas todos os dias e a qualquer hora, durante o período de captação de cada concurso. Em breve, diz a Caixa, ficará disponível o aplicativo na loja Google Play. BolãoPara as modalidades Mega-Sena, Dia de Sorte, Lotofácil, Quina, Dupla Sena e Loteca, há a possibilidade de fazer bolão. Basta formar um grupo, escolher os números da aposta, marcar a quantidade de cotas e registrar em qualquer uma das lotéricas do país. Ao ser registrada no sistema, a aposta gera um recibo de cota para cada participante que, em caso de premiação, poderá resgatar a sua parte do prêmio individualmente.O apostador também pode adquirir cotas de bolões organizados pelas lotéricas. É preciso solicitar ao atendente a quantidade de cotas que deseja e guardar o recibo para conferir a aposta no dia do sorteio. Nesse caso, poderá pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da lotérica. Com o reajuste, as cotas mínimas e máximas dos bolões também serão adequadas, de acordo com cada modalidade.

    A partir deste domingo (10), os preços das apostas de oito modalidades lotéricas ficarão mais caros. Segundo a Caixa Econômica Federal, o reajuste será feito, após quatro anos sem elevação dos preços.Os novos valores foram autorizados pela Portaria nº 8.061 do Ministério da Economia, publicada no Diário Oficial da União no último dia 31 de outubro. O reajuste valerá para os sorteios que serão realizados a partir de segunda-feira (11). Os novos preços serão os mesmos em todos os canais de apostas, conforme tabela:Modalidade Lotérica Preço Anterior Novo Preço Nº do Concurso Data do Sorteio Mega-Sena R$ 3,50 R$ 4,50 2207 13/11/2019 Lotofacil R$ 2,00 R$ 2,50 1889 11/11/2019 Quina R$ 1,50 R$ 2,00  5119 11/11/2019 Lotomania R$ 1,50 R$ 2,50  2021 12/11/2019 Dupla Sena R$ 2,00 R$ 2,50  2010 12/11/2019 Timemania R$ 2,00 R$ 3,00  1.405 12/11/2019 Loteca R$ 2,00 R$ 3,00 877 18/11/2019 Lotogol R$ 1,00 R$ 1,50  -  - Segundo a Caixa, as mudanças contribuirão para o aumento dos prêmios ofertados aos apostadores. “Também será incrementado o repasse social de recursos às áreas definidas na lei, como Educação, Esporte, Segurança, Seguridade, Cultura e Saúde, entre outras”, diz o banco.Em virtude do ajuste dos preços, a captação das apostas para os concursos posteriores ao sábado (9) será iniciada a partir da 00h01 do dia 10 de novembro.MODALIDADECONCURSODATA DO SORTEIOINÍCIO DA CAPTAÇÃO DE APOSTAS MEGA-SENA220713/11/201910/11/2019 LOTOFÁCIL188911/11/201910/11/2019 QUINA511911/11/201910/11/2019 LOTOMANIA202112/11/201910/11/2019 DUPLA SENA201012/11/201910/11/2019 TIMEMANIA140512/11/201910/11/2019 LOTECA87718/11/201910/11/2019 MEGA DA VIRADA222031/12/201911/11/2019 Como apostarAs apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer lotérica do país e também no portal Loterias Online. Clientes com acesso ao Internet Banking Caixa podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. Para isso, é preciso ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. As apostas pelo Internet Banking podem ser feitas das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.Para jogar pela internet, no Portal Loterias Online, o apostador precisa ser maior de 18 anos e efetuar um pequeno cadastro. O cliente escolhe seus palpites, insere no carrinho e paga todas as suas apostas de uma só vez, utilizando o cartão de crédito. O valor mínimo da compra no Portal (que pode conter apostas de todas as modalidades disponíveis no site) é de R$ 30,00 e máximo de R$ 500,00 por dia. Também pelo portal, os apostadores podem optar pelos combos de apostas, que podem ser de apenas uma modalidade ou de várias modalidades. Na seleção do combo, o cliente pode escolher entre visualizar os números selecionados em cada aposta ou o formato “Surpresinha”, no qual o sistema escolhe aleatoriamente os números da aposta.Para usuários da plataforma iOS, já está disponível na Apple Store o aplicativo Loterias Caixa. As modalidades que estão disponíveis para apostas são: Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Dia de Sorte. As apostas podem ser feitas todos os dias e a qualquer hora, durante o período de captação de cada concurso. Em breve, diz a Caixa, ficará disponível o aplicativo na loja Google Play. BolãoPara as modalidades Mega-Sena, Dia de Sorte, Lotofácil, Quina, Dupla Sena e Loteca, há a possibilidade de fazer bolão. Basta formar um grupo, escolher os números da aposta, marcar a quantidade de cotas e registrar em qualquer uma das lotéricas do país. Ao ser registrada no sistema, a aposta gera um recibo de cota para cada participante que, em caso de premiação, poderá resgatar a sua parte do prêmio individualmente.O apostador também pode adquirir cotas de bolões organizados pelas lotéricas. É preciso solicitar ao atendente a quantidade de cotas que deseja e guardar o recibo para conferir a aposta no dia do sorteio. Nesse caso, poderá pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da lotérica. Com o reajuste, as cotas mínimas e máximas dos bolões também serão adequadas, de acordo com cada modalidade.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 5/56   Valve pode estar desenvolvendo concorrente do Google Stadia

    Usuários descobriram nos códigos de atualização do Steam que há uma menção a uma nova ferramenta chamada Steam Cloud Gaming, indicando que a empresa está trabalhando em um sistema de jogos com processamento em nuvem

    Usuários descobriram nos códigos de atualização do Steam que há uma menção a uma nova ferramenta chamada Steam Cloud Gaming, indicando que a empresa está trabalhando em um sistema de jogos com processamento em nuvem


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 6/56   Ações da Apple batem recorde e valor de mercado da empresa chega em US$ 1,1 tri

    Papéis da empresa chegaram a ultrapassar a marca dos US$ 260 antes de fecharem o pregão desta quinta-feira (7) valendo US$ 259,43, em uma alta de 1,15%. Resultado é oriundo da divulgação de números bastante positivos

    Papéis da empresa chegaram a ultrapassar a marca dos US$ 260 antes de fecharem o pregão desta quinta-feira (7) valendo US$ 259,43, em uma alta de 1,15%. Resultado é oriundo da divulgação de números bastante positivos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 7/56   Surface Pro X é fácil de se consertar, segundo análise do iFixit

    Site iFixit, especializado em desmontar aparelhos para identificar os componentes e medir seu “grau de reparabilidade”, considera o novo tablet da Microsoft bastante amigável na hora de consertar, o que é uma boa notícia

    Site iFixit, especializado em desmontar aparelhos para identificar os componentes e medir seu “grau de reparabilidade”, considera o novo tablet da Microsoft bastante amigável na hora de consertar, o que é uma boa notícia


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 8/56   Apple TV+ tem grande audiência na estreia e já renova quatro séries

    Os insiders ficaram impressionados com a atividade na plataforma, que cresceu três dígitos no final de semana. As estatísticas iniciais mostram grande audiência nas atrações Dickinson, For All Mankind, The Morning Show e See. Cada uma teve ao menos dois episódios vistos

    Os insiders ficaram impressionados com a atividade na plataforma, que cresceu três dígitos no final de semana. As estatísticas iniciais mostram grande audiência nas atrações Dickinson, For All Mankind, The Morning Show e See. Cada uma teve ao menos dois episódios vistos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 9/56   YouTube de cara nova! Design repaginado traz também novos recursos

    Plataforma de vídeos do Google repaginou sua página inicial para facilitar a visualização e a busca. Além de títulos e prévias maiores, há algumas pequenas funcionalidades para customizar a experiência durante as sessões de vídeo

    Plataforma de vídeos do Google repaginou sua página inicial para facilitar a visualização e a busca. Além de títulos e prévias maiores, há algumas pequenas funcionalidades para customizar a experiência durante as sessões de vídeo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 10/56   Pod Assistir #08: The Morning Show e a estreia do Apple TV+

    O Apple TV+, estreou mundialmente no dia 1º de novembro Com uma das principais apostas: The Morning Show, estrelado por Jennifer Aniston e Steve Carell

    O Apple TV+, estreou mundialmente no dia 1º de novembro Com uma das principais apostas: The Morning Show, estrelado por Jennifer Aniston e Steve Carell


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 11/56   HoloLens 2 | Novo óculos de RA da Microsoft é lançado por US$ 3.500

    O mais novo óculos de realidade virtual da Microsoft, HoloLens 2, finalmente está disponível para venda, meses depois do seu anúncio oficial no MWC 2019. Mais poderoso e confortável, o produto está disponível apenas em alguns mercados, deixando o Brasil de fora

    O mais novo óculos de realidade virtual da Microsoft, HoloLens 2, finalmente está disponível para venda, meses depois do seu anúncio oficial no MWC 2019. Mais poderoso e confortável, o produto está disponível apenas em alguns mercados, deixando o Brasil de fora


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 12/56   Os melhores apps Android da semana (07/11/2019)

    Você pode ser um excelente gestor esportivo ou o destruidor do mundo em nossa primeira lista de recomendações de novembro! Também aqui: uma versão renovada de uma suíte de apps de escritório e até um app que reúne e reserva promoções e amostras grátis

    Você pode ser um excelente gestor esportivo ou o destruidor do mundo em nossa primeira lista de recomendações de novembro! Também aqui: uma versão renovada de uma suíte de apps de escritório e até um app que reúne e reserva promoções e amostras grátis


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 13/56   São Paulo desativará prédios públicos e implantará centro tecnológico

    O governo de São Paulo vai desativar o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros e a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), na zona oeste, para construção de um polo de desenvolvimento tecnológico. Segundo o governador João Doria, a primeira das quatro etapas do projeto, chamado de Vale do Silício Urbano, ficará pronta no primeiro semestre do ano que vem.“No primeiro semestre de 2020, nós já teremos o Centro Internacional de Tecnologia e Inovação [CITI] funcionando na sua primeira etapa, onde hoje está o IPT [Instituto de Pesquisas Tecnológicas]”, disse o governador durante a apresentação do projeto. O Vale do Silício é uma região do estado da Califórnia, nos Estados Unidos, que concentra empresas de tecnologia, incluindo, grandes marcas como Apple, Facebook e Google.Nas duas fases inciais do projeto anunciado nesta quinta-feira (7), serão disponibilizados prédios do próprio governo estadual, próximos da Universidade de São Paulo (USP), para a instalação de empresas privadas. Nessa etapa, que deve entrar em funcionamento até abril de 2020, as desenvolvedoras de tecnologia poderão se instalar em 70 prédios do IPT, com uma área total de 300 mil metros quadrados.“Estamos abrindo esse espaço para que a sociedade, as startups, as grandes empresas, os centros de tecnologia e inovação ocuparem isso conosco”, disse a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. Segundo Patricia, o espaço estava subutilizado, apesar da boa localização. Também serão abertos à iniciativa privada 86 mil metros quadrados em imóveis do próprio governo em uma área próxima. CadeiãoA terceira etapa prevê a desativação do CDP, conhecido como Cadeião de Pinheiros. O complexo tem três unidades com capacidade para quase 1,9 mil presos onde estão detidas atualmente 4,6 mil pessoas. São Paulo tem grande número de detentos, e é necessário  fazer um trabalho de transição dessa população para as novas penitenciárias, disse Patricia sobre as negociações que estão sendo feitas para o fechamento do presídio.De acordo com a secretaria, o Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), que reúne as empreiteiras, também vai ser ouvido para definir como a área pode ser aproveitada para implantação do CITI. Somado aos imóveis da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae), o governo pretende disponibilizar nessa região 182 mil metros quadrados para as companhias de tecnologia. EntrepostoTraballham atualmente na Ceagesp, localizada na zona oeste, mais de 30 mil pessoas Divulgação/CeagespComo já havia sido anunciado, o projeto prevê ainda o fim das atividades da Ceagesp na região. As atividades do maior entreposto da América Latina devem ser transferidas para área ainda não definida. A sede atual tem 630 mil metros quadrados, onde trabalham mais de 30 mil pessoas.Segundo o governo paulista, a nova sede da Ceagesp deverá ter acesso privilegiado à malha rodoviária para facilitar o trânsito de mercadorias. A desativação do entreposto atual foi acordada com o governo federal, controlador da estatal, e com a prefeitura da capital paulista. PrazoPatricia Ellen informou que a previsão é que todo o projeto demore de quatro a seis anos para ser concluído. “É um projeto que começou há três anos, e o ciclo completo é de10 anos”, ressaltou a secretária.Ela destacou que a proposta tem apoio nas três esferas de governo: “os três Entes estão completamente alinhados: município, estado e governo federal”.

    O governo de São Paulo vai desativar o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros e a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), na zona oeste, para construção de um polo de desenvolvimento tecnológico. Segundo o governador João Doria, a primeira das quatro etapas do projeto, chamado de Vale do Silício Urbano, ficará pronta no primeiro semestre do ano que vem.“No primeiro semestre de 2020, nós já teremos o Centro Internacional de Tecnologia e Inovação [CITI] funcionando na sua primeira etapa, onde hoje está o IPT [Instituto de Pesquisas Tecnológicas]”, disse o governador durante a apresentação do projeto. O Vale do Silício é uma região do estado da Califórnia, nos Estados Unidos, que concentra empresas de tecnologia, incluindo, grandes marcas como Apple, Facebook e Google.Nas duas fases inciais do projeto anunciado nesta quinta-feira (7), serão disponibilizados prédios do próprio governo estadual, próximos da Universidade de São Paulo (USP), para a instalação de empresas privadas. Nessa etapa, que deve entrar em funcionamento até abril de 2020, as desenvolvedoras de tecnologia poderão se instalar em 70 prédios do IPT, com uma área total de 300 mil metros quadrados.“Estamos abrindo esse espaço para que a sociedade, as startups, as grandes empresas, os centros de tecnologia e inovação ocuparem isso conosco”, disse a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. Segundo Patricia, o espaço estava subutilizado, apesar da boa localização. Também serão abertos à iniciativa privada 86 mil metros quadrados em imóveis do próprio governo em uma área próxima. CadeiãoA terceira etapa prevê a desativação do CDP, conhecido como Cadeião de Pinheiros. O complexo tem três unidades com capacidade para quase 1,9 mil presos onde estão detidas atualmente 4,6 mil pessoas. São Paulo tem grande número de detentos, e é necessário  fazer um trabalho de transição dessa população para as novas penitenciárias, disse Patricia sobre as negociações que estão sendo feitas para o fechamento do presídio.De acordo com a secretaria, o Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), que reúne as empreiteiras, também vai ser ouvido para definir como a área pode ser aproveitada para implantação do CITI. Somado aos imóveis da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae), o governo pretende disponibilizar nessa região 182 mil metros quadrados para as companhias de tecnologia. EntrepostoTraballham atualmente na Ceagesp, localizada na zona oeste, mais de 30 mil pessoas Divulgação/CeagespComo já havia sido anunciado, o projeto prevê ainda o fim das atividades da Ceagesp na região. As atividades do maior entreposto da América Latina devem ser transferidas para área ainda não definida. A sede atual tem 630 mil metros quadrados, onde trabalham mais de 30 mil pessoas.Segundo o governo paulista, a nova sede da Ceagesp deverá ter acesso privilegiado à malha rodoviária para facilitar o trânsito de mercadorias. A desativação do entreposto atual foi acordada com o governo federal, controlador da estatal, e com a prefeitura da capital paulista. PrazoPatricia Ellen informou que a previsão é que todo o projeto demore de quatro a seis anos para ser concluído. “É um projeto que começou há três anos, e o ciclo completo é de10 anos”, ressaltou a secretária.Ela destacou que a proposta tem apoio nas três esferas de governo: “os três Entes estão completamente alinhados: município, estado e governo federal”.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 14/56   Alphabet investiga Google por casos de assédio sexual envolvendo executivos

    No mês que completa um ano das denúncias de assédio sexual envolvendo executivos do Google, a Alphabet, empresa detentora da gigante da tecnologia, vai começar uma investigação. Segundo a fonte, um escritório de advocacia externo já teria sido contratado

    No mês que completa um ano das denúncias de assédio sexual envolvendo executivos do Google, a Alphabet, empresa detentora da gigante da tecnologia, vai começar uma investigação. Segundo a fonte, um escritório de advocacia externo já teria sido contratado


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 15/56   Google cria coalizão para desenvolver chip com código aberto

    Chamado de OpenTitan, o projeto é baseado no chip Titan da própria empresa que usa sistema de criptografia para assegurar que peça não foi violada. Plataforma será agnóstica e pode ser usada em quaisquer aparelhos e programas

    Chamado de OpenTitan, o projeto é baseado no chip Titan da própria empresa que usa sistema de criptografia para assegurar que peça não foi violada. Plataforma será agnóstica e pode ser usada em quaisquer aparelhos e programas


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 16/56   Apple estreia na Europa com megaoferta de títulos verdes

    (Bloomberg) -- A Apple está pronta para estrear no crescente mercado europeu de títulos verdes com uma das maiores emissões corporativas de dívida ecológica da região.A fabricante do iPhone prepara uma oferta de 2 bilhões de euros (US$ 2,2 bilhões) em títulos de 6 e 12 anos na quinta-feira, de acordo com uma pessoa a par do assunto, que pediu para não ser identificada porque não está autorizada a falar sobre a emissão. A empresa pretende usar os fundos captados para reduzir sua pegada de carbono, com a escolha de materiais mais ecológicos em seus produtos e conservação de recursos.O mercado de títulos verdes cresce com a iniciativa de empresas e governos de levantar fundos para reduzir o uso de combustíveis fósseis, adotando os princípios do Acordo de Paris sobre as mudanças climáticas. Este ano, as ofertas globais desses títulos já superam o volume recorde de US$ 135 bilhões de 2018, e a Moody’s Investors Service elevou sua previsão de emissões de títulos verdes.“Os ativos dos fundos ESG estão crescendo e há um ambiente geralmente benigno para a emissão de títulos verdes”, disse Viktor Hjort, diretor global de estratégia de crédito do BNP Paribas, fazendo referência ao investimento ético em estratégias ambientais, sociais e de governança. “Com a Apple, em particular, há o aspecto de diversificação, já que o mercado de títulos verdes tem sido historicamente dominado por concessionárias de serviços públicos.”A oferta da Apple é uma das maiores já registradas no mercado de títulos verdes corporativos da Europa, segundo dados compilados pela Bloomberg. Em maio de 2014, a concessionária francesa Engie havia emitido 2,5 bilhões de euros em títulos verdes em duas tranches.A Apple já levantou US$ 2,5 bilhões em ofertas anteriores de títulos verdes em dólares americanos e demonstrou compromisso em melhorar seu impacto ambiental. No ano passado, a empresa atingiu a meta de usar energia limpa em todas suas operações globais.A oferta de títulos corporativos verdes denominados na moeda única já ultrapassa 50 bilhões de euros em 2019, superando o recorde de 32 bilhões de euros do ano passado, segundo dados compilados pela Bloomberg.Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.netRepórter da matéria original: Tasos Vossos London, tvossos@bloomberg.netPara entrar em contato com os editores responsáveis: Hannah Benjamin, hbenjamin1@bloomberg.net, Katie Linsell, Vivianne RodriguesFor more articles like this, please visit us at bloomberg.com©2019 Bloomberg L.P.

    (Bloomberg) -- A Apple está pronta para estrear no crescente mercado europeu de títulos verdes com uma das maiores emissões corporativas de dívida ecológica da região.A fabricante do iPhone prepara uma oferta de 2 bilhões de euros (US$ 2,2 bilhões) em títulos de 6 e 12 anos na quinta-feira, de acordo com uma pessoa a par do assunto, que pediu para não ser identificada porque não está autorizada a falar sobre a emissão. A empresa pretende usar os fundos captados para reduzir sua pegada de carbono, com a escolha de materiais mais ecológicos em seus produtos e conservação de recursos.O mercado de títulos verdes cresce com a iniciativa de empresas e governos de levantar fundos para reduzir o uso de combustíveis fósseis, adotando os princípios do Acordo de Paris sobre as mudanças climáticas. Este ano, as ofertas globais desses títulos já superam o volume recorde de US$ 135 bilhões de 2018, e a Moody’s Investors Service elevou sua previsão de emissões de títulos verdes.“Os ativos dos fundos ESG estão crescendo e há um ambiente geralmente benigno para a emissão de títulos verdes”, disse Viktor Hjort, diretor global de estratégia de crédito do BNP Paribas, fazendo referência ao investimento ético em estratégias ambientais, sociais e de governança. “Com a Apple, em particular, há o aspecto de diversificação, já que o mercado de títulos verdes tem sido historicamente dominado por concessionárias de serviços públicos.”A oferta da Apple é uma das maiores já registradas no mercado de títulos verdes corporativos da Europa, segundo dados compilados pela Bloomberg. Em maio de 2014, a concessionária francesa Engie havia emitido 2,5 bilhões de euros em títulos verdes em duas tranches.A Apple já levantou US$ 2,5 bilhões em ofertas anteriores de títulos verdes em dólares americanos e demonstrou compromisso em melhorar seu impacto ambiental. No ano passado, a empresa atingiu a meta de usar energia limpa em todas suas operações globais.A oferta de títulos corporativos verdes denominados na moeda única já ultrapassa 50 bilhões de euros em 2019, superando o recorde de 32 bilhões de euros do ano passado, segundo dados compilados pela Bloomberg.Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.netRepórter da matéria original: Tasos Vossos London, tvossos@bloomberg.netPara entrar em contato com os editores responsáveis: Hannah Benjamin, hbenjamin1@bloomberg.net, Katie Linsell, Vivianne RodriguesFor more articles like this, please visit us at bloomberg.com©2019 Bloomberg L.P.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 17/56   Homem é morto após negar senha do iPhone a bandidos

    Bombeiro foi assassinado a tiros durante um assalto na cidade americana de Coral Springs, em outubro. Polícia chegou aos responsáveis pelo crime após rastrear GPS do celular que pertencia à vítima e descobriu envolvimento do trio em outro tiroteio

    Bombeiro foi assassinado a tiros durante um assalto na cidade americana de Coral Springs, em outubro. Polícia chegou aos responsáveis pelo crime após rastrear GPS do celular que pertencia à vítima e descobriu envolvimento do trio em outro tiroteio


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 18/56   Google | Executivos estão sendo investigados por conduta sobre casos de assédio

    Depois de uma série de denúncias envolvendo alguns dos seus quadros mais poderosos, a Alphabet, controladora da Google, criou um comitê que irá apurar todos os casos de assédio e abuso ocorridos na companhia

    Depois de uma série de denúncias envolvendo alguns dos seus quadros mais poderosos, a Alphabet, controladora da Google, criou um comitê que irá apurar todos os casos de assédio e abuso ocorridos na companhia


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 19/56   Bill Gates atribui queda da divisão móvel a ação antitruste contra a Microsoft

    Executivo da Microsoft diz que o processo do Departamento de Justiça dos Estados Unidos “o distraiu” e impediu que ele tivesse dado mais atenção ao sistema operacional para dispositivos móveis na época, por volta do começo dos anos 2000

    Executivo da Microsoft diz que o processo do Departamento de Justiça dos Estados Unidos “o distraiu” e impediu que ele tivesse dado mais atenção ao sistema operacional para dispositivos móveis na época, por volta do começo dos anos 2000


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 20/56   CEO da Netflix quer investir mais em conteúdo e desafia rivais

    (Bloomberg) -- A Netflix espera investir US$ 15 bilhões em programação este ano, o que coloca pressão sobre seus rivais de streaming. Mas a empresa está apenas começando.O presidente da Netflix, Reed Hastings, disse na conferência DealBook que os gastos da empresa em programas e filmes só vão crescer.“Planejamos gastar bastante”, disse Hastings na quarta-feira durante o evento em Nova York. “Estamos crescendo e investindo em todo o mundo. Temos sido fortes em séries. Agora estamos ficando muito fortes em filmes.”Os planos da Netflix mostram o nível de competição no setor de streaming, com os gigantes de mídia mergulhando no mercado com seus próprios serviços. As empresas competem para oferecer o conteúdo mais atraente - e a batalha não é barata. A AT&T planeja oferecer 10 mil horas de programação com sua plataforma HBO Max, que estreia em 2020. A empresa espera investir US$ 4 bilhões no serviço, que só deve dar lucro em 2025.Um novo serviço da Walt Disney previsto para este mês contará com dezenas de novos programas originais, além das centenas de títulos na biblioteca da empresa. E a Apple está gastando bilhões de dólares apenas em novas séries para seu serviço Apple TV+, lançado na semana passada.A Netflix continua sendo a líder do setor, mas enfrenta mais pressão do que nunca. Hastings disse que espera aprender alguma coisa com os concorrentes.A Netflix foi criticada pelos tradicionalistas de Hollywood por não respeitar os períodos de exibição do cinema antes de disponibilizar os filmes em streaming. Hastings disse que espera que essas janelas desapareçam completamente.Os cinemas serão como restaurantes, disse: “Uma experiência para sair”.ExpansãoTambém há muito espaço para a Netflix se expandir em novas categorias, disse Hastings.“Um grande impulso para nós é animação e, no próximo ano, temos o início de uma grande lista de animação, por isso estamos investindo pesado nisso”, disse. “Estamos fazendo cada vez mais. Portanto, temos um longo caminho a percorrer, especialmente em nível global.”Mas, quando perguntado se a Netflix começaria a fazer o tipo de filme de orçamento limitado de Hollywood que inundam os cinemas no verão, Hastings não deu uma resposta direta.“Continuaremos a testar nossos limites”, afirmou.Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.netRepórter da matéria original: Gerry Smith New York, gsmith233@bloomberg.netPara entrar em contato com os editores responsáveis: Nick Turner, nturner7@bloomberg.net, Rob GolumFor more articles like this, please visit us at bloomberg.com©2019 Bloomberg L.P.

    (Bloomberg) -- A Netflix espera investir US$ 15 bilhões em programação este ano, o que coloca pressão sobre seus rivais de streaming. Mas a empresa está apenas começando.O presidente da Netflix, Reed Hastings, disse na conferência DealBook que os gastos da empresa em programas e filmes só vão crescer.“Planejamos gastar bastante”, disse Hastings na quarta-feira durante o evento em Nova York. “Estamos crescendo e investindo em todo o mundo. Temos sido fortes em séries. Agora estamos ficando muito fortes em filmes.”Os planos da Netflix mostram o nível de competição no setor de streaming, com os gigantes de mídia mergulhando no mercado com seus próprios serviços. As empresas competem para oferecer o conteúdo mais atraente - e a batalha não é barata. A AT&T planeja oferecer 10 mil horas de programação com sua plataforma HBO Max, que estreia em 2020. A empresa espera investir US$ 4 bilhões no serviço, que só deve dar lucro em 2025.Um novo serviço da Walt Disney previsto para este mês contará com dezenas de novos programas originais, além das centenas de títulos na biblioteca da empresa. E a Apple está gastando bilhões de dólares apenas em novas séries para seu serviço Apple TV+, lançado na semana passada.A Netflix continua sendo a líder do setor, mas enfrenta mais pressão do que nunca. Hastings disse que espera aprender alguma coisa com os concorrentes.A Netflix foi criticada pelos tradicionalistas de Hollywood por não respeitar os períodos de exibição do cinema antes de disponibilizar os filmes em streaming. Hastings disse que espera que essas janelas desapareçam completamente.Os cinemas serão como restaurantes, disse: “Uma experiência para sair”.ExpansãoTambém há muito espaço para a Netflix se expandir em novas categorias, disse Hastings.“Um grande impulso para nós é animação e, no próximo ano, temos o início de uma grande lista de animação, por isso estamos investindo pesado nisso”, disse. “Estamos fazendo cada vez mais. Portanto, temos um longo caminho a percorrer, especialmente em nível global.”Mas, quando perguntado se a Netflix começaria a fazer o tipo de filme de orçamento limitado de Hollywood que inundam os cinemas no verão, Hastings não deu uma resposta direta.“Continuaremos a testar nossos limites”, afirmou.Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.netRepórter da matéria original: Gerry Smith New York, gsmith233@bloomberg.netPara entrar em contato com os editores responsáveis: Nick Turner, nturner7@bloomberg.net, Rob GolumFor more articles like this, please visit us at bloomberg.com©2019 Bloomberg L.P.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 21/56   "Skol latão aqui": Vendedor rouba cena em nova série da Apple com Jason Momoa

    See é a mais nova série do Apple TV+, protagonizada por Jason Momoa (Aquaman). Um usuário do Twitter compartilhou o trecho de uma cena em que um vendedor de Skol anunciava que tinha a cerveja latão. No mínimo, a equipe deve ter usado um banco de áudio brasileiro

    See é a mais nova série do Apple TV+, protagonizada por Jason Momoa (Aquaman). Um usuário do Twitter compartilhou o trecho de uma cena em que um vendedor de Skol anunciava que tinha a cerveja latão. No mínimo, a equipe deve ter usado um banco de áudio brasileiro


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 22/56   Google, ESET, Lookout e Zimperium se unem em prol de um Android mais seguro

    Em iniciativa inédita, empresas da área de tecnologia cibernética se juntam contra apps maliciosos disponíveis para Androids e devem turbinar eficiência do Google Play Protect, com novas técnicas e metódos de segurança

    Em iniciativa inédita, empresas da área de tecnologia cibernética se juntam contra apps maliciosos disponíveis para Androids e devem turbinar eficiência do Google Play Protect, com novas técnicas e metódos de segurança


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 23/56   Microsoft elimina instabilidade que atrapalha usuários do Programa Insider

    Nos últimos anos, vimos como as falhas no nível do sistema, tanto críticas quanto os erros que afetam a experiência do usuário, se tornaram cada vez mais protagonistas no Windows 10. A equipe está mais rigorosa, e eliminando instabilidades

    Nos últimos anos, vimos como as falhas no nível do sistema, tanto críticas quanto os erros que afetam a experiência do usuário, se tornaram cada vez mais protagonistas no Windows 10. A equipe está mais rigorosa, e eliminando instabilidades


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 24/56   Análise | Powerbeats Pro: os "AirPods fitness" valem a pena?

    A gente sabe que as coisas da Apple e da Beats são caras. Mas, por esse preço, esperamos um leque de maravilhas. Testamos o Powerbeats Pro e destrinchamos, nesta análise, tudo o que achamos dos fones fitness da marca

    A gente sabe que as coisas da Apple e da Beats são caras. Mas, por esse preço, esperamos um leque de maravilhas. Testamos o Powerbeats Pro e destrinchamos, nesta análise, tudo o que achamos dos fones fitness da marca


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 25/56   Google confirma fim de atualizações para os Pixel e Pixel XL

    Cláusula de 2016 aponta que aparelhos iriam receber novos Android por dois anos e pacote de segurança por três. Com isso, empresa informou ao site The Verge que atualização de dezembro será a última para os seus modelos originais

    Cláusula de 2016 aponta que aparelhos iriam receber novos Android por dois anos e pacote de segurança por três. Com isso, empresa informou ao site The Verge que atualização de dezembro será a última para os seus modelos originais


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 26/56   YouTube agora exibe anúncios de produtos na página inicial

    Google vem implementando uma nova maneira de veicular e fazer negócios em sua plataforma de streaming e já começou a distribuir os anúncios de seus parceiros. Novidade vem para surfar em iniciativas semelhantes do Instagram, Pinterest e TikTok

    Google vem implementando uma nova maneira de veicular e fazer negócios em sua plataforma de streaming e já começou a distribuir os anúncios de seus parceiros. Novidade vem para surfar em iniciativas semelhantes do Instagram, Pinterest e TikTok


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 27/56   Escavador de túneis de Berlim Oriental salvo por um "herói" da Stasi
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Quando o Muro de Berlim foi construído, os guardas tinham ordens de disparar para matar nos que tentavam escapar do leste comunista.

    Quando o Muro de Berlim foi construído, os guardas tinham ordens de disparar para matar nos que tentavam escapar do leste comunista.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 28/56   A antiga Cortina de Ferro da Alemanha está coberta de verde
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Olaf Olejnik patrulhava há 30 anos a fronteira ultrafortificada que deveria dissuadir os alemães orientais a passar para o lado ocidental em busca de liberdade.

    Olaf Olejnik patrulhava há 30 anos a fronteira ultrafortificada que deveria dissuadir os alemães orientais a passar para o lado ocidental em busca de liberdade.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 29/56   O contraste entre o leste e o oeste da Alemanha 30 anos depois do muro
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Trinta anos depois da queda do Muro de Berlim, o contraste entre o leste e o oeste da Alemanha vai se apagando pouco a pouco.

    Trinta anos depois da queda do Muro de Berlim, o contraste entre o leste e o oeste da Alemanha vai se apagando pouco a pouco.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 30/56   Berlim e a vida dividida 30 anos após a Queda do Muro
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Dois zoológicos, duas torres de televisão, dois aeroportos, dois times de futebol: Berlim foi o cenário de duplicações das duas Alemanhas, algo que acontece ainda hoje, 30 anos depois da queda do muro.

    Dois zoológicos, duas torres de televisão, dois aeroportos, dois times de futebol: Berlim foi o cenário de duplicações das duas Alemanhas, algo que acontece ainda hoje, 30 anos depois da queda do muro.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 31/56   Depois do êxodo, os alemães orientais voltam para casa
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Desde a queda do muro de Berlim, há 30 anos, milhões de alemães orientais abandonaram a ex-República Democrática Alemã para construir um futuro no ocidente, mas atualmente muitos deles querem voltar para casa.

    Desde a queda do muro de Berlim, há 30 anos, milhões de alemães orientais abandonaram a ex-República Democrática Alemã para construir um futuro no ocidente, mas atualmente muitos deles querem voltar para casa.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 32/56   Da queda do Muro à reunificação, 12 meses de turbulência e mudanças na Alemanha
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Da queda do Muro de Berlim, na noite de 9 de novembro de 1989, até o ato solene da reunificação, em 3 de outubro de 1990, a Alemanha viveu 12 meses de turbulência e mudanças:

    Da queda do Muro de Berlim, na noite de 9 de novembro de 1989, até o ato solene da reunificação, em 3 de outubro de 1990, a Alemanha viveu 12 meses de turbulência e mudanças:


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 33/56   Leste da Europa e sua transformação após a Queda do Muro de Berlim
    SCIENCE TOPIC NEWS

    A Queda do Muro de Berlim, em novembro de 1989, foi o ponto crítico de um ano de mudanças fundamentais nos seis países do bloco socialista da Europa Oriental, com a desintegração de seus governos.

    A Queda do Muro de Berlim, em novembro de 1989, foi o ponto crítico de um ano de mudanças fundamentais nos seis países do bloco socialista da Europa Oriental, com a desintegração de seus governos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 34/56   Pompeo alerta contra China e Rússia nos 30 anos da queda do Muro de Berlim
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, fez uma advertência nesta sexta-feira contra as ameaças que, segundo ele, Rússia e China representam, em um discurso em Berlim na véspera do 30º aniversário da queda do Muro.

    O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, fez uma advertência nesta sexta-feira contra as ameaças que, segundo ele, Rússia e China representam, em um discurso em Berlim na véspera do 30º aniversário da queda do Muro.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 35/56   'Desfile lendário' de 1941 é celebrado na praça Vermelha de Moscou
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Cerca de 4.000 soldados desfilaram, nesta quinta-feira (7), na praça Vermelha, comemorando o desfile de 7 de novembro de 1941, quando tropas soviéticas passaram diante do Kremlin para, na sequência, seguirem para o front defender Moscou do Exército nazista.

    Cerca de 4.000 soldados desfilaram, nesta quinta-feira (7), na praça Vermelha, comemorando o desfile de 7 de novembro de 1941, quando tropas soviéticas passaram diante do Kremlin para, na sequência, seguirem para o front defender Moscou do Exército nazista.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 36/56   ONU alerta para colapso do sistema de saúde da Venezuela
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O sistema de saúde da Venezuela está prestes a entrar em colapso, alertou o secretário-geral adjunto de Assuntos Humanitários das Nações Unidas, Mark Lowcock, nesta quarta-feira, após uma visita ao país.

    O sistema de saúde da Venezuela está prestes a entrar em colapso, alertou o secretário-geral adjunto de Assuntos Humanitários das Nações Unidas, Mark Lowcock, nesta quarta-feira, após uma visita ao país.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 37/56   Argentina tem greve de professores devido à repressão em Chubut
    WORLD TOPIC NEWS

    Os professores da Argentina realizam uma greve nacional de 24 horas nesta sexta-feira (8), convocada pelo sindicato docente majoritário Ctera.

    Os professores da Argentina realizam uma greve nacional de 24 horas nesta sexta-feira (8), convocada pelo sindicato docente majoritário Ctera.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 38/56   Simpatizantes de Lula esperam por sua possível saída da cadeia
    WORLD TOPIC NEWS

    Os apoiadores de Luiz Inácio da Silva aguardavam ansiosamente sua libertação em frente à sede da Polícia Federal em Curitiba (sul), onde o ex-presidente cumpre pena de 8 anos e 10 meses de prisão por corrupção desde abril de 2018.

    Os apoiadores de Luiz Inácio da Silva aguardavam ansiosamente sua libertação em frente à sede da Polícia Federal em Curitiba (sul), onde o ex-presidente cumpre pena de 8 anos e 10 meses de prisão por corrupção desde abril de 2018.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 39/56   Ex-prefeito de NY 'vai fracassar' se disputar presidência, diz Trump
    WORLD TOPIC NEWS

    O presidente americano, Donald Trump, ironizou nesta sexta-feira (8) uma possível candidatura do "pequeno" bilionário e ex-prefeito nova-iorquino Michael Bloomberg, afirmando que "fracassará", caso se lance na disputa democrata para a eleição presidencial de 2020.

    O presidente americano, Donald Trump, ironizou nesta sexta-feira (8) uma possível candidatura do "pequeno" bilionário e ex-prefeito nova-iorquino Michael Bloomberg, afirmando que "fracassará", caso se lance na disputa democrata para a eleição presidencial de 2020.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 40/56   Polícia britânica divulga nomes dos vietnamitas mortos em caminhão
    WORLD TOPIC NEWS

    A Polícia britânica divulgou, nesta sexta-feira (8), os nomes dos 39 corpos de vietnamitas encontrados no mês passado em um caminhão frigorífico no Reino Unido.

    A Polícia britânica divulgou, nesta sexta-feira (8), os nomes dos 39 corpos de vietnamitas encontrados no mês passado em um caminhão frigorífico no Reino Unido.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 41/56   Ernesto defende que, apesar de voto anti-Cuba na ONU, Brasil segue contra medidas unilaterais
    WORLD TOPIC NEWS

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, justificou nesta sexta-feira (8) o voto do Brasil na ONU a favor do embargo dos Estados Unidos a Cuba e disse que, apesar dele, o país continua rejeitando medidas unilaterais.  "Embora o Brasil sempre rejeite o unilateralismo em qualquer circunstância dessa natureza, nós achamos imperioso quebrar um paradigma que existe há quase 60 anos no ambiente multilateral", declarou o chanceler, no discurso da reunião do Grupo de Lima que ocorre nesta sexta (8) no Palácio do Itamaraty, em Brasília. "Um paradigma de um certo e incompreensível prestígio que Cuba goza nesse âmbito." Na quinta (7), pela primeira vez em 27 anos, o Brasil cedeu às pressões dos EUA e votou contra a resolução anual da ONU que condena o bloqueio econômico americano a Cuba. Apenas Israel e Estados Unidos votaram da mesma maneira que o Brasil. Outras 187 nações apoiaram a moção movida pelos cubanos, enquanto a Colômbia e a Ucrânia, aliados de Washington, abstiveram-se.  O voto brasileiro contraria o posicionamento histórico do Itamaraty de condenar medidas unilaterais econômicas contra países, vetadas pela legislação internacional e pela ONU. Ernesto disse na reunião desta sexta que Cuba desempenha "um papel nefasto" na Venezuela e que o regime do ditador Nicolás Maduro possui uma rede de apoio articulada no Foro de São Paulo, organização de partidos de esquerda no continente, cujo objetivo seria a transformação da região "em um novo bloco socialista". "Achamos fundamental que em todas as instâncias chamemos a atenção para esse papel que Cuba desempenha há 60 anos, não só na Venezuela, na tentativa de exportar a ditadura para praticamente toda a América Latina. E nosso voto deve ser entendido nesse sentido", acrescentou. O Grupo de Lima é formado atualmente por Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia. Os representantes do opositor Juan Guaidó, reconhecido por esses países como presidente interino da Venezuela, também participam das reuniões. Dos participantes do Grupo de Lima, todos, com exceção da abstenção colombiana, votaram contra o embargo dos EUA a Cuba.  Para o encontro desta sexta, viajaram a Brasília os chanceleres de Argentina, Colômbia, Chile, Guatemala, Honduras e Peru. Os demais países enviaram diplomatas de menor escalão.

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, justificou nesta sexta-feira (8) o voto do Brasil na ONU a favor do embargo dos Estados Unidos a Cuba e disse que, apesar dele, o país continua rejeitando medidas unilaterais.  "Embora o Brasil sempre rejeite o unilateralismo em qualquer circunstância dessa natureza, nós achamos imperioso quebrar um paradigma que existe há quase 60 anos no ambiente multilateral", declarou o chanceler, no discurso da reunião do Grupo de Lima que ocorre nesta sexta (8) no Palácio do Itamaraty, em Brasília. "Um paradigma de um certo e incompreensível prestígio que Cuba goza nesse âmbito." Na quinta (7), pela primeira vez em 27 anos, o Brasil cedeu às pressões dos EUA e votou contra a resolução anual da ONU que condena o bloqueio econômico americano a Cuba. Apenas Israel e Estados Unidos votaram da mesma maneira que o Brasil. Outras 187 nações apoiaram a moção movida pelos cubanos, enquanto a Colômbia e a Ucrânia, aliados de Washington, abstiveram-se.  O voto brasileiro contraria o posicionamento histórico do Itamaraty de condenar medidas unilaterais econômicas contra países, vetadas pela legislação internacional e pela ONU. Ernesto disse na reunião desta sexta que Cuba desempenha "um papel nefasto" na Venezuela e que o regime do ditador Nicolás Maduro possui uma rede de apoio articulada no Foro de São Paulo, organização de partidos de esquerda no continente, cujo objetivo seria a transformação da região "em um novo bloco socialista". "Achamos fundamental que em todas as instâncias chamemos a atenção para esse papel que Cuba desempenha há 60 anos, não só na Venezuela, na tentativa de exportar a ditadura para praticamente toda a América Latina. E nosso voto deve ser entendido nesse sentido", acrescentou. O Grupo de Lima é formado atualmente por Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia. Os representantes do opositor Juan Guaidó, reconhecido por esses países como presidente interino da Venezuela, também participam das reuniões. Dos participantes do Grupo de Lima, todos, com exceção da abstenção colombiana, votaram contra o embargo dos EUA a Cuba.  Para o encontro desta sexta, viajaram a Brasília os chanceleres de Argentina, Colômbia, Chile, Guatemala, Honduras e Peru. Os demais países enviaram diplomatas de menor escalão.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 42/56   Egon Krenz: o último líder da RDA e porta-voz da "Ostalgia"
    WORLD TOPIC NEWS

    Ele passou para a história como o último líder da República Democrática Alemã (RDA). Trinta anos depois da queda do Muro de Berlim, Egon Krenz não renega nada e é o porta-voz da "Ostalgia" (palavra alemã para nostalgia), dos que sentem falta do regime comunista.

    Ele passou para a história como o último líder da República Democrática Alemã (RDA). Trinta anos depois da queda do Muro de Berlim, Egon Krenz não renega nada e é o porta-voz da "Ostalgia" (palavra alemã para nostalgia), dos que sentem falta do regime comunista.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 43/56   Os muros estão de volta 30 anos depois de Berlim
    WORLD TOPIC NEWS

    A queda do Muro de Berlim em 9 de novembro de 1989, com milhares de alemães orientais celebrando a destruição da muralha de concreto, gerou previsões do "fim da história" e a chegada de um mundo sem fronteiras.

    A queda do Muro de Berlim em 9 de novembro de 1989, com milhares de alemães orientais celebrando a destruição da muralha de concreto, gerou previsões do "fim da história" e a chegada de um mundo sem fronteiras.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 44/56   Turquia anuncia cúpula sobre Síria com França, Alemanha e Reino Unido
    WORLD TOPIC NEWS

    Com a participação de Turquia, França, Alemanha e Reino Unido, será realizada uma cúpula sobre a Síria, em paralelo a uma reunião da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), que acontece em 3 e 4 de dezembro, perto de Londres.

    Com a participação de Turquia, França, Alemanha e Reino Unido, será realizada uma cúpula sobre a Síria, em paralelo a uma reunião da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), que acontece em 3 e 4 de dezembro, perto de Londres.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 45/56   Trump se opõe à eliminação 'total' de tarifas contra Pequim
    WORLD TOPIC NEWS

    O presidente americano, Donald Trump, opôs-se, nesta sexta-feira (8), a uma supressão total das tarifas aduaneiras impostas pelos Estados Unidos, desde março de 2018, a bens chineses da ordem de bilhões de dólares.

    O presidente americano, Donald Trump, opôs-se, nesta sexta-feira (8), a uma supressão total das tarifas aduaneiras impostas pelos Estados Unidos, desde março de 2018, a bens chineses da ordem de bilhões de dólares.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 46/56   Vigília por Lula tem adesão até de policiais federais à espera de soltura de petista
    WORLD TOPIC NEWS

    CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - O clima no entorno do prédio da Polícia Federal, em Curitiba, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está preso desde o ano passado, foi de tranquilidade na manhã desta sexta-feira (8). A partir da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), na quinta (7), o petista pode ser solto ainda nesta sexta.  Com intervalos de silêncio, manifestações e cantoria, cerca de 100 pessoas aguardam na vigília montada em frente ao prédio em abril do ano passado, quando o político foi preso. A expectativa, segundo os coordenadores, é que pelo menos 500 militantes se reúnam no espaço no período da tarde, somados por caravanas do interior do estado. Já no final da manhã, caminhões com estruturas de palco estacionavam em frente ao local. Alguns dos manifestantes, com bandeiras e batuques, desembarcaram diretamente no prédio da Justiça Federal, onde o advogado de Lula, Cristiano Zanin, pretende despachar o pedido de soltura do ex-presidente com a juíza Carolina Lebbos, responsável pelo processo, no começo da tarde. A orientação para os manifestantes de outros estados é seguir para São Bernardo do Campos (SP), na casa do ex-presidente, para onde ele deve ir caso seja solto. A militância entoou o tradicional "bom dia" ao político às 9h. Perto das 10h, Zanin chegou ao prédio da PF. Um manifestante perguntou, gritando, ao defensor se o político "sai hoje". Zanin acenou positivamente. Já na saída, o defensor disse que Lula está "sereno", à espera da decisão. Dois policiais federais à paisana, que disseram trabalhar na Superintendência onde o político está preso, compraram camisetas com a estampa de Lula na pequena feira montada dentro da vigília. "Pode ser o último dia, aproveitei para comprar. Não é todo mundo que apoia o governo", justificou o escrivão Farley Dias, 43. A família Souza, de Navegantes (SC), planejou a primeira visita à vigília antes mesmo do resultado do julgamento do STF que definiu que só o trânsito em julgado de sentenças condenatórias pode fazer com que réus sejam presos.  "[Depois da decisão] foi um caminho com mais felicidade para cá", resumiu a artesã Valéria Severino de Souza. "A esperança é ver hoje ele sair daí, mas a gente sabe que não vai ser tão fácil, vai ser mais uma luta", completou o marido, Jadir. O casal comprou camisetas com a estampa do ex-presidente para o filho, Paulo Henrique, deficiente mental. Ele não consegue permanecer por muito tempo na cadeira de rodas, por isso, a família pretende retornar à Santa Catarina ainda hoje. "Lula é a esperança que a gente tem de futuro melhor para o brasileiro. Por mais que falem dele, tudo que ele fez pelo povo é muito maior do que as acusações", afirmou a mãe. "Hoje eu tô louca, rindo e chorando", definiu a índia pataxó Maria Flor Guerreira, na vigília por Lula desde o terceiro dia da prisão do político. Mesmo se ele deixar Curitiba, ela conta que não deve voltar para casa tão cedo. A indígena pretende seguir com o ex-presidente em caravana pelo país, plano já revelado por Lula para quando sair da cadeia. "Tudo que a gente fizer ainda é pouco diante de todo desmonte do país, diante de tanto sacrifício que o Lula faz pelo povo, tenho dever de tentar colaborar", afirma. A passos lentos, com a ajuda de andador, a professora aposentada Juçá Vieira também caminha pela vigília entre os já conhecidos colegas. "Ele [Lula] valorizou as pessoas, deu oportunidade, apoiou", diz a idosa, que nas primeiras semanas com o ex-presidente preso, esteve na vigília de cadeira de rodas. A professora atuou em escolas rurais durante 12 anos e se orgulha de fazer parte da história do MST, um dos movimentos sociais que apoiam o ex-presidente. "É gente que se sente capaz, com coragem de lutar por aqueles que não tem voz", opina sobre o movimento.

    CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - O clima no entorno do prédio da Polícia Federal, em Curitiba, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está preso desde o ano passado, foi de tranquilidade na manhã desta sexta-feira (8). A partir da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), na quinta (7), o petista pode ser solto ainda nesta sexta.  Com intervalos de silêncio, manifestações e cantoria, cerca de 100 pessoas aguardam na vigília montada em frente ao prédio em abril do ano passado, quando o político foi preso. A expectativa, segundo os coordenadores, é que pelo menos 500 militantes se reúnam no espaço no período da tarde, somados por caravanas do interior do estado. Já no final da manhã, caminhões com estruturas de palco estacionavam em frente ao local. Alguns dos manifestantes, com bandeiras e batuques, desembarcaram diretamente no prédio da Justiça Federal, onde o advogado de Lula, Cristiano Zanin, pretende despachar o pedido de soltura do ex-presidente com a juíza Carolina Lebbos, responsável pelo processo, no começo da tarde. A orientação para os manifestantes de outros estados é seguir para São Bernardo do Campos (SP), na casa do ex-presidente, para onde ele deve ir caso seja solto. A militância entoou o tradicional "bom dia" ao político às 9h. Perto das 10h, Zanin chegou ao prédio da PF. Um manifestante perguntou, gritando, ao defensor se o político "sai hoje". Zanin acenou positivamente. Já na saída, o defensor disse que Lula está "sereno", à espera da decisão. Dois policiais federais à paisana, que disseram trabalhar na Superintendência onde o político está preso, compraram camisetas com a estampa de Lula na pequena feira montada dentro da vigília. "Pode ser o último dia, aproveitei para comprar. Não é todo mundo que apoia o governo", justificou o escrivão Farley Dias, 43. A família Souza, de Navegantes (SC), planejou a primeira visita à vigília antes mesmo do resultado do julgamento do STF que definiu que só o trânsito em julgado de sentenças condenatórias pode fazer com que réus sejam presos.  "[Depois da decisão] foi um caminho com mais felicidade para cá", resumiu a artesã Valéria Severino de Souza. "A esperança é ver hoje ele sair daí, mas a gente sabe que não vai ser tão fácil, vai ser mais uma luta", completou o marido, Jadir. O casal comprou camisetas com a estampa do ex-presidente para o filho, Paulo Henrique, deficiente mental. Ele não consegue permanecer por muito tempo na cadeira de rodas, por isso, a família pretende retornar à Santa Catarina ainda hoje. "Lula é a esperança que a gente tem de futuro melhor para o brasileiro. Por mais que falem dele, tudo que ele fez pelo povo é muito maior do que as acusações", afirmou a mãe. "Hoje eu tô louca, rindo e chorando", definiu a índia pataxó Maria Flor Guerreira, na vigília por Lula desde o terceiro dia da prisão do político. Mesmo se ele deixar Curitiba, ela conta que não deve voltar para casa tão cedo. A indígena pretende seguir com o ex-presidente em caravana pelo país, plano já revelado por Lula para quando sair da cadeia. "Tudo que a gente fizer ainda é pouco diante de todo desmonte do país, diante de tanto sacrifício que o Lula faz pelo povo, tenho dever de tentar colaborar", afirma. A passos lentos, com a ajuda de andador, a professora aposentada Juçá Vieira também caminha pela vigília entre os já conhecidos colegas. "Ele [Lula] valorizou as pessoas, deu oportunidade, apoiou", diz a idosa, que nas primeiras semanas com o ex-presidente preso, esteve na vigília de cadeira de rodas. A professora atuou em escolas rurais durante 12 anos e se orgulha de fazer parte da história do MST, um dos movimentos sociais que apoiam o ex-presidente. "É gente que se sente capaz, com coragem de lutar por aqueles que não tem voz", opina sobre o movimento.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 47/56   Brainard, do Fed, diz que mudanças climáticas apresentam riscos 'profundos'
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Mas sua palestra, a primeira nos cinco anos de seu mandato que menciona oassunto, sugere que ela e seus colegas estão levando os riscos e custos doaquecimento global cada vez mais a sério."O Congresso atribuiu ao Federal Reserve responsabilidades específicas sobre apolítica monetária, estabilidade financeira, regulamentação e supervisãofinanceira, assuntos da comunidade e do consumidor e pagamentos", afirmouBrainard em declarações preparadas.

    Mas sua palestra, a primeira nos cinco anos de seu mandato que menciona oassunto, sugere que ela e seus colegas estão levando os riscos e custos doaquecimento global cada vez mais a sério."O Congresso atribuiu ao Federal Reserve responsabilidades específicas sobre apolítica monetária, estabilidade financeira, regulamentação e supervisãofinanceira, assuntos da comunidade e do consumidor e pagamentos", afirmouBrainard em declarações preparadas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 48/56   Governo estuda extinguir seguro obrigatório DPVAT em 2020, dizem fontes
    BUSINESS TOPIC NEWS

    BRASÍLIA (Reuters) - O governo federal estuda a extinção do seguro obrigatórioDPVAT, que indeniza vítimas de acidentes de trânsito, o que poderia valer jápara o próximo ano, segundo duas fontes da equipe econômica ouvidas pelaReuters.A Superintendência de Seguros Privados (Susep), inclusive, já enviou umaproposta para o Ministério da Economia sobre o assunto.

    BRASÍLIA (Reuters) - O governo federal estuda a extinção do seguro obrigatórioDPVAT, que indeniza vítimas de acidentes de trânsito, o que poderia valer jápara o próximo ano, segundo duas fontes da equipe econômica ouvidas pelaReuters.A Superintendência de Seguros Privados (Susep), inclusive, já enviou umaproposta para o Ministério da Economia sobre o assunto.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 49/56   Trump diz que não concordou em reverter tarifas sobre a China
    BUSINESS TOPIC NEWS

    WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmounesta sexta-feira a repórteres que não concordou em reverter as tarifas sobrea China, mas que Pequim gostaria que ele fizesse isso.Autoridades de ambos os países disseram na quinta-feira que a China e os EUAconcordaram em retirar as tarifas sobre os produtos um do outro na "fase 1" doacordo comercial, se ele for finalizado.

    WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmounesta sexta-feira a repórteres que não concordou em reverter as tarifas sobrea China, mas que Pequim gostaria que ele fizesse isso.Autoridades de ambos os países disseram na quinta-feira que a China e os EUAconcordaram em retirar as tarifas sobre os produtos um do outro na "fase 1" doacordo comercial, se ele for finalizado.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 50/56   Irã derruba drone 'não identificado' perto da costa do Golfo
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O Exército iraniano derrubou nesta sexta-feira (8) um drone "não identificado" na região de Bandar-é Mahchahr, um porto do sudoeste do Irã, na costa do Golfo - informou a agência de notícias iraniana Isna.

    O Exército iraniano derrubou nesta sexta-feira (8) um drone "não identificado" na região de Bandar-é Mahchahr, um porto do sudoeste do Irã, na costa do Golfo - informou a agência de notícias iraniana Isna.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 51/56   Juros na ponta não caíram como o desejado pelo BC em 90% da massa de crédito, diz Campos Neto
    BUSINESS TOPIC NEWS

    SÃO PAULO (Reuters) - Os juros na ponta não caíram como o desejado pelo BancoCentral em 90% da massa de crédito, avaliou nesta sexta-feira o presidente daautoridade monetária, Roberto Campos Neto, em evento organizado pela Embaixadada Itália em São Paulo.Campos Neto voltou a dizer que, para que isso ocorra, é preciso que o paísresolva o problema de informação assimétrica.

    SÃO PAULO (Reuters) - Os juros na ponta não caíram como o desejado pelo BancoCentral em 90% da massa de crédito, avaliou nesta sexta-feira o presidente daautoridade monetária, Roberto Campos Neto, em evento organizado pela Embaixadada Itália em São Paulo.Campos Neto voltou a dizer que, para que isso ocorra, é preciso que o paísresolva o problema de informação assimétrica.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 52/56   Casa Branca diz que tarifas podem ser removidas se acordo comercial EUA-China for alcançado
    BUSINESS TOPIC NEWS

    WASHINGTON (Reuters) - As tarifas podem ser retiradas em meio ao acordocomercial entre Estados Unidos e China caso um pacto seja alcançado, disse umaporta-voz da Casa Branca nesta sexta-feira, citando otimismo em relação a umacordo final mas sem dar mais detalhes."Estamos muito otimistas em relação a algum tipo de acordo, e imagino que, sechegarmos a um acordo, algumas tarifas poderão ser retiradas", disse StephanieGrisham, porta-voz da Casa Branca, em entrevista à Fox Business Networks,acrescentando que não quer se precipitar às negociações.

    WASHINGTON (Reuters) - As tarifas podem ser retiradas em meio ao acordocomercial entre Estados Unidos e China caso um pacto seja alcançado, disse umaporta-voz da Casa Branca nesta sexta-feira, citando otimismo em relação a umacordo final mas sem dar mais detalhes."Estamos muito otimistas em relação a algum tipo de acordo, e imagino que, sechegarmos a um acordo, algumas tarifas poderão ser retiradas", disse StephanieGrisham, porta-voz da Casa Branca, em entrevista à Fox Business Networks,acrescentando que não quer se precipitar às negociações.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 53/56   Riqueza de bilionários cai pela primeira vez desde 2015
    BUSINESS TOPIC NEWS

    ZURIQUE (Reuters) - As pessoas mais ricas do mundo se tornaram um pouco menosabastadas no ano passado, de acordo com um relatório da UBS  e da PwC,uma vez que tumultos geopolíticos e a volatilidade dos mercados de açõesreduziram a riqueza dos bilionários pela primeira vez desde 2015.

    ZURIQUE (Reuters) - As pessoas mais ricas do mundo se tornaram um pouco menosabastadas no ano passado, de acordo com um relatório da UBS e da PwC,uma vez que tumultos geopolíticos e a volatilidade dos mercados de açõesreduziram a riqueza dos bilionários pela primeira vez desde 2015.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 54/56   Ação da BRF recua 3% após balanço trimestral com Ebitda ajudado por ganho tributário
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Às 10:47, os papéis caíam 3,2%, a 34,81 reais, entre as maiores quedas doIbovespa, que se desvalorizava 1,2%.A BRF realiza neste momento teleconferência sobre o resultado.

    Às 10:47, os papéis caíam 3,2%, a 34,81 reais, entre as maiores quedas doIbovespa, que se desvalorizava 1,2%.A BRF realiza neste momento teleconferência sobre o resultado.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 55/56   Comissão Europeia não acredita que Trump vai impor novas tarifas a carros da UE
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, está convencido de que o governo dos Estados Unidos não vai impor novas tarifas aos automóveis que importa da Europa.

    O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, está convencido de que o governo dos Estados Unidos não vai impor novas tarifas aos automóveis que importa da Europa.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 56/56   Fotógrafo da AFP recebe prêmio por imagem de imigrantes hondurenhos
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O prêmio de jornalismo de Varenne, concedido anualmente na França, distinguiu o fotógrafo mexicano Guillermo Arias, da AFP, em uma de suas categorias por uma imagem de imigrantes hondurenhos.

    O prêmio de jornalismo de Varenne, concedido anualmente na França, distinguiu o fotógrafo mexicano Guillermo Arias, da AFP, em uma de suas categorias por uma imagem de imigrantes hondurenhos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.

 
 


       

A Síntese de Voz
A Microsoft SAPI 5 objeto ActiveX é necessária.
Na opção de segurança do seu navegador, você não deve desabilitar a inicialização de controles ActiveX não assinados.
Você pode instalar e utilizar qualquer Inglês voz compatível com SAPI 5.
(tais como o discurso componente da Microsoft).
Não Voz Título Título e Documento
Voz e Audio Output



Velocidade

 

 
Volume

 

 

Velocidade Slideshow (Quick para Lento)
Zero Um Dois Três Quatro Cinco
Blog e RSS Feed URLs
http://moblog.whmsoft.net/pt
http://moblog.whmsoft.net/pt/?feed=rss2

Subscribe to Notícias Fotos Slideshows by Email
Subscrite para o RSS feed com Google Subscrite para o RSS feed com Yahoo! Subscrite para o RSS feed com AOL Subscrite para o RSS feed com Bloglines
Subscrite para o RSS feed com Netvibes Subscrite para o RSS feed com Newsgator Subscrite para o RSS feed com Pageflakes Subscrite para o RSS feed com Rojo

Slideshows - Fotos Noticias - Desde Yahoo! Noticias
Esporte



Encontros

Comentar