Pesquisas Locais - Offerte
Endereços - Horários - Comentários
Informações Sobre o Tempo
Produtos Quentes

Noticias Fotos Slideshows
Celebridades, People, Sports, High Tech, vlrPhone
   

HOWTO - Respostas Ilustrado
 
Libertar a Animação VR / AR
Jogar para revelar imagens 3D e modelos 3D!
Demonstração A-Frame / Multiplayer
Android app on Google Play
 
vlrPhone / vlrFilter
Softphones projeto com baixo consumo de energia, velocidade e radiação / Filtro Multifuncional de Audio com Controle Remoto!



 

Noticias Slideshows (10/11/2019 19 horas)


  • 1/56   Noticias Fotos Slideshows
    PEOPLE TOPIC NEWS

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.


    Revista de Imprensa


    Liverpool   Fabinho   Anfield   Arnold   Walker   Firmino   Manchester City   Letícia Sabatella   Taison   Fernandinho   Aguero   Jô Soares   Rashford   True Damage   diego costa   George Sauma   bom enem   Henderson   De Bruyne   Sadio Mané   evo morales   Joalin   Trent   Leda Nagle   Doinb   Gundogan   Crisp   Angelino   Regra de 3   Ekko   
  • 2/56   Segundo dia de provas do Enem 2019 terá meia hora a menos

    O segundo dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ocorre neste domingo (10) à tarde, em todo o país, quando estudantes farão provas de ciências da natureza e matemática. O exame será aplicado em 10.133 locais de 1.727 municípios brasileiros.As regras do Enem  para o segundo dia de exame são as mesmas da primeira avaliação realizada no último domingo (3). Os portões abrirão às 12h e fecharão às 13h, no horário de Brasília. A duração do exame, no entanto, será menor em 30 minutos em relação ao primeiro dia de provas. Os participantes terão 5 horas para resolver as questões. A prova termina às 18h30. O Ministério da Educação (MEC) divulgou a lista dos horários locais do Enem, de acordo com os diferentes fuso-horários brasileiros.O local de prova de cada candidato está disponível no Cartão de Confirmação da Inscrição, que pode ser acessado na Página do Participante e pelo aplicativo do Enem, que pode ser baixado nas plataformas Apple Store e Google Play. Obrigatório no dia da provaPara fazer o exame, é obrigatório apresentar um documento oficial de identificação original e com foto. A lista dos documentos aceitos no Enem está disponível na internet.  Além disso, é preciso ter uma caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente. Se a prova for respondida com qualquer caneta que não atenda essas especificações, o candidato será eliminado. Enem 2019 - Foto: Arte EBCAqueles que precisam comprovar que fizeram a prova para justificar falta no trabalho, por exemplo, devem imprimir e levar a Declaração de Comparecimento para ser entregue ao aplicador na sala do exame. Esse documento é personalizado e está disponível também na Página do Participante. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não fornecerá comprovantes após as provas. É aconselhável, ainda, imprimir e levar o Cartão de Confirmação da Inscrição.Neste ano há uma novidade. O celular ou outro equipamento eletrônico que tocar ou emitir algum som durante a prova, mesmo estando dentro do envelope lacrado, levará à eliminação do candidato. A recomendação é que as baterias dos celulares sejam retiradas, pois alguns aparelhos tocam o alarme mesmo estando desligados.Primeiro dia de exameNo primeiro dia de exame, no último domingo (3), os participantes fizeram as provas de linguagens, ciências humanas e redação. De acordo com o Inep, 3,9 milhões de participantes fizeram as provas. Ao todo, 376 candidatos foram eliminados por desrespeitar as regras do exame.Quem não compareceu ao primeiro dia de prova pode fazer o exame neste domingo (10) , mas o resultado do Enem servirá apenas para autoavaliação.Cuidado com fake newsPara não ser enganado por notícias falsas, as chamadas fake news, a orientação do Inep é buscar as fontes oficiais para tirar dúvidas sobre o Enem e receber orientações. Todo o conteúdo oficial sobre o Enem 2019 é identificado com as logomarcas do Inep e do Ministério da Educação (MEC).As páginas do Inep e do MEC  na internet e em suas redes sociais estão veiculando várias campanhas sobre o Enem, com orientações sobre documentos válidos, horários, itens permitidos, obrigatórios e proibidos, além de dicas para não zerar a redação. No YouTube do Inep há ainda vídeos de orientação sobre a aplicação e o que antecede as provas.

    O segundo dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ocorre neste domingo (10) à tarde, em todo o país, quando estudantes farão provas de ciências da natureza e matemática. O exame será aplicado em 10.133 locais de 1.727 municípios brasileiros.As regras do Enem  para o segundo dia de exame são as mesmas da primeira avaliação realizada no último domingo (3). Os portões abrirão às 12h e fecharão às 13h, no horário de Brasília. A duração do exame, no entanto, será menor em 30 minutos em relação ao primeiro dia de provas. Os participantes terão 5 horas para resolver as questões. A prova termina às 18h30. O Ministério da Educação (MEC) divulgou a lista dos horários locais do Enem, de acordo com os diferentes fuso-horários brasileiros.O local de prova de cada candidato está disponível no Cartão de Confirmação da Inscrição, que pode ser acessado na Página do Participante e pelo aplicativo do Enem, que pode ser baixado nas plataformas Apple Store e Google Play. Obrigatório no dia da provaPara fazer o exame, é obrigatório apresentar um documento oficial de identificação original e com foto. A lista dos documentos aceitos no Enem está disponível na internet.  Além disso, é preciso ter uma caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente. Se a prova for respondida com qualquer caneta que não atenda essas especificações, o candidato será eliminado. Enem 2019 - Foto: Arte EBCAqueles que precisam comprovar que fizeram a prova para justificar falta no trabalho, por exemplo, devem imprimir e levar a Declaração de Comparecimento para ser entregue ao aplicador na sala do exame. Esse documento é personalizado e está disponível também na Página do Participante. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não fornecerá comprovantes após as provas. É aconselhável, ainda, imprimir e levar o Cartão de Confirmação da Inscrição.Neste ano há uma novidade. O celular ou outro equipamento eletrônico que tocar ou emitir algum som durante a prova, mesmo estando dentro do envelope lacrado, levará à eliminação do candidato. A recomendação é que as baterias dos celulares sejam retiradas, pois alguns aparelhos tocam o alarme mesmo estando desligados.Primeiro dia de exameNo primeiro dia de exame, no último domingo (3), os participantes fizeram as provas de linguagens, ciências humanas e redação. De acordo com o Inep, 3,9 milhões de participantes fizeram as provas. Ao todo, 376 candidatos foram eliminados por desrespeitar as regras do exame.Quem não compareceu ao primeiro dia de prova pode fazer o exame neste domingo (10) , mas o resultado do Enem servirá apenas para autoavaliação.Cuidado com fake newsPara não ser enganado por notícias falsas, as chamadas fake news, a orientação do Inep é buscar as fontes oficiais para tirar dúvidas sobre o Enem e receber orientações. Todo o conteúdo oficial sobre o Enem 2019 é identificado com as logomarcas do Inep e do Ministério da Educação (MEC).As páginas do Inep e do MEC  na internet e em suas redes sociais estão veiculando várias campanhas sobre o Enem, com orientações sobre documentos válidos, horários, itens permitidos, obrigatórios e proibidos, além de dicas para não zerar a redação. No YouTube do Inep há ainda vídeos de orientação sobre a aplicação e o que antecede as provas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 3/56   Novos gadgets ficam discretos para virarem rotina do público

    NOVA YORK, EUA (FOLHAPRESS) - Faltou um item no evento anual de lançamento de produtos do Google, em outubro, em Nova York. Havia celular, tablet, notebook, alto-falante inteligente. Mas nenhum relógio foi mostrado. A resposta para essa ausência veio duas semanas depois: a empresa anunciou, no início de novembro. a compra da Fitbit --que começou fabricando pulseiras para monitorar exercícios e depois passou a fazer também relógios inteligentes-- por US$ 2,1 bilhões. O movimento é mais um sinal de como os grandes fabricantes de tecnologia trabalham para tornar a tecnologia ainda mais onipresente e, ao mesmo tempo, discreta. Apostam nos itens vestíveis e em aparelhos domésticos de voz. "Os smartwatches são caros e não são tão bons, mas não dou cinco anos para que haja uma explosão deles", projeta Luciano Soares, coordenador do laboratório de Realidade Virtual do Insper. "Ainda há pouca concorrência, mas quando os chineses entrarem para valer, o mercado mudará". Há novidades em fones sem fio, como o do Apple, que promete sensação de ter nada na orelha e bateria para até 4 horas e meia de uso contínuo. O Google deve lançar em 2020 o Pixel Buds, capaz de funcionar com o celular à distância, como em outro cômodo da casa ou no armário da academia. Os dois vêm com tecnologia para assistentes de voz, que permitem buscas na internet, mudar a música e fazer chamadas sem tocar em botões. Alto-falantes inteligentes para uso doméstico começam a chegar ao Brasil. A Amazon trouxe seus aparelhos Echo. O Nest, do Google, também está a caminho. O anúncio será feito nesta segunda-feira (11). Eles podem ser conectados a tomadas e lâmpadas, para ligar e desligar aparelhos via coman- dos de voz. Têm design discreto e cores sóbrias, como se quises- sem fazer de conta que não estão ali. Seguem o caminho das TVs, que trazem bordas e profundidade cada vez menores. "Ainda há uma questão de status nos aparelhos que as pessoas carregam fora de casa, mas nos lugares onde permanecemos, não há tanto essa preocupação", avalia Pollyana Notargiacomo, especialista em tecnologia do Mackenzie. A expectativa é que os sistemas passem a conhecer de forma minuciosa a rotina dos usuários e, com inteligência artificial, detectar padrões, como notar que toda terça, perto das 20h, seu dono costuma sentar na poltrona para ler. Por que, então, não acender o abajur pouco antes disso? "O aparelho é capaz de 'entender' as tarefas mais comuns pedidas e de processá-las sem depender da internet, o que acelera as respostas", diz Matt Vokoun, diretor de gerenciamento de produtos no Google. Ele diz que os dados jamais serão usados para publicidade. A Apple também aposta no machine learning: seu chip mais moderno para iPhones, o A13, tem um núcleo dedicado a isso, usado para melhorar o processamento de linguagem, para deixá-la mais natural, no reconhecimento de imagens e vídeos e na animação de personagens e de elementos de realidade virtual. Alto-falantes, fones e relógios são esforços para convencer o público a desejar coisas novas, já que as vendas de celulares estão caindo. As vendas de iPhone caíram 9% no terceiro trimestre, por exemplo. Para ampliar seus ganhos, grandes fabricantes de hardware criam novos canais de conteúdo. O pacote Amazon Prime junta música, livros, filmes e séries. A Apple lançou uma plataforma de programas (+TV) e outra de jogos (Arcade), e o Google lança um pacote de games (Stadia), todos pagos via assinatura.t Vokoun, diretor de gerenciamento de produtos no Google. Ele diz que os dados jamais serão usados para publicidade. A Apple também aposta no machine learning: seu chip mais moderno para iPhones, o A13, tem um núcleo dedicado a isso, usado para melhorar o processamento de linguagem, para deixá-la mais natural, no reconhecimento de imagens e vídeos e na animação de personagens e de elementos de realidade virtual. Alto-falantes, fones e relógios são esforços para convencer o público a desejar coisas novas, já que as vendas de celulares estão caindo. As vendas de iPhone caíram 9% no terceiro trimestre, por exemplo. Para ampliar seus ganhos, grandes fabricantes de hardware criam novos canais de conteúdo. O pacote Amazon Prime junta música, livros, filmes e séries. A Apple lançou uma plataforma de programas (+TV) e outra de jogos (Arcade), e o Google lança um pacote de games (Stadia), todos pagos via assinatura.

    NOVA YORK, EUA (FOLHAPRESS) - Faltou um item no evento anual de lançamento de produtos do Google, em outubro, em Nova York. Havia celular, tablet, notebook, alto-falante inteligente. Mas nenhum relógio foi mostrado. A resposta para essa ausência veio duas semanas depois: a empresa anunciou, no início de novembro. a compra da Fitbit --que começou fabricando pulseiras para monitorar exercícios e depois passou a fazer também relógios inteligentes-- por US$ 2,1 bilhões. O movimento é mais um sinal de como os grandes fabricantes de tecnologia trabalham para tornar a tecnologia ainda mais onipresente e, ao mesmo tempo, discreta. Apostam nos itens vestíveis e em aparelhos domésticos de voz. "Os smartwatches são caros e não são tão bons, mas não dou cinco anos para que haja uma explosão deles", projeta Luciano Soares, coordenador do laboratório de Realidade Virtual do Insper. "Ainda há pouca concorrência, mas quando os chineses entrarem para valer, o mercado mudará". Há novidades em fones sem fio, como o do Apple, que promete sensação de ter nada na orelha e bateria para até 4 horas e meia de uso contínuo. O Google deve lançar em 2020 o Pixel Buds, capaz de funcionar com o celular à distância, como em outro cômodo da casa ou no armário da academia. Os dois vêm com tecnologia para assistentes de voz, que permitem buscas na internet, mudar a música e fazer chamadas sem tocar em botões. Alto-falantes inteligentes para uso doméstico começam a chegar ao Brasil. A Amazon trouxe seus aparelhos Echo. O Nest, do Google, também está a caminho. O anúncio será feito nesta segunda-feira (11). Eles podem ser conectados a tomadas e lâmpadas, para ligar e desligar aparelhos via coman- dos de voz. Têm design discreto e cores sóbrias, como se quises- sem fazer de conta que não estão ali. Seguem o caminho das TVs, que trazem bordas e profundidade cada vez menores. "Ainda há uma questão de status nos aparelhos que as pessoas carregam fora de casa, mas nos lugares onde permanecemos, não há tanto essa preocupação", avalia Pollyana Notargiacomo, especialista em tecnologia do Mackenzie. A expectativa é que os sistemas passem a conhecer de forma minuciosa a rotina dos usuários e, com inteligência artificial, detectar padrões, como notar que toda terça, perto das 20h, seu dono costuma sentar na poltrona para ler. Por que, então, não acender o abajur pouco antes disso? "O aparelho é capaz de 'entender' as tarefas mais comuns pedidas e de processá-las sem depender da internet, o que acelera as respostas", diz Matt Vokoun, diretor de gerenciamento de produtos no Google. Ele diz que os dados jamais serão usados para publicidade. A Apple também aposta no machine learning: seu chip mais moderno para iPhones, o A13, tem um núcleo dedicado a isso, usado para melhorar o processamento de linguagem, para deixá-la mais natural, no reconhecimento de imagens e vídeos e na animação de personagens e de elementos de realidade virtual. Alto-falantes, fones e relógios são esforços para convencer o público a desejar coisas novas, já que as vendas de celulares estão caindo. As vendas de iPhone caíram 9% no terceiro trimestre, por exemplo. Para ampliar seus ganhos, grandes fabricantes de hardware criam novos canais de conteúdo. O pacote Amazon Prime junta música, livros, filmes e séries. A Apple lançou uma plataforma de programas (+TV) e outra de jogos (Arcade), e o Google lança um pacote de games (Stadia), todos pagos via assinatura.t Vokoun, diretor de gerenciamento de produtos no Google. Ele diz que os dados jamais serão usados para publicidade. A Apple também aposta no machine learning: seu chip mais moderno para iPhones, o A13, tem um núcleo dedicado a isso, usado para melhorar o processamento de linguagem, para deixá-la mais natural, no reconhecimento de imagens e vídeos e na animação de personagens e de elementos de realidade virtual. Alto-falantes, fones e relógios são esforços para convencer o público a desejar coisas novas, já que as vendas de celulares estão caindo. As vendas de iPhone caíram 9% no terceiro trimestre, por exemplo. Para ampliar seus ganhos, grandes fabricantes de hardware criam novos canais de conteúdo. O pacote Amazon Prime junta música, livros, filmes e séries. A Apple lançou uma plataforma de programas (+TV) e outra de jogos (Arcade), e o Google lança um pacote de games (Stadia), todos pagos via assinatura.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 4/56   Apple libera cinco novos jogos de aventura e quebra-cabeças para o Arcade

    O catálogo de jogos do Apple Arcade está aumentando. Nesta sexta-feira (8), a companhia anunciou o lançamento de cinco novos games exclusivos para a plataforma: UFO on Tape: First Contact, Sociable Soccer, Discolored, Marble It Up: Mayhem e Guildlings

    O catálogo de jogos do Apple Arcade está aumentando. Nesta sexta-feira (8), a companhia anunciou o lançamento de cinco novos games exclusivos para a plataforma: UFO on Tape: First Contact, Sociable Soccer, Discolored, Marble It Up: Mayhem e Guildlings


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 5/56   Jogos de guerra offine: confira uma lista com ótimas opções

    Existem diversas opções de jogos de guerra offline, com enredos que se dividem entre simulações de batalhas reais, velho oeste, apocalipse zumbi, entre outros. Gratuitos, eles podem ser baixados em smartphones Android e iOS

    Existem diversas opções de jogos de guerra offline, com enredos que se dividem entre simulações de batalhas reais, velho oeste, apocalipse zumbi, entre outros. Gratuitos, eles podem ser baixados em smartphones Android e iOS


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 6/56   Esqueça a Apple: estas são as empresas que realmente produzem o iPhone

    Estas são as empresas asiáticas que realmente colocam a mão na massa para produzir o iPhone e outros produtos da Apple

    Estas são as empresas asiáticas que realmente colocam a mão na massa para produzir o iPhone e outros produtos da Apple


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 7/56   Samsung cresce mais do que concorrentes no mercado de smartwatches

    Com crescimento de 73% em relação ao terceiro trimestre do ano passado, a Samsung ultrapassa a FitBit e se torna a segunda maior empresa mundial no mercado de smartwatches, mas a dominância deste mercado ainda é da Apple

    Com crescimento de 73% em relação ao terceiro trimestre do ano passado, a Samsung ultrapassa a FitBit e se torna a segunda maior empresa mundial no mercado de smartwatches, mas a dominância deste mercado ainda é da Apple


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 8/56   Vídeo compara design e recursos do iPhone original com o iPhone 11

    Modelo que lançou a Apple no mercado de smartphones foi originalmente lançado em 2007, com uma configuração inovadora para a época, mas insustentável nos dias atuais. iPhone 11 já conta com três versões e está disponível para compra no Brasil desde o fim de outubro

    Modelo que lançou a Apple no mercado de smartphones foi originalmente lançado em 2007, com uma configuração inovadora para a época, mas insustentável nos dias atuais. iPhone 11 já conta com três versões e está disponível para compra no Brasil desde o fim de outubro


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 9/56   Especialista descobre que macOS armazena mensagens de e-mail sem criptografia

    Uma vulnerabilidade no sistema de sugestões da Siri faz com que o macOS armazene um arquivo onde mensagens do Apple Mail, que deveriam ser criptografadas, possam ser lidas sem qualquer tipo de proteção

    Uma vulnerabilidade no sistema de sugestões da Siri faz com que o macOS armazene um arquivo onde mensagens do Apple Mail, que deveriam ser criptografadas, possam ser lidas sem qualquer tipo de proteção


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 10/56   Gboard permite busca de gifs e stickers usando somente emojis

    Ferramenta ainda está em fase beta para alguns usuários no Android. Com ele, uma nova aba aparece para sugestão somente usando emojis. Nova função pode ter substituído ideia da Google em busca por desenho feito a mão

    Ferramenta ainda está em fase beta para alguns usuários no Android. Com ele, uma nova aba aparece para sugestão somente usando emojis. Nova função pode ter substituído ideia da Google em busca por desenho feito a mão


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 11/56   Xiaomi Mi CC9 Pro bate iPhone 11 Pro Max em teste de câmera da DxOMark

    Avaliação do canal foi feita com foco no smartphone da Apple, mas mostrou que, no que tange à câmera, ele empata com o Galaxy S10 da Samsung, ficando atrás do P30 Pro da Huawei: todos eles, porém, perdem para o mais recente lançamento da Xiaomi

    Avaliação do canal foi feita com foco no smartphone da Apple, mas mostrou que, no que tange à câmera, ele empata com o Galaxy S10 da Samsung, ficando atrás do P30 Pro da Huawei: todos eles, porém, perdem para o mais recente lançamento da Xiaomi


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 12/56   A Siri está bugada sem o horário de verão; saiba como corrigir

    Assistente de voz do iPhone e iPad apresenta problemas para configurar alarmes a partir de comandos de voz para usuários em regiões onde os relógios deveriam ter sido adiantados. Apple não comentou sobre uma possível correção

    Assistente de voz do iPhone e iPad apresenta problemas para configurar alarmes a partir de comandos de voz para usuários em regiões onde os relógios deveriam ter sido adiantados. Apple não comentou sobre uma possível correção


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 13/56   Apostas lotéricas ficam mais caras a partir de domingo

    A partir deste domingo (10), os preços das apostas de oito modalidades lotéricas ficarão mais caros. Segundo a Caixa Econômica Federal, o reajuste será feito, após quatro anos sem elevação dos preços.Os novos valores foram autorizados pela Portaria nº 8.061 do Ministério da Economia, publicada no Diário Oficial da União no último dia 31 de outubro. O reajuste valerá para os sorteios que serão realizados a partir de segunda-feira (11). Os novos preços serão os mesmos em todos os canais de apostas, conforme tabela:Modalidade Lotérica Preço Anterior Novo Preço Nº do Concurso Data do Sorteio  Mega-Sena R$ 3,50 R$ 4,50 2207 13/11/2019  Lotofacil R$ 2,00 R$ 2,50 1889 11/11/2019  Quina R$ 1,50 R$ 2,00  5119 11/11/2019  Lotomania R$ 1,50 R$ 2,50  2021 12/11/2019  Dupla Sena R$ 2,00 R$ 2,50  2010 12/11/2019  Timemania R$ 2,00 R$ 3,00  1.405 12/11/2019  Loteca R$ 2,00 R$ 3,00 877 18/11/2019  Lotogol R$ 1,00 R$ 1,50  -  -    Segundo a Caixa, as mudanças contribuirão para o aumento dos prêmios ofertados aos apostadores. “Também será incrementado o repasse social de recursos às áreas definidas na lei, como Educação, Esporte, Segurança, Seguridade, Cultura e Saúde, entre outras”, diz o banco.Em virtude do ajuste dos preços, a captação das apostas para os concursos posteriores ao sábado (9) será iniciada a partir da 00h01 do dia 10 de novembro.MODALIDADECONCURSODATA DO SORTEIOINÍCIO DA CAPTAÇÃO DE APOSTAS    MEGA-SENA220713/11/201910/11/2019    LOTOFÁCIL188911/11/201910/11/2019    QUINA511911/11/201910/11/2019    LOTOMANIA202112/11/201910/11/2019    DUPLA SENA201012/11/201910/11/2019    TIMEMANIA140512/11/201910/11/2019    LOTECA87718/11/201910/11/2019    MEGA DA VIRADA222031/12/201911/11/2019     Como apostarAs apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer lotérica do país e também no portal Loterias Online. Clientes com acesso ao Internet Banking Caixa podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. Para isso, é preciso ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. As apostas pelo Internet Banking podem ser feitas das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.Para jogar pela internet, no Portal Loterias Online, o apostador precisa ser maior de 18 anos e efetuar um pequeno cadastro. O cliente escolhe seus palpites, insere no carrinho e paga todas as suas apostas de uma só vez, utilizando o cartão de crédito. O valor mínimo da compra no Portal (que pode conter apostas de todas as modalidades disponíveis no site) é de R$ 30,00 e máximo de R$ 500,00 por dia. Também pelo portal, os apostadores podem optar pelos combos de apostas, que podem ser de apenas uma modalidade ou de várias modalidades. Na seleção do combo, o cliente pode escolher entre visualizar os números selecionados em cada aposta ou o formato “Surpresinha”, no qual o sistema escolhe aleatoriamente os números da aposta.Para usuários da plataforma iOS, já está disponível na Apple Store o aplicativo Loterias Caixa. As modalidades que estão disponíveis para apostas são: Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Dia de Sorte. As apostas podem ser feitas todos os dias e a qualquer hora, durante o período de captação de cada concurso. Em breve, diz a Caixa, ficará disponível o aplicativo na loja Google Play. BolãoPara as modalidades Mega-Sena, Dia de Sorte, Lotofácil, Quina, Dupla Sena e Loteca, há a possibilidade de fazer bolão. Basta formar um grupo, escolher os números da aposta, marcar a quantidade de cotas e registrar em qualquer uma das lotéricas do país. Ao ser registrada no sistema, a aposta gera um recibo de cota para cada participante que, em caso de premiação, poderá resgatar a sua parte do prêmio individualmente.O apostador também pode adquirir cotas de bolões organizados pelas lotéricas. É preciso solicitar ao atendente a quantidade de cotas que deseja e guardar o recibo para conferir a aposta no dia do sorteio. Nesse caso, poderá pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da lotérica. Com o reajuste, as cotas mínimas e máximas dos bolões também serão adequadas, de acordo com cada modalidade.

    A partir deste domingo (10), os preços das apostas de oito modalidades lotéricas ficarão mais caros. Segundo a Caixa Econômica Federal, o reajuste será feito, após quatro anos sem elevação dos preços.Os novos valores foram autorizados pela Portaria nº 8.061 do Ministério da Economia, publicada no Diário Oficial da União no último dia 31 de outubro. O reajuste valerá para os sorteios que serão realizados a partir de segunda-feira (11). Os novos preços serão os mesmos em todos os canais de apostas, conforme tabela:Modalidade Lotérica Preço Anterior Novo Preço Nº do Concurso Data do Sorteio Mega-Sena R$ 3,50 R$ 4,50 2207 13/11/2019 Lotofacil R$ 2,00 R$ 2,50 1889 11/11/2019 Quina R$ 1,50 R$ 2,00  5119 11/11/2019 Lotomania R$ 1,50 R$ 2,50  2021 12/11/2019 Dupla Sena R$ 2,00 R$ 2,50  2010 12/11/2019 Timemania R$ 2,00 R$ 3,00  1.405 12/11/2019 Loteca R$ 2,00 R$ 3,00 877 18/11/2019 Lotogol R$ 1,00 R$ 1,50  -  - Segundo a Caixa, as mudanças contribuirão para o aumento dos prêmios ofertados aos apostadores. “Também será incrementado o repasse social de recursos às áreas definidas na lei, como Educação, Esporte, Segurança, Seguridade, Cultura e Saúde, entre outras”, diz o banco.Em virtude do ajuste dos preços, a captação das apostas para os concursos posteriores ao sábado (9) será iniciada a partir da 00h01 do dia 10 de novembro.MODALIDADECONCURSODATA DO SORTEIOINÍCIO DA CAPTAÇÃO DE APOSTAS MEGA-SENA220713/11/201910/11/2019 LOTOFÁCIL188911/11/201910/11/2019 QUINA511911/11/201910/11/2019 LOTOMANIA202112/11/201910/11/2019 DUPLA SENA201012/11/201910/11/2019 TIMEMANIA140512/11/201910/11/2019 LOTECA87718/11/201910/11/2019 MEGA DA VIRADA222031/12/201911/11/2019 Como apostarAs apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer lotérica do país e também no portal Loterias Online. Clientes com acesso ao Internet Banking Caixa podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. Para isso, é preciso ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. As apostas pelo Internet Banking podem ser feitas das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.Para jogar pela internet, no Portal Loterias Online, o apostador precisa ser maior de 18 anos e efetuar um pequeno cadastro. O cliente escolhe seus palpites, insere no carrinho e paga todas as suas apostas de uma só vez, utilizando o cartão de crédito. O valor mínimo da compra no Portal (que pode conter apostas de todas as modalidades disponíveis no site) é de R$ 30,00 e máximo de R$ 500,00 por dia. Também pelo portal, os apostadores podem optar pelos combos de apostas, que podem ser de apenas uma modalidade ou de várias modalidades. Na seleção do combo, o cliente pode escolher entre visualizar os números selecionados em cada aposta ou o formato “Surpresinha”, no qual o sistema escolhe aleatoriamente os números da aposta.Para usuários da plataforma iOS, já está disponível na Apple Store o aplicativo Loterias Caixa. As modalidades que estão disponíveis para apostas são: Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Dia de Sorte. As apostas podem ser feitas todos os dias e a qualquer hora, durante o período de captação de cada concurso. Em breve, diz a Caixa, ficará disponível o aplicativo na loja Google Play. BolãoPara as modalidades Mega-Sena, Dia de Sorte, Lotofácil, Quina, Dupla Sena e Loteca, há a possibilidade de fazer bolão. Basta formar um grupo, escolher os números da aposta, marcar a quantidade de cotas e registrar em qualquer uma das lotéricas do país. Ao ser registrada no sistema, a aposta gera um recibo de cota para cada participante que, em caso de premiação, poderá resgatar a sua parte do prêmio individualmente.O apostador também pode adquirir cotas de bolões organizados pelas lotéricas. É preciso solicitar ao atendente a quantidade de cotas que deseja e guardar o recibo para conferir a aposta no dia do sorteio. Nesse caso, poderá pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da lotérica. Com o reajuste, as cotas mínimas e máximas dos bolões também serão adequadas, de acordo com cada modalidade.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 14/56   Valve pode estar desenvolvendo concorrente do Google Stadia

    Usuários descobriram nos códigos de atualização do Steam que há uma menção a uma nova ferramenta chamada Steam Cloud Gaming, indicando que a empresa está trabalhando em um sistema de jogos com processamento em nuvem

    Usuários descobriram nos códigos de atualização do Steam que há uma menção a uma nova ferramenta chamada Steam Cloud Gaming, indicando que a empresa está trabalhando em um sistema de jogos com processamento em nuvem


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 15/56   Ações da Apple batem recorde e valor de mercado da empresa chega em US$ 1,1 tri

    Papéis da empresa chegaram a ultrapassar a marca dos US$ 260 antes de fecharem o pregão desta quinta-feira (7) valendo US$ 259,43, em uma alta de 1,15%. Resultado é oriundo da divulgação de números bastante positivos

    Papéis da empresa chegaram a ultrapassar a marca dos US$ 260 antes de fecharem o pregão desta quinta-feira (7) valendo US$ 259,43, em uma alta de 1,15%. Resultado é oriundo da divulgação de números bastante positivos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 16/56   Surface Pro X é fácil de se consertar, segundo análise do iFixit

    Site iFixit, especializado em desmontar aparelhos para identificar os componentes e medir seu “grau de reparabilidade”, considera o novo tablet da Microsoft bastante amigável na hora de consertar, o que é uma boa notícia

    Site iFixit, especializado em desmontar aparelhos para identificar os componentes e medir seu “grau de reparabilidade”, considera o novo tablet da Microsoft bastante amigável na hora de consertar, o que é uma boa notícia


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 17/56   Apple TV+ tem grande audiência na estreia e já renova quatro séries

    Os insiders ficaram impressionados com a atividade na plataforma, que cresceu três dígitos no final de semana. As estatísticas iniciais mostram grande audiência nas atrações Dickinson, For All Mankind, The Morning Show e See. Cada uma teve ao menos dois episódios vistos

    Os insiders ficaram impressionados com a atividade na plataforma, que cresceu três dígitos no final de semana. As estatísticas iniciais mostram grande audiência nas atrações Dickinson, For All Mankind, The Morning Show e See. Cada uma teve ao menos dois episódios vistos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 18/56   YouTube de cara nova! Design repaginado traz também novos recursos

    Plataforma de vídeos do Google repaginou sua página inicial para facilitar a visualização e a busca. Além de títulos e prévias maiores, há algumas pequenas funcionalidades para customizar a experiência durante as sessões de vídeo

    Plataforma de vídeos do Google repaginou sua página inicial para facilitar a visualização e a busca. Além de títulos e prévias maiores, há algumas pequenas funcionalidades para customizar a experiência durante as sessões de vídeo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 19/56   Pod Assistir #08: The Morning Show e a estreia do Apple TV+

    O Apple TV+, estreou mundialmente no dia 1º de novembro Com uma das principais apostas: The Morning Show, estrelado por Jennifer Aniston e Steve Carell

    O Apple TV+, estreou mundialmente no dia 1º de novembro Com uma das principais apostas: The Morning Show, estrelado por Jennifer Aniston e Steve Carell


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 20/56   HoloLens 2 | Novo óculos de RA da Microsoft é lançado por US$ 3.500

    O mais novo óculos de realidade virtual da Microsoft, HoloLens 2, finalmente está disponível para venda, meses depois do seu anúncio oficial no MWC 2019. Mais poderoso e confortável, o produto está disponível apenas em alguns mercados, deixando o Brasil de fora

    O mais novo óculos de realidade virtual da Microsoft, HoloLens 2, finalmente está disponível para venda, meses depois do seu anúncio oficial no MWC 2019. Mais poderoso e confortável, o produto está disponível apenas em alguns mercados, deixando o Brasil de fora


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 21/56   Os melhores apps Android da semana (07/11/2019)

    Você pode ser um excelente gestor esportivo ou o destruidor do mundo em nossa primeira lista de recomendações de novembro! Também aqui: uma versão renovada de uma suíte de apps de escritório e até um app que reúne e reserva promoções e amostras grátis

    Você pode ser um excelente gestor esportivo ou o destruidor do mundo em nossa primeira lista de recomendações de novembro! Também aqui: uma versão renovada de uma suíte de apps de escritório e até um app que reúne e reserva promoções e amostras grátis


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 22/56   São Paulo desativará prédios públicos e implantará centro tecnológico

    O governo de São Paulo vai desativar o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros e a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), na zona oeste, para construção de um polo de desenvolvimento tecnológico. Segundo o governador João Doria, a primeira das quatro etapas do projeto, chamado de Vale do Silício Urbano, ficará pronta no primeiro semestre do ano que vem.“No primeiro semestre de 2020, nós já teremos o Centro Internacional de Tecnologia e Inovação [CITI] funcionando na sua primeira etapa, onde hoje está o IPT [Instituto de Pesquisas Tecnológicas]”, disse o governador durante a apresentação do projeto. O Vale do Silício é uma região do estado da Califórnia, nos Estados Unidos, que concentra empresas de tecnologia, incluindo, grandes marcas como Apple, Facebook e Google.Nas duas fases inciais do projeto anunciado nesta quinta-feira (7), serão disponibilizados prédios do próprio governo estadual, próximos da Universidade de São Paulo (USP), para a instalação de empresas privadas. Nessa etapa, que deve entrar em funcionamento até abril de 2020, as desenvolvedoras de tecnologia poderão se instalar em 70 prédios do IPT, com uma área total de 300 mil metros quadrados.“Estamos abrindo esse espaço para que a sociedade, as startups, as grandes empresas, os centros de tecnologia e inovação ocuparem isso conosco”, disse a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. Segundo Patricia, o espaço estava subutilizado, apesar da boa localização. Também serão abertos à iniciativa privada 86 mil metros quadrados em imóveis do próprio governo em uma área próxima. CadeiãoA terceira etapa prevê a desativação do CDP, conhecido como Cadeião de Pinheiros. O complexo tem três unidades com capacidade para quase 1,9 mil presos onde estão detidas atualmente 4,6 mil pessoas. São Paulo tem grande número de detentos, e é necessário  fazer um trabalho de transição dessa população para as novas penitenciárias, disse Patricia sobre as negociações que estão sendo feitas para o fechamento do presídio.De acordo com a secretaria, o Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), que reúne as empreiteiras, também vai ser ouvido para definir como a área pode ser aproveitada para implantação do CITI. Somado aos imóveis da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae), o governo pretende disponibilizar nessa região 182 mil metros quadrados para as companhias de tecnologia. EntrepostoTraballham atualmente na Ceagesp, localizada na zona oeste, mais de 30 mil pessoas Divulgação/CeagespComo já havia sido anunciado, o projeto prevê ainda o fim das atividades da Ceagesp na região. As atividades do maior entreposto da América Latina devem ser transferidas para área ainda não definida. A sede atual tem 630 mil metros quadrados, onde trabalham mais de 30 mil pessoas.Segundo o governo paulista, a nova sede da Ceagesp deverá ter acesso privilegiado à malha rodoviária para facilitar o trânsito de mercadorias. A desativação do entreposto atual foi acordada com o governo federal, controlador da estatal, e com a prefeitura da capital paulista. PrazoPatricia Ellen informou que a previsão é que todo o projeto demore de quatro a seis anos para ser concluído. “É um projeto que começou há três anos, e o ciclo completo é de10 anos”, ressaltou a secretária.Ela destacou que a proposta tem apoio nas três esferas de governo: “os três Entes estão completamente alinhados: município, estado e governo federal”.

    O governo de São Paulo vai desativar o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros e a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), na zona oeste, para construção de um polo de desenvolvimento tecnológico. Segundo o governador João Doria, a primeira das quatro etapas do projeto, chamado de Vale do Silício Urbano, ficará pronta no primeiro semestre do ano que vem.“No primeiro semestre de 2020, nós já teremos o Centro Internacional de Tecnologia e Inovação [CITI] funcionando na sua primeira etapa, onde hoje está o IPT [Instituto de Pesquisas Tecnológicas]”, disse o governador durante a apresentação do projeto. O Vale do Silício é uma região do estado da Califórnia, nos Estados Unidos, que concentra empresas de tecnologia, incluindo, grandes marcas como Apple, Facebook e Google.Nas duas fases inciais do projeto anunciado nesta quinta-feira (7), serão disponibilizados prédios do próprio governo estadual, próximos da Universidade de São Paulo (USP), para a instalação de empresas privadas. Nessa etapa, que deve entrar em funcionamento até abril de 2020, as desenvolvedoras de tecnologia poderão se instalar em 70 prédios do IPT, com uma área total de 300 mil metros quadrados.“Estamos abrindo esse espaço para que a sociedade, as startups, as grandes empresas, os centros de tecnologia e inovação ocuparem isso conosco”, disse a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. Segundo Patricia, o espaço estava subutilizado, apesar da boa localização. Também serão abertos à iniciativa privada 86 mil metros quadrados em imóveis do próprio governo em uma área próxima. CadeiãoA terceira etapa prevê a desativação do CDP, conhecido como Cadeião de Pinheiros. O complexo tem três unidades com capacidade para quase 1,9 mil presos onde estão detidas atualmente 4,6 mil pessoas. São Paulo tem grande número de detentos, e é necessário  fazer um trabalho de transição dessa população para as novas penitenciárias, disse Patricia sobre as negociações que estão sendo feitas para o fechamento do presídio.De acordo com a secretaria, o Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), que reúne as empreiteiras, também vai ser ouvido para definir como a área pode ser aproveitada para implantação do CITI. Somado aos imóveis da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae), o governo pretende disponibilizar nessa região 182 mil metros quadrados para as companhias de tecnologia. EntrepostoTraballham atualmente na Ceagesp, localizada na zona oeste, mais de 30 mil pessoas Divulgação/CeagespComo já havia sido anunciado, o projeto prevê ainda o fim das atividades da Ceagesp na região. As atividades do maior entreposto da América Latina devem ser transferidas para área ainda não definida. A sede atual tem 630 mil metros quadrados, onde trabalham mais de 30 mil pessoas.Segundo o governo paulista, a nova sede da Ceagesp deverá ter acesso privilegiado à malha rodoviária para facilitar o trânsito de mercadorias. A desativação do entreposto atual foi acordada com o governo federal, controlador da estatal, e com a prefeitura da capital paulista. PrazoPatricia Ellen informou que a previsão é que todo o projeto demore de quatro a seis anos para ser concluído. “É um projeto que começou há três anos, e o ciclo completo é de10 anos”, ressaltou a secretária.Ela destacou que a proposta tem apoio nas três esferas de governo: “os três Entes estão completamente alinhados: município, estado e governo federal”.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 23/56   Alphabet investiga Google por casos de assédio sexual envolvendo executivos

    No mês que completa um ano das denúncias de assédio sexual envolvendo executivos do Google, a Alphabet, empresa detentora da gigante da tecnologia, vai começar uma investigação. Segundo a fonte, um escritório de advocacia externo já teria sido contratado

    No mês que completa um ano das denúncias de assédio sexual envolvendo executivos do Google, a Alphabet, empresa detentora da gigante da tecnologia, vai começar uma investigação. Segundo a fonte, um escritório de advocacia externo já teria sido contratado


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 24/56   Google cria coalizão para desenvolver chip com código aberto

    Chamado de OpenTitan, o projeto é baseado no chip Titan da própria empresa que usa sistema de criptografia para assegurar que peça não foi violada. Plataforma será agnóstica e pode ser usada em quaisquer aparelhos e programas

    Chamado de OpenTitan, o projeto é baseado no chip Titan da própria empresa que usa sistema de criptografia para assegurar que peça não foi violada. Plataforma será agnóstica e pode ser usada em quaisquer aparelhos e programas


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 25/56   Apple estreia na Europa com megaoferta de títulos verdes

    (Bloomberg) -- A Apple está pronta para estrear no crescente mercado europeu de títulos verdes com uma das maiores emissões corporativas de dívida ecológica da região.A fabricante do iPhone prepara uma oferta de 2 bilhões de euros (US$ 2,2 bilhões) em títulos de 6 e 12 anos na quinta-feira, de acordo com uma pessoa a par do assunto, que pediu para não ser identificada porque não está autorizada a falar sobre a emissão. A empresa pretende usar os fundos captados para reduzir sua pegada de carbono, com a escolha de materiais mais ecológicos em seus produtos e conservação de recursos.O mercado de títulos verdes cresce com a iniciativa de empresas e governos de levantar fundos para reduzir o uso de combustíveis fósseis, adotando os princípios do Acordo de Paris sobre as mudanças climáticas. Este ano, as ofertas globais desses títulos já superam o volume recorde de US$ 135 bilhões de 2018, e a Moody’s Investors Service elevou sua previsão de emissões de títulos verdes.“Os ativos dos fundos ESG estão crescendo e há um ambiente geralmente benigno para a emissão de títulos verdes”, disse Viktor Hjort, diretor global de estratégia de crédito do BNP Paribas, fazendo referência ao investimento ético em estratégias ambientais, sociais e de governança. “Com a Apple, em particular, há o aspecto de diversificação, já que o mercado de títulos verdes tem sido historicamente dominado por concessionárias de serviços públicos.”A oferta da Apple é uma das maiores já registradas no mercado de títulos verdes corporativos da Europa, segundo dados compilados pela Bloomberg. Em maio de 2014, a concessionária francesa Engie havia emitido 2,5 bilhões de euros em títulos verdes em duas tranches.A Apple já levantou US$ 2,5 bilhões em ofertas anteriores de títulos verdes em dólares americanos e demonstrou compromisso em melhorar seu impacto ambiental. No ano passado, a empresa atingiu a meta de usar energia limpa em todas suas operações globais.A oferta de títulos corporativos verdes denominados na moeda única já ultrapassa 50 bilhões de euros em 2019, superando o recorde de 32 bilhões de euros do ano passado, segundo dados compilados pela Bloomberg.Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.netRepórter da matéria original: Tasos Vossos London, tvossos@bloomberg.netPara entrar em contato com os editores responsáveis: Hannah Benjamin, hbenjamin1@bloomberg.net, Katie Linsell, Vivianne RodriguesFor more articles like this, please visit us at bloomberg.com©2019 Bloomberg L.P.

    (Bloomberg) -- A Apple está pronta para estrear no crescente mercado europeu de títulos verdes com uma das maiores emissões corporativas de dívida ecológica da região.A fabricante do iPhone prepara uma oferta de 2 bilhões de euros (US$ 2,2 bilhões) em títulos de 6 e 12 anos na quinta-feira, de acordo com uma pessoa a par do assunto, que pediu para não ser identificada porque não está autorizada a falar sobre a emissão. A empresa pretende usar os fundos captados para reduzir sua pegada de carbono, com a escolha de materiais mais ecológicos em seus produtos e conservação de recursos.O mercado de títulos verdes cresce com a iniciativa de empresas e governos de levantar fundos para reduzir o uso de combustíveis fósseis, adotando os princípios do Acordo de Paris sobre as mudanças climáticas. Este ano, as ofertas globais desses títulos já superam o volume recorde de US$ 135 bilhões de 2018, e a Moody’s Investors Service elevou sua previsão de emissões de títulos verdes.“Os ativos dos fundos ESG estão crescendo e há um ambiente geralmente benigno para a emissão de títulos verdes”, disse Viktor Hjort, diretor global de estratégia de crédito do BNP Paribas, fazendo referência ao investimento ético em estratégias ambientais, sociais e de governança. “Com a Apple, em particular, há o aspecto de diversificação, já que o mercado de títulos verdes tem sido historicamente dominado por concessionárias de serviços públicos.”A oferta da Apple é uma das maiores já registradas no mercado de títulos verdes corporativos da Europa, segundo dados compilados pela Bloomberg. Em maio de 2014, a concessionária francesa Engie havia emitido 2,5 bilhões de euros em títulos verdes em duas tranches.A Apple já levantou US$ 2,5 bilhões em ofertas anteriores de títulos verdes em dólares americanos e demonstrou compromisso em melhorar seu impacto ambiental. No ano passado, a empresa atingiu a meta de usar energia limpa em todas suas operações globais.A oferta de títulos corporativos verdes denominados na moeda única já ultrapassa 50 bilhões de euros em 2019, superando o recorde de 32 bilhões de euros do ano passado, segundo dados compilados pela Bloomberg.Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.netRepórter da matéria original: Tasos Vossos London, tvossos@bloomberg.netPara entrar em contato com os editores responsáveis: Hannah Benjamin, hbenjamin1@bloomberg.net, Katie Linsell, Vivianne RodriguesFor more articles like this, please visit us at bloomberg.com©2019 Bloomberg L.P.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 26/56   Homem é morto após negar senha do iPhone a bandidos

    Bombeiro foi assassinado a tiros durante um assalto na cidade americana de Coral Springs, em outubro. Polícia chegou aos responsáveis pelo crime após rastrear GPS do celular que pertencia à vítima e descobriu envolvimento do trio em outro tiroteio

    Bombeiro foi assassinado a tiros durante um assalto na cidade americana de Coral Springs, em outubro. Polícia chegou aos responsáveis pelo crime após rastrear GPS do celular que pertencia à vítima e descobriu envolvimento do trio em outro tiroteio


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 27/56   Famoso historiador russo confessa ter matado e esquartejado ex-aluna
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O famoso historiador russo Oleg Sokolov, detido no sábado pela polícia russa com uma mochila na qual havia dois braços de mulher, confessou neste domingo que matou e esquartejou sua jovem companheira sentimental e ex-aluna.

    O famoso historiador russo Oleg Sokolov, detido no sábado pela polícia russa com uma mochila na qual havia dois braços de mulher, confessou neste domingo que matou e esquartejou sua jovem companheira sentimental e ex-aluna.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 28/56   Merkel pede a Europa defesa da democracia em aniversário da queda do Muro
    SCIENCE TOPIC NEWS

    A democracia e a liberdade europeias devem ser defendidas sempre, pediu neste sábado a chanceler alemã, Angela Merkel, no 30º aniversário da queda do Muro de Berlim, que se comemora em um ambiente de discórdia entre os aliados da época da Guerra Fria.

    A democracia e a liberdade europeias devem ser defendidas sempre, pediu neste sábado a chanceler alemã, Angela Merkel, no 30º aniversário da queda do Muro de Berlim, que se comemora em um ambiente de discórdia entre os aliados da época da Guerra Fria.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 29/56   Justiça indiana autoriza construção de templo hindu em lugar disputado com muçulmanos
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O supremo tribunal indiano abriu, neste sábado, o caminho para a construção de um templo hindu em um lugar sagrado do norte do país disputado durante décadas com os muçulmanos.

    O supremo tribunal indiano abriu, neste sábado, o caminho para a construção de um templo hindu em um lugar sagrado do norte do país disputado durante décadas com os muçulmanos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 30/56   Pompeo alerta contra China e Rússia nos 30 anos da Queda do Muro
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, fez uma advertência nesta sexta-feira (8) contra as ameaças que, segundo ele, Rússia e China representam, em um discurso em Berlim na véspera do 30º aniversário da Queda do Muro.

    O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, fez uma advertência nesta sexta-feira (8) contra as ameaças que, segundo ele, Rússia e China representam, em um discurso em Berlim na véspera do 30º aniversário da Queda do Muro.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 31/56   Escavador de túneis de Berlim Oriental salvo por um "herói" da Stasi
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Quando o Muro de Berlim foi construído, os guardas tinham ordens de disparar para matar nos que tentavam escapar do leste comunista.

    Quando o Muro de Berlim foi construído, os guardas tinham ordens de disparar para matar nos que tentavam escapar do leste comunista.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 32/56   A antiga Cortina de Ferro da Alemanha está coberta de verde
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Olaf Olejnik patrulhava há 30 anos a fronteira ultrafortificada que deveria dissuadir os alemães orientais a passar para o lado ocidental em busca de liberdade.

    Olaf Olejnik patrulhava há 30 anos a fronteira ultrafortificada que deveria dissuadir os alemães orientais a passar para o lado ocidental em busca de liberdade.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 33/56   O contraste entre o leste e o oeste da Alemanha 30 anos depois do muro
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Trinta anos depois da queda do Muro de Berlim, o contraste entre o leste e o oeste da Alemanha vai se apagando pouco a pouco.

    Trinta anos depois da queda do Muro de Berlim, o contraste entre o leste e o oeste da Alemanha vai se apagando pouco a pouco.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 34/56   Berlim e a vida dividida 30 anos após a Queda do Muro
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Dois zoológicos, duas torres de televisão, dois aeroportos, dois times de futebol: Berlim foi o cenário de duplicações das duas Alemanhas, algo que acontece ainda hoje, 30 anos depois da queda do muro.

    Dois zoológicos, duas torres de televisão, dois aeroportos, dois times de futebol: Berlim foi o cenário de duplicações das duas Alemanhas, algo que acontece ainda hoje, 30 anos depois da queda do muro.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 35/56   Depois do êxodo, os alemães orientais voltam para casa
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Desde a queda do muro de Berlim, há 30 anos, milhões de alemães orientais abandonaram a ex-República Democrática Alemã para construir um futuro no ocidente, mas atualmente muitos deles querem voltar para casa.

    Desde a queda do muro de Berlim, há 30 anos, milhões de alemães orientais abandonaram a ex-República Democrática Alemã para construir um futuro no ocidente, mas atualmente muitos deles querem voltar para casa.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 36/56   Da queda do Muro à reunificação, 12 meses de turbulência e mudanças na Alemanha
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Da queda do Muro de Berlim, na noite de 9 de novembro de 1989, até o ato solene da reunificação, em 3 de outubro de 1990, a Alemanha viveu 12 meses de turbulência e mudanças:

    Da queda do Muro de Berlim, na noite de 9 de novembro de 1989, até o ato solene da reunificação, em 3 de outubro de 1990, a Alemanha viveu 12 meses de turbulência e mudanças:


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 37/56   Cinco pontos principais das legislativas espanholas
    WORLD TOPIC NEWS

    Manifestações violentas na Catalunha, exumação dos restos do ditador Francisco Franco, fortalecimento da extrema direita, fragmentação e instabilidade política. Esses são os pontos principais das eleições legislativas deste domingo na Espanha, a quarta em quatro anos.

    Manifestações violentas na Catalunha, exumação dos restos do ditador Francisco Franco, fortalecimento da extrema direita, fragmentação e instabilidade política. Esses são os pontos principais das eleições legislativas deste domingo na Espanha, a quarta em quatro anos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 38/56   Novas manifestações no Iraque, apesar de repressão cada vez mais violenta
    WORLD TOPIC NEWS

    Manifestantes e forças de segurança entraram em choque novamente neste domingo, no centro de Bagdá, transformado em um campo de batalha saturado de gás lacrimogêneo.

    Manifestantes e forças de segurança entraram em choque novamente neste domingo, no centro de Bagdá, transformado em um campo de batalha saturado de gás lacrimogêneo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 39/56   Protesto contra a liberdade de Lula em São Paulo
    WORLD TOPIC NEWS

    A Avenida Paulista foi tomada por manifestantes vestindo as tradicionais camisetas amarelas e exigindo o retorno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à prisão.

    A Avenida Paulista foi tomada por manifestantes vestindo as tradicionais camisetas amarelas e exigindo o retorno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à prisão.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 40/56   STF enfrentará ação sobre Flávio Bolsonaro depois de decisão que soltou Lula
    WORLD TOPIC NEWS

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Passado o julgamento mais esperado do ano, que derrubou a possibilidade de prender condenados em segunda instância e resultou na soltura do ex-presidente Lula (PT) na sexta-feira (8), o Supremo Tribunal Federal se prepara para debater uma nova polêmica com ampla repercussão política. A corte se debruçará sobre a decisão de seu presidente, Dias Toffoli, que paralisou todas as investigações do país que usaram dados de órgão de controle, como o antigo Coaf, sem prévia autorização judicial. O processo sobre o tema está previsto para ser julgado no plenário do Supremo no próximo dia 21. Toffoli é o relator. Há a possibilidade de que ele resolva antecipar a análise do tema para o dia 20. No caso da prisão em segunda instância, o julgamento do STF interessava a Lula, que acabou solto depois de passar 580 dias preso em Curitiba. No caso do Coaf, o resultado interessa ao senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro. O senador é o autor do pedido que motivou a decisão de Toffoli de suspender as apurações criminais pelo país. Até agora, Bolsonaro não se manifestou sobre a decisão do STF que mudou a jurisprudência e barrou a prisão de condenados em segundo grau. Neste sábado, em rede social, chamou Lula de 'canalha'. Em caráter reservado, o presidente tem dito a auxiliares e aliados que a decisão do Supremo deve ser respeitada. Sobre o Coaf, desde a decisão de Toffoli, dada em julho em caráter liminar (provisório), uma investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre Flávio está paralisada. O senador é suspeito de ter se apropriado de parte dos salários de servidores de seu antigo gabinete na Assembleia Legislativa fluminense, prática conhecida como "rachadinha". As suspeitas tiveram origem em uma movimentação de R$ 1,2 milhão nas contas de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio na Assembleia. A movimentação foi considerada atípica pelo antigo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), renomeado como UIF (Unidade de Inteligência Financeira) no governo Bolsonaro. Ao pedir para o STF suspender a investigação que corria contra Flávio no Rio, sua defesa pegou carona em um recurso extraordinário que já tramitava no tribunal e que discutia o compartilhamento de dados da Receita Federal --não do Coaf-- com o Ministério Público, para fins penais, sem autorização judicial prévia. A defesa de Flávio argumentou que os promotores fluminenses haviam realizado uma verdadeira quebra do sigilo do senador sem ter passado por controle judicial. Ao atender o pedido do filho do presidente, Toffoli estendeu a discussão sobre compartilhamento de dados a todos os órgãos de controle (Receita, Coaf e Banco Central) e ampliou o alcance de sua decisão a todas as investigações do país que tivessem características semelhantes. "Só não quer o controle do Judiciário quem quer Estado fascista e policialesco, que escolhe suas vítimas. Ao invés de Justiça, querem vingança", disse Toffoli à Folha na época, justificando a medida. Em seguida, o ministro da Justiça, Sergio Moro, chegou a ir ao Supremo para relatar ao presidente da corte sua insatisfação com a determinação, dizendo que ela poderia colocar em risco o combate à lavagem de dinheiro no país. Até o fim de outubro, como informou reportagem da Folha, ao menos 700 investigações haviam sido travadas pela decisão de Toffoli, conforme um levantamento da Procuradoria-Geral da República. A maioria era sobre crimes contra a ordem tributária (307), como sonegação, e lavagem de dinheiro (151), inclusive envolvendo esquemas de corrupção. A visita de Moro a Toffoli irritou o presidente Bolsonaro e ampliou a desconfiança do Palácio do Planalto em relação ao ministro da Justiça --na ocasião já desgastado pelas mensagens reveladas pelo site The Intercept Brasil e por outros órgãos de imprensa, como a Folha. Em meio à polêmica, a UIF foi transferida do Ministério da Economia para o Banco Central. Toffoli tem dito que busca construir uma solução com o presidente do BC, Roberto Campos Neto, para estabelecer um procedimento de repasse de dados sigilosos compatível com a Constituição. A ideia é evitar abusos e, ao mesmo tempo, fazer um aceno aos técnicos dos órgãos de controle que teriam ficado melindrados com a decisão de julho. Com esse movimento, o ministro espera construir um ambiente favorável a seu entendimento no STF. O recurso extraordinário já esteve na pauta do plenário em março, mas o julgamento foi adiado. Naquele momento, havia acabado de vir a público que a Receita realizara uma apuração interna sobre o ministro Gilmar Mendes e sua mulher, Guiomar. Foi aberta uma investigação para apurar quem vazou informações sobre o ministro, que, segundo o documento divulgado, tinha o objetivo de identificar supostos "focos de corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência". A Receita informou oficialmente que Gilmar foi alvo de apuração preliminar, mas que não havia procedimento formal de fiscalização sobre o magistrado e que não compactuava com "ilações de práticas de crimes", que extrapolam a função legal do órgão. O julgamento do caso Flávio será em um momento em que a sombra de Queiroz volta a incomodar o clã Bolsonaro. No mês passado, vieram à tona áudios do policial militar aposentado. Em um deles, Queiroz demonstra preocupação com a apuração do Ministério Público do Rio e a compara a um problema "do tamanho de um cometa". "É o que eu falo, o cara lá está hiperprotegido. Eu não vejo ninguém mover nada para tentar me ajudar aí. Ver e tal... É só porrada. O MP [Ministério Público] tá com uma pica do tamanho de um cometa para enterrar na gente. Não vi ninguém agir", disse o PM, numa gravação de julho.

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Passado o julgamento mais esperado do ano, que derrubou a possibilidade de prender condenados em segunda instância e resultou na soltura do ex-presidente Lula (PT) na sexta-feira (8), o Supremo Tribunal Federal se prepara para debater uma nova polêmica com ampla repercussão política. A corte se debruçará sobre a decisão de seu presidente, Dias Toffoli, que paralisou todas as investigações do país que usaram dados de órgão de controle, como o antigo Coaf, sem prévia autorização judicial. O processo sobre o tema está previsto para ser julgado no plenário do Supremo no próximo dia 21. Toffoli é o relator. Há a possibilidade de que ele resolva antecipar a análise do tema para o dia 20. No caso da prisão em segunda instância, o julgamento do STF interessava a Lula, que acabou solto depois de passar 580 dias preso em Curitiba. No caso do Coaf, o resultado interessa ao senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro. O senador é o autor do pedido que motivou a decisão de Toffoli de suspender as apurações criminais pelo país. Até agora, Bolsonaro não se manifestou sobre a decisão do STF que mudou a jurisprudência e barrou a prisão de condenados em segundo grau. Neste sábado, em rede social, chamou Lula de 'canalha'. Em caráter reservado, o presidente tem dito a auxiliares e aliados que a decisão do Supremo deve ser respeitada. Sobre o Coaf, desde a decisão de Toffoli, dada em julho em caráter liminar (provisório), uma investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre Flávio está paralisada. O senador é suspeito de ter se apropriado de parte dos salários de servidores de seu antigo gabinete na Assembleia Legislativa fluminense, prática conhecida como "rachadinha". As suspeitas tiveram origem em uma movimentação de R$ 1,2 milhão nas contas de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio na Assembleia. A movimentação foi considerada atípica pelo antigo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), renomeado como UIF (Unidade de Inteligência Financeira) no governo Bolsonaro. Ao pedir para o STF suspender a investigação que corria contra Flávio no Rio, sua defesa pegou carona em um recurso extraordinário que já tramitava no tribunal e que discutia o compartilhamento de dados da Receita Federal --não do Coaf-- com o Ministério Público, para fins penais, sem autorização judicial prévia. A defesa de Flávio argumentou que os promotores fluminenses haviam realizado uma verdadeira quebra do sigilo do senador sem ter passado por controle judicial. Ao atender o pedido do filho do presidente, Toffoli estendeu a discussão sobre compartilhamento de dados a todos os órgãos de controle (Receita, Coaf e Banco Central) e ampliou o alcance de sua decisão a todas as investigações do país que tivessem características semelhantes. "Só não quer o controle do Judiciário quem quer Estado fascista e policialesco, que escolhe suas vítimas. Ao invés de Justiça, querem vingança", disse Toffoli à Folha na época, justificando a medida. Em seguida, o ministro da Justiça, Sergio Moro, chegou a ir ao Supremo para relatar ao presidente da corte sua insatisfação com a determinação, dizendo que ela poderia colocar em risco o combate à lavagem de dinheiro no país. Até o fim de outubro, como informou reportagem da Folha, ao menos 700 investigações haviam sido travadas pela decisão de Toffoli, conforme um levantamento da Procuradoria-Geral da República. A maioria era sobre crimes contra a ordem tributária (307), como sonegação, e lavagem de dinheiro (151), inclusive envolvendo esquemas de corrupção. A visita de Moro a Toffoli irritou o presidente Bolsonaro e ampliou a desconfiança do Palácio do Planalto em relação ao ministro da Justiça --na ocasião já desgastado pelas mensagens reveladas pelo site The Intercept Brasil e por outros órgãos de imprensa, como a Folha. Em meio à polêmica, a UIF foi transferida do Ministério da Economia para o Banco Central. Toffoli tem dito que busca construir uma solução com o presidente do BC, Roberto Campos Neto, para estabelecer um procedimento de repasse de dados sigilosos compatível com a Constituição. A ideia é evitar abusos e, ao mesmo tempo, fazer um aceno aos técnicos dos órgãos de controle que teriam ficado melindrados com a decisão de julho. Com esse movimento, o ministro espera construir um ambiente favorável a seu entendimento no STF. O recurso extraordinário já esteve na pauta do plenário em março, mas o julgamento foi adiado. Naquele momento, havia acabado de vir a público que a Receita realizara uma apuração interna sobre o ministro Gilmar Mendes e sua mulher, Guiomar. Foi aberta uma investigação para apurar quem vazou informações sobre o ministro, que, segundo o documento divulgado, tinha o objetivo de identificar supostos "focos de corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência". A Receita informou oficialmente que Gilmar foi alvo de apuração preliminar, mas que não havia procedimento formal de fiscalização sobre o magistrado e que não compactuava com "ilações de práticas de crimes", que extrapolam a função legal do órgão. O julgamento do caso Flávio será em um momento em que a sombra de Queiroz volta a incomodar o clã Bolsonaro. No mês passado, vieram à tona áudios do policial militar aposentado. Em um deles, Queiroz demonstra preocupação com a apuração do Ministério Público do Rio e a compara a um problema "do tamanho de um cometa". "É o que eu falo, o cara lá está hiperprotegido. Eu não vejo ninguém mover nada para tentar me ajudar aí. Ver e tal... É só porrada. O MP [Ministério Público] tá com uma pica do tamanho de um cometa para enterrar na gente. Não vi ninguém agir", disse o PM, numa gravação de julho.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 41/56   Evo Morales convoca novas eleições na Bolívia após crítico informe da OEA
    WORLD TOPIC NEWS

    O presidente boliviano, Evo Morales, convocou neste domingo novas eleições, depois de que uma missão de auditoria da OEA detectou várias "irregularidades" no primeiro turno de 20 de outubro e pediu a realização de novas eleições com um novo órgão eleitoral.

    O presidente boliviano, Evo Morales, convocou neste domingo novas eleições, depois de que uma missão de auditoria da OEA detectou várias "irregularidades" no primeiro turno de 20 de outubro e pediu a realização de novas eleições com um novo órgão eleitoral.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 42/56   No Rio, candidatos do Enem chegam cedo para não perder a prova
    WORLD TOPIC NEWS

    Thiago Salustriano, 20 anos, decidiu chegar mais cedo à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) para o segundo dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) porque acredita que, assim, ficará menos nervoso. "Estou bem preparado, mais tranquilo do que na semana passada. Thiago quer cursar jornalismo ou cinema.Ele aproveitou para relaxar, conversando com Karolina Oliveira que chegou no local às 10h30.Rio de Janeiro - Os estudantes Karolina Oliveira e Thiago Salustriano, primeiros a chegar para o segundo dia de provas do ENEM, na UERJ. (Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil) - Fernando Frazão/Agência BrasilPara Karolina, 20 anos, a primeira prova foi bem complicada. Hoje disse que expectativa é grande. "Porque eu me esforcei e espero dar o melhor". Karolina que cursar enfermagem, de preferência em uma universidade pública. Ela trouxe suco e sanduiches para se alimentar durante a prova.Já Paloma Alves, 18 anos, veio com o pai, o vigilante Sidney Gonçalves Brum, para se acalmar. "A gente passa algumas dicas", disse Sidney. Paloma achou a primeira prova dificil, mas acredita que deu tudo certo. Ela quer cursar desenho grafico.O acesso à sala de provas só será permitido com a apresentação de documento oficial de identificação com foto, conforme previsto em edital. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda que o participante imprima e leve o cartão de confirmação da inscrição, que já está disponível na Página do Participante e no aplicativo do Enem.O segundo dia de aplicação do Enem ocorre neste domingo (10), à tarde, em todo o país, quando estudantes farão provas de ciências da natureza e matemática. Os portões abrirão às 12h e fecharão às 13h30, no horário de Brasília. Os participantes terão 5 horas para resolver as questões. A prova termina às 18h30.

    Thiago Salustriano, 20 anos, decidiu chegar mais cedo à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) para o segundo dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) porque acredita que, assim, ficará menos nervoso. "Estou bem preparado, mais tranquilo do que na semana passada. Thiago quer cursar jornalismo ou cinema.Ele aproveitou para relaxar, conversando com Karolina Oliveira que chegou no local às 10h30.Rio de Janeiro - Os estudantes Karolina Oliveira e Thiago Salustriano, primeiros a chegar para o segundo dia de provas do ENEM, na UERJ. (Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil) - Fernando Frazão/Agência BrasilPara Karolina, 20 anos, a primeira prova foi bem complicada. Hoje disse que expectativa é grande. "Porque eu me esforcei e espero dar o melhor". Karolina que cursar enfermagem, de preferência em uma universidade pública. Ela trouxe suco e sanduiches para se alimentar durante a prova.Já Paloma Alves, 18 anos, veio com o pai, o vigilante Sidney Gonçalves Brum, para se acalmar. "A gente passa algumas dicas", disse Sidney. Paloma achou a primeira prova dificil, mas acredita que deu tudo certo. Ela quer cursar desenho grafico.O acesso à sala de provas só será permitido com a apresentação de documento oficial de identificação com foto, conforme previsto em edital. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda que o participante imprima e leve o cartão de confirmação da inscrição, que já está disponível na Página do Participante e no aplicativo do Enem.O segundo dia de aplicação do Enem ocorre neste domingo (10), à tarde, em todo o país, quando estudantes farão provas de ciências da natureza e matemática. Os portões abrirão às 12h e fecharão às 13h30, no horário de Brasília. Os participantes terão 5 horas para resolver as questões. A prova termina às 18h30.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 43/56   Irã descobre campo de petróleo com reservas de 53 bilhões de barris
    WORLD TOPIC NEWS

    O Irã descobriu um novo campo de petróleo com reservas estimadas em 53 bilhões de barris, uma cifra que aumentaria em um terço as reservas atuais, anunciou neste domingo o presidente Hassan Rohani em um discurso em Yazd que foi transmitido pela televisão oficial.

    O Irã descobriu um novo campo de petróleo com reservas estimadas em 53 bilhões de barris, uma cifra que aumentaria em um terço as reservas atuais, anunciou neste domingo o presidente Hassan Rohani em um discurso em Yazd que foi transmitido pela televisão oficial.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 44/56   EI foi 'vencido' em província-chave do Afeganistão (ministro)
    WORLD TOPIC NEWS

    O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) foi "vencido" em uma província-chave do leste do Afeganistão, onde tentou se estabelecer, anunciou neste domingo o ministro do Interior interino, Massud Andarabi.

    O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) foi "vencido" em uma província-chave do leste do Afeganistão, onde tentou se estabelecer, anunciou neste domingo o ministro do Interior interino, Massud Andarabi.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 45/56   Espanha volta às urnas em meio a clima de agitação
    WORLD TOPIC NEWS

    Os espanhóis vão às urnas neste domingo pela quarta vez em quatro anos, em um ambiente agitado pelo bloqueio político crônico e por uma crise catalã que alimentou a extrema direita do Vox.

    Os espanhóis vão às urnas neste domingo pela quarta vez em quatro anos, em um ambiente agitado pelo bloqueio político crônico e por uma crise catalã que alimentou a extrema direita do Vox.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 46/56   Dezenas de milhares de japoneses aclamam seu novo imperador
    WORLD TOPIC NEWS

    Dezenas de milhares de pessoas, balançando bandeiras japonesas, aclamaram neste domingo o novo imperador Naruhito e a imperatriz Masako, que participaram de um desfile incomum em veículo conversível em Tóquio, sob um radiante sol de outono.

    Dezenas de milhares de pessoas, balançando bandeiras japonesas, aclamaram neste domingo o novo imperador Naruhito e a imperatriz Masako, que participaram de um desfile incomum em veículo conversível em Tóquio, sob um radiante sol de outono.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 47/56   Só chefe pode ser proibido de namorar no trabalho, afirmam especialistas
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Especialistas ouvidos pela reportagem, porém, afirmam que a medida não precisa ser interpretada ao pé da letra

    Especialistas ouvidos pela reportagem, porém, afirmam que a medida não precisa ser interpretada ao pé da letra


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 48/56   Bloomberg caminha para entrar na disputa pela Casa Branca
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O magnata americano Michael Bloomberg caminha para concorrer à Casa Branca em 2020, ao se registrar como candidato nas primárias democratas no estado do Alabama, antes da data limite para a apresentação dos documentos, nesta sexta-feira.

    O magnata americano Michael Bloomberg caminha para concorrer à Casa Branca em 2020, ao se registrar como candidato nas primárias democratas no estado do Alabama, antes da data limite para a apresentação dos documentos, nesta sexta-feira.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 49/56   Para presidente eleita da Comissão Europeia, Brexit fortaleceu UE
    BUSINESS TOPIC NEWS

    A presidente eleita da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, avaliou nesta sexta-feira (8) que a "comoção sobre o Brexit" fortaleceu a União Europeia (UE).

    A presidente eleita da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, avaliou nesta sexta-feira (8) que a "comoção sobre o Brexit" fortaleceu a União Europeia (UE).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 50/56   Centro-americanos e brasileiros tentam salvar agricultura das secas
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Uma delegação de agricultores da Guatemala, de El Salvador e de Honduras buscará no Brasil alternativas para superar os efeitos causados por secas repetidas na agricultura, informou nesta sexta-feira a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) em San Salvador.

    Uma delegação de agricultores da Guatemala, de El Salvador e de Honduras buscará no Brasil alternativas para superar os efeitos causados por secas repetidas na agricultura, informou nesta sexta-feira a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) em San Salvador.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 51/56   Wall Street renova recordes; S&P 500 tem 5ª semana seguida de altas
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O Dow Jones teve alta de 0,02%, a 27.681 pontos, enquanto o S&P; 500 subiu0,26%, para 3.

    O Dow Jones teve alta de 0,02%, a 27.681 pontos, enquanto o S&P; 500 subiu0,26%, para 3.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 52/56   Primeira escola pública do Rio comemora 110 anos
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) Campos Salles, primeira escola de educação infantil pública do Rio de Janeiro, comemorou 110 anos de fundação hoje (8), com a inauguração da reforma feita por funcionários voluntários da Petrobras em suas instalações.Localizada no Campo de Santana, região central da cidade, próxima aos prédios administrativos da empresa, a unidade escolar foi escolhida para participar de ação do Programa de Voluntariado da Petrobras. Familiares e amigos dos funcionários dedicaram quatro finais de semana, em outubro, na recuperação da escola. Cerca de 100 colaboradores lixaram, pintaram, emassaram, aplicaram adesivos e organizaram o espaço, cuja reforma foi concluída no último dia 2.Reforma na escola tfoi feita nos finais de semana - Divulgação Petrobras  Uma das prioridades do programa da Petrobras é o atendimento à primeira infância, que vai de zero a seis anos de idade, informou a gerente executiva de Responsabilidade Social da empresa, Olinta Cardoso. "Os funcionários ouviram a demanda da comunidade do entorno e souberam da necessidade de revitalização do espaço Campos Salles e decidiram ajudar." O material foi custeado pela Petrobras.A ação mobilizou internamente os empregados da empresa, que se uniram a familiares e amigos e dedicaram quatro finais de semana de outubro às obras de recuperação da escola, no horário das 8h às 17h. Cerca de 100 colaboradores lixaram, pintaram, emassaram, aplicaram adesivos e organizaram o espaço, cuja reforma foi concluída no último dia 2. “Eles identificaram o que a escola precisava e ela foi transformada. Hoje, a gente está entregando o trabalho que foi feito junto com músicos de metais da Orquestra Sinfônica Petrobras, que apresentaram aos alunos trompetes, trompa, trombone e tuba, ensinando aos pequenos algumas notas”.“Hoje, estamos está entregando também o trabalho feito com músicos da Orquestra Sinfônica Petrobras, que apresentaram aos alunos trompetes, trompa, trombone e tuba, e ensinaram algumas notas aos pequenos", disse Olinta.De acordo com ela, a comemoração de hoje tem muita relevância, uma vez que "quando as ações são voltadas para a primeira infância, maior é a condição de aprendizado". O Espaço Campos Salles atende cerca de 140 crianças, de 3 a 6 anos de idade.O engenheiro de segurança da Petrobras, Robinson de Andrade, que estudou em escola pública, participou da cerimônia e disse ter "a sensação de estar retribuindo um pouco do que recebi nos meus anos escolares”. BibliotecaEm Macaé, região norte do estado do Rio de Janeiro, cerca de 20 voluntários da Petrobras também reformaram o espaço dedicado à leitura infantil da Biblioteca Pública Municipal Dr. Télio Barreto, situada no centro da cidade, organizando o espaço que ocupa área de cerca de 40 metros quadrados. A biblioteca mais antiga do município completou 78 anos. Ela foi inaugurada em 19 de abril de 1941.A professora da rede municipal de ensino de Macaé e funcionária da biblioteca, Rosane Coelho, ressaltou que “mais do que um espaço renovado, a ação do voluntariado resgata o valor da leitura e atrai o interesse de jovens e crianças em uma época em que a digitalização rouba um tempo precioso de aprendizado dentro e fora das escolas. Não tenho palavras para agradecer o que fizeram aqui”.

    O Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) Campos Salles, primeira escola de educação infantil pública do Rio de Janeiro, comemorou 110 anos de fundação hoje (8), com a inauguração da reforma feita por funcionários voluntários da Petrobras em suas instalações.Localizada no Campo de Santana, região central da cidade, próxima aos prédios administrativos da empresa, a unidade escolar foi escolhida para participar de ação do Programa de Voluntariado da Petrobras. Familiares e amigos dos funcionários dedicaram quatro finais de semana, em outubro, na recuperação da escola. Cerca de 100 colaboradores lixaram, pintaram, emassaram, aplicaram adesivos e organizaram o espaço, cuja reforma foi concluída no último dia 2.Reforma na escola tfoi feita nos finais de semana - Divulgação Petrobras Uma das prioridades do programa da Petrobras é o atendimento à primeira infância, que vai de zero a seis anos de idade, informou a gerente executiva de Responsabilidade Social da empresa, Olinta Cardoso. "Os funcionários ouviram a demanda da comunidade do entorno e souberam da necessidade de revitalização do espaço Campos Salles e decidiram ajudar." O material foi custeado pela Petrobras.A ação mobilizou internamente os empregados da empresa, que se uniram a familiares e amigos e dedicaram quatro finais de semana de outubro às obras de recuperação da escola, no horário das 8h às 17h. Cerca de 100 colaboradores lixaram, pintaram, emassaram, aplicaram adesivos e organizaram o espaço, cuja reforma foi concluída no último dia 2. “Eles identificaram o que a escola precisava e ela foi transformada. Hoje, a gente está entregando o trabalho que foi feito junto com músicos de metais da Orquestra Sinfônica Petrobras, que apresentaram aos alunos trompetes, trompa, trombone e tuba, ensinando aos pequenos algumas notas”.“Hoje, estamos está entregando também o trabalho feito com músicos da Orquestra Sinfônica Petrobras, que apresentaram aos alunos trompetes, trompa, trombone e tuba, e ensinaram algumas notas aos pequenos", disse Olinta.De acordo com ela, a comemoração de hoje tem muita relevância, uma vez que "quando as ações são voltadas para a primeira infância, maior é a condição de aprendizado". O Espaço Campos Salles atende cerca de 140 crianças, de 3 a 6 anos de idade.O engenheiro de segurança da Petrobras, Robinson de Andrade, que estudou em escola pública, participou da cerimônia e disse ter "a sensação de estar retribuindo um pouco do que recebi nos meus anos escolares”. BibliotecaEm Macaé, região norte do estado do Rio de Janeiro, cerca de 20 voluntários da Petrobras também reformaram o espaço dedicado à leitura infantil da Biblioteca Pública Municipal Dr. Télio Barreto, situada no centro da cidade, organizando o espaço que ocupa área de cerca de 40 metros quadrados. A biblioteca mais antiga do município completou 78 anos. Ela foi inaugurada em 19 de abril de 1941.A professora da rede municipal de ensino de Macaé e funcionária da biblioteca, Rosane Coelho, ressaltou que “mais do que um espaço renovado, a ação do voluntariado resgata o valor da leitura e atrai o interesse de jovens e crianças em uma época em que a digitalização rouba um tempo precioso de aprendizado dentro e fora das escolas. Não tenho palavras para agradecer o que fizeram aqui”.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 53/56   Dólar avança e registra maior alta semanal em mais de 14 meses
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O dólar à vista subiu 1,83%, A 4,1684 reais na venda, acumulando alta de 4,34%na semana, maior alta da moeda contra o real em mais de 14 meses, quandoavançou 4,85% na semana encerrada no dia 24 de agosto de 2018.Na B3, o dólar futuro tinha alta de 1,69% a 4,1730 reais.

    O dólar à vista subiu 1,83%, A 4,1684 reais na venda, acumulando alta de 4,34%na semana, maior alta da moeda contra o real em mais de 14 meses, quandoavançou 4,85% na semana encerrada no dia 24 de agosto de 2018.Na B3, o dólar futuro tinha alta de 1,69% a 4,1730 reais.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 54/56   ENTREVISTA-Brasil deve voltar a ter grau de investimento em 2020, diz Guedes
    BUSINESS TOPIC NEWS

    "Acho que o Brasil será grau de investimento no ano que vem, não sei se nocomeço do ano, mas já está ficando claro que nosso trabalho é consistente, enão é de um ano. Nós trocamos o mix de política econômica, estamos firmes nofiscal e o juros desabou", afirmou o ministro em entrevista exclusiva àReuters.

    "Acho que o Brasil será grau de investimento no ano que vem, não sei se nocomeço do ano, mas já está ficando claro que nosso trabalho é consistente, enão é de um ano. Nós trocamos o mix de política econômica, estamos firmes nofiscal e o juros desabou", afirmou o ministro em entrevista exclusiva àReuters.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 55/56   Separatistas escoceses pedem votos para 'fugir do Brexit'
    BUSINESS TOPIC NEWS

    "Você quer fugir do Brexit? Vote no SNP nas eleições legislativas britânicas em 12 de dezembro", disse sexta-feira (8) Nicola Sturgeon, líder dos separatistas escoceses, que quer aproveitar as eleições para tirar votos dos conservadores no poder e levar à frente a luta pela independência do país.

    "Você quer fugir do Brexit? Vote no SNP nas eleições legislativas britânicas em 12 de dezembro", disse sexta-feira (8) Nicola Sturgeon, líder dos separatistas escoceses, que quer aproveitar as eleições para tirar votos dos conservadores no poder e levar à frente a luta pela independência do país.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 56/56   De Paris a Xangai, a febre dos calçados esportivos
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Eles podem custar milhares de euros nas bolsas de valores, dos Estados Unidos à China. Os calçados esportivos fora de série deram origem a um mercado bilionário, entre a febre especulativa e a luta contra imitações.

    Eles podem custar milhares de euros nas bolsas de valores, dos Estados Unidos à China. Os calçados esportivos fora de série deram origem a um mercado bilionário, entre a febre especulativa e a luta contra imitações.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.

 
 


       

A Síntese de Voz
A Microsoft SAPI 5 objeto ActiveX é necessária.
Na opção de segurança do seu navegador, você não deve desabilitar a inicialização de controles ActiveX não assinados.
Você pode instalar e utilizar qualquer Inglês voz compatível com SAPI 5.
(tais como o discurso componente da Microsoft).
Não Voz Título Título e Documento
Voz e Audio Output



Velocidade

 

 
Volume

 

 

Velocidade Slideshow (Quick para Lento)
Zero Um Dois Três Quatro Cinco
Blog e RSS Feed URLs
http://moblog.whmsoft.net/pt
http://moblog.whmsoft.net/pt/?feed=rss2

Subscribe to Notícias Fotos Slideshows by Email
Subscrite para o RSS feed com Google Subscrite para o RSS feed com Yahoo! Subscrite para o RSS feed com AOL Subscrite para o RSS feed com Bloglines
Subscrite para o RSS feed com Netvibes Subscrite para o RSS feed com Newsgator Subscrite para o RSS feed com Pageflakes Subscrite para o RSS feed com Rojo

Slideshows - Fotos Noticias - Desde Yahoo! Noticias
Esporte



Encontros

Comentar