Pesquisas Locais - Offerte
Endereços - Horários - Comentários
Informações Sobre o Tempo
Produtos Quentes

Noticias Fotos Slideshows
Celebridades, People, Sports, High Tech, vlrPhone
   

HOWTO - Respostas Ilustrado
 
Libertar a Animação VR / AR
Jogar para revelar imagens 3D e modelos 3D!
Demonstração A-Frame / Multiplayer
Android app on Google Play
 
vlrPhone / vlrFilter
Softphones projeto com baixo consumo de energia, velocidade e radiação / Filtro Multifuncional de Audio com Controle Remoto!



 

Noticias Slideshows (27/06/2020 19 horas)


  • 1/56   Noticias Fotos Slideshows
    PEOPLE TOPIC NEWS

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo

    Noticias Fotos Slideshows - Tendências - Clique na imagem para visualizar na realidade aumentada ou em 3D estéreo


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.


    Revista de Imprensa


    MOVIE FOR SHE RA   Celta   HAPPY BIRTHDAY LAUREN   Goiás   Borussia   Stegen   Iago Aspas   Brooklyn nine-nine   Blogueira da CNN   Suarez   Dudu   Puig   Dortmund   Umtiti   STRAY KIDS WORLD DOMINATION   jongin   Robben   Hosana   Bundesliga   Favre   ulrich   Kramaric   Lingard   Repórter da CNN   ADEUS MUNDO   Nolito   Leeds   Hansen   halsey   Werder Bremen   STREAM IN THE MIRROR   
  • 2/56   Google testa recurso que identifica ligações de empresas no Android

    Google confirma testes aqui no Brasil de recurso para exibir informações como o nome de quem está te ligando, logotipo e o qual motivo da chamada. Usuário poderá decidir se interessa ou não atender a ligação

    Google confirma testes aqui no Brasil de recurso para exibir informações como o nome de quem está te ligando, logotipo e o qual motivo da chamada. Usuário poderá decidir se interessa ou não atender a ligação


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 3/56   Por que reconhecimento facial virou tabu entre gigantes como Amazon e Microsoft

    Amazon, IBM e Microsoft declararam que vão pedir a suspensão do uso dessa tecnologia pela polícia

    Amazon, IBM e Microsoft declararam que vão pedir a suspensão do uso dessa tecnologia pela polícia


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 4/56   Novo software de realidade aumentada do Google promete mapeamento mais preciso

    Nova API do Google promete entender com mais precisão o ambiente e fornecer noções de realidade aumentada mais realistas. Seus recursos já estão sendo usados pelo Snapchat e, em breve, estarão disponíveis para dispositivos topos de linha da Samsung

    Nova API do Google promete entender com mais precisão o ambiente e fornecer noções de realidade aumentada mais realistas. Seus recursos já estão sendo usados pelo Snapchat e, em breve, estarão disponíveis para dispositivos topos de linha da Samsung


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 5/56   Como usar o Tangi, app de vídeos do Google no celular e no PC

    Aplicativo de vídeos do Google reúne ferramentas inspiradas no TikTok e Pinterest, com diversos vídeos de tutoriais. Saiba como utilizar o Tangi em computadores e celulares e tenha acesso a grandes inspirações!

    Aplicativo de vídeos do Google reúne ferramentas inspiradas no TikTok e Pinterest, com diversos vídeos de tutoriais. Saiba como utilizar o Tangi em computadores e celulares e tenha acesso a grandes inspirações!


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 6/56   Microsoft anuncia o fechamento permanente de todas suas lojas físicas

    Empresa justificou a decisão dizendo que a experiência de compra online acabou adquirindo um tamanho mais robusto, melhor atendendo ao consumidor do que o ambiente físico; As lojas físicas apareceram na última década como uma tentativa de rivalizar o varejo com a Apple

    Empresa justificou a decisão dizendo que a experiência de compra online acabou adquirindo um tamanho mais robusto, melhor atendendo ao consumidor do que o ambiente físico; As lojas físicas apareceram na última década como uma tentativa de rivalizar o varejo com a Apple


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 7/56   iPhone 11 em oferta por menos de 4500 reais

    Lançado no ano passado, smartphone da Apple com câmera traseira dupla grava vídeos em 4K

    Lançado no ano passado, smartphone da Apple com câmera traseira dupla grava vídeos em 4K


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 8/56   TikTok deixará de fuçar a área de transferência após ser flagrado pelo iOS 14

    Os desenvolvedores do TikTok anunciaram que a próxima atualização do app para iPhone removerá o acesso excessivo à área de transferência do sistema. O aplicativo foi flagrado abusando do recurso por uma nova notificação implementada no iOS 14

    Os desenvolvedores do TikTok anunciaram que a próxima atualização do app para iPhone removerá o acesso excessivo à área de transferência do sistema. O aplicativo foi flagrado abusando do recurso por uma nova notificação implementada no iOS 14


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 9/56   Como jogar Gartic em celulares Android e iPhone

    Manda bem desenhando? Consegue adivinhar rapidamente? Conheça o Gartic, jogo de desenhos e adivinhação de palavras disponível para celulares. Faça o download e aprenda a jogar para desafiar seus amigos!

    Manda bem desenhando? Consegue adivinhar rapidamente? Conheça o Gartic, jogo de desenhos e adivinhação de palavras disponível para celulares. Faça o download e aprenda a jogar para desafiar seus amigos!


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 10/56   O que é o número gugol, que inspirou o Google

    Ele foi criado no início do século passado e é tão grande que supera a quantidade de átomos que existem no universo; hoje, é um dos termos mais falados no mundo.

    Ele foi criado no início do século passado e é tão grande que supera a quantidade de átomos que existem no universo; hoje, é um dos termos mais falados no mundo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 11/56   Entenda como a Apple vai melhorar os controles de games rodados no iPad

    A Apple publicou em seu site como funcionará a implementação das novas APIs para jogos em seus sistemas móveis. A principal novidade é o suporte dedicado a mouse e teclado em games no iPadOS, permitindo a conversão de jogos do Windows

    A Apple publicou em seu site como funcionará a implementação das novas APIs para jogos em seus sistemas móveis. A principal novidade é o suporte dedicado a mouse e teclado em games no iPadOS, permitindo a conversão de jogos do Windows


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 12/56   Somente online

    A Microsoft anunciou nesta sexta-feira que fechará quase todas as suas lojas em todo o mundo, já que a maior parte das vendas é feita online.

    A Microsoft anunciou nesta sexta-feira que fechará quase todas as suas lojas em todo o mundo, já que a maior parte das vendas é feita online.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 13/56   Microsoft vai fechar lojas permanentemente após COVID-19

    Empresa afirmou que modelo de vendas no mercado americano se deslocou para o ambiente online nos últimos anos.

    Empresa afirmou que modelo de vendas no mercado americano se deslocou para o ambiente online nos últimos anos.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 14/56   Câmeras do iPhone SE (2020) não decepcionam, mas também não surpreendem

    Novo iPhone SE passou pelos testes de câmera rigorosos do DxO Mark e teve resultado semelhante ao iPhone XR. Sensor único do celular oferece ótimas fotos em condições de iluminação boa, mas falta de outros sensores prejudica algumas imagens

    Novo iPhone SE passou pelos testes de câmera rigorosos do DxO Mark e teve resultado semelhante ao iPhone XR. Sensor único do celular oferece ótimas fotos em condições de iluminação boa, mas falta de outros sensores prejudica algumas imagens


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 15/56   Google Meet apresenta novo arsenal de novidades para combater o Zoom

    O Google revelou uma lista extensa de novos recursos para as videoconferências do Meet, por enquanto apenas para contas de escolas. As novidades incluem uma visualização para 49 participantes simultâneos, fundos personalizados e melhores controles de moderação

    O Google revelou uma lista extensa de novos recursos para as videoconferências do Meet, por enquanto apenas para contas de escolas. As novidades incluem uma visualização para 49 participantes simultâneos, fundos personalizados e melhores controles de moderação


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 16/56   Apple pode lançar mesmo 6 modelos de iPhone 12, incluindo opções 4G

    Novo rumor de opções mais baratas do iPhone 12 ressurgem com informação de que pode haver ao menos dois modelos exclusivamente 4G, desenvolvidos para mercados onde o 5G ainda não chegou; preço inicial seria de US$ 550

    Novo rumor de opções mais baratas do iPhone 12 ressurgem com informação de que pode haver ao menos dois modelos exclusivamente 4G, desenvolvidos para mercados onde o 5G ainda não chegou; preço inicial seria de US$ 550


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 17/56   Microsoft fechará quase todas as suas lojas no mundo

    A Microsoft anunciou nesta sexta-feira que fechará quase todas as suas lojas em todo o mundo, já que a maior parte das vendas é feita online.

    A Microsoft anunciou nesta sexta-feira que fechará quase todas as suas lojas em todo o mundo, já que a maior parte das vendas é feita online.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 18/56   Kinemaster: edite vídeos (quase) profissionais no Android

    O Kinemaster é um aplicativo de edição de vídeos que está disponível gratuitamente para smartphones Android. Ele contém diversas ferramentas para a edição que podem ser usadas para criar vídeos profissionais

    O Kinemaster é um aplicativo de edição de vídeos que está disponível gratuitamente para smartphones Android. Ele contém diversas ferramentas para a edição que podem ser usadas para criar vídeos profissionais


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 19/56   Empresas precisam adotar postura proativa sobre segurança, afirma Microsoft

    Empresa indica regras de acesso, uso de autenticação em múltiplas etapas, treinamentos e simulações como parte do dia a dia dos profissionais de tecnologia, de forma a evitar vazamentos de informações e interrupções nos processos

    Empresa indica regras de acesso, uso de autenticação em múltiplas etapas, treinamentos e simulações como parte do dia a dia dos profissionais de tecnologia, de forma a evitar vazamentos de informações e interrupções nos processos


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 20/56   YouTube prepara recurso de vídeos curtos para concorrer com o TikTok

    A ideia é possibilitar gravação de vídeos com até 15 segundos diretamente do celular. Novidade já está sendo testada por algumas pessoas em dispositivos Android e iOS, mas ainda não há previsão de lançamento

    A ideia é possibilitar gravação de vídeos com até 15 segundos diretamente do celular. Novidade já está sendo testada por algumas pessoas em dispositivos Android e iOS, mas ainda não há previsão de lançamento


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 21/56   Mudança no app do Google vai facilitar buscas no modo anônimo

    O aplicativo de buscas do Google para celulares foi atualizado para permitir pesquisas anônimas sem sair do programa. Já disponível no iOS, o recurso é acessado com um toque demorado na imagem de perfil do usuário

    O aplicativo de buscas do Google para celulares foi atualizado para permitir pesquisas anônimas sem sair do programa. Já disponível no iOS, o recurso é acessado com um toque demorado na imagem de perfil do usuário


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 22/56   Possível sucessor do popular Galaxy A51 é flagrado com chip Snapdragon 765G e 5G

    Galaxy A51 já tem uma variante 5G que é vendida nos Estados Unidos com chip Exynos 980 e até 8 GB de RAM. Novo modelo foi visto em plataforma de testes equipado com solução da Qualcomm, até 6 GB memória e Android 10. Seria um downgrade?

    Galaxy A51 já tem uma variante 5G que é vendida nos Estados Unidos com chip Exynos 980 e até 8 GB de RAM. Novo modelo foi visto em plataforma de testes equipado com solução da Qualcomm, até 6 GB memória e Android 10. Seria um downgrade?


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 23/56   Hackers estão usando o Google Analytics para roubar dados em e-commerces

    ID de rastreamento do serviço de métricas para sites é manipulada e inserida em lojas online invadidas junto com códigos maliciosos que capturam dados pessoais e bancários. Serviço legítimo é usado como forma de ocultar rastros

    ID de rastreamento do serviço de métricas para sites é manipulada e inserida em lojas online invadidas junto com códigos maliciosos que capturam dados pessoais e bancários. Serviço legítimo é usado como forma de ocultar rastros


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 24/56   Como criar um banner personalizado para YouTube com as dimensões certas

    Criar um banner para o YouTube é muito fácil com a ajuda de aplicativos específicos, que estão disponíveis gratuitamente para Android e iOS. É possível salvar sua criação na galeria ou compartilhá-la nas redes sociais

    Criar um banner para o YouTube é muito fácil com a ajuda de aplicativos específicos, que estão disponíveis gratuitamente para Android e iOS. É possível salvar sua criação na galeria ou compartilhá-la nas redes sociais


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 25/56   Surge mais um indício de que Xbox Series X terá uma versão menos potente

    Usuário viu referências ao codinome Lockhart em patchs da atualização do kit de desenvolvimento do novo console. Termo é referente a um possível modelo mais básico do Xbox Series X ainda não revelado pela Microsoft

    Usuário viu referências ao codinome Lockhart em patchs da atualização do kit de desenvolvimento do novo console. Termo é referente a um possível modelo mais básico do Xbox Series X ainda não revelado pela Microsoft


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 26/56   Google pode levar sistema de compartilhamento do Android para o Chrome OS

    Site descobre que empresa está trabalhando em uma ferramenta de compartilhamento para sistema de Chromebooks semelhante ao que já existe nas plataformas Android. Contudo, ferramenta ainda está em estágio inicial de desenvolvimento

    Site descobre que empresa está trabalhando em uma ferramenta de compartilhamento para sistema de Chromebooks semelhante ao que já existe nas plataformas Android. Contudo, ferramenta ainda está em estágio inicial de desenvolvimento


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 27/56   Problemas econômicos vão piorar no Irã com propagação do vírus, diz aiatolá
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O guia Supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, alertou neste sábado (27) que os problemas econômicos do país vão piorar, se o novo coronavírus se espalhar de maneira descontrolada, e lamentou que os esforços para contê-lo "tenham diminuído".

    O guia Supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, alertou neste sábado (27) que os problemas econômicos do país vão piorar, se o novo coronavírus se espalhar de maneira descontrolada, e lamentou que os esforços para contê-lo "tenham diminuído".


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 28/56   O que sabemos sobre a gordura saturada - e até que ponto ela é vilã
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O alto consumo de gordura saturada está associado ao aumento do colesterol e do risco de doenças cardíacas. Então por que algumas dietas incentivam seu consumo?

    O alto consumo de gordura saturada está associado ao aumento do colesterol e do risco de doenças cardíacas. Então por que algumas dietas incentivam seu consumo?


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 29/56   Pandemia se agrava em Índia e Américas e segunda onda ameaça Europa
    SCIENCE TOPIC NEWS

    A pandemia se propaga pela Índia, onde levará semanas para atingir o pico, e, nas Américas, em particular nos Estados Unidos e em países como Brasil, Argentina e México, enquanto os países europeus que abriram as fronteiras tentam conciliar coronavírus e turismo.

    A pandemia se propaga pela Índia, onde levará semanas para atingir o pico, e, nas Américas, em particular nos Estados Unidos e em países como Brasil, Argentina e México, enquanto os países europeus que abriram as fronteiras tentam conciliar coronavírus e turismo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 30/56   Coronavírus leva marchas do Orgulho Gay 2020 para Internet
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Muitas das festividades preparadas para o Orgulho Gay foram canceladas, ou adiadas, devido ao novo coronavírus, mas grupos LGBT realizam neste sábado (27) uma maratona de atividades on-line para dar visibilidade à luta pela igualdade de direitos da comunidade de lésbicas, transexuais e bissexuais.

    Muitas das festividades preparadas para o Orgulho Gay foram canceladas, ou adiadas, devido ao novo coronavírus, mas grupos LGBT realizam neste sábado (27) uma maratona de atividades on-line para dar visibilidade à luta pela igualdade de direitos da comunidade de lésbicas, transexuais e bissexuais.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 31/56   Tribunal de Los Angeles ordena soltura de crianças migrantes por COVID-19
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Um tribunal de Los Angeles ordenou que os serviços de imigração dos Estados Unidos soltem mais de 100 crianças migrantes mantidas em três centros de detenção, devido ao risco de serem infectadas pelo novo coronavírus.

    Um tribunal de Los Angeles ordenou que os serviços de imigração dos Estados Unidos soltem mais de 100 crianças migrantes mantidas em três centros de detenção, devido ao risco de serem infectadas pelo novo coronavírus.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 32/56   Índia supera meio milhão de casos do novo coronavírus
    SCIENCE TOPIC NEWS

    A Índia ultrapassou 500.000 infectados com o novo coronavírus - apontam dados do governo divulgados neste sábado (27), os quais mostram um salto recorde diário de 18.500 novas infecções.

    A Índia ultrapassou 500.000 infectados com o novo coronavírus - apontam dados do governo divulgados neste sábado (27), os quais mostram um salto recorde diário de 18.500 novas infecções.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 33/56   Honduras 'se complica a cada dia mais', diz presidente internado por COVID-19
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O presidente hondurenho Juan Orlando Hernández, admitiu na sexta-feira (26) que a situação no país "está ficando a cada dia mais complicada" pela COVID-19.

    O presidente hondurenho Juan Orlando Hernández, admitiu na sexta-feira (26) que a situação no país "está ficando a cada dia mais complicada" pela COVID-19.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 34/56   Salto nos casos de covid-19 em estados republicanos preocupa EUA e ameaça estratégia eleitoral de Trump
    SCIENCE TOPIC NEWS

    Presidente americano, que tentará reeleição em novembro, estimulou abertura precoce da economia e agora vê a doença ressurgir onde se concentra seu eleitorado.

    Presidente americano, que tentará reeleição em novembro, estimulou abertura precoce da economia e agora vê a doença ressurgir onde se concentra seu eleitorado.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 35/56   Peru prepara fim de quarentena nacional e adoção de medida regional
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O Peru concluirá na terça-feira uma quarentena nacional de mais de 100 dias, mas vai manter fechadas as fronteiras e um confinamento obrigatório nas sete regiões mais afetadas pela pandemia, segundo um decreto publicado nesta sexta-feira (26).

    O Peru concluirá na terça-feira uma quarentena nacional de mais de 100 dias, mas vai manter fechadas as fronteiras e um confinamento obrigatório nas sete regiões mais afetadas pela pandemia, segundo um decreto publicado nesta sexta-feira (26).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 36/56   Trump assina ordem para proteger monumentos, após atos de vandalismo
    SCIENCE TOPIC NEWS

    O presidente americano, Donald Trump, assinou nesta sexta-feira (26) uma ordem executiva comprometendo-se a punir quem vandalizar monumentos públicos, ao mesmo tempo em que anunciou que não vai passar o fim de semana em seu clube de golfe em Nova Jersey para assegurar a "ordem" em Washington.

    O presidente americano, Donald Trump, assinou nesta sexta-feira (26) uma ordem executiva comprometendo-se a punir quem vandalizar monumentos públicos, ao mesmo tempo em que anunciou que não vai passar o fim de semana em seu clube de golfe em Nova Jersey para assegurar a "ordem" em Washington.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 37/56   Vinte pessoas são presas após atentado contra chefe de segurança da Cidade do México
    WORLD TOPIC NEWS

    Vinte suspeitos foram presos após o atentado ao qual sobreviveu, nesta sexta-feira, o secretário de Segurança da Cidade do México, Omar García Harfuch, e no qual três pessoas morreram. A autoria do ataque aponta para um cartel do nacrotáfico.

    Vinte suspeitos foram presos após o atentado ao qual sobreviveu, nesta sexta-feira, o secretário de Segurança da Cidade do México, Omar García Harfuch, e no qual três pessoas morreram. A autoria do ataque aponta para um cartel do nacrotáfico.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 38/56   Ministros e procuradores apostam em decisão contra Flávio Bolsonaro em instância superior
    WORLD TOPIC NEWS

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O foro especial concedido pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ao senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na investigação sobre a prática de "rachadinha" em seu gabinete de deputado estadual pode não durar muito tempo. Reservadamente, ministros de tribunais superiores avaliam que a decisão da corte fluminense desrespeitou a jurisprudência atual do STF (Supremo Tribunal Federal) e pode ser derrubada pelos tribunais de Brasília. Assim, o caso retornaria ao juiz de primeira instância, Flávio Itabaiana, titular da 27ª Vara Criminal do RJ, que já quebrou sigilos de Flávio e mandou prender Fabrício Queiroz, ex-assessor do parlamentar. Advogados criminalistas ouvidos pela reportagem também dizem acreditar que o TJ-RJ foi na contramão da restrição do foro especial determinado pelo Supremo em 2018. No mundo político, a decisão foi recebida com críticas. Isso porque o chefe do Executivo e seus parentes eram críticos contumazes do foro por prerrogativa de função, que, agora, é usado como argumento contra investigação que preocupa a família. O filho do presidente Jair Bolsonaro é investigado sob suspeita de ter liderado uma associação criminosa para desviar parte dos salários dos servidores de seu gabinete como deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Em operação no último dia 18, Queiroz, que seria o responsável por recolher os pagamentos dos funcionários e é amigo do chefe do Executivo desde 1984, foi preso. O filho de Bolsonaro foi deputado estadual de fevereiro de 2003 a janeiro de 2019. Na quinta-feira (25), porém, os desembargadores da 3ª Câmara Criminal julgaram habeas corpus de Flávio e, por dois votos a um, decidiram que o senador tem foro especial no Órgão Especial do TJ-RJ. Assim, caso a decisão seja mantida, Itabaiana terá que "dar baixa no processo" e encaminhar os autos ao Órgão Especial, onde a relatoria será sorteada entre os 25 desembargadores que compõem o colegiado. O Ministério Público do Rio de Janeiro ainda estuda como recorrer. O órgão alegará que o entendimento dos desembargadores contraria decisão do STF, que restringiu o foro apenas para delitos cometidos durante o mandato e em função do cargo. Assim, Flávio só teria direito a ser julgado pelo Órgão Especial do TJ-RJ se ainda fosse deputado estadual atualmente. Na visão do MP-RJ, o caso não se enquadra nos critérios estabelecidos pelo Supremo para justificar o tratamento diferenciado, devendo o processo retornar à primeira instância. Uma hipótese é apresentar esses argumentos ao Superior Tribunal de Justiça, que, neste caso, já decidiu em favor das autoridades de primeira instância e contra o filho do presidente. Em abril, Flávio Bolsonaro pediu para o STJ suspender as investigações sob argumento de que teria tido os sigilos bancário e fiscal quebrados sem autorização judicial. O ministro Felix Fisher, porém, negou o pedido. No tribunal, a aposta é que, com isso, o magistrado tenha se tornado o relator automático de todos os recursos relacionados à apuração da "rachadinha" que chegarem ao STJ. Fisher é relator da Lava Jato na corte e é conhecido por ser um juiz linha dura. Um temor dos investigadores, porém, é que a decisão sobre o caso fique com o presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha, que responderá pela corte durante o recesso em julho. O magistrado tem dado decisões favoráveis ao governo e trabalha para ser indicado a uma vaga no STF. Outra alternativa seria ignorar o STJ, tribunal imediatamente superior à segunda instância do TJ-RJ, e entrar direto com uma reclamação no STF por descumprimento da jurisprudência da mais alta corte do país. Uma terceira estratégia seria entrar com embargos na própria corte fluminense. Mesmo se o MP-RJ não recorrer ao Supremo, porém, a corte pode analisar o caso. Isso porque o partido Rede Sustentabilidade já apresentou uma ação em que pede a revisão da decisão do tribunal fluminense. No STF, o ministro Marco Aurélio já rejeitou um pedido de Flávio, apresentado nos primeiros dias como senador, em fevereiro de 2019, para que ele tivesse direito ao foro. Desde 2018, explicou o magistrado, a prerrogativa de foro a parlamentares só vale para supostos delitos cometidos em função do cargo e no exercício do mandato. Ainda segundo o Supremo, o caso só pode permanecer no tribunal em que tramitou, após a perda de mandato, quando a instrução do processo já tiver sido encerrada, o que não é o caso de Flávio, em que a apuração está aberta. O professor de Direito da FGV em São Paulo Celso Vilardi classifica a decisão é "espantosa". "A jurisprudência é absolutamente pacífica, o STF decidiu que casos que não aconteceram durante o mandato devem ser julgados perante primeira instância", diz. Única alternativa para justificar a decisão, afirma o professor, seria se o processo envolvesse um deputado estadual em exercício. Até o momento, porém, a defesa de Flávio não alegou haver conexão entre a apuração contra o atual senador e outro parlamentar. Advogada criminalista e doutoranda em direito penal, Anamaria Prates segue a mesma linha e diz que a decisão deve ser revista por tribunais superiores. Ela explica que, se a decisão do TJ-RJ for mantida, os desembargadores deverão decidir se os despachos do magistrado de primeira instância valem ou se serão anulados por terem sido assinados por magistrado incompetente para julgar o processo. O juiz Flávio Itabaiana foi o responsável, por exemplo, por determinar a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador e de outras 103 pessoas e empresas. Também foi ele que decretou a prisão de Queiroz, que foi detido em propriedade de Frederick Wassef, que até então era advogado de Flávio, em Atibaia, no interior de São Paulo. O professor e doutor em direito Paulo Amador Bueno discorda dos colegas. Segundo ele, o instituto do foro privilegiado existe para resguardar ocupantes de mandatos eletivos de julgamentos imparciais feitos por um único magistrado, por isso a remessa desses casos a colegiados de instâncias superiores. "Ele não deixou a função pública, ele mudou de mandato eletivo", diz.

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O foro especial concedido pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ao senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na investigação sobre a prática de "rachadinha" em seu gabinete de deputado estadual pode não durar muito tempo. Reservadamente, ministros de tribunais superiores avaliam que a decisão da corte fluminense desrespeitou a jurisprudência atual do STF (Supremo Tribunal Federal) e pode ser derrubada pelos tribunais de Brasília. Assim, o caso retornaria ao juiz de primeira instância, Flávio Itabaiana, titular da 27ª Vara Criminal do RJ, que já quebrou sigilos de Flávio e mandou prender Fabrício Queiroz, ex-assessor do parlamentar. Advogados criminalistas ouvidos pela reportagem também dizem acreditar que o TJ-RJ foi na contramão da restrição do foro especial determinado pelo Supremo em 2018. No mundo político, a decisão foi recebida com críticas. Isso porque o chefe do Executivo e seus parentes eram críticos contumazes do foro por prerrogativa de função, que, agora, é usado como argumento contra investigação que preocupa a família. O filho do presidente Jair Bolsonaro é investigado sob suspeita de ter liderado uma associação criminosa para desviar parte dos salários dos servidores de seu gabinete como deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Em operação no último dia 18, Queiroz, que seria o responsável por recolher os pagamentos dos funcionários e é amigo do chefe do Executivo desde 1984, foi preso. O filho de Bolsonaro foi deputado estadual de fevereiro de 2003 a janeiro de 2019. Na quinta-feira (25), porém, os desembargadores da 3ª Câmara Criminal julgaram habeas corpus de Flávio e, por dois votos a um, decidiram que o senador tem foro especial no Órgão Especial do TJ-RJ. Assim, caso a decisão seja mantida, Itabaiana terá que "dar baixa no processo" e encaminhar os autos ao Órgão Especial, onde a relatoria será sorteada entre os 25 desembargadores que compõem o colegiado. O Ministério Público do Rio de Janeiro ainda estuda como recorrer. O órgão alegará que o entendimento dos desembargadores contraria decisão do STF, que restringiu o foro apenas para delitos cometidos durante o mandato e em função do cargo. Assim, Flávio só teria direito a ser julgado pelo Órgão Especial do TJ-RJ se ainda fosse deputado estadual atualmente. Na visão do MP-RJ, o caso não se enquadra nos critérios estabelecidos pelo Supremo para justificar o tratamento diferenciado, devendo o processo retornar à primeira instância. Uma hipótese é apresentar esses argumentos ao Superior Tribunal de Justiça, que, neste caso, já decidiu em favor das autoridades de primeira instância e contra o filho do presidente. Em abril, Flávio Bolsonaro pediu para o STJ suspender as investigações sob argumento de que teria tido os sigilos bancário e fiscal quebrados sem autorização judicial. O ministro Felix Fisher, porém, negou o pedido. No tribunal, a aposta é que, com isso, o magistrado tenha se tornado o relator automático de todos os recursos relacionados à apuração da "rachadinha" que chegarem ao STJ. Fisher é relator da Lava Jato na corte e é conhecido por ser um juiz linha dura. Um temor dos investigadores, porém, é que a decisão sobre o caso fique com o presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha, que responderá pela corte durante o recesso em julho. O magistrado tem dado decisões favoráveis ao governo e trabalha para ser indicado a uma vaga no STF. Outra alternativa seria ignorar o STJ, tribunal imediatamente superior à segunda instância do TJ-RJ, e entrar direto com uma reclamação no STF por descumprimento da jurisprudência da mais alta corte do país. Uma terceira estratégia seria entrar com embargos na própria corte fluminense. Mesmo se o MP-RJ não recorrer ao Supremo, porém, a corte pode analisar o caso. Isso porque o partido Rede Sustentabilidade já apresentou uma ação em que pede a revisão da decisão do tribunal fluminense. No STF, o ministro Marco Aurélio já rejeitou um pedido de Flávio, apresentado nos primeiros dias como senador, em fevereiro de 2019, para que ele tivesse direito ao foro. Desde 2018, explicou o magistrado, a prerrogativa de foro a parlamentares só vale para supostos delitos cometidos em função do cargo e no exercício do mandato. Ainda segundo o Supremo, o caso só pode permanecer no tribunal em que tramitou, após a perda de mandato, quando a instrução do processo já tiver sido encerrada, o que não é o caso de Flávio, em que a apuração está aberta. O professor de Direito da FGV em São Paulo Celso Vilardi classifica a decisão é "espantosa". "A jurisprudência é absolutamente pacífica, o STF decidiu que casos que não aconteceram durante o mandato devem ser julgados perante primeira instância", diz. Única alternativa para justificar a decisão, afirma o professor, seria se o processo envolvesse um deputado estadual em exercício. Até o momento, porém, a defesa de Flávio não alegou haver conexão entre a apuração contra o atual senador e outro parlamentar. Advogada criminalista e doutoranda em direito penal, Anamaria Prates segue a mesma linha e diz que a decisão deve ser revista por tribunais superiores. Ela explica que, se a decisão do TJ-RJ for mantida, os desembargadores deverão decidir se os despachos do magistrado de primeira instância valem ou se serão anulados por terem sido assinados por magistrado incompetente para julgar o processo. O juiz Flávio Itabaiana foi o responsável, por exemplo, por determinar a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador e de outras 103 pessoas e empresas. Também foi ele que decretou a prisão de Queiroz, que foi detido em propriedade de Frederick Wassef, que até então era advogado de Flávio, em Atibaia, no interior de São Paulo. O professor e doutor em direito Paulo Amador Bueno discorda dos colegas. Segundo ele, o instituto do foro privilegiado existe para resguardar ocupantes de mandatos eletivos de julgamentos imparciais feitos por um único magistrado, por isso a remessa desses casos a colegiados de instâncias superiores. "Ele não deixou a função pública, ele mudou de mandato eletivo", diz.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 39/56   L'Oréal vai retirar termos como 'clareador' de seus produtos
    WORLD TOPIC NEWS

    A gigante francesa do setor de cosméticos L'Oréal decidiu remover alguns termos, como "clareador", da descrição de seus produtos, em um contexto mundial de protestos antirracismo.

    A gigante francesa do setor de cosméticos L'Oréal decidiu remover alguns termos, como "clareador", da descrição de seus produtos, em um contexto mundial de protestos antirracismo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 40/56   Merkel: Reino Unido deve 'assumir consequências' da relação pós-Brexit com UE
    WORLD TOPIC NEWS

    O Reino Unido terá de "assumir as consequências" de um relacionamento econômico mais fraco com a União Europeia (UE), após o processo do Brexit - disse a chanceler alemã, Angela Merkel, neste sábado (27).

    O Reino Unido terá de "assumir as consequências" de um relacionamento econômico mais fraco com a União Europeia (UE), após o processo do Brexit - disse a chanceler alemã, Angela Merkel, neste sábado (27).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 41/56   Seis pessoas são presas por roubo da obra de Banksy do Bataclan de Paris
    WORLD TOPIC NEWS

    Seis pessoas foram acusadas e colocadas sob detenção preventiva, suspeitas de terem roubado, em 2019, da sala de shows Bataclan, em Paris, uma obra atribuída ao artista britânico Banksy - informaram fontes judiciais e policiais neste sábado (27).

    Seis pessoas foram acusadas e colocadas sob detenção preventiva, suspeitas de terem roubado, em 2019, da sala de shows Bataclan, em Paris, uma obra atribuída ao artista britânico Banksy - informaram fontes judiciais e policiais neste sábado (27).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 42/56   'Quem controla as contas do país sou eu', diz premiê italiano a Merkel
    WORLD TOPIC NEWS

    "Sou eu quem controla as contas" da Itália, disse o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, neste sábado (27), em alusão direta à chanceler alemã, Angela Merkel, em meio às negociações entre os parceiros da União Europeia (UE) sobre um megaplano para a reconstrução do bloco.

    "Sou eu quem controla as contas" da Itália, disse o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, neste sábado (27), em alusão direta à chanceler alemã, Angela Merkel, em meio às negociações entre os parceiros da União Europeia (UE) sobre um megaplano para a reconstrução do bloco.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 43/56   Líder do Fianna Fail, Micheal Martin, é eleito premiê da Irlanda
    WORLD TOPIC NEWS

    Mais de quatro meses após as eleições legislativas na Irlanda, os deputados designaram, neste sábado (27), o líder do partido de centro Fianna Fail, Micheal Martin, como o novo primeiro-ministro.

    Mais de quatro meses após as eleições legislativas na Irlanda, os deputados designaram, neste sábado (27), o líder do partido de centro Fianna Fail, Micheal Martin, como o novo primeiro-ministro.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 44/56   Europa lista 14 países que terão entrada permitida após 1º de julho
    WORLD TOPIC NEWS

    A lista final ainda pode ser alterada, mas os embaixadores concordaram em excluir países em que a situação da pandemia é considerada preocupante

    A lista final ainda pode ser alterada, mas os embaixadores concordaram em excluir países em que a situação da pandemia é considerada preocupante


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 45/56   Dois defensores dos direitos humanos morrem em atentado no Afeganistão
    WORLD TOPIC NEWS

    Dois funcionários da agência que defende os direitos humanos no Afeganistão morreram em um ataque a bomba neste sábado (27) - anunciou a instituição.

    Dois funcionários da agência que defende os direitos humanos no Afeganistão morreram em um ataque a bomba neste sábado (27) - anunciou a instituição.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 46/56   Desembargador que concedeu foro a Flávio Bolsonaro diz que agiu guiado por sua consciência
    WORLD TOPIC NEWS

    RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O desembargador do TJ-RJ Paulo Rangel, que votou a favor da concessão de foro privilegiado ao senador Flávio Bolsonaro e da anulação de decisões da primeira instância envolvendo o político, diz que agiu guiado por sua consciência e pela Constituição. Ele afirma que o entendimento firmado no STF (Supremo Tribunal Federal) sobre o tema não se aplica ao caso. Segundo a jurisprudência do Supremo, o foro privilegiado se encerra ao final do mandato. Flávio deixou de ser deputado estadual em janeiro de 2019, quando assumiu o cargo de senador. Na quinta-feira (25), Flávio obteve junto à 3ª Câmara Criminal o direito de ser julgado pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça, reservado para autoridades como deputados estaduais, juízes estaduais e membros do Ministério Público. O filho do presidente Jair Bolsonaro é investigado por suspeita de recolher parte do salário de seus empregados na Assembleia Legislativa do Rio de 2007 a 2018. Os crimes em apuração são peculato, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio e organização criminosa. A defesa do senador ingressou com um habeas corpus pedindo a concessão do foro especial, sob o argumento de que Flávio era deputado estadual à época dos fatos investigados. Além de Paulo Rangel, a desembargadora Monica Tolledo também votou a favor do pedido do senador. A magistrada Suimei Cavalieri foi voto vencido. Em nota, Rangel diz que o entendimento do STF é de que, quando um político em exercício perde o mandato, o processo deve retornar à primeira instância. "Paulo Rangel sustenta que Flávio Bolsonaro não só não perdeu o mandato na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro como ganhou um novo mandato, desta vez no Senado", afirma o texto. O entendimento do STF se aplica a qualquer político que deixe o cargo, mesmo em função do término do mandato. Em maio de 2018, o Supremo restringiu o foro especial apenas para os crimes cometidos durante o mandato e em função dele. Em 1999, a corte já havia cancelado a súmula 394, que garantia o foro privilegiado mesmo após o fim do mandato. Desde que votou pela restrição do privilégio, o Supremo tem enviado para a primeira instância inquéritos sobre políticos que não ocupam mais seus cargos anteriores. É o caso do ex-presidente Michel Temer (MDB), que respondia a quatro inquéritos no STF. Em 2019, após deixar a Presidência da República, todos foram encaminhados para a primeira instância. "Constata-se a superveniente causa de cessação da competência jurisdicional do Supremo Tribunal Federal, nos termos de pacífica jurisprudência", escreveu o ministro Edson Fachin ao deliberar sobre os processos. Apesar de ter votado a favor de Flávio Bolsonaro, Rangel já defendeu por escrito que o direito ao foro privilegiado deveria acabar com o fim do mandato. O desembargador adotou esse posicionamento no livro "Direito Processual Penal", como mostrou o jornal O Globo. "Se o agente não mais ocupa o cargo para o qual foi estabelecida a competência por prerrogativa de função, não faz (e não fazia) sentido que permaneça (ou permanecesse) com o foro privilegiado", escreveu. Nesta sexta-feira (26), o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) informou que o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou a instauração de reclamação disciplinar contra Rangel. A corregedoria apura um negócio firmado entre o desembargador e o empresário Leandro Braga de Sousa, preso em maio em uma operação que mirou desvios em contratos estaduais no âmbito da saúde. O magistrado teve que prestar esclarecimentos ao CNJ. A revista Crusoé revelou que Rangel havia comprado a participação de Leandro Sousa em uma empresa de seguros. Segundo documentos obtidos pela reportagem, Rangel informou ao órgão que, "por boa fé", resolveu vender sua participação na empresa, mas que sua empreitada não violava a Lei Orgânica da Magistratura ou o Código de Ética, porque era sócio minoritário e não tinha poder de gerência na firma. Em sua decisão, Humberto Martins afirmou que, após a apresentação de informações pelo desembargador, ainda devem ser aprofundadas as apurações quanto à suposta existência de infração disciplinar. "Diante da complexidade da matéria, que envolve a mudança de controle societário e, simultaneamente, a admissão do magistrado representado no quadro de sócios, tenho que as investigações devem ser aprofundadas, para que não haja dúvida sobre a integridade ética da sua conduta perante à sociedade", disse o corregedor nacional. Paulo Rangel assumiu o cargo de desembargador no Tribunal de Justiça do Rio em 2010, pelo 5º Constitucional (regra segundo a qual um quinto das vagas de juízes é destinado a integrantes do Ministério Público ou a advogados). Antes de ingressar na magistratura, Rangel atuou como promotor do MP-RJ e detetive na Polícia Civil. Em dezembro de 2017, o desembargador chamou a atenção nas redes sociais ao aparecer em uma foto ao lado do juiz Marcelo Bretas, responsável pelos processos da Lava Jato no Rio, durante um treinamento de tiro. Na fotografia, ambos estão empunhando fuzis. Bretas vem demonstrando simpatia pelo presidente Jair Bolsonaro e foi questionado por participar de agendas públicas com ele. Nos últimos meses, Rangel tem compartilhado nas redes sociais críticas a ações e decretos de prefeitos e governadores que visam garantir o distanciamento social e reduzir a disseminação do novo coronavírus. O posicionamento do desembargador vai ao encontro do posicionamento de Jair Bolsonaro e de parte de seus eleitores sobre o tema. "Os governadores e prefeitos que estão dizendo 'eu vou mandar prender [pessoas que desrespeitarem as normas de distanciamento]' são homens loucos. Eu nunca imaginei assistir a isso numa democracia", afirmou Rangel em live no dia 13 de abril. Desde 2017, o desembargador tem postado nas redes opiniões de tom mais conservador, criticando a comoção pela "morte de bandidos" e a atuação de grupos de defesa dos direitos humanos. Em fevereiro de 2018, compartilhou dois links: "Juízes e promotores assinam manifesto em apoio às Forças Armadas na intervenção do Rio" e "Militar morto hoje com a esposa grávida não gerou 1% da comoção de quando morre um bandido". No passado, no entanto, Rangel endossava outros posicionamentos. Em setembro, postou uma reportagem que afirmava que a força policial brasileira é a que mais mata no mundo. "Eu falo, mas... dizem que eu sou garantista como se isso fosse um defeito de fábrica", escreveu. Há cinco anos, o desembargador lançou um livro condenando uma eventual redução da maioridade penal. "A discussão acerca da redução da idade penal é uma discussão retrógrada. Se aprovarmos essa emenda vamos estabelecer um retrocesso social, porque você não constrói um país com presídios, mas com escolas", afirmou durante o lançamento do livro.

    RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O desembargador do TJ-RJ Paulo Rangel, que votou a favor da concessão de foro privilegiado ao senador Flávio Bolsonaro e da anulação de decisões da primeira instância envolvendo o político, diz que agiu guiado por sua consciência e pela Constituição. Ele afirma que o entendimento firmado no STF (Supremo Tribunal Federal) sobre o tema não se aplica ao caso. Segundo a jurisprudência do Supremo, o foro privilegiado se encerra ao final do mandato. Flávio deixou de ser deputado estadual em janeiro de 2019, quando assumiu o cargo de senador. Na quinta-feira (25), Flávio obteve junto à 3ª Câmara Criminal o direito de ser julgado pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça, reservado para autoridades como deputados estaduais, juízes estaduais e membros do Ministério Público. O filho do presidente Jair Bolsonaro é investigado por suspeita de recolher parte do salário de seus empregados na Assembleia Legislativa do Rio de 2007 a 2018. Os crimes em apuração são peculato, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio e organização criminosa. A defesa do senador ingressou com um habeas corpus pedindo a concessão do foro especial, sob o argumento de que Flávio era deputado estadual à época dos fatos investigados. Além de Paulo Rangel, a desembargadora Monica Tolledo também votou a favor do pedido do senador. A magistrada Suimei Cavalieri foi voto vencido. Em nota, Rangel diz que o entendimento do STF é de que, quando um político em exercício perde o mandato, o processo deve retornar à primeira instância. "Paulo Rangel sustenta que Flávio Bolsonaro não só não perdeu o mandato na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro como ganhou um novo mandato, desta vez no Senado", afirma o texto. O entendimento do STF se aplica a qualquer político que deixe o cargo, mesmo em função do término do mandato. Em maio de 2018, o Supremo restringiu o foro especial apenas para os crimes cometidos durante o mandato e em função dele. Em 1999, a corte já havia cancelado a súmula 394, que garantia o foro privilegiado mesmo após o fim do mandato. Desde que votou pela restrição do privilégio, o Supremo tem enviado para a primeira instância inquéritos sobre políticos que não ocupam mais seus cargos anteriores. É o caso do ex-presidente Michel Temer (MDB), que respondia a quatro inquéritos no STF. Em 2019, após deixar a Presidência da República, todos foram encaminhados para a primeira instância. "Constata-se a superveniente causa de cessação da competência jurisdicional do Supremo Tribunal Federal, nos termos de pacífica jurisprudência", escreveu o ministro Edson Fachin ao deliberar sobre os processos. Apesar de ter votado a favor de Flávio Bolsonaro, Rangel já defendeu por escrito que o direito ao foro privilegiado deveria acabar com o fim do mandato. O desembargador adotou esse posicionamento no livro "Direito Processual Penal", como mostrou o jornal O Globo. "Se o agente não mais ocupa o cargo para o qual foi estabelecida a competência por prerrogativa de função, não faz (e não fazia) sentido que permaneça (ou permanecesse) com o foro privilegiado", escreveu. Nesta sexta-feira (26), o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) informou que o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou a instauração de reclamação disciplinar contra Rangel. A corregedoria apura um negócio firmado entre o desembargador e o empresário Leandro Braga de Sousa, preso em maio em uma operação que mirou desvios em contratos estaduais no âmbito da saúde. O magistrado teve que prestar esclarecimentos ao CNJ. A revista Crusoé revelou que Rangel havia comprado a participação de Leandro Sousa em uma empresa de seguros. Segundo documentos obtidos pela reportagem, Rangel informou ao órgão que, "por boa fé", resolveu vender sua participação na empresa, mas que sua empreitada não violava a Lei Orgânica da Magistratura ou o Código de Ética, porque era sócio minoritário e não tinha poder de gerência na firma. Em sua decisão, Humberto Martins afirmou que, após a apresentação de informações pelo desembargador, ainda devem ser aprofundadas as apurações quanto à suposta existência de infração disciplinar. "Diante da complexidade da matéria, que envolve a mudança de controle societário e, simultaneamente, a admissão do magistrado representado no quadro de sócios, tenho que as investigações devem ser aprofundadas, para que não haja dúvida sobre a integridade ética da sua conduta perante à sociedade", disse o corregedor nacional. Paulo Rangel assumiu o cargo de desembargador no Tribunal de Justiça do Rio em 2010, pelo 5º Constitucional (regra segundo a qual um quinto das vagas de juízes é destinado a integrantes do Ministério Público ou a advogados). Antes de ingressar na magistratura, Rangel atuou como promotor do MP-RJ e detetive na Polícia Civil. Em dezembro de 2017, o desembargador chamou a atenção nas redes sociais ao aparecer em uma foto ao lado do juiz Marcelo Bretas, responsável pelos processos da Lava Jato no Rio, durante um treinamento de tiro. Na fotografia, ambos estão empunhando fuzis. Bretas vem demonstrando simpatia pelo presidente Jair Bolsonaro e foi questionado por participar de agendas públicas com ele. Nos últimos meses, Rangel tem compartilhado nas redes sociais críticas a ações e decretos de prefeitos e governadores que visam garantir o distanciamento social e reduzir a disseminação do novo coronavírus. O posicionamento do desembargador vai ao encontro do posicionamento de Jair Bolsonaro e de parte de seus eleitores sobre o tema. "Os governadores e prefeitos que estão dizendo 'eu vou mandar prender [pessoas que desrespeitarem as normas de distanciamento]' são homens loucos. Eu nunca imaginei assistir a isso numa democracia", afirmou Rangel em live no dia 13 de abril. Desde 2017, o desembargador tem postado nas redes opiniões de tom mais conservador, criticando a comoção pela "morte de bandidos" e a atuação de grupos de defesa dos direitos humanos. Em fevereiro de 2018, compartilhou dois links: "Juízes e promotores assinam manifesto em apoio às Forças Armadas na intervenção do Rio" e "Militar morto hoje com a esposa grávida não gerou 1% da comoção de quando morre um bandido". No passado, no entanto, Rangel endossava outros posicionamentos. Em setembro, postou uma reportagem que afirmava que a força policial brasileira é a que mais mata no mundo. "Eu falo, mas... dizem que eu sou garantista como se isso fosse um defeito de fábrica", escreveu. Há cinco anos, o desembargador lançou um livro condenando uma eventual redução da maioridade penal. "A discussão acerca da redução da idade penal é uma discussão retrógrada. Se aprovarmos essa emenda vamos estabelecer um retrocesso social, porque você não constrói um país com presídios, mas com escolas", afirmou durante o lançamento do livro.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 47/56   Talibãs negam terem recebido dinheiro da Rússia para atacar soldados dos EUA
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Os talibãs negaram, neste sábado (27), informações veiculadas por jornais americanos de que seus combatentes receberam recompensas da Rússia para matarem tropas dos Estados Unidos estacionadas no Afeganistão.

    Os talibãs negaram, neste sábado (27), informações veiculadas por jornais americanos de que seus combatentes receberam recompensas da Rússia para matarem tropas dos Estados Unidos estacionadas no Afeganistão.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 48/56   Polícia de Hong Kong proíbe manifestação contra Lei de Segurança
    BUSINESS TOPIC NEWS

    A polícia de Hong Kong proibiu neste sábado (27) uma manifestação contra o plano do governo chinês de aprovar uma Lei de Segurança, cujos críticos temem que reduza as liberdades deste território semiautônomo.

    A polícia de Hong Kong proibiu neste sábado (27) uma manifestação contra o plano do governo chinês de aprovar uma Lei de Segurança, cujos críticos temem que reduza as liberdades deste território semiautônomo.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 49/56   EUA aumenta pressão contra China em defesa da autonomia de Hong Kong
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O governo dos Estados Unidos anunciou nesta sexta-feira (26) que irá restringir a entrada de funcionários chineses acusados de ameaçar a autonomia de Hong Kong, em um momento em que o Congresso americano busca endurecer as sanções contra Pequim.

    O governo dos Estados Unidos anunciou nesta sexta-feira (26) que irá restringir a entrada de funcionários chineses acusados de ameaçar a autonomia de Hong Kong, em um momento em que o Congresso americano busca endurecer as sanções contra Pequim.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 50/56   Sob pressão, Facebook endurece sua política de moderação de conteúdos
    BUSINESS TOPIC NEWS

    O Facebook endureceu suas políticas de moderação de conteúdos nesta sexta-feira (26), ao proibir mais tipos de mensagens de ódio nos anúncios publicitários e começar a colocar etiquetas de advertência nas publicações consideradas problemáticas que decida não apagar.

    O Facebook endureceu suas políticas de moderação de conteúdos nesta sexta-feira (26), ao proibir mais tipos de mensagens de ódio nos anúncios publicitários e começar a colocar etiquetas de advertência nas publicações consideradas problemáticas que decida não apagar.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 51/56   Câmara baixa dos EUA aprova transformar Washington DC em 51º estado
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Em uma votação histórica, a Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta sexta-feira (26) um projeto de lei para que Washington DC se torne o 51º estado da nação, mas a iniciativa provavelmente será barrada no Senado.

    Em uma votação histórica, a Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta sexta-feira (26) um projeto de lei para que Washington DC se torne o 51º estado da nação, mas a iniciativa provavelmente será barrada no Senado.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 52/56   Egito, Etiópia e Sudão chegam a acordo para atrasar o enchimento de represa no Nilo
    BUSINESS TOPIC NEWS

    Egito, Etiópia e Sudão concordaram que o governo etíope em atrasar o início do processo de enchimento de uma grande barragem no Nilo, como parte de um acordo sobre o projeto que agravou as tensões entre os três países, anunciou a presidência egípcia nesta sexta-feira (26).

    Egito, Etiópia e Sudão concordaram que o governo etíope em atrasar o início do processo de enchimento de uma grande barragem no Nilo, como parte de um acordo sobre o projeto que agravou as tensões entre os três países, anunciou a presidência egípcia nesta sexta-feira (26).


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 53/56   Preços dos combustíveis nos postos sobem cerca de 1% na semana, diz ANP
    BUSINESS TOPIC NEWS

    SÃO PAULO (Reuters) - Os preços dos combustíveis voltaram a subir nos postos brasileiros, com alta de cerca de 1% nesta semana, mostraram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta sexta-feira.O movimento segue-se a um recente aumento pela Petrobras das cotações nas refinarias -- a estatal anunciou reajuste médio de 8% no diesel e de 5% para a gasolina a partir da sexta-feira passada.

    SÃO PAULO (Reuters) - Os preços dos combustíveis voltaram a subir nos postos brasileiros, com alta de cerca de 1% nesta semana, mostraram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta sexta-feira.O movimento segue-se a um recente aumento pela Petrobras das cotações nas refinarias -- a estatal anunciou reajuste médio de 8% no diesel e de 5% para a gasolina a partir da sexta-feira passada.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 54/56   Copel usará R$350 mi do caixa de unidade de telecom para lidar com impactos da pandemia
    BUSINESS TOPIC NEWS

    SÃO PAULO (Reuters) - A estatal paranaense de energia Copel recebeu aval do conselho de administração para usar 350 milhões de reais do caixa de sua subsidiária de Copel Telecomunicações para lidar com impactos financeiros decorrentes da pandemia de coronavírus.A operação será viabilizada por meio de um contrato de mútuo entre as duas empresas, com prazo até 21 de dezembro de 2020, segundo ata da reunião do conselho da elétrica divulgada nesta sexta-feira.

    SÃO PAULO (Reuters) - A estatal paranaense de energia Copel recebeu aval do conselho de administração para usar 350 milhões de reais do caixa de sua subsidiária de Copel Telecomunicações para lidar com impactos financeiros decorrentes da pandemia de coronavírus.A operação será viabilizada por meio de um contrato de mútuo entre as duas empresas, com prazo até 21 de dezembro de 2020, segundo ata da reunião do conselho da elétrica divulgada nesta sexta-feira.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 55/56   Eletrobras elege Camila Araújo como nova diretora de Governança
    BUSINESS TOPIC NEWS

    SÃO PAULO (Reuters) - A estatal Eletrobras (ELET6.SA> informou que seu conselho de administração aprovou a nomeação da engenheira química Camila Araújo como nova diretora de Governança, Riscos e Conformidade da companhia, segundo comunicado na noite desta sexta-feira.

    SÃO PAULO (Reuters) - A estatal Eletrobras (ELET6.SA> informou que seu conselho de administração aprovou a nomeação da engenheira química Camila Araújo como nova diretora de Governança, Riscos e Conformidade da companhia, segundo comunicado na noite desta sexta-feira.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.
  • 56/56   Petrobras inicia processo para vender concessões em terra no Amazonas
    BUSINESS TOPIC NEWS

    SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras  iniciou processo para venda da totalidade de sua participação em um conjunto de sete concessões de produção de petróleo e gás em terra, na bacia do Solimões, no Amazonas, informou a companhia em comunicado nesta sexta-feira.

    SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras iniciou processo para venda da totalidade de sua participação em um conjunto de sete concessões de produção de petróleo e gás em terra, na bacia do Solimões, no Amazonas, informou a companhia em comunicado nesta sexta-feira.


    Clique na imagem para ver a página web.

    Clique aqui para mais descrição.

 
 


       

A Síntese de Voz
A Microsoft SAPI 5 objeto ActiveX é necessária.
Na opção de segurança do seu navegador, você não deve desabilitar a inicialização de controles ActiveX não assinados.
Você pode instalar e utilizar qualquer Inglês voz compatível com SAPI 5.
(tais como o discurso componente da Microsoft).
Não Voz Título Título e Documento
Voz e Audio Output



Velocidade

 

 
Volume

 

 

Velocidade Slideshow (Quick para Lento)
Zero Um Dois Três Quatro Cinco
Blog e RSS Feed URLs
http://moblog.whmsoft.net/pt
http://moblog.whmsoft.net/pt/?feed=rss2

Subscribe to Notícias Fotos Slideshows by Email
Subscrite para o RSS feed com Google Subscrite para o RSS feed com Yahoo! Subscrite para o RSS feed com AOL Subscrite para o RSS feed com Bloglines
Subscrite para o RSS feed com Netvibes Subscrite para o RSS feed com Newsgator Subscrite para o RSS feed com Pageflakes Subscrite para o RSS feed com Rojo

Slideshows - Fotos Noticias - Desde Yahoo! Noticias
Esporte



Encontros

Comentar