Pesquisas Locais - Offerte
Endereços - Horários - Comentários
Informações Sobre o Tempo
Produtos Quentes

Noticias Fotos Slideshows
Celebridades, People, Sports, High Tech, vlrPhone
   

HOWTO - Respostas Ilustrado
 
Libertar a Animação VR / AR
Jogar para revelar imagens 3D e modelos 3D!
Demonstração A-Frame / Multiplayer
Android app on Google Play
 
vlrPhone / vlrFilter
Softphones projeto com baixo consumo de energia, velocidade e radiação / Filtro Multifuncional de Audio com Controle Remoto!



 

Noticias Slideshows (15/01/2020 07 horas)


  • 1/56   Noticias Fotos Slideshows
    PEOPLE TOPIC NEWS

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.


    Revista de Imprensa


    5 FATOS CAPILARES SOBRE MIM   Flash   Ja Morant   Marcelo Tas   Chuu   Ezra Miller   HOJE TEM CORINTHIANS   gattaz   UM ANO COM PAULINHA   OCDE   Spartakus   Pulitzer   Luke Kuechly   PC Caju   Espaço Hall   10 PERGUNTAS POLÊMICAS   Arrowverse   sheilla   Gregore   Kawhi Leonard   IFRJ   Jogador Favorito   Stargirl   Tibúrcio   slmdtv   UM ANO DO FANDOM MABELLA   "Ribs"   Old Money   job fair   Panthers   
  • 2/56   Em carta aberta, grupo pede que Google impeça apps pré-instalados no Android

    Mais de 50 entidades de ativistas se uniram em carta para o fim da prática de bloatwares, aqueles programas que já vêm instalados no smartphone. Segundo documento, isso pode criar vulnerabilidades no dispositivo

    Mais de 50 entidades de ativistas se uniram em carta para o fim da prática de bloatwares, aqueles programas que já vêm instalados no smartphone. Segundo documento, isso pode criar vulnerabilidades no dispositivo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 3/56   Google começa a mudar visual das buscas na versão desktop

    Anunciadas em maio do ano passado para os dispositivos móveis, mudanças incluem ícone do site e nome do domínio acima do resultado da busca, além de informação mais destacada para anúncios; gigante das Buscas espera deixar mais clara a fonte da informação para o usuário

    Anunciadas em maio do ano passado para os dispositivos móveis, mudanças incluem ícone do site e nome do domínio acima do resultado da busca, além de informação mais destacada para anúncios; gigante das Buscas espera deixar mais clara a fonte da informação para o usuário


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 4/56   Google começa a testar movimentação por gestos no Chrome OS

    Empresa lançou testes de navegação sem uso de botões para o sistema operacional focado em tablets e Chromebooks touch. Novidades já está disponível no beta do Chrome OS 80, o qual deve ser atualizado em breve

    Empresa lançou testes de navegação sem uso de botões para o sistema operacional focado em tablets e Chromebooks touch. Novidades já está disponível no beta do Chrome OS 80, o qual deve ser atualizado em breve


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 5/56   App do Disney Plus já acumula cerca de 41 milhões de downloads

    Em apenas dois meses de existência, o Disney+ já acumula cerca de 41 milhões de downloads do seu aplicativo, tanto para Android quanto para iOS. Ao todo, a plataforma de streaming lucrou US$ 97.2 milhões, com 84% dessa quantia apenas vinda dos Estados Unidos

    Em apenas dois meses de existência, o Disney+ já acumula cerca de 41 milhões de downloads do seu aplicativo, tanto para Android quanto para iOS. Ao todo, a plataforma de streaming lucrou US$ 97.2 milhões, com 84% dessa quantia apenas vinda dos Estados Unidos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 6/56   Leilão da Receita tem Nintendo Switch a R$ 350 e iPhone XS por R$ 1 mil

    Há ainda lotes de smartphones, que incluem modelos da Xiaomi, BLU, LG, Apple e Redmi, com mais 185 dispositivos vendidos, por um total de R$ 15 mil. O mesmo acontece com um pacotão de pen drives, discos rígidos e SSDs, com centenas de unidades a R$ 31 mil

    Há ainda lotes de smartphones, que incluem modelos da Xiaomi, BLU, LG, Apple e Redmi, com mais 185 dispositivos vendidos, por um total de R$ 15 mil. O mesmo acontece com um pacotão de pen drives, discos rígidos e SSDs, com centenas de unidades a R$ 31 mil


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 7/56   Google anuncia que Chrome não dará mais suporte a cookies de terceiros em 2022

    Decisão faz parte do projeto Privacy Sandbox, que quer tornar a web mais segura para todos. Empresa pede esse tempo de dois anos para modificar todo o ecossistema da web e não causar impactos negativos na navegação

    Decisão faz parte do projeto Privacy Sandbox, que quer tornar a web mais segura para todos. Empresa pede esse tempo de dois anos para modificar todo o ecossistema da web e não causar impactos negativos na navegação


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 8/56   Microsoft vai corrigir vulnerabilidade do Windows 10 informada pela NSA

    Pacote de atualização programado para esta terça-feira, 14, inclui correção de uma falha descoberta pela NSA que, em vez de explorá-la para monitorar seus alvos, optou por informar o problema que poderia causar novas campanhas como a WannaCry

    Pacote de atualização programado para esta terça-feira, 14, inclui correção de uma falha descoberta pela NSA que, em vez de explorá-la para monitorar seus alvos, optou por informar o problema que poderia causar novas campanhas como a WannaCry


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 9/56   Mais um! Apple Watch alerta youtuber a tempo de taquicardia

    Os sistemas de saúde do relógio exibiram uma notificação de frequência cardíaca alta, indicando aumento anormal durante um período sem exercício aparente, então o YouTuber Joel Telling, dono do canal 3D Printing Nerd, foi parar no hospital

    Os sistemas de saúde do relógio exibiram uma notificação de frequência cardíaca alta, indicando aumento anormal durante um período sem exercício aparente, então o YouTuber Joel Telling, dono do canal 3D Printing Nerd, foi parar no hospital


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 10/56   Brecha no iMessage permitia invasão e roubo de informações no iPhone

    Possuindo apenas o e-mail da conta da Apple ou o número de telefone, criminosos poderiam obter acesso a arquivos, câmera e microfone, bem como a informações de e-mails e aplicativos. Vulnerabildade descoberta pelo Google já foi corrigida

    Possuindo apenas o e-mail da conta da Apple ou o número de telefone, criminosos poderiam obter acesso a arquivos, câmera e microfone, bem como a informações de e-mails e aplicativos. Vulnerabildade descoberta pelo Google já foi corrigida


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 11/56   Apple vai trocar cases de bateria defeituosos de iPhones XR, XS e XS Max

    Produtos afetados incluem estojos inteligentes de bateria para os iPhones XR, XS e XS Max, vendidos entre janeiro e outubro de 2019. Entre as falhas apresentadas estão recarga intermitentemente ou ausência da recarga quando o case está conectado a uma fonte de energia

    Produtos afetados incluem estojos inteligentes de bateria para os iPhones XR, XS e XS Max, vendidos entre janeiro e outubro de 2019. Entre as falhas apresentadas estão recarga intermitentemente ou ausência da recarga quando o case está conectado a uma fonte de energia


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 12/56   Google atualiza algoritmos de busca nesta terça-feira (14)

    Primeira atualização dos algoritmos de busca do Google de 2020 já está em andamento, e mudança pode afetar o ranqueamento de páginas nos resultados de pesquisas e aumentar ou diminuir o tráfego orgânico de páginas da web

    Primeira atualização dos algoritmos de busca do Google de 2020 já está em andamento, e mudança pode afetar o ranqueamento de páginas nos resultados de pesquisas e aumentar ou diminuir o tráfego orgânico de páginas da web


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 13/56   Apple libera novos betas para devs de todos os seus sistemas operacionais

    Novas versões para desenvolvedores do iOS, iPadOS, macOS, tvOS e watchOS não trazem nenhum novidade significativa, focando apenas em melhorias de performance, correções de bugs e atualizações de segurança

    Novas versões para desenvolvedores do iOS, iPadOS, macOS, tvOS e watchOS não trazem nenhum novidade significativa, focando apenas em melhorias de performance, correções de bugs e atualizações de segurança


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 14/56   CEO da Microsoft fica "em cima do muro" sobre disputa entre Apple e FBI

    Satya Nadella reiterou para jornalistas que acha uma ideia terrível a criação de um mecanismo que dá à fabricante acesso total às informações dos usuários, mas também falou que fará o possível para ajudar no andamento de investigações que necessitam desses dados

    Satya Nadella reiterou para jornalistas que acha uma ideia terrível a criação de um mecanismo que dá à fabricante acesso total às informações dos usuários, mas também falou que fará o possível para ajudar no andamento de investigações que necessitam desses dados


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 15/56   Fim do Windows 7: o que deixa de funcionar e como atualizar para o Windows 10?

    A Microsoft anunciou o fim do suporte ao Windows 7 para 14 de janeiro de 2020, efetivamente, “matando” esse sistema operacional e convocando usuários a fazerem o upgrade para o Windows 10: saiba dos riscos de se manter com a versão desatualizada e como fazer a migração

    A Microsoft anunciou o fim do suporte ao Windows 7 para 14 de janeiro de 2020, efetivamente, “matando” esse sistema operacional e convocando usuários a fazerem o upgrade para o Windows 10: saiba dos riscos de se manter com a versão desatualizada e como fazer a migração


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 16/56   Amazon quer impedir que Microsoft comece trabalhos em seu projeto com Pentágono

    Microsoft havia ganho contrato do JEDI, para oferta de serviços em nuvem ao governo norte-americano. Amazon, contudo, acredita que houve interferência política e pediu contestação. Agora quer paralisação das atividades até julgamento do pedido, em 11 de fevereiro

    Microsoft havia ganho contrato do JEDI, para oferta de serviços em nuvem ao governo norte-americano. Amazon, contudo, acredita que houve interferência política e pediu contestação. Agora quer paralisação das atividades até julgamento do pedido, em 11 de fevereiro


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 17/56   Malware antigo de Android passa a enviar SMS ofensivos às custas das vítimas

    Faketoken, que circula pelo menos desde 2012, evolui novamente com uma estranha funcionalidade: enviar mensagens de texto ofensivas para números internacionais usando dinheiro roubado da conta bancária das vítimas

    Faketoken, que circula pelo menos desde 2012, evolui novamente com uma estranha funcionalidade: enviar mensagens de texto ofensivas para números internacionais usando dinheiro roubado da conta bancária das vítimas


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 18/56   Dona do Google atinge US$ 1 trilhão em valor de mercado

    A controladora do Google, a Alphabet, atingiu a marca de US$ 1 trilhão de valor de mercado, pela primeira vez, no encerramento do pregão da última segunda-feira (13). Com esse valor, a empresa se torna a quarta maior companhia de tecnologia do mundo. Atualmente, a dona do Google vale US$ 1,4 trilhões, e a expectativa do Wall Street é que o trimestre se apresente forte em vendas de publicidade. Além disso, a mudança no comando da empresa, com a saída dos cofundadores Larry Page e Sergey Brin em dezembro de 2019, animou os investidores. O crescimento do Google se deve […]

    A controladora do Google, a Alphabet, atingiu a marca de US$ 1 trilhão de valor de mercado, pela primeira vez, no encerramento do pregão da última segunda-feira (13). Com esse valor, a empresa se torna a quarta maior companhia de tecnologia do mundo. Atualmente, a dona do Google vale US$ 1,4 trilhões, e a expectativa do Wall Street é que o trimestre se apresente forte em vendas de publicidade. Além disso, a mudança no comando da empresa, com a saída dos cofundadores Larry Page e Sergey Brin em dezembro de 2019, animou os investidores. O crescimento do Google se deve […]


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 19/56   ENTREVISTA-Brasil pode esperar para tributar serviços digitais, diz secretária

    Em entrevista à Reuters, Canado, que é assessora especial da pasta, também afirmou que a equipe econômica deve encaminhar todas as suas propostas para a reforma tributária ainda no primeiro semestre -- incluindo a reformulação do Imposto de Renda e revisões de benefícios fiscais. O debate sobre um imposto digital tem ganhado corpo conforme diversos países estudam mecanismos para que gigantes de tecnologia como Amazon e Google e empresas de streaming como Netflix e Spotify paguem mais impostos pelas receitas geradas localmente.

    Em entrevista à Reuters, Canado, que é assessora especial da pasta, também afirmou que a equipe econômica deve encaminhar todas as suas propostas para a reforma tributária ainda no primeiro semestre -- incluindo a reformulação do Imposto de Renda e revisões de benefícios fiscais. O debate sobre um imposto digital tem ganhado corpo conforme diversos países estudam mecanismos para que gigantes de tecnologia como Amazon e Google e empresas de streaming como Netflix e Spotify paguem mais impostos pelas receitas geradas localmente.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 20/56   Galaxy XCover Pro: novo smartphone da Samsung tem até walkie-talkie

    Modelo tem botão dedicado de fala na lateral para comunicação por walkie-talkie, ligado ao aplicativo Microsoft Team. Aparelho é voltado para empresas, conta com criptografia e isolamento de informações, além de bateria removível

    Modelo tem botão dedicado de fala na lateral para comunicação por walkie-talkie, ligado ao aplicativo Microsoft Team. Aparelho é voltado para empresas, conta com criptografia e isolamento de informações, além de bateria removível


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 21/56   Juiz diz que Apple se recusa a desbloquear iPhones de atiradores nos EUA

    Empresa informou que está fornecendo dados que podem ser usados nas investigações, mas não deve quebrar a criptografia dos dois aparelhos que o FBI gostaria. Segundo a gigante, essa é uma forma de proteger os cidadãos

    Empresa informou que está fornecendo dados que podem ser usados nas investigações, mas não deve quebrar a criptografia dos dois aparelhos que o FBI gostaria. Segundo a gigante, essa é uma forma de proteger os cidadãos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 22/56   Analista prevê que Apple venderá cerca de 85 milhões de iPhones em 2020

    Segundo o analista Ming-Chi Kuo, a empresa lançará quatro novos modelos de iPhone este ano, todos com suporte às redes 5G, mas apenas em mercados que já possuem tecnologia do tipo - em todos os outros, a companhia lançará aparelhos 4G para diminuir os custos de produção

    Segundo o analista Ming-Chi Kuo, a empresa lançará quatro novos modelos de iPhone este ano, todos com suporte às redes 5G, mas apenas em mercados que já possuem tecnologia do tipo - em todos os outros, a companhia lançará aparelhos 4G para diminuir os custos de produção


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 23/56   Google está perto de lançar sua versão do AirDrop para Android

    Assim como o Android Beam, o Nearby Share, antes chamado de Fast Share, deve utilizar Bluetooth para fazer o pareamento inicial. Depois da comunicação estabelecida, a troca de arquivos passa a acontecer por meio da conexão Wi-Fi

    Assim como o Android Beam, o Nearby Share, antes chamado de Fast Share, deve utilizar Bluetooth para fazer o pareamento inicial. Depois da comunicação estabelecida, a troca de arquivos passa a acontecer por meio da conexão Wi-Fi


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 24/56   Promoção da Apple dá fone Beats de graça no Brasil; veja como funciona

    Maçã pretende vender mais computadores e tablets para professores e universitários e abre promoção para comercialização desses produtos no Brasil. Além de preços mais baixos, companhia oferece mimos, como fones sem fio e assinaturas Apple TV+

    Maçã pretende vender mais computadores e tablets para professores e universitários e abre promoção para comercialização desses produtos no Brasil. Além de preços mais baixos, companhia oferece mimos, como fones sem fio e assinaturas Apple TV+


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 25/56   Wall Street bate recordes por otimismo com comércio e balanços

    Apple, Facebook, Netflix, Microsoft e Amazon.com Inc --que têm sustentado o mais longo movimento de alta nas ações norte-americanas-- estiveram entre os principais impulsos aos recordes para o S&P; 500 e o Nasdaq nesta sessão.

    Apple, Facebook, Netflix, Microsoft e Amazon.com Inc --que têm sustentado o mais longo movimento de alta nas ações norte-americanas-- estiveram entre os principais impulsos aos recordes para o S&P; 500 e o Nasdaq nesta sessão.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 26/56   App do Google para Android começa a liberar opção Labs para usuários

    Aplicativo de busca da empresa agora permite que usuários tenham acesso facilitado a algumas ferramentas experimentais que ainda não foram implementadas de forma oficial nos aplicativos, deixando que eles testem essas ferramentas e enviem feedback sobre a experiência

    Aplicativo de busca da empresa agora permite que usuários tenham acesso facilitado a algumas ferramentas experimentais que ainda não foram implementadas de forma oficial nos aplicativos, deixando que eles testem essas ferramentas e enviem feedback sobre a experiência


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 27/56   Polícia peruana prende turistas por danificar templo e defecar em Machu Picchu
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Seis turistas de diferentes nacionalidades foram presos por acessar áreas proibidas da cidade de Machu Picchu e danificar o famoso Templo do Sol, onde defecaram, segundo autoridades peruanas. Entre os detidos, estavam cidadãos do Brasil, Argentina, França e Chile.

    Seis turistas de diferentes nacionalidades foram presos por acessar áreas proibidas da cidade de Machu Picchu e danificar o famoso Templo do Sol, onde defecaram, segundo autoridades peruanas. Entre os detidos, estavam cidadãos do Brasil, Argentina, França e Chile.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 28/56   Ano de 2019 foi o mais quente em Cuba desde 1951
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O ano de 2019 foi o mais quente desde 1951 em Cuba, com uma temperatura média de 26,6°C, segundo dados do Centro do Clima sobre uma ilha particularmente vulnerável aos efeitos do aquecimento global.

    O ano de 2019 foi o mais quente desde 1951 em Cuba, com uma temperatura média de 26,6°C, segundo dados do Centro do Clima sobre uma ilha particularmente vulnerável aos efeitos do aquecimento global.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 29/56   Guerra de Biafra, o buraco negro da memória da Nigéria
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Diekoye Oyeyinka, 33 anos, é um dos autores nigerianos mais promissores de sua geração.

    Diekoye Oyeyinka, 33 anos, é um dos autores nigerianos mais promissores de sua geração.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 30/56   Milionário japonês busca companhia para ir à Lua
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Para não sentir o peso da solidão, o milionário japonês Yusaku Maezawa iniciou uma campanha para encontrar uma acompanhante para sua futura viagem espacial ao redor da Lua em um foguete espacial da SpaceX.

    Para não sentir o peso da solidão, o milionário japonês Yusaku Maezawa iniciou uma campanha para encontrar uma acompanhante para sua futura viagem espacial ao redor da Lua em um foguete espacial da SpaceX.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 31/56   Bombeiros controlam megaincêndio na Austrália
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Exaustos, os bombeiros australianos, exaustos nesta segunda-feira (13) que controlaram um megaincêndio nos arredores de Sydney, graças a um clima mais úmido que promete uma trégua muito necessária para o campo devastado pelo fogo.

    Exaustos, os bombeiros australianos, exaustos nesta segunda-feira (13) que controlaram um megaincêndio nos arredores de Sydney, graças a um clima mais úmido que promete uma trégua muito necessária para o campo devastado pelo fogo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 32/56   Chuva dá alívio aos bombeiros no combate aos incêndios na Austrália
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Os incêndios florestais que estão devastando o sudeste da Austrália estão longe de serem controlados, mas a chuva que chegou neste sábado na região deu trégua aos bombeiros exaustos e aos habitantes locais.

    Os incêndios florestais que estão devastando o sudeste da Austrália estão longe de serem controlados, mas a chuva que chegou neste sábado na região deu trégua aos bombeiros exaustos e aos habitantes locais.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 33/56   Dogging: conheça a prática de fazer sexo em público
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Ruas desertas, parques e estacionamentos. Os adeptos do “dogging”, além do fetiche de fazer sexo em áreas públicas, gostam de serem assistidos por desconhecidos.

    Ruas desertas, parques e estacionamentos. Os adeptos do “dogging”, além do fetiche de fazer sexo em áreas públicas, gostam de serem assistidos por desconhecidos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 34/56   Ventos fortes na Austrália geram 'megaincêndio'
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Ventos fortes causaram, nesta sexta-feira (10), a fusão de dois grandes incêndios no sudeste da Austrália, transformando-os em um incêndio gigantesco que assola um território equivalente a quatro vezes a superfície da cidade de Nova York, enquanto milhares de manifestantes exigiam ações contra as mudanças climáticas.

    Ventos fortes causaram, nesta sexta-feira (10), a fusão de dois grandes incêndios no sudeste da Austrália, transformando-os em um incêndio gigantesco que assola um território equivalente a quatro vezes a superfície da cidade de Nova York, enquanto milhares de manifestantes exigiam ações contra as mudanças climáticas.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 35/56   Aumentam em Hong Kong casos de estresse pós-traumático
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Quase um terço dos adultos de Hong Kong sofre, ou sofreu, estresse pós-traumático (TEPT) desde o início dos protestos pró-democracia e incidentes violentos no território chinês - aponta um estudo publicado nesta sexta-feira (10) pela revista científica The Lancet.

    Quase um terço dos adultos de Hong Kong sofre, ou sofreu, estresse pós-traumático (TEPT) desde o início dos protestos pró-democracia e incidentes violentos no território chinês - aponta um estudo publicado nesta sexta-feira (10) pela revista científica The Lancet.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 36/56   Vizcarra começa campanha de reflorestamento para proteger Machu Picchu
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O presidente peruano, Martin Vizcarra, começou nesta quinta-feira (09) uma campanha de reflorestamento com um milhão de árvores para o santuário arqueológico Machu Picchu, com o objetivo de proteger o símbolo inca das chuvas e deslizamentos que acontecem na região.

    O presidente peruano, Martin Vizcarra, começou nesta quinta-feira (09) uma campanha de reflorestamento com um milhão de árvores para o santuário arqueológico Machu Picchu, com o objetivo de proteger o símbolo inca das chuvas e deslizamentos que acontecem na região.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 37/56   Democratas realizam debate de alta tensão antes das primárias nos EUA
    WORLD TOPIC NEWS

    Seis pré-candidatos democratas voltaram a se enfrentar, nesta terça-feira (14), no último debate antes do início das primárias nos Estados Unidos, marcado pela disputa entre o ex-vice-presidente Joe Biden e o senador progressista Bernie Sanders.

    Seis pré-candidatos democratas voltaram a se enfrentar, nesta terça-feira (14), no último debate antes do início das primárias nos Estados Unidos, marcado pela disputa entre o ex-vice-presidente Joe Biden e o senador progressista Bernie Sanders.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 38/56   Giammattei assume presidência da Guatemala prometendo combater pobreza e corrupção
    WORLD TOPIC NEWS

    O médico de direita Alejandro Giammattei assumiu a Presidência da Guatemala, nesta terça-feira (14), em substituição ao impopular Jimmy Morales, com a promessa de atacar a corrupção e conter os altos índices de pobreza.

    O médico de direita Alejandro Giammattei assumiu a Presidência da Guatemala, nesta terça-feira (14), em substituição ao impopular Jimmy Morales, com a promessa de atacar a corrupção e conter os altos índices de pobreza.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 39/56   Países europeus ativam mecanismo para obrigar Irã a respeitar acordo nuclear
    WORLD TOPIC NEWS

    Os países europeus optaram nesta terça-feira por uma complexa estratégia diplomática para forçar o Irã a respeitar seus compromissos nucleares sem ativar novas sanções, que terminariam com o acordo de Viena de 2015.

    Os países europeus optaram nesta terça-feira por uma complexa estratégia diplomática para forçar o Irã a respeitar seus compromissos nucleares sem ativar novas sanções, que terminariam com o acordo de Viena de 2015.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 40/56   Avão libera combustível sobre escola em pouso de emergência em Los Angeles
    WORLD TOPIC NEWS

    Um avião a caminho do aeroporto de Los Angeles para um pouso de emergência precisou liberar combustível do ar, e ele caiu sobre o pátio de uma escola, causando ferimentos leves em 20 crianças e onze adultos.

    Um avião a caminho do aeroporto de Los Angeles para um pouso de emergência precisou liberar combustível do ar, e ele caiu sobre o pátio de uma escola, causando ferimentos leves em 20 crianças e onze adultos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 41/56   Julgamento de Trump no Congresso deve começar na terça-feira
    WORLD TOPIC NEWS

    É provável que a última etapa do processo de impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comece dentro de sete dias, e os principais envolvidos poderão prestar depoimento nesta semana, disse o líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell.

    É provável que a última etapa do processo de impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comece dentro de sete dias, e os principais envolvidos poderão prestar depoimento nesta semana, disse o líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 42/56   Em delação, empresário cita propina para PT e Jaques Wagner
    WORLD TOPIC NEWS

    CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - Em acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal, o empresário Mario Seabra Suarez, da Mendes Pinto Engenharia, relatou a entrega de pelo menos R$ 2 milhões ao ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto para a campanha presidencial de Dilma Rousseff em 2010. O dinheiro fazia parte da propina paga em troca do favorecimento da empresa para gerenciar a construção da Torre Pituba, sede da Petrobras em Salvador. A entrega de parte do dinheiro para Vaccari, segundo Suarez, ocorreu na sede do partido em São Paulo, localizada na Sé. Esse tipo de entrega, de acordo com o delator, era excepcional. Em geral, a verba era combinada diretamente com os destinatários finais. O total da propina, segundo Suarez, era dividido: um terço ia para o comitê nacional do PT, representado por Vaccari; um terço para os operadores da Petrobras e do Petros (fundo de pensão da estatal); e o restante para o PT baiano, por meio do operador financeiro Carlos Daltro, ligado ao senador Jaques Wagner (PT-BA), ex-governador do estado. O relato cita como Daltro como intermediário de Wagner, mas não detalha a participação do senador nesses repasses nem como o político se beneficiava dos pagamentos. Os termos da delação premiada foram anexados nesta segunda-feira (13) na ação penal da Lava Jato que trata da construção da sede baiana da petroleira. Os depoimentos foram tomados em setembro de 2019. A força-tarefa da operação aponta irregularidades em todas as etapas da obra: no gerenciamento, pela Mendes Pinto; no projeto executivo, pela Chibasa Projetos de Engenharia; e pelas empreiteiras OAS e Odebrecht, que construíram o prédio. Para o MPF, o negócio envolveu ao menos R$ 68 milhões em propina, paga pelas empresas aos ex-dirigentes da Petrobras, do PT e do Petros. Suarez, que era sócio da Mendes Pinto, detalha que o acordo entre Newton Carneiro e Wagner Pinheiro, então diretores do Petros, e Paulo Afonso, outro sócio da Mendes Pinto, foi fechado em 2009 com o aval de Vaccari. Logo após, Afonso teria repassado R$ 300 mil aos então dirigentes do fundo. A delação também faz menção a pagamentos de R$ 200 mil, em espécie, que teriam sido entregues por Afonso à secretária de Vaccari na sede do PT no Rio de Janeiro. Apenas para a Mendes Pinto ser beneficiada na concorrência para gerenciar a obra da Torre Pituba foi cobrado um valor de R$ 9,6 milhões, segundo o delator. Com parte da propina adiantada pela empresa de gerenciamento da obra, teriam sido firmados contratos com sobrepreço com um escritório de arquitetura e com a Chibasa, responsável pelo projeto de engenharia da construção, e, depois, com a OAS e Odebrecht. O processo sobre a Torre Pituba é um dos maiores da história da Lava Jato, com mais de 40 réus. A ação foi aberta no fim de 2018 e ainda não foi sentenciada. Jaques Wagner e Carlos Daltro não são réus nesse processo. Também foi anexado ao processo um relatório resultante de auditoria interna do Petros detalhando o passo a passo da construção da Torre Pituba. Apesar de a equipe responsável pelo documento não ter tido acesso a todos os materiais para a investigação, concluiu que teria sido pago a mais um valor de até R$ 54,3 milhões pela obra. O estudo identificou ainda diversos registros de visita de Vaccari na sede do Petros entre setembro de 2009 e outubro de 2013, principalmente nos dias de assinatura de contratos ou logo antes ou depois de reuniões da diretoria executiva do fundo ligado a Petrobras. OUTRO LADO Em nota, o PT afirma que o depoimento divulgado é uma denúncia "fantasiosa, sem sentido e sem provas" e que pretendem atingir o partido no momento em que as atenções se voltam para a indicação ao Oscar do documentário "Democracia em Vertigem", que trata do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. "Não pode haver outra razão para vazarem justamente hoje [terça-feira] um depoimento de quatro meses atrás, no qual um acusado diz que ouviu falar que lhe contaram sobre episódios que teriam se passado há uma década." A defesa do senador Jaques Wagner afirmou "que não teve acesso ao conteúdo de suposta delação premiada divulgada pela imprensa, de modo que não comentará o assunto antes de acessar sua íntegra". Ela disse, em nota, que "lamenta que, mais uma vez, pretensos conteúdos de processos que tramitam em segredo de justiça sejam divulgados por veículos de comunicação antes que as partes citadas sejam notificadas. É reprovável que essas práticas continuem ocorrendo, mesmo após a divulgação de complôs formados para acusar pessoas sem provas, atentando contra o Estado democrático de Direito". A defesa de João Vaccari Neto afirma que o delator o acusa de forma "inverídica e destituída de qualquer prova". Diz ainda que ele nunca foi tesoureiro de campanha política, mas sim do PT e que, pelo partido, sempre solicitou doações legais. As defesas dos demais citados na delação não foram localizadas até a conclusão deste texto.

    CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - Em acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal, o empresário Mario Seabra Suarez, da Mendes Pinto Engenharia, relatou a entrega de pelo menos R$ 2 milhões ao ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto para a campanha presidencial de Dilma Rousseff em 2010. O dinheiro fazia parte da propina paga em troca do favorecimento da empresa para gerenciar a construção da Torre Pituba, sede da Petrobras em Salvador. A entrega de parte do dinheiro para Vaccari, segundo Suarez, ocorreu na sede do partido em São Paulo, localizada na Sé. Esse tipo de entrega, de acordo com o delator, era excepcional. Em geral, a verba era combinada diretamente com os destinatários finais. O total da propina, segundo Suarez, era dividido: um terço ia para o comitê nacional do PT, representado por Vaccari; um terço para os operadores da Petrobras e do Petros (fundo de pensão da estatal); e o restante para o PT baiano, por meio do operador financeiro Carlos Daltro, ligado ao senador Jaques Wagner (PT-BA), ex-governador do estado. O relato cita como Daltro como intermediário de Wagner, mas não detalha a participação do senador nesses repasses nem como o político se beneficiava dos pagamentos. Os termos da delação premiada foram anexados nesta segunda-feira (13) na ação penal da Lava Jato que trata da construção da sede baiana da petroleira. Os depoimentos foram tomados em setembro de 2019. A força-tarefa da operação aponta irregularidades em todas as etapas da obra: no gerenciamento, pela Mendes Pinto; no projeto executivo, pela Chibasa Projetos de Engenharia; e pelas empreiteiras OAS e Odebrecht, que construíram o prédio. Para o MPF, o negócio envolveu ao menos R$ 68 milhões em propina, paga pelas empresas aos ex-dirigentes da Petrobras, do PT e do Petros. Suarez, que era sócio da Mendes Pinto, detalha que o acordo entre Newton Carneiro e Wagner Pinheiro, então diretores do Petros, e Paulo Afonso, outro sócio da Mendes Pinto, foi fechado em 2009 com o aval de Vaccari. Logo após, Afonso teria repassado R$ 300 mil aos então dirigentes do fundo. A delação também faz menção a pagamentos de R$ 200 mil, em espécie, que teriam sido entregues por Afonso à secretária de Vaccari na sede do PT no Rio de Janeiro. Apenas para a Mendes Pinto ser beneficiada na concorrência para gerenciar a obra da Torre Pituba foi cobrado um valor de R$ 9,6 milhões, segundo o delator. Com parte da propina adiantada pela empresa de gerenciamento da obra, teriam sido firmados contratos com sobrepreço com um escritório de arquitetura e com a Chibasa, responsável pelo projeto de engenharia da construção, e, depois, com a OAS e Odebrecht. O processo sobre a Torre Pituba é um dos maiores da história da Lava Jato, com mais de 40 réus. A ação foi aberta no fim de 2018 e ainda não foi sentenciada. Jaques Wagner e Carlos Daltro não são réus nesse processo. Também foi anexado ao processo um relatório resultante de auditoria interna do Petros detalhando o passo a passo da construção da Torre Pituba. Apesar de a equipe responsável pelo documento não ter tido acesso a todos os materiais para a investigação, concluiu que teria sido pago a mais um valor de até R$ 54,3 milhões pela obra. O estudo identificou ainda diversos registros de visita de Vaccari na sede do Petros entre setembro de 2009 e outubro de 2013, principalmente nos dias de assinatura de contratos ou logo antes ou depois de reuniões da diretoria executiva do fundo ligado a Petrobras. OUTRO LADO Em nota, o PT afirma que o depoimento divulgado é uma denúncia "fantasiosa, sem sentido e sem provas" e que pretendem atingir o partido no momento em que as atenções se voltam para a indicação ao Oscar do documentário "Democracia em Vertigem", que trata do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. "Não pode haver outra razão para vazarem justamente hoje [terça-feira] um depoimento de quatro meses atrás, no qual um acusado diz que ouviu falar que lhe contaram sobre episódios que teriam se passado há uma década." A defesa do senador Jaques Wagner afirmou "que não teve acesso ao conteúdo de suposta delação premiada divulgada pela imprensa, de modo que não comentará o assunto antes de acessar sua íntegra". Ela disse, em nota, que "lamenta que, mais uma vez, pretensos conteúdos de processos que tramitam em segredo de justiça sejam divulgados por veículos de comunicação antes que as partes citadas sejam notificadas. É reprovável que essas práticas continuem ocorrendo, mesmo após a divulgação de complôs formados para acusar pessoas sem provas, atentando contra o Estado democrático de Direito". A defesa de João Vaccari Neto afirma que o delator o acusa de forma "inverídica e destituída de qualquer prova". Diz ainda que ele nunca foi tesoureiro de campanha política, mas sim do PT e que, pelo partido, sempre solicitou doações legais. As defesas dos demais citados na delação não foram localizadas até a conclusão deste texto.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 43/56   Sem Bolsonaro e com R$ 200 mi, PSL traça estratégia para tentar eleger 500 prefeitos
    WORLD TOPIC NEWS

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Sem o presidente Jair Bolsonaro como principal cabo eleitoral, mas com a estimativa de ter cerca de R$ 203 milhões em caixa para a disputa municipal, o PSL começou a traçar sua estratégia para tentar conquistar ao menos 500 prefeituras em todo o Brasil. Dirigentes do partido, que terá a maior fatia do fundo eleitoral nesta corrida de 2020, estão organizando o que têm chamado de “PSL itinerante”. A ideia é que uma comitiva com integrantes da sigla percorra os 26 estados e o Distrito Federal entre março e maio para construir o maior número de candidaturas possíveis nos 5.570 municípios do país. Nesses encontros, o comando do PSL pretende fazer um diagnóstico das cidades de cada estado, avaliar a viabilidade dos postulantes e estabelecer metas regionais. “O PSL está muito organizado. Estamos trabalhando com foco em atingir a meta de eleger prefeitos em pelos menos 10% dos municípios brasileiros”, diz o deputado Junior Bozzella (PSL-SP), vice-presidente da sigla. A estimativa é ousada. Hoje, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o partido tem apenas 32 prefeitos em todo o país —30 deles eleitos na corrida de 2016 e 2 em eleições suplementares. Os dirigentes partidários dizem que os eventos pelo país terão como objetivo consolidar as diretrizes e a marca do partido, que teve seus quadros e recursos inflados graças à filiação do clã Bolsonaro. Dois meses depois de o presidente oficializar a saída da sigla que o alçou ao Palácio do Planalto, a cúpula do PSL avalia que é preciso trabalhar para que a agremiação se torne mais homogênea. A afinidade política e ideológica com Bolsonaro, dizem os dirigentes, não será impeditivo para os filiados que pretendem disputar a eleição. A preocupação, no entanto, é a de fazer um filtro para evitar que o PSL seja usado apenas como um trampolim. "A identidade com o governo Bolsonaro não é um problema. Só não queremos que o PSL seja um partido de aluguel para os postulantes a prefeitos. Não dá para ser eleito pelo PSL e, em seguida, mudar de partido", diz Bozzella, numa referência à possibilidade de perder quadros para a Aliança pelo Brasil, partido que o presidente trabalha para fundar. Segundo estatísticas do TSE, de setembro a dezembro do ano passado, o PSL perdeu 6.520 filiados. Hoje, a sigla tem 347.867 integrantes —bem atrás de legendas como MDB, com 2.130.140, e PT, com 1.475.678. O partido, entretanto, afirma que desde novembro recebeu 14.817 novos pedidos de filiação —dados que, diz a sigla, ainda não foram computados pela Justiça Eleitoral. As desfiliações já oficializadas pelo TSE se intensificaram em meio ao racha no PSL. No início de outubro de 2019, Bolsonaro disse a apoiador que o deputado Luciano Bivar (PE), presidente do PSL, estava “queimado pra caramba”. A declaração do presidente foi o estopim para a crise que vinha se alastrando na esteira das denúncias sobre o esquema de candidaturas laranjas nas eleições de 2018, revelado pela Folha de S.Paulo. À espera da chancela do presidente ao fundo eleitoral de R$ 2,034 bilhões, a atual direção do PSL montou uma espécie de força-tarefa para “colocar o partido em ordem” no país. Há a avaliação de que, como o PSL terá a maior fatia dos recursos destinados à corrida eleitoral deste ano, a administração do montante terá de ser mais rigorosa. Inevitavelmente, admitem integrantes da sigla, os passos do partido serão acompanhados com lupa. Uma reunião da executiva nacional foi marcada para o dia 3 de fevereiro. A ideia é que do encontro saia um diagnóstico da situação contábil e jurídica de diretórios municipais do PSL. O principal objetivo, segundo a cúpula da legenda, é trabalhar para regularizar aqueles que não estejam em dia com a Justiça Eleitoral. Nessa data, a cúpula do partido também pretende apresentar o calendário do “PSL itinerante”. Segundo os dirigentes, uma das propostas é a realização de palestras temáticas aos filiados que pretendem disputar uma cadeira de prefeito. A sigla está selecionando especialistas para debates sobre violência doméstica, segurança pública, combate à corrupção, educação, saúde, desenvolvimento urbano e combate à fome. “O partido tem quadros importantes em todo o país e tem um verdadeiro projeto de mudança para o Brasil. Estamos focados na expansão do liberalismo econômico para a construção de uma economia forte, no retorno dos investidores, em políticas públicas efetivas para saúde, infraestrutura e educação, além do combate irrestrito à corrupção e ao crime organizado”, diz Bozzella. Antes do encontro nacional, diretórios estaduais já começaram a se organizar para a disputa desse ano. Em São Paulo, por exemplo, a ideia é ter candidatos na maioria dos 645 municípios do estado. O partido trabalha com a estimativa de eleger ao menos 70 prefeitos. A sigla vai concentrar esforços na capital paulista, onde pretende lançar a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP). No último dia 6, a executiva paulista fechou uma resolução sobre a corrida municipal. Entre os principais pontos, o partido vetou alianças no estado com PT, PSOL e PC do B e estabeleceu que a sigla tenha “candidatura própria a prefeito e chapa de vereadores completa em todos os municípios onde esteja constituído no estado de São Paulo”. A determinação deve ser replicada em todo o país. “Estamos concentrando as nossas energias na eleição desses novos quadros. O nosso objetivo é estar presente em cidades estratégicas em todos os estados da nação e, assim, conseguir implementar as nossas bandeiras que vão ao encontro do que a população está esperando desde a eleição de 2018 e até agora não teve”, diz Bozzella. RAIO-X DO PSL 347.867 filiados em dez.19, segundo o TSE 53 deputados 2 senadores 3 governadores (RO, RR e SC)

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Sem o presidente Jair Bolsonaro como principal cabo eleitoral, mas com a estimativa de ter cerca de R$ 203 milhões em caixa para a disputa municipal, o PSL começou a traçar sua estratégia para tentar conquistar ao menos 500 prefeituras em todo o Brasil. Dirigentes do partido, que terá a maior fatia do fundo eleitoral nesta corrida de 2020, estão organizando o que têm chamado de “PSL itinerante”. A ideia é que uma comitiva com integrantes da sigla percorra os 26 estados e o Distrito Federal entre março e maio para construir o maior número de candidaturas possíveis nos 5.570 municípios do país. Nesses encontros, o comando do PSL pretende fazer um diagnóstico das cidades de cada estado, avaliar a viabilidade dos postulantes e estabelecer metas regionais. “O PSL está muito organizado. Estamos trabalhando com foco em atingir a meta de eleger prefeitos em pelos menos 10% dos municípios brasileiros”, diz o deputado Junior Bozzella (PSL-SP), vice-presidente da sigla. A estimativa é ousada. Hoje, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o partido tem apenas 32 prefeitos em todo o país —30 deles eleitos na corrida de 2016 e 2 em eleições suplementares. Os dirigentes partidários dizem que os eventos pelo país terão como objetivo consolidar as diretrizes e a marca do partido, que teve seus quadros e recursos inflados graças à filiação do clã Bolsonaro. Dois meses depois de o presidente oficializar a saída da sigla que o alçou ao Palácio do Planalto, a cúpula do PSL avalia que é preciso trabalhar para que a agremiação se torne mais homogênea. A afinidade política e ideológica com Bolsonaro, dizem os dirigentes, não será impeditivo para os filiados que pretendem disputar a eleição. A preocupação, no entanto, é a de fazer um filtro para evitar que o PSL seja usado apenas como um trampolim. "A identidade com o governo Bolsonaro não é um problema. Só não queremos que o PSL seja um partido de aluguel para os postulantes a prefeitos. Não dá para ser eleito pelo PSL e, em seguida, mudar de partido", diz Bozzella, numa referência à possibilidade de perder quadros para a Aliança pelo Brasil, partido que o presidente trabalha para fundar. Segundo estatísticas do TSE, de setembro a dezembro do ano passado, o PSL perdeu 6.520 filiados. Hoje, a sigla tem 347.867 integrantes —bem atrás de legendas como MDB, com 2.130.140, e PT, com 1.475.678. O partido, entretanto, afirma que desde novembro recebeu 14.817 novos pedidos de filiação —dados que, diz a sigla, ainda não foram computados pela Justiça Eleitoral. As desfiliações já oficializadas pelo TSE se intensificaram em meio ao racha no PSL. No início de outubro de 2019, Bolsonaro disse a apoiador que o deputado Luciano Bivar (PE), presidente do PSL, estava “queimado pra caramba”. A declaração do presidente foi o estopim para a crise que vinha se alastrando na esteira das denúncias sobre o esquema de candidaturas laranjas nas eleições de 2018, revelado pela Folha de S.Paulo. À espera da chancela do presidente ao fundo eleitoral de R$ 2,034 bilhões, a atual direção do PSL montou uma espécie de força-tarefa para “colocar o partido em ordem” no país. Há a avaliação de que, como o PSL terá a maior fatia dos recursos destinados à corrida eleitoral deste ano, a administração do montante terá de ser mais rigorosa. Inevitavelmente, admitem integrantes da sigla, os passos do partido serão acompanhados com lupa. Uma reunião da executiva nacional foi marcada para o dia 3 de fevereiro. A ideia é que do encontro saia um diagnóstico da situação contábil e jurídica de diretórios municipais do PSL. O principal objetivo, segundo a cúpula da legenda, é trabalhar para regularizar aqueles que não estejam em dia com a Justiça Eleitoral. Nessa data, a cúpula do partido também pretende apresentar o calendário do “PSL itinerante”. Segundo os dirigentes, uma das propostas é a realização de palestras temáticas aos filiados que pretendem disputar uma cadeira de prefeito. A sigla está selecionando especialistas para debates sobre violência doméstica, segurança pública, combate à corrupção, educação, saúde, desenvolvimento urbano e combate à fome. “O partido tem quadros importantes em todo o país e tem um verdadeiro projeto de mudança para o Brasil. Estamos focados na expansão do liberalismo econômico para a construção de uma economia forte, no retorno dos investidores, em políticas públicas efetivas para saúde, infraestrutura e educação, além do combate irrestrito à corrupção e ao crime organizado”, diz Bozzella. Antes do encontro nacional, diretórios estaduais já começaram a se organizar para a disputa desse ano. Em São Paulo, por exemplo, a ideia é ter candidatos na maioria dos 645 municípios do estado. O partido trabalha com a estimativa de eleger ao menos 70 prefeitos. A sigla vai concentrar esforços na capital paulista, onde pretende lançar a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP). No último dia 6, a executiva paulista fechou uma resolução sobre a corrida municipal. Entre os principais pontos, o partido vetou alianças no estado com PT, PSOL e PC do B e estabeleceu que a sigla tenha “candidatura própria a prefeito e chapa de vereadores completa em todos os municípios onde esteja constituído no estado de São Paulo”. A determinação deve ser replicada em todo o país. “Estamos concentrando as nossas energias na eleição desses novos quadros. O nosso objetivo é estar presente em cidades estratégicas em todos os estados da nação e, assim, conseguir implementar as nossas bandeiras que vão ao encontro do que a população está esperando desde a eleição de 2018 e até agora não teve”, diz Bozzella. RAIO-X DO PSL 347.867 filiados em dez.19, segundo o TSE 53 deputados 2 senadores 3 governadores (RO, RR e SC)


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 44/56   Bolsonaro chama de fake news livro que fala em demissão de Moro cogitada em 2019
    WORLD TOPIC NEWS

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro se irritou nesta terça-feira (14) e encerrou entrevista à imprensa ao ser questionado sobre informações de um livro que será lançado na próxima semana, segundo o qual ele cogitou demitir o ministro da Justiça, Sergio Moro, em 2019. "Vocês têm uma colega de vocês que fez um livro que leu meu pensamento. Acho que não tenho que conversar com vocês, é só escrever o que você achar", disse na entrada do Palácio da Alvorada. "O livro é fake news, mentiroso e não vou responder sobre o livro", acrescentou. O livro "Tormenta", da jornalista Thaís Oyama, que será publicado pela Companhia das Letras, diz que Bolsonaro cogitou a demissão de Moro no segundo semestre do ano passado, mas foi demovido da ideia pelo general Augusto Heleno, ministro chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional). Conforme noticiado na época, Moro enfrentou um processo de fritura de Bolsonaro em meio à crise com a Polícia Federal e à interferência do presidente no órgão. À época, Bolsonaro afirmou: "Se eu não posso trocar o superintendente, eu vou trocar o diretor-geral". E completou: "Se eu trocar hoje, qual o problema? Está na lei que eu que indico e não o Sergio Moro. E ponto-final". "Àquela altura", diz o livro de Oyama, "o ex-juiz da Lava Jato já havia percorrido um longo corredor polonês de humilhações, mas nunca chegou a pedir demissão. Diante das declarações do presidente, porém, o general Augusto Heleno achou por bem procurar o colega para pedir-lhe paciência. 'O compromisso do senhor não é com o governo Bolsonaro, é com o Brasil', disse o militar a Moro". Ainda segundo o livro: "Na última semana de agosto, a despeito dos conselhos de auxiliares, Bolsonaro decidiu que iria mesmo demitir Moro. 'Vou pagar para ver', disse. O general Heleno, que já tinha gastado seu arsenal de argumentos em defesa do ministro, ao notar a determinação do presidente, descarregou a última bala: 'Se demitir o Moro, o seu governo acaba', disse". Heleno negou à revista Crusoé ter atuado para demover Bolsonaro da ideia de demitir Moro em agosto do ano passado. O presidente também foi questionado nesta terça-feira se pediu para que Fabrício Queiroz faltasse a depoimento ao Ministério Público do Rio de Janeiro, informação presente em trecho do livro divulgado pela imprensa. "Acabou a entrevista", disse o presidente, retirando-se do local. O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) na época em que ele era deputado estadual é pivô de uma investigação contra o filho do presidente de um esquema conhecido como "rachadinha". De acordo com o livro, "dois dias antes da data estabelecida para o depoimento, Bolsonaro mandou abortar a operação —Queiroz não deveria mais comparecer ao interrogatório. O presidente eleito fora convencido por um advogado amigo que a melhor estratégia para abafar a história era tirar Queiroz e o Ministério Público Estadual do cenário e, por meio do foro privilegiado de Flávio, jogar o caso ara o STF —onde poderiam resolvê-lo 'de outra maneira'. O nome do advogado amigo era Frederick Wassef". Procurado pela reportagem, Wassef afirmou que não iria se manifestar. Nas redes sociais, Bolsonaro também fez críticas ao livro sobre os bastidores do seu primeiro ano à frente do Palácio do Planalto. "Essa imprensa é uma vergonha. Lê meus pensamentos e ministros se convencem a não demitirem a si próprios", escreveu. Procurada, a editora afirmou que não iria se manifestar.

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro se irritou nesta terça-feira (14) e encerrou entrevista à imprensa ao ser questionado sobre informações de um livro que será lançado na próxima semana, segundo o qual ele cogitou demitir o ministro da Justiça, Sergio Moro, em 2019. "Vocês têm uma colega de vocês que fez um livro que leu meu pensamento. Acho que não tenho que conversar com vocês, é só escrever o que você achar", disse na entrada do Palácio da Alvorada. "O livro é fake news, mentiroso e não vou responder sobre o livro", acrescentou. O livro "Tormenta", da jornalista Thaís Oyama, que será publicado pela Companhia das Letras, diz que Bolsonaro cogitou a demissão de Moro no segundo semestre do ano passado, mas foi demovido da ideia pelo general Augusto Heleno, ministro chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional). Conforme noticiado na época, Moro enfrentou um processo de fritura de Bolsonaro em meio à crise com a Polícia Federal e à interferência do presidente no órgão. À época, Bolsonaro afirmou: "Se eu não posso trocar o superintendente, eu vou trocar o diretor-geral". E completou: "Se eu trocar hoje, qual o problema? Está na lei que eu que indico e não o Sergio Moro. E ponto-final". "Àquela altura", diz o livro de Oyama, "o ex-juiz da Lava Jato já havia percorrido um longo corredor polonês de humilhações, mas nunca chegou a pedir demissão. Diante das declarações do presidente, porém, o general Augusto Heleno achou por bem procurar o colega para pedir-lhe paciência. 'O compromisso do senhor não é com o governo Bolsonaro, é com o Brasil', disse o militar a Moro". Ainda segundo o livro: "Na última semana de agosto, a despeito dos conselhos de auxiliares, Bolsonaro decidiu que iria mesmo demitir Moro. 'Vou pagar para ver', disse. O general Heleno, que já tinha gastado seu arsenal de argumentos em defesa do ministro, ao notar a determinação do presidente, descarregou a última bala: 'Se demitir o Moro, o seu governo acaba', disse". Heleno negou à revista Crusoé ter atuado para demover Bolsonaro da ideia de demitir Moro em agosto do ano passado. O presidente também foi questionado nesta terça-feira se pediu para que Fabrício Queiroz faltasse a depoimento ao Ministério Público do Rio de Janeiro, informação presente em trecho do livro divulgado pela imprensa. "Acabou a entrevista", disse o presidente, retirando-se do local. O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) na época em que ele era deputado estadual é pivô de uma investigação contra o filho do presidente de um esquema conhecido como "rachadinha". De acordo com o livro, "dois dias antes da data estabelecida para o depoimento, Bolsonaro mandou abortar a operação —Queiroz não deveria mais comparecer ao interrogatório. O presidente eleito fora convencido por um advogado amigo que a melhor estratégia para abafar a história era tirar Queiroz e o Ministério Público Estadual do cenário e, por meio do foro privilegiado de Flávio, jogar o caso ara o STF —onde poderiam resolvê-lo 'de outra maneira'. O nome do advogado amigo era Frederick Wassef". Procurado pela reportagem, Wassef afirmou que não iria se manifestar. Nas redes sociais, Bolsonaro também fez críticas ao livro sobre os bastidores do seu primeiro ano à frente do Palácio do Planalto. "Essa imprensa é uma vergonha. Lê meus pensamentos e ministros se convencem a não demitirem a si próprios", escreveu. Procurada, a editora afirmou que não iria se manifestar.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 45/56   Atores de "Game of Thrones" estão no elenco de "Senhor dos Anéis" da Amazon
    WORLD TOPIC NEWS

    PASADENA, Estados Unidos (Reuters) - A Amazon.com revelou o primeiro elenco de sua esperada série de "O Senhor dos Anéis" para streaming nesta terça-feira, incluindo dois veteranos da premiada série "Game of Thrones", e informou que a produção começará no mês que vem na Nova Zelândia.

    PASADENA, Estados Unidos (Reuters) - A Amazon.com revelou o primeiro elenco de sua esperada série de "O Senhor dos Anéis" para streaming nesta terça-feira, incluindo dois veteranos da premiada série "Game of Thrones", e informou que a produção começará no mês que vem na Nova Zelândia.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 46/56   Desmatamento na Amazônia aumenta 85,3% em 2019, aponta Inpe
    WORLD TOPIC NEWS

    O desmatamento na Amazônia brasileira aumentou 85,3% em 2019 em relação ao ano anterior, segundo dados oficiais preliminares do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) sobre o primeiro ano de governo de Jair Bolsonaro.

    O desmatamento na Amazônia brasileira aumentou 85,3% em 2019 em relação ao ano anterior, segundo dados oficiais preliminares do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) sobre o primeiro ano de governo de Jair Bolsonaro.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 47/56   Petrobras conclui venda de ativos na Nigéria por US$1,454 bi à Petrovida
    BUSINESS TOPIC NEWS

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras informou nesta terça-feira que concluiu a venda de sua participação de 50% na joint venture holandesa Petrobras Oil & Gas (PO&GBV;), que detém ativos na Nigéria, por 1,454 bilhão de dólares. A participação foi vendida para a Petrovida Holding, detida integralmente pela Africa Oil, empresa de capital aberto canadense de exploração e produção.

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras informou nesta terça-feira que concluiu a venda de sua participação de 50% na joint venture holandesa Petrobras Oil & Gas (PO&GBV;), que detém ativos na Nigéria, por 1,454 bilhão de dólares. A participação foi vendida para a Petrovida Holding, detida integralmente pela Africa Oil, empresa de capital aberto canadense de exploração e produção.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 48/56   EUA vão manter tarifas sobre importações da China por enquanto, diz Mnuchin
    BUSINESS TOPIC NEWS

    WASHINGTON (Reuters) - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse nesta terça-feira que os EUA vão manter tarifas sobre produtos da China até a conclusão de uma segunda fase do acordo comercial entre os países."Essas tarifas permanecerão em vigor até que haja a fase 2.

    WASHINGTON (Reuters) - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse nesta terça-feira que os EUA vão manter tarifas sobre produtos da China até a conclusão de uma segunda fase do acordo comercial entre os países."Essas tarifas permanecerão em vigor até que haja a fase 2.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 49/56   Ex-presidente da Nissan Ghosn diz que embaixador francês o avisou de conspiração contra ele 
    BUSINESS TOPIC NEWS

    BEIRUTE (Reuters) - O ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn, que falou nesta terça-feira em Beirute, após sua dramática fuga da justiça japonesa, que o embaixador da França o havia avisado pouco antes de sua prisão de que sua empresa estava tramando contra ele. "Francamente, fiquei chocado com a prisão e a primeira coisa que pedi era para que se certificassem de que a Nissan soubesse para que me enviassem um advogado", disse Ghosn à Reuters em entrevista na capital libanesa.

    BEIRUTE (Reuters) - O ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn, que falou nesta terça-feira em Beirute, após sua dramática fuga da justiça japonesa, que o embaixador da França o havia avisado pouco antes de sua prisão de que sua empresa estava tramando contra ele. "Francamente, fiquei chocado com a prisão e a primeira coisa que pedi era para que se certificassem de que a Nissan soubesse para que me enviassem um advogado", disse Ghosn à Reuters em entrevista na capital libanesa.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 50/56   Azul compra aérea regional TwoFlex, amplia operações em Congonhas
    BUSINESS TOPIC NEWS

    SÃO PAULO (Reuters) - A companhia aérea Azul anunciou nesta terça-feira acordo para comprar a rival menor TwoFlex, reforçando a aposta na aviação regional e de olho em licenças adicionais para voos ligando o aeroporto de Congonhas (SP) ao Rio de Janeiro.Para a Azul, a transação é uma ofensiva dupla.

    SÃO PAULO (Reuters) - A companhia aérea Azul anunciou nesta terça-feira acordo para comprar a rival menor TwoFlex, reforçando a aposta na aviação regional e de olho em licenças adicionais para voos ligando o aeroporto de Congonhas (SP) ao Rio de Janeiro.Para a Azul, a transação é uma ofensiva dupla.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 51/56   Governo vai contratar até 7 mil militares de reserva para regularizar atendimento do INSS
    BUSINESS TOPIC NEWS

    BRASÍLIA (Reuters) - O governo do presidente Jair Bolsonaro editará um decreto até o fim desta semana prevendo a possibilidade de contratação temporária de até 7 mil militares da reserva para regularizar a análise de concessão de benefícios pelo INSS.Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, o custo da investida será em torno de 14,5 milhões de reais por mês.

    BRASÍLIA (Reuters) - O governo do presidente Jair Bolsonaro editará um decreto até o fim desta semana prevendo a possibilidade de contratação temporária de até 7 mil militares da reserva para regularizar a análise de concessão de benefícios pelo INSS.Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, o custo da investida será em torno de 14,5 milhões de reais por mês.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 52/56   EUA e China não têm acordo para futuras reduções de tarifas, dizem Lighthizer e Mnuchin
    BUSINESS TOPIC NEWS

    WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos e a China não têm acordo para reduções adicionais de tarifas, disseram o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, em comunicado conjunto nesta terça-feira.Eles afirmaram que todos os aspectos da fase 1 de um acordo comercial com a China serão divulgados na quarta-feira, quando deve ser assinado na Casa Branca, exceto um anexo confidencial que detalha os produtos e serviços dos EUA a serem comprados pela China.

    WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos e a China não têm acordo para reduções adicionais de tarifas, disseram o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, em comunicado conjunto nesta terça-feira.Eles afirmaram que todos os aspectos da fase 1 de um acordo comercial com a China serão divulgados na quarta-feira, quando deve ser assinado na Casa Branca, exceto um anexo confidencial que detalha os produtos e serviços dos EUA a serem comprados pela China.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 53/56   Wall St se afasta de recordes após notícia sobre tarifas
    BUSINESS TOPIC NEWS

    NOVA YORK (Reuters) - Os mercados de ações dos Estados Unidos tiveram direção mista nesta terça-feira, se afastando de recordes batidos mais cedo, após notícia de que os EUA provavelmente manterão tarifas sobre produtos chineses até depois da eleição presidencial de novembro.DJI> teve alta de 0,11%, para 28.

    NOVA YORK (Reuters) - Os mercados de ações dos Estados Unidos tiveram direção mista nesta terça-feira, se afastando de recordes batidos mais cedo, após notícia de que os EUA provavelmente manterão tarifas sobre produtos chineses até depois da eleição presidencial de novembro.DJI> teve alta de 0,11%, para 28.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 54/56   Bolsonaro anuncia novo salário mínimo de R$1.045
    BUSINESS TOPIC NEWS

    BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, após reunião com o ministro Paulo Guedes no Ministério da Economia, que será editada uma medida provisória para elevar o valor do novo salário mínimo a 1.045 reais, do patamar fixado anteriormente de 1.

    BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, após reunião com o ministro Paulo Guedes no Ministério da Economia, que será editada uma medida provisória para elevar o valor do novo salário mínimo a 1.045 reais, do patamar fixado anteriormente de 1.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 55/56   Títulos argentinos caem após província de Buenos Aires pedir prorrogação de pagamento
    BUSINESS TOPIC NEWS

    BUENOS AIRES/NOVA YORK (Reuters) - Os títulos de Buenos Aires aumentaram as perdas recentes nesta terça-feira, depois que o governo da província pediu prorrogação na amortização de mais de 250 milhões de dólares com vencimento no final deste mês, afetando também a dívida da Argentina.A proposta para postergar o pagamento que vence dia 26 de janeiro deve ter o aceite de 75% dos credores, afirmou o ministro da Fazenda de Buenos Aires, Pablo López, em entrevista à rádio La Red.

    BUENOS AIRES/NOVA YORK (Reuters) - Os títulos de Buenos Aires aumentaram as perdas recentes nesta terça-feira, depois que o governo da província pediu prorrogação na amortização de mais de 250 milhões de dólares com vencimento no final deste mês, afetando também a dívida da Argentina.A proposta para postergar o pagamento que vence dia 26 de janeiro deve ter o aceite de 75% dos credores, afirmou o ministro da Fazenda de Buenos Aires, Pablo López, em entrevista à rádio La Red.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 56/56   Dólar fecha em queda ante real em correção após três altas seguidas
    BUSINESS TOPIC NEWS

    SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em queda moderada ante o real nesta terça-feira, com investidores dando uma pausa nas compras depois de três altas consecutivas que levaram a cotação a máximas em mais de um mês.O dólar negociado no mercado interbancário  caiu 0,27%, a 4,1313 reais na venda.

    SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em queda moderada ante o real nesta terça-feira, com investidores dando uma pausa nas compras depois de três altas consecutivas que levaram a cotação a máximas em mais de um mês.O dólar negociado no mercado interbancário caiu 0,27%, a 4,1313 reais na venda.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.

 
 


       

A Síntese de Voz
A Microsoft SAPI 5 objeto ActiveX é necessária.
Na opção de segurança do seu navegador, você não deve desabilitar a inicialização de controles ActiveX não assinados.
Você pode instalar e utilizar qualquer Inglês voz compatível com SAPI 5.
(tais como o discurso componente da Microsoft).
Não Voz Título Título e Documento
Voz e Audio Output



Velocidade

 

 
Volume

 

 

Velocidade Slideshow (Quick para Lento)
Zero Um Dois Três Quatro Cinco
Blog e RSS Feed URLs
http://moblog.whmsoft.net/pt
http://moblog.whmsoft.net/pt/?feed=rss2

Subscribe to Notícias Fotos Slideshows by Email
Subscrite para o RSS feed com Google Subscrite para o RSS feed com Yahoo! Subscrite para o RSS feed com AOL Subscrite para o RSS feed com Bloglines
Subscrite para o RSS feed com Netvibes Subscrite para o RSS feed com Newsgator Subscrite para o RSS feed com Pageflakes Subscrite para o RSS feed com Rojo

Slideshows - Fotos Noticias - Desde Yahoo! Noticias
Esporte



Encontros

Comentar